Adoção animal

Gato Egeu: 10 curiosidades para conhecer a raça

Publicado - 10 Agosto 2022 - 09h00

Atualizado - 21 Abril 2024 - 20h45

Raças de gatos branco chamam a atenção de qualquer um com sua aparência fofa, sejam elas totalmente branquinhas ou com pelagens bicolores. Angorá, Ragdoll e Himalaia são algumas das que mais fazem sucesso. Mas a verdade é que existem muitas outras raças que se enquadram nesse grupo, algumas delas bem desconhecidas. Esse é o caso do gato Egeu, muito famoso na Grécia mas dificilmente encontrado em outros países.

Apesar de não ser uma das raças de gato mais populares, o gato grego esconde muitas características surpreendentes. O gato Egeu é, por exemplo, um dos gatos domésticos mais antigos que existem. Além disso, seu corpo branco pode variar entre padrões de gato cinza e branco até gato branco e preto. A raça ainda tem uma habilidade surpreendente que não é normalmente adquirida por qualquer gatinho. Quer saber mais? O Patas da Casa te conta 10 curiosidades sobre o gato Egeu que você não imagina. Confira!

1) O gato Egeu é um gato grego que surgiu há milhares de anos

O gato Egeu é considerado um dos gatos domésticos mais antigos que se tem notícia. O bichano tem sua origem nas Ilhas Cíclades, que ficam localizadas no mar Egeu, na Grécia - por isso recebeu esse nome. Há milhares de anos, o gato grego ficava rodeando os portos de pesca próximos ao mar, muitas vezes em busca de comida. Desde essa época, convivia diariamente com os pescadores que ficavam por ali. Até hoje isso se mantém. Ao andar pelos portos, é possível encontrar diversos gatinhos da raça por ali. Nas outras partes do mundo, porém, dificilmente será visto tão próximo do mar.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

2) A raça de gato Egeu não é reconhecida oficialmente

Apesar de o gato Egeu já ser domesticado e conviver com humanos há séculos, faz pouquíssimo tempo que começou a ser criado de fato. Foi apenas na década de 1990 que o gato Egeu passou a ser considerado um novo tipo de raça. Gato começou, então, a ser criado por pessoas dentro de casa (apesar de muitos ainda terem vida livre nos portos). Porém, até hoje, a raça de gato Egeu não é reconhecida oficialmente por nenhum órgão. Por outro lado, esse gato grego é considerado um patrimônio nacional em seu país de origem.

3) Tamanho do gato: raça tem porte médio e corpo largo

O gato Egeu não é uma raça de gato grande. Na verdade, é uma raça de porte médio, pesando cerca de 4 Kg. Essa adaptação é importante porque o animal precisava ter um tamanho que o permitisse sobreviver nos portos em busca de comida em locais de difícil acesso. Além disso, seu corpo longo e forte garantia que ele pudesse saltar por aí. O gato Egeu tem um porte musculoso e corpo largo. Por isso, às vezes aparenta ser maior e mais pesado do que realmente é.

4) Gato cinza e branco, preto e branco ou laranja e branco são algumas das cores da raça

Existem muitas raças de gatos brancos por aí, e a raça Egeu é uma delas. O branco é a cor predominante, mas não é a única presente no gato. Raça Egeu normalmente apresenta mais cores em sua pelagem, formando um padrão bicolor. Os mais comuns são: gato cinza e branco, gato branco e preto, gato branco e alaranjado ou gato branco e creme. Em todos esses casos, a segunda cor costuma ficar restrita a certos pontos do corpo, enquanto o branco ocupa a maior parte.

5) O gato grego é extremamente comunicativo e sociável

Seja um gato branco e preto ou um gato cinza e branco, raça sempre tem a mesma personalidade. Como ele está acostumado há muito tempo a conviver com humanos, desenvolveu uma forte habilidade de comunicação com eles. O Egeu é uma raça de gato sociável e adora ficar perto de pessoas dos mais variados tipos. É um animal dócil, carinhoso e de rápida adaptação. Por isso, conviver com um gato Egeu é uma tarefa extremamente simples e fácil.

gato egeu deitado na grama
<strong>A raça de gato grego Egeu é super comunicativa e tem facilidade de conviver com humanos</strong>

6) O gato Egeu é um grande fã de água

O gato Egeu vive principalmente em portos desde seu surgimento. A proximidade com o mar fez com que a raça se tornasse uma daquelas que amam água. A raça de gato grego não tem medo de mergulhar e brincar com água. Na verdade, eles se divertem bastante com isso. Portanto, brincadeiras que envolvam água (como até mesmo a fonte de água para gatos) é garantia de sucesso para um bichano dessa raça.

7) O gato Egeu é um exímio pescador  

A boa relação entre gato Egeu e água vai além de mergulhos e brincadeiras. A raça adora pescar! Isso mesmo: o gato Egeu sabe pescar e faz isso muito bem. Essa habilidade diferente foi desenvolvida há muito tempo. O gato grego precisava se alimentar e peixe é o que não falta nos portos. Por isso, os gatos da raça aprenderam com facilidade a pescar os peixes como forma de sobrevivência. 

8) O gato grego é doméstico, mas tem certos comportamentos selvagens

Não há dúvidas de que o gato Egeu é uma das raças de gatos domésticos mais antigas que existem. Porém, precisamos lembrar que, apesar da domesticação, eles não eram criados dentro de casa. O gato grego vivia nos portos e precisava se alimentar, muitas vezes, por conta própria. Por conta disso, até hoje a raça ainda mantém alguns comportamentos mais selvagens. Um exemplo é o instinto de caça. Desde antigamente, o gato Egeu caçava roedores e lagartos para se alimentar - um dos motivos que aproximou o animal dos humanos, já que a eliminação de pragas era benéfica para os pescadores. Até hoje, o animal mantém esse instinto selvagem e não hesita muito em atacar suas presas. Por isso, quem tem um gato Egeu não pode ter um aquário em casa, pois as chances de o bichano ir atrás dos peixinhos é bem grande. 

9) O gato Egeu é um gato muito independente

Acostumado a viver de forma livre, esse exemplo de raças de gatos branco preza muito pela sua independência. Por isso, quem decide criar um gato Egeu hoje em dia deve ter noção que ele não é daqueles que vai gostar de ficar em casa o dia inteiro e nem de ser mandado o tempo todo. Assim, adestrar um gato Egeu pode não ser a tarefa mais fácil do mundo. O animal preza demais pela sua liberdade e, mesmo podendo ser criado dentro de casa, precisa de condições que permitam que ele se sinta livre para ficar feliz. 

10) O gato grego precisa ter uma vida ativa e contato com o ar livre

Se você imagina que o Egeu é um daqueles gatos mais preguiçosos que preferem passar o dia tirando uma soneca, você está muito enganado! O gato grego precisa de uma vida ativa para colocar toda sua energia e seus instintos para fora de maneira saudável. Qualquer coisa vira um brinquedo e motivo de diversão para esse gato. Raça precisa também de contato com ambientes externos, pois ela tem uma forte relação com o ar livre. Portanto, ao adotar um gato da raça Egeu é bom se preparar para criar uma rotina de exercícios, planejar brincadeiras para gatos e praticar atividades ao ar livre.

Redação: Maria Luísa Pimenta

Adoção

8 características do Gato de Pelo Curto Inglês (British Shorthair)

Você conhece o gato de Pelo Curto Inglês? Esse é um felino bastante apreciado por gateiros no geral, principalmente por conta da sua...

Cuidados

Quantos anos vive um gato? 5 perguntas e respostas sobre a idade dos gatos

Uma pergunta que, mais cedo ou mais tarde, todo tutor faz é: quantos anos vive um gato? E a verdade é que se o pet receber todos os ...

Comportamento

Filme para assistir com meu gato: 11 filmes protagonizados por gatinhos para ver acompanhado do seu pet

Quem precisa de uma noite badalada quando você pode aproveitar o momento para assistir filmes do lado do seu bichinho de estimação, ...

Gato

Tipos de gato Savannah: curiosidades sobre a raça híbrida que é uma das mais caras do mundo

Considerado um dos felinos mais caros do mundo, o gato Savannah é cheio de curiosidades e características impressionantes. A raça, q...

Cachorro

Qual o significado de sonhar com cachorro atacando?

O significado de sonhar com cachorro é muito variado. Não é possível dizer que isso sempre vai representar algo positivo ou negativo...

Cachorro

Quais são os tipos da doença do carrapato em cachorro? Conheça as características de cada uma

A doença do carrapato em cachorro é um dos maiores temores dos tutores. O que nem todo mundo sabe é que existem diferentes tipos da ...

Cachorro

Como identificar a doença do carrapato em cachorro? Vets recomendam prestar atenção a esses 8 sinais na rotina do pet

A doença do carrapato em cachorro é uma das enfermidades mais perigosas e traiçoeiras que existem no universo canino. Infelizmente, ...

Cachorro

Sarna em cachorro: 5 sinais para identificar a doença de pele e opções de tratamento

A sarna em cachorro é uma das doenças mais conhecidas entre os tutores, mas as características dela ainda geram muitas dúvidas. Prov...

Ver todas