Adestramento

Focinheira para cachorro: em quais casos considerar e como adaptar o seu animal com o acessório?

Focinheira para cachorro: entenda como e quando usar esse acessório
Focinheira para cachorro: entenda como e quando usar esse acessório

A focinheira para cachorro é um produto muito comum, mas que ainda divide opiniões dos tutores quanto ao seu uso. A questão é que falta conhecimento sobre as aplicações desse objeto na educação de animais! Embora seja associado a cães reativos e que podem ter algum traço agressivo, a focinheira de cachorro não deve ser relacionada com um castigo ou uma punição, mas sim como um instrumento que vai facilitar a convivência do cachorrinho com outras pessoas e animais. Para entender melhor como a focinheira pode ajudar na rotina do animal e quando ela não deve ser utilizada, nós conversamos com o adestrador Max Pablo, do Rio de Janeiro! Vem tirar suas dúvidas com a gente.

Focinheira de cachorro: por que usar esse produto no seu cão?

Cães que são reativos, agressivos e que podem machucar outras pessoas ou animais em público podem precisar da focinheira. Segundo Max, o produto pode ser utilizado sempre que houver o desejo de deixar o cachorro solto em convívio com outros. Independente se estão na guia ou soltos, alguns cães podem reagir agressivamente a alguma situação como forma de defesa. É o caso da Leia, uma vira-latinha que, mesmo sem querer, pode machucar seus donos e outras pessoas durante uma reação. A Flávia Amaro, sua tutora, faz uso do acessório em várias situações. “Usamos em consultas veterinárias, banhos em pet-shop ou sempre que precisamos tocar muito nela, seja para limpar as patas ou colocar algum remédio. Até durante uma viagem usamos, tudo para evitar maiores acidentes, com a família ou com outras pessoas”, explica.

Focinheira para cachorro não é um objeto de punição!

É muito importante associar a focinheira para cachorro a algo positivo para que o animal se sinta mais confortável ao utilizar o acessório. Mesmo que seja para impedir um ato agressivo, o objeto também pode ajudar a melhorar o comportamento do animal. Flávia conta que, apesar da Leia apresentar desconforto no início, ela sempre usa associações positivas para fazer com que a cadelinha entenda que o produto é uma proteção para ela e também para os outros.

“Se usada da forma correta, com orientação e técnicas adequadas, ela [a focinheira] ajuda muito a melhorar o comportamento do canino. O tutor deve apresentar a focinheira em ambientes e situações agradáveis para o cão, até que ele já se sinta habituado a estar junto a focinheira. Só após o animal estar acostumado com o acessório, então, é que se deve colocar a focinheira no cachorro, sempre seguindo as mesmas regras para associação”, explica o adestrador.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças muito independentes Golden Retriever e Yorkshire são cães que gostam de curtir a companhia dos humanos Border Collie e Jack Russell Terrier são cheios de energia e amam aventura
    Focinheira: cachorro precisa estar confortável ao usar o acessório
    Focinheira: cachorro precisa estar confortável ao usar o acessório

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele
    Comportamento animal

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele

    Se você tem um felino em casa, com certeza já deve ter se questionado como saber se seu gato te ama. Pelo fato dos felinos serem muito reservados, e às vezes independentes, fica mais difícil decifrar o amor de gato - diferente dos cães, que expressam isso de um jeito eufórico e quase exagerado. Os bichanos demonstram afeto pelos humanos de um jeito delicado e único, com atitudes que podem até passar despercebidas.

    Aprenda como colocar a focinheira de cachorro sem traumatizar o seu amigo

    Uma dica eficaz para associar o produto à algo positivo é utilizar petiscos e outras comidas que o seu cão goste. Você pode começar colocando a focinheira perto do animal com os agrados dentro de onde o focinho dele deve ficar para que ele se sinta motivado a colocar o nariz para alcançar os petiscos. Assim, aos poucos, ele vai começar a entender que aquele acessório não causa nenhum mal. 

    Quando ele já estiver tranquilo quanto a se aproximar do objeto, tente colocar com delicadeza o acessório no focinho do animal. Ainda assim, mostre a ele que a focinheira não o impede de comer e beber e nem cessa os bons momentos, como brincar, passear e até descansar ao lado do dono em um momento de calma. De início, não deixe seu cão com o acessório por um longo tempo, vá colocando e retirando, sempre com palavras de incentivo. Aos poucos, o animal vai entender que a focinheira não é um problema. 

    Focinheira: cachorro de algumas raças obrigados por lei a usar o acessório

    Cães das raças Pitbull e suas variações - como Staffordishire, Bull Terrier, American Bully -, além do Rottweiler, Fila Brasileiro, Doberman e Mastim Napolitano, devem usar a focinheira, pois são considerados como raças de potencial agressivo, segundo a legislação brasileira. 

    A focinheira para Rottweiler é obrigatória, segundo a legislação brasileira
    A focinheira para Rottweiler é obrigatória, segundo a legislação brasileira

    Quando pensamos em um modelo de focinheira, devemos levar em conta o formato do focinho e da boca do cão. Focinheira para Pitbull e focinheira para Rottweiller, por exemplo, devem conseguir prender a boca do animal sem impedir que ele respire e consiga se alimentar, já que essas raças têm um formato de boca mais largo. Por isso, vale uma pesquisa com calma sobre os modelos do produto para achar um que seja ideal para a raça do seu pet. “O melhor modelo é aquele que fique confortável e não impeça que o cão respire e elimine ar quente de forma adequada. Inclusive, algumas guias podem ser adaptadas para criar uma focinheira de forma prática e rápida”, conta Max. Cães braquicefálicos, como PugShih Tzu e as variações do Bulldog, devem usar um modelo diferente dos convencionais por terem o focinho mais curto. 

    Ainda assim, é importante reiterar que todo cachorro, seja ele de pequeno, médio ou grande porte que pode vir a atacar outra pessoa ou pet, tem como recomendação fazer uso do item. Não crie associações negativas para o seu cachorrinho quando for usar o produto. Lembre-se que a focinheira é uma segurança para o próprio animal e uma forma de que ele possa conviver melhor em público. 

    Redação: Júlia Cruz

    Por que o cachorro

    Próxima matéria

    Por que o cachorro "cisca" depois de fazer as necessidades? Entenda esse comportamento canino!

    Seu cachorro só faz necessidades na rua? Veja 5 dicas de um adestrador para o animal fazer xixi e cocô em casa
    xixi

    Seu cachorro só faz necessidades na rua? Veja 5 dicas de um adestrador para o animal fazer xixi e cocô em casa

    Muitos cachorros domésticos são acostumados a fazer suas necessidades apenas na rua. Alguns tutores preferem acostumar os amiguinhos peludos assim por questões de higiene e limpeza e aproveitam para passear com os animais na hora de fazer xixi e cocô. Mas, nesse período de isolamento social e quarentena, pode não ser uma boa ideia levar seu cão para a rua. Uma alternativa para isso é acostumar seu cachorro a fazer as necessidade dentro de casa, em um local selecionado por isso. Para quem não sabe como fazer isso, o Patas da Casa conversou com o Max Pablo, passeador e adestrador de cães, que contou 5 dicas para fazer a adaptação.

    Adoção

    "Quero adotar um cachorro": saiba onde procurar e como adaptar um cão abandonado na sua casa (e vida!)

    Não dá para negar: adotar cachorro é um verdadeiro ato de amor. Afinal, acolher um cãozinho abandonado pode mudar tanto a vida dele, que ganhará uma família, quanto a sua, que terá um amigo para todas as horas. Ainda assim, é preciso ter em mente que adotar requer uma série de responsabilidades e você precisa estar preparado para todas elas. Por isso, antes de tomar a decisão final, é sempre bom se planejar e, para te ajudar nesse momento, nós separamos um guia completo com tudo que você precisa saber na hora de adotar um cachorro filhote ou adulto. Dá uma olhada!

    Acessórios para cachorro que facilitam a vida do tutor e ajudam no bem-estar do animal
    Cuidados

    Acessórios para cachorro que facilitam a vida do tutor e ajudam no bem-estar do animal

    Não adianta tentar se convencer do contrário: dar as boas vindas a um cachorro na sua casa é sempre sinônimo de mudanças que devem ocorrer. Além da dinâmica do dia a dia e da necessidade de alimentar e cuidar de mais um ser vivo, é provável que o tutor de primeira viagem seja apresentado a uma série de objetos que não conhecia antes. Existem acessórios para cachorro que são perfeitos para melhorar o bem-estar do animal em diferentes situações e que, ao mesmo tempo, são uma mão na roda para os tutores. Vem ver a lista que nós separamos aqui embaixo!

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão
    Cuidados

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão

    Os cães são animais que, na maior parte do tempo, não gostam de ficar sozinhos - afinal, antes de serem domesticados, eles viviam livres em matilhas. Com a vida urbana, muitos cães acabam não recebendo os estímulos adequados para gastar energia e socializar com outros animais e pessoas. Para auxiliar a vida do tutor, que nem sempre consegue estar perto de seu pet durante o dia, existem muitas alternativas. Uma delas é a creche para cachorro: uma acomodação diária em que você pode deixar seu amigo em um lugar totalmente adaptado para cães.

    Ver Todas >

    Como recolher o cocô de cachorro sem agredir o meio ambiente? Veja opções sustentáveis!
    Comportamento animal

    Como recolher o cocô de cachorro sem agredir o meio ambiente? Veja opções sustentáveis!

    Passear com cachorro na rua é essencial para saúde e o bem-estar do doguinho. Mas o que fazer com o cocô de cachorro? Certamente deixar na rua não é a forma mais educada. Você deve estar se perguntando: existe algum problema com os saquinhos de plástico? A resposta é sim! Acontece que esses materiais demoram muito tempo para se decompor no meio ambiente. Por isso, uma possível solução é buscar opções mais sustentáveis na hora de descartar o cocô de cachorro. 

    Relação entre cachorro e dono: 3 percepções que o animal pode ter sobre o tutor
    Comportamento animal

    Relação entre cachorro e dono: 3 percepções que o animal pode ter sobre o tutor

    Só quem tem cachorro em casa sabe como esses animais podem demonstrar sentimentos inexplicáveis para a nossa compreensão. Alguns cães são tão inteligentes que até parecem humanos. A convivência com os donos e a observação da rotina faz com que eles tenham algumas percepções incríveis, como identificar tristeza e até doenças. A forte ligação de amizade entre o cachorro e seu dono acontece porque os caninos possuem mecanismos cerebrais semelhantes ao dos humanos para processar informações emocionais. 

    Gato marcando território: o que fazer?
    Comportamento animal

    Gato marcando território: o que fazer?

    O comportamento animal é cheio de situações intrigantes. Tanto os cães quanto os gatos, por exemplo, têm o hábito de demarcar território. O problema é que quando se trata dos felinos, isso pode dar certa dor de cabeça para os tutores, pois os arranhões e xixi espalhados pela casa são inevitáveis. Mas afinal, o que leva os gatos a se comportarem dessa forma? O gato castrado marca território, ou isso é uma exclusividade de animais que não passaram pela cirurgia da castração? 

    Cheiro que gato não gosta: conheça alguns odores que os bichanos simplesmente não suportam
    Comportamento animal

    Cheiro que gato não gosta: conheça alguns odores que os bichanos simplesmente não suportam

    Que os felinos são animais com os cinco sentidos muito aguçados não é segredo para ninguém. Assim como a audição, o olfato de gato é extremamente apurado, já que possui cerca de 67 milhões de células olfativas. Este sentido é usado como instrumento de sobrevivência para os bichanos: o olfato do gato ajuda desde os filhotes a encontrarem o leite da mãe até decifrarem outros animais. 

    Ver Todas >