Gato

Gato estressado: veja como acalmar o bichano em infográfico

Publicado - 14 Outubro 2022 - 16h22

Atualizado - 24 Maio 2024 - 16h54

Ter um gato estressado em casa é um problema que pode acontecer com qualquer tutor. Mesmo que o seu bichano seja daqueles mais quietinhos, é comum que momentos de estresse apareçam de vez em quando. Existem muitos motivos que causam estresse em gatos. Pode parecer impossível acalmar um bichano quando ele está irritado, mas algumas medidas simples, como apostar no enriquecimento ambiental para gatos e até mesmo utilizar música podem fazer toda a diferença no comportamento do animal. O Patas da Casa preparou um infográfico com dicas de como tratar estresse em gatos de maneira simples. Confira!

 

Infográfico mostrando como acalmar um gato estressado
O gato estressado pode estar passando por diferentes problemas e é papel do tutor deixá-lo mais calmo

 

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

O que deixa o gato estressado?

O estresse em gato, muitas vezes, é resultado de mudanças na rotina. Eles costumam ser bem sensíveis a qualquer coisa diferente pode mexer com o psicológico deles. Dentre os motivos que deixam um gato estressado, os mais comuns são troca de ração, chegada de alguém novo em casa, mudança de ambiente, reformas, adoção de novos animais, tédio e até mesmo cheiros que ele considera desagradável. Os sinais que um gato estressado demonstra são bem perceptíveis: perda de apetite, isolamento, xixi e cocô no lugar errado, higienização em excesso, vocalização e agressividade. Saber como tratar estresse em gatos é fundamental para que seja possível acabar com esses comportamentos. 

O primeiro passo de como tratar estresse em gatos é descobrir a origem do problema

É muito difícil conviver com o estresse em gatos. Para tratar esse problema de forma definitiva, o primeiro passo é descobrir o que está causando o problema comportamental. Se perceber que o estresse em gatos começou após uma troca de ração, converse com um veterinário e realize o processo de troca novamente, mas de forma super lenta e gradual e/ou com outro tipo de alimento. 

Já se a causa do gato estressado for uma mudança no ambiente, como uma reforma ou a chegada de um novo membro na família (sejam pessoas ou animais), o ideal é tentar transformar esse espaço em um local mais aconchegante e mostrar que está ali para o animal - mas sempre respeitando seu espaço pessoal e evitando chegar muito perto quando o gato estiver mais arisco.

Como acalmar um gato estressado? Confira algumas dicas

1) Torne o ambiente mais agradável e calmo: o gato estressado precisa se sentir bem no seu cantinho para que possa se acalmar. Para criar um ambiente mais agradável ao animal, comece excluindo qualquer tipo de barulho que possa estressar o pet, como o som alto da televisão. Diminuir a intensidade das luzes também ajuda a acalmar o bichano. Outra dica é colocar os potinhos de ração e água à disposição, além de deixar a caminha próxima do animal. Vale colocar até umas mantinhas extras para que o gato estressado se sinta mais confortável. Um ambiente tranquilo ajuda bastante a diminuir o estresse.

2) Invista no enriquecimento ambiental: gatos são animais que adoram explorar o mundo ao seu redor. Ficar dentro de casa sem nenhuma novidade ou algo para interagir pode acabar sendo maçante, levando o animal ao tédio e, consequentemente, ao estresse. Por isso, uma boa ideia de como acalmar um gato estressado é investir no enriquecimento ambiental. A gatificação da casa permite que o animal desenvolva seus instintos de forma divertida e saudável. Aposte em arranhadores para gatos, nichos e prateleiras, além de brinquedos interativos para gatos

3) Faça uso do catnip: O catnip, ou erva de gato, é uma planta que age no sistema nervoso do animal trazendo mudanças de comportamento. Para um gato estressado, o catnip deixa o pet mais calmo e relaxado. Assim como o floral para gatos estressados, trata-se de um método natural para relaxamento do bichano. A planta não traz nenhum prejuízo à saúde do animal e não tem contraindicações. Uma grande vantagem do uso do catnip para acalmar gato estressado é sua versatilidade. Você pode apostar em brinquedos com catnip para gatos, espalhar nos cantinhos onde o gato mais fica ou até mesmo colocá-lo no arranhador. 

4) Aposte no floral para gatos estressados: Muitas pessoas buscam maneiras de como deixar o pet mais relaxado com opções caseiras ou naturais. Uma boa ideia é apostar no floral para gatos estressados. Trata-se de um medicamento feito à base de plantas e água, conservado em um tipo específico de álcool. O floral para gatos estressados age no comportamento do pet de forma natural deixando-o mais calminho e relaxado. Já existem algumas fórmulas prontas no mercado, mas é bom procurar um especialista que saiba indicar as essências recomendadas para o caso do seu pet. O floral para gatos estressados traz ótimos resultados, então vale a pena conversar com o veterinário sobre a possibilidade de usá-lo.

5) Música é uma ótima maneira de acalmar gato estressado: o que fazer quando o estresse ataca o bichano? Colocar uma boa música para ele ouvir! Estudos apontam que a música para gatos tem um ótimo efeito calmante, ajudando a relaxar o animal. Nem todas as músicas funcionam, já que a audição do gato é muito mais apurada que a nossa. Porém, existem diversas playlists de músicas específicas para gatos no Youtube que funcionam super bem com os bichanos. Ao ver o gato estressado, coloque essas músicas para tocar no seu local confortável e deixe o bichano relaxar. 

Redação: Maria Luísa Pimenta 

Edição: Mariana Fernandes

Gato não acredita no que vê quando percebe que seus humanos arrumaram um jeito de vigiar sua intimidade

A câmera para monitorar pet é um ótimo investimento para os tutores que passam muito tempo fora de casa, mas estão sempre preocupado...

Por que os gatos saem correndo depois de usar a caixa de areia? Um dos motivos pode ter a ver com instinto selvagem

Bastante higiênicos, os felinos se acostumam desde cedo a usar a caixa de areia para gatos. Para eles, é algo totalmente natural e q...

Comportamento

Já ouviu falar no reflexo de Flehmen? O gato respirando de boca aberta pode apenas estar tentando sentir melhor os cheiros

Ver um gato respirando de boca aberta pode ser mais comum do que a gente imagina. E, ao contrário do que muitas pessoas pensam, nem ...

Comportamento

Gato reage de jeito engraçado aos cheiros que não gosta - e explicação tem a ver com um sentido poderoso da espécie

Você sabia que um cheiro que gato não gosta pode desencadear reações bem inusitadas nos felinos? Isso acontece porque o olfato dos g...

Faz mal dar calmante para cachorro? O vet do meu cãozinho disse que somente nessas situações é recomendado o uso

Você já se perguntou em algum momento se pode dar calmante para cachorro? Tem tutores que procuram o medicamento para lidar com o co...

Gato não acredita no que vê quando percebe que seus humanos arrumaram um jeito de vigiar sua intimidade

A câmera para monitorar pet é um ótimo investimento para os tutores que passam muito tempo fora de casa, mas estão sempre preocupado...

Por que os gatos saem correndo depois de usar a caixa de areia? Um dos motivos pode ter a ver com instinto selvagem

Bastante higiênicos, os felinos se acostumam desde cedo a usar a caixa de areia para gatos. Para eles, é algo totalmente natural e q...

O que acontece se um cachorro grande cruzar com uma cadela pequena?

O cruzamento de cachorro faz parte do comportamento natural e instintivo desses animais. Os machos estão sempre prontos e disponívei...

Ver todas