Cuidados

Cuidar de gato no verão: 6 dicas para o seu bichano não passar calor

Cuidar de gato no verão é muito importante para manter a saúde e bem-estar do seu bichano. Veja algumas dicas para amenizar o calor!
Cuidar de gato no verão é muito importante para manter a saúde e bem-estar do seu bichano. Veja algumas dicas para amenizar o calor!

Com o verão se aproximando, os gatinhos precisam de alguns cuidados para passarem pela estação mais quente do ano sem sofrimento. Apesar dos passeios não fazerem parte da vida de um felino, eles também sentem bastante calor dentro de casa - até porque costumam ficar mais tempo no sol. Ao contrário dos cães, os gatinhos não ficam ofegantes quando estão com calor, mas cuidar de gato no verão é muito importante para preservar a saúde e promover bem-estar para o seu bichano. Pensando nisso, separamos alguns cuidados que você precisa ter com gatos no verão. Continue lendo para entender mais!

Como cuidar de gatos no verão? Descubra como evitar os efeitos do calor no seu felino!

Manter a água limpa é um hábito que você deve manter em todas as estações do ano, mas no verão o cuidado com a hidratação do seu gatinho deve ser redobrada. Além disso, você precisa investir em algumas coisas para amenizar o calor, principalmente se você e o felino moram em uma cidade muito quente. Confira 6 maneiras de tornar o calor menos intenso para o bichano:

1. Invista em uma fonte para gatos

As fontes de água são os melhores bebedouros para gatos. Muitas vezes, são até mais eficientes do que o pote normal com água parada. Quando falamos de bebedouro, gato não costuma gostar de beber a água que fica muito tempo ali - sem falar que acaba esquentando mais rápido no verão. Além da fonte incentivar o bichano a se hidratar com mais frequência, também deixa a água fresquinha o tempo todo. Com certeza é um investimento que vai servir para todas as épocas do ano.

2. Coloque pedrinhas de gelo no bebedouro para gatos

Essa dica já é bem comum entre os donos de pets. Colocar algumas pedrinhas de gelo no bebedouro para gatos vai ajudar a manter a água fresca por mais tempo. Outra dica é encher um balão de água, congelar e colocar em um pote. A pedra grande vai derreter aos pouquinhos e você não terá que trocar o gelo do pote diversas vezes ao dia.

3. Toalhas molhadas e um bloco de gelo? Combinação perfeita e refrescante!

Sabe essa pedra de gelo feita em bexigas que falamos acima? Ela também pode servir para refrescar o ambiente. Você pode colocá-la em toalhas molhadas e torcidas no chão, para que os gatinhos se aproximem quando quiserem se refrescar. Assim, você cria um ambiente mais fresco para os seus felinos.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Como cuidar de gatos no verão: uma dica boa é colocar gelo e objetos congelados para se refrescarem
    Como cuidar de gatos no verão: uma dica boa é colocar gelo e objetos congelados para se refrescarem

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas
    Cuidados dos animais

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

    Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    4. Algumas raças podem ser tosadas no verão

    Embora o pelo dos animais sirvam também de protetor térmico para algumas épocas do ano, no verão algumas raças de gatos podem ser tosadas, principalmente aquelas que têm o pelo longo como característica, como Angorá, Ragdoll e Maine Coon. Se o seu gatinho é muito peludo, você pode levá-lo até o petshop e pedir que cortem os pelos da barriga. Isso vai aliviar um pouco a sensação de calor e evitar bolas de pelo, que são bem comuns nessa época do ano. Mas atenção: se o seu gato for ficar muito estressado, o melhor é investir em outras formas de amenizar o calor.

    5. Monitore quanto tempo seu gato fica no “banho de sol”

    Algumas raças de gatos, como o Sphynx, não podem pegar sol! Na verdade, nessa época do ano não é recomendado que nenhum gatinho fique muito tempo pegando sol, pois essa exposição pode desencadear problemas mais graves no futuro, como o câncer de pele. Os gatos amam esse momento e muitas vezes não sabem a hora de sair do “banho de sol”, por isso você precisa monitorar: o ideal é deixá-los perto da janela antes de 10h e depois das 16h, quando os raios solares estão mais fracos.

    6. Verifique se o seu gato está desidratado

    No verão é normal que alguns animais bebam menos água que o normal. Isso não é bom, porque a falta de água pode fazer com que eles percam a vontade de comer. Em alguns casos, isso pode se desenvolver para uma lipidose hepática, que ocorre quando há um acúmulo de gordura no fígado do animal. Para saber se o seu gato está desidratado, você deve puxar a pele do pescoço para trás com cuidado. Se perceber uma falta de elasticidade no local, é um sinal de desidratação e ele precisa comer e beber água imediatamente. Também é importante seguir para o veterinário, pois o profissional verificará a gravidade da situação e saberá melhor como prosseguir.

    Redação: Júlia Cruz

    Meia antiderrapante para cachorro idoso: veja como o item promove mais segurança para o pet

    Próxima matéria

    Meia antiderrapante para cachorro idoso: veja como o item promove mais segurança para o pet

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino
    Ração

    Meu gato não quer comer, o que devo fazer? Dicas para cuidar da alimentação do felino

    Um dos sinais mais comuns que os gatos demonstram que alguma coisa não vai bem com a saúde é não querer comer ou comer bem pouco. Os motivos podem ser os mais diversos, desde uma leve indisposição a problemas mais graves. Por isso, conhecer bem o comportamento do seu felino e ficar atento aos demais sinais é essencial para agir corretamente e buscar ajuda veterinária a tempo. Para ajudar, vamos tirar algumas dúvidas e dar dicas de como fazer o seu gato voltar a comer.

    Gato cego: 7 cuidados essenciais para garantir a segurança e bem-estar do bichano em casa
    Cuidados

    Gato cego: 7 cuidados essenciais para garantir a segurança e bem-estar do bichano em casa

    Adotar um gatinho requer algumas adaptações em casa para criar um ambiente seguro e confortável para o animal, onde ele possa expressar seus comportamentos naturais e descansar sempre que quiser. Agora quando o bichano precisa de cuidados especiais, como é o caso do gato cego, a situação se torna mais delicada ainda. Será que é preciso tomar precauções extras para mantê-lo em segurança? Como ajudar o gatinho a viver melhor? Como proporcionar a ele um ambiente mais adaptado? Para te ajudar a deixar sua casa pronta para receber o seu novo amigo da melhor forma e em um ambiente seguro, confira 7 dicas e cuidados indispensáveis para lidar com um gato cego.

    5 cuidados com cachorro para não deixar de lado no novo ano
    Cuidados

    5 cuidados com cachorro para não deixar de lado no novo ano

    A chegada de um novo ano geralmente vem acompanhada de uma lista de metas e objetivos para se colocar em prática. Mas você já parou para pensar que seu amigo de quatro patas também pode ser incluído nessa aventura? Com a correria do dia a dia, é muito comum que alguns cuidados com cachorro sejam cada vez mais deixados de lado, como os passeios diários ou os banhos quinzenais. O problema é que manter esses cuidados é essencial para garantir a saúde e bem-estar dos pets, então os tutores precisam encontrar na agenda um tempo para se dedicarem aos amigos de quatro patas. 

    Munchkin: curiosidades, origem, características, cuidados e personalidade... tudo sobre o
    Raças

    Munchkin: curiosidades, origem, características, cuidados e personalidade... tudo sobre o "gato salsicha"

    Gato anão e gato salsicha são algumas denominações usadas para se referir ao Munchkin, um adorável felino com as pernas curtinhas e coluna alongada. A raça de gato não é uma das mais populares do Brasil, mas com certeza chama a atenção pela sua forma física “diferenciada”. Muito doce e cheio de energia, o Munchkin é uma mistura de fofura, inteligência e companheirismo.

    Ver Todas >

    4 dicas infalíveis de como acostumar gato na casa nova
    Cuidados dos animais

    4 dicas infalíveis de como acostumar gato na casa nova

    A mudança de casa é uma das coisas mais estressantes na vida de um gato. Muito apegados à rotina, os bichanos se veem de uma hora para outra longe dos cômodos e das coisas que conhecem. A explicação para essa dificuldade de adaptação é simples: os gatos ainda possuem muitos instintos e características da fase selvagem, por isso são bem territorialistas. Para eles, o território que têm seu cheiro é o lugar em que sente seguro e sem ameaças para desenvolver suas habilidades. 

    Qual a melhor cama para gato? Veja os modelos mais populares antes de decidir
    Cuidados dos animais

    Qual a melhor cama para gato? Veja os modelos mais populares antes de decidir

    Os gatos passam cerca de 2/3 do dia dormindo e é exatamente por isso que os tutores devem se atentar a um acessório muito importante para o momento de descanso do pet: a cama para gato. Além de fazer parte da gatificação da casa, as caminhas também servem como refúgio para o animal, deixando ele muito mais à vontade para expressar seus instintos naturais. Mas na hora de comprar o acessório, o tutor também deve se atentar à personalidade do gato para escolher a melhor opção.

    Como ensinar cachorro a fazer xixi no lugar certo depois da mudança de casa?
    Cuidados dos animais

    Como ensinar cachorro a fazer xixi no lugar certo depois da mudança de casa?

    Mudar de casa com o cachorro é sempre um processo complicado. Embora os cães sejam um pouco mais desapegados do que os gatos, leva um tempinho até que o animal consiga se adaptar totalmente ao novo ambiente e reconhecer que aquela é sua nova casa. Logo de início, um problema que a maioria dos tutores enfrenta é o cachorro urinando fora do lugar, o que pode prejudicar a convivência com o animal nos primeiros dias. 

    Como acalmar um gato na hora de levar no veterinário?
    Cuidados dos animais

    Como acalmar um gato na hora de levar no veterinário?

    Para manter a saúde do gato, é essencial que o animal tenha uma rotina de consultas no veterinário - principalmente porque os felinos costumam não apresentar sinais de que estão doentes. No entanto, essa é uma tarefa difícil para os donos de gatos. Os felinos estão acostumados a ter uma rotina, então qualquer mudança mínima é capaz de deixar o gato bem estressado. O transporte e o ambiente diferente do veterinário são algumas dessas situações. 

    Ver Todas >