close
Saúde

Gato com gases: quais as causas e como identificar?

Atualizado em 23 de dezembro de 2020 às 17h28

Publicado em 23 de dezembro de 2020 às 17h28

Gato com gases: saiba o que fazer para evitar essa situação
Gato com gases: saiba o que fazer para evitar essa situação

Nem todo mundo sabe, mas a flatulência - também chamada de gases intestinais - é algo comum a todos os mamíferos - e não é uma exclusividade dos seres humanos. Dessa forma, tanto cachorro quanto gato têm gases, trazendo aquele cheirinho bem desagradável quando a gente menos espera. Mas calma: normalmente isso não é indicativo de doenças nem problemas mais sérios com a saúde do animal.

Ainda assim é preciso ficar atento a frequência com que isso acontece e saber como identificar um gato com gases. Para te ajudar nessa tarefa, separamos algumas informações importantes sobre o assunto. Veja abaixo!

Gato com gases: o que causa a flatulência nos felinos?

A causa mais comum para essa situação é a alimentação do animal. Isto é, quando os felinos consomem algum tipo de alimento que é mais difícil de ser digerido, ocorre a formação de gases no trato intestinal. Alguns exemplos são a soja, o leite, produtos derivados do leite ou dietas ricas em gordura. Pois é! Embora muitas pessoas acreditem que os gatos gostam de beber leite, isso não é inteiramente verdade. Os felinos consomem esse líquido quando são recém-nascidos por meio do aleitamento materno, mas quando chegam na fase adulta, a maioria dos animais apresenta intolerância à lactose e é justamente por isso que não se recomenda inserir o leite na dieta dos gatos.

Além disso, rações que contém uma grande quantidade de hidrato de carbono em sua composição também podem deixar o gato com gases. Outra possível causa é a velocidade com a qual seu gatinho se alimenta. Se a ração some do pratinho muito rápido, é provável que uma grande quantidade de ar esteja sendo ingerida junto com a comida - e esse ar vai ser liberado depois em forma de gases. 

Vale ressaltar que é importante ficar de olho na frequência com que seu bichano tem esse problema, pois situações muito frequentes de flatulência também podem ser um indicativo de problemas estomacais.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    Quando o gato tem gases, pode ser algum problema com a alimentação dele
    Quando o gato tem gases, pode ser algum problema com a alimentação dele

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Quais são os principais sinais de um gato com gases?

    Não é tão fácil identificar quando o gato está sofrendo com as flatulências, e como o pum dos bichanos não costuma ser fedido, essa é uma situação que muitas vezes acaba passando despercebida, No entanto, os mais atentos podem perceber que quando o gato tem gases, a região do abdômen fica mais inchada, é possível ouvir ruídos estomacais e também pode haver perda de apetite no animal. Dependendo da gravidade do caso, vômitos e perda de peso podem ocorrer.

    Para eliminar gases, gatos geralmente precisam de uma reeducação alimentar

    Geralmente, o que mais se recomenda para um gato com gases é uma alimentação mais saudável e com todos os nutrientes essenciais que ele precisa. Qualquer mudança muito brusca na dieta do animal pode acarretar nos tão temidos gases, e, portanto, é sempre muito importante pesquisar muito bem sobre o que o gato pode ou não comer antes de efetivamente “mimar” o bichano com algo que pode comprometer o seu organismo. Se ainda assim os gases persistirem, talvez seja uma boa ideia verificar a qualidade da ração e até mesmo optar por uma outra marca - desde que tudo isso seja conversado com o veterinário do animal antes.

    Além disso, no caso de doenças ou problemas gastrointestinais mais sérios, é necessário consultar um médico veterinário para buscar o tratamento mais adequado. O uso de alguns medicamentos pode ser indicado para aliviar os sintomas, mas vale destacar que a automedicação nunca deve ser uma opção. É fundamental que qualquer tipo de remédio seja prescrito e acompanhado de perto por um profissional.

    Redação: Juliana Melo

    Diabete canina: 5 sinais da doença para ficar atento

    Próxima matéria

    Diabete canina: 5 sinais da doença para ficar atento

    Gato mancando: quais as causas e como tratar?
    Saúde

    Gato mancando: quais as causas e como tratar?

    Perceber um gato mancando é uma situação que preocupa diversos tutores. Geralmente, o sintoma indica o gato com dor. Seja por causa de algum machucado na pata ou porque o animal está com algum problema mais sério, como um traumatismo, é preciso analisar a situação e procurar entender as causas por trás disso. O gato mancando pata dianteira ou traseira pode indicar diferentes problemas, e para cada um deles existe um tratamento específico.

    Alergia a gato: pesquisadores identificam anticorpos que neutralizam proteína que causa alergias em humanos
    Ração

    Alergia a gato: pesquisadores identificam anticorpos que neutralizam proteína que causa alergias em humanos

    Não é difícil encontrar alguém que só não adota um animal de estimação por conta do histórico de alergia a gato. Esse é um problema muito comum que causa nos humanos alérgicos reações como espirros, dificuldade para respirar, coceira e vermelhidão nos olhos. Recentemente, uma pesquisa desenvolvida pelo Instituto Purina descobriu que é possível neutralizar a proteína que provoca a alergia a pelo de gato em humanos.

    Gatos: o que é a criação indoor e quais as vantagens?
    Cuidados

    Gatos: o que é a criação indoor e quais as vantagens?

    Ninguém pode negar: os gatos são verdadeiros fãs da voltinhas noturnas. Mas, como bem sabemos, a rua nem sempre é um lugar seguro e criar o seu bichano em casa pode garantir uma vida mais longa. Por isso, a criação indoor tem se tornado cada vez mais popular entre os gateiros de plantão, uma vez que gatos criados dessa forma podem chegar até o dobro da idade em comparação aos que vivem de forma livre. Para saber mais sobre essa modalidade, o Patas da Casa separou as principais vantagens da criação de gatos indoor. Dá uma olhada!

    Gato envenenado: aprenda a identificar os sintomas e o que fazer de imediato!
    Saúde

    Gato envenenado: aprenda a identificar os sintomas e o que fazer de imediato!

    Infelizmente, a ideia de que os gatos estão 100% seguros dentro de casa é uma ilusão. Os felinos são animais curiosos e suas peripécias podem acabar transformando qualquer ambiente controlado em um mar de perigos. Por isso, é muito importante se manter atento aos sinais comportamentais e físicos do animal para identificar possíveis problemas, como intoxicações e envenenamentos. Em momentos como esses, pensar rápido e saber agir de imediato pode fazer toda a diferença! Por isso, descubra o que fazer caso o seu gato seja envenenado ou intoxicado!

    Ver Todas >

    Gato com sangue nas fezes: o que fazer?
    Saúde animal

    Gato com sangue nas fezes: o que fazer?

    Se você reparar seu gato com sangue nas fezes, é importante ficar atento. Essa situação é um sintoma comum a inúmeras doenças que podem afetar o bichano. Ao defecar fezes com sangue, o gato pode estar com uma inflamação no cólon ou até mesmo com um tumor no sistema digestivo. O sangue nas fezes do gato é um sintoma presente até mesmo nas verminoses mais comuns. Seja qual for a causa do gato fazendo fezes com sangue, sempre significa que algo está errado com o animal. 

    Cachorro engasgado: veterinária ensina o que fazer nessa situação
    Saúde animal

    Cachorro engasgado: veterinária ensina o que fazer nessa situação

    Saber um pouquinho de primeiros socorros veterinários vai ser muito útil se você acha que um cachorro parece engasgado - inclusive, é algo que pode salvar a vida do seu pet nessas horas! Seja porque ele comeu muito rápido ou tentou engolir alguma coisa que não devia, se deparar com um cachorro engasgado em casa é sempre um momento de desespero para qualquer pai de pet. Não saber como resolver essa situação é super comum e, ao mesmo tempo, um hábito perigoso: nunca se sabe quando você vai precisar socorrer o seu amigo em casa. 

    Cinomose: sintomas mais comuns da doença. Aprenda a identificar os sinais!
    Saúde animal

    Cinomose: sintomas mais comuns da doença. Aprenda a identificar os sinais!

    Os sintomas de cinomose canina são facilmente confundidos com outras doenças de cachorro e infelizmente pode até mesmo levar o animal à morte. Mais comum em filhotes não vacinados, a cinomose é altamente contagiosa e em alguns casos pode deixar sequelas que vão acompanhar o pet por toda a vida. É importante estar atento a qualquer sinal da cinomose em cães que ainda não completaram o calendário de vacinação, pois é uma doença que evolui rapidamente para um quadro grave. Ou seja, é uma situação de emergência!

    Giárdia canina: o que é, como tratar e o que fazer para prevenir
    Saúde animal

    Giárdia canina: o que é, como tratar e o que fazer para prevenir

    A giárdia canina é uma doença com alta contaminação entre os cães. O cachorro que a contrai sente bastante desconforto no sistema digestivo, com diarreia e vômitos frequentes. Comum principalmente no verão, a giardíase canina pode se apresentar de maneira mais leve ou mais grave. Sem tratamento, a giárdia canina pode matar o cachorro contaminado se ele não receber o tratamento adequado logo no início da infecção. Além disso, a giárdia canina pega em humanos e tem maior chance de atacar filhotes de cachorro. 

    Ver Todas >