Cuidados

Cuidar de cachorro: como evitar acidentes domésticos com o seu pet?

Cachorro machucado, intoxicação, queimaduras, quedas... sua casa está adaptada para o seu pet?
Cachorro machucado, intoxicação, queimaduras, quedas... sua casa está adaptada para o seu pet?

Você já se perguntou se a sua casa é segura para o seu cachorro? Apesar de extremamente inteligentes, os cães não têm discernimento de alguns perigos. São curiosos e normalmente utilizam a boca, focinho e patas para explorar o mundo - principalmente se estamos falando de um filhote de cachorro, que ainda não passou por todas as experiências. E é aí que surgem alguns riscos: como prevenir um acidente com cachorro dentro de casa? Com tornar o lar mais seguro para eles mesmo com coisas estruturais da residência que não podem ser mudadas? Ter esse cuidado é fundamental e separamos algumas dicas para evitar um cachorro machucado em casa.

A cozinha é um ambiente propício para queimaduras em cães. Tenha cuidado!

Os cachorros amam ficar por perto quando alguém está cozinhando, seja pelo cheiro atrativo da comida ou pela possibilidade de ganhar um agrado. O problema é que a cozinha é um ambiente extremamente perigoso para pets e nem precisamos explicar muito o motivo: fogão, forno, alimentos super quentes, facas, utensílios em geral são objetos que só podem ser usados por adultos (e mesmo assim com bastante cuidado). Não deixe que o animal fique por perto quando você estiver cortando alimentos, manipulando água quente ou mesmo cozinhando alguma coisa que possa espirrar nele e causar queimaduras. Evite também que o cachorro deite perto do fogão ou coloque as patinhas na pia.

Cachorro intoxicado: cuidado com o que o animal coloca na boca

Um bichinho de estimação pode ficar intoxicado por diversos motivos, desde a ingestão de uma comida estragada até o contato com uma planta tóxica para cachorros. Em todos os casos, vale a premissa de “melhor prevenir do que remediar”. Mesmo que você tenha o cachorro mais educado do mundo, é importante privar o acesso dele a algumas coisas dentro de casa, como a lata de lixo da cozinha. Além disso, tenha cuidado com os alimentos proibidos para cachorros, que podem causar desde desconfortos leves no trato gastrointestinal até problemas bem graves.

Se você também é “mãe ou pai de planta”, fique atento com as espécies que coloca dentro de casa ou mantenha os vasos sempre no alto. Também é importante não deixar materiais de limpeza, inseticidas e outros produtos ao alcance do cachorro. Alguns treinos podem ajudar a ensinar o cachorro a não comer tudo que vê no chão

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Como seria o seu domingo perfeito?

Como você fica em um dia de chuva?

Como seria a viagem ideal nas férias?

Como você costuma encontrar os amigos?

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Como é a sua rotina matinal?

Como é a sua agenda no fim de semana?

Schnauzer e Shih Tzu são raças muito independentes Golden Retriever e Yorkshire são cães que gostam de curtir a companhia dos humanos Border Collie e Jack Russell Terrier são cheios de energia e amam aventura
    Para evitar queimaduras em cães, não deixe o animal por perto quando você estiver cozinhando
    Para evitar queimaduras em cães, não deixe o animal por perto quando você estiver cozinhando

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    Caixa de areia de gato em apartamento: saiba qual o melhor lugar para colocar o sanitário felino
    Cuidados dos animais

    Caixa de areia de gato em apartamento: saiba qual o melhor lugar para colocar o sanitário felino

    A caixa de areia é só um objeto, mas para novos donos de gatos ela pode envolver uma série de dúvidas que ninguém sonhou em ter antes de ter um felino. Desde qual tipo de areia escolher até o tamanho e o formato do objeto, tudo isso influencia na forma como o gato vai usar a caixa. Como não poderia ser diferente, o lugar onde você coloca o sanitário do seu gatinho é primordial para que ele faça o xixi e cocô no lugar certo — principalmente se você mora em apartamentos e tem um espaço limitado. Hoje, o Patas da Casa vai te ajudar a resolver essa questão: dá uma olhada aqui embaixo!

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas
    Cuidados dos animais

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

    Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

    Adapte a sua casa para a chegada de um cachorro filhote

    Um cachorrinho no auge da juventude é capaz de fazer coisas improváveis e destruir os objetos mais inusitados. Muito curiosos, eles se interessam por fios expostos, almofadas, superfícies de madeira e muitas outras coisas. Além do risco de causar acidentes na residência, as travessuras podem gerar consequências na saúde do animal também. Por isso, antes de adotar ou comprar um filhote de cachorro, adapte a sua casa para recebê-lo. Mude objetos de lugar, coloque proteções nas tomadas e fios e considere treinar o cãozinho desde cedo para direcionar os instintos dele para os objetos corretos, como mordedores e brinquedos.

    E mesmo cachorros adultos que sejam mais agitados precisam de uma casa adaptada para o nível de energia deles. Além de investir seu tempo em passeios e brincadeiras, considere afastar móveis e objetos de vidro em que o animal possa esbarrar e se machucar, por exemplo.

    Cachorro machucado: alguns lugares da casa podem ser muito perigosos para a integridade física do seu pet

    Escadas e piscinas estão no topo de lugares perigosos para cães. Se você tem um desses itens em casa, não deixe de limitar o acesso dos pets. O portão para cachorro, por exemplo, é uma opção bem viável para evitar quedas e machucados na escada. Já as piscinas precisam de uma atenção maior ainda para evitar um cachorro afogado: mesmo que seu bichinho saiba nadar, é imprescindível que ele seja sempre supervisionado (como crianças mesmo) durante a brincadeira. Além disso, mantenha a piscina coberta com uma lona própria para isso quando não estiver sendo usada e faça um cercado seguro em volta dela.

    Janelas e portões também são potenciais riscos. No caso de apartamentos ou casas com andares, instale telas de proteção em todas as janelas e varandas para evitar uma queda de cachorro, que pode resultar em fraturas e até mesmo o falecimento do animal. Não deixe que o seu cãozinho tenha acesso a lajes ou terraços sem a devida proteção.

    Cachorros precisam de supervisão!

    Sua casa se tornará muito mais segura para o seu pet com esses cuidados, mas mesmo assim, acidentes podem acontecer. Nunca deixe o seu cachorro sem supervisão em locais que possam oferecer riscos, por menores que sejam. Tenha sempre o contato de um veterinário de confiança para recorrer e aprenda como prestar os primeiros socorros a um cachorro machucado.

    Redação: Luana Lopes

    Cuidar de cachorro: 5 hábitos que você deve acostumar o animal desde cedo

    Próxima matéria

    Cuidar de cachorro: 5 hábitos que você deve acostumar o animal desde cedo

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande

    Um cachorro Dálmata é facilmente reconhecido graças a sua aparência particular e também ao filme “101 Dálmatas”, desenho que se tornou muito popular na década de 60 e que faz um grande sucesso até hoje. Mas o que esse cãozinho tem de tão especial, além das suas famosas manchas? Para quem sempre quis ter um Dálmata para chamar de seu, chegou o momento de desvendar tudo sobre essa raça de cachorro grande: características físicas, temperamento, personalidade, que cuidados são necessários, preço e como é a saúde desse animal. Vem que a gente te conta!

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno

    Quem nunca viu aquele cãozinho simpático de “Legalmente Loira”? Se você não lembra desse filme (ou não é da sua geração), deixou de conhecer uma das mais brilhantes atuações de um Chihuahua, o menor - e mais corajoso - cão do mundo. O cachorro é pequeno, mas sua origem é cercada de teorias e histórias: não se sabe ao certo se ele é descendente do Techichi, um cão selvagem do México pré-colonial, se surgiu na China e foi levado por comerciantes espanhóis para o restante do mundo ou se é resultado de cruzamentos do Techichi com alguma raça minúscula chinesa.

    Como cuidar de cachorro para evitar que ele fique doente? Veja 7 dicas essenciais!
    Saúde

    Como cuidar de cachorro para evitar que ele fique doente? Veja 7 dicas essenciais!

    A possibilidade de um cachorro doente é o pesadelo de todo tutor. Nossos cães são companheiros fiéis que dependem de nós para ter uma vida plena e saudável. Por isso, é importante conhecer os problemas de saúde mais comuns que afetam os bichinhos, seus principais sintomas e métodos de prevenção. Para manter o seu cão sempre feliz e seguro, é fundamental fornecer água e alimentação adequadas, manter uma rotina de exercícios, cuidar da limpeza do ambiente e visitar o veterinário regularmente.

    Bulldog Inglês: características, personalidade, saúde e cuidados... tudo sobre a raça de cachorro
    Raças

    Bulldog Inglês: características, personalidade, saúde e cuidados... tudo sobre a raça de cachorro

    O cachorro Bulldog Inglês sempre conquista corações por onde passa! Não necessariamente por causa da sua aparência, já que eles têm uma carinha de rabugento, mas sim por causa do seu jeito doce e carinhoso. Parentes distantes do Bulldog Francês, essas duas raças são muito confundidas, mas cada uma delas tem uma essência única. Saiba tudo sobre o Bulldog Inglês.

    Ver Todas >

    O que considerar na hora de comprar uma cama para cachorro?
    Cuidados dos animais

    O que considerar na hora de comprar uma cama para cachorro?

    Quem tem um cãozinho já deve ter reparado que esses animais simplesmente adoram se escorar em praticamente qualquer lugar para tirar uma sonequinha. Portanto, é fundamental arranjar um cantinho da casa para que os peludos possam descansar confortavelmente sempre que precisarem, não é mesmo? A cama para cachorro é o acessório ideal para isso. No entanto, antes de efetuar a compra, o tutor deve levar em consideração uma série de fatores para não errar na escolha da cama para cães.

    Como funciona a areia biodegradável para gatos? Vale à pena?
    Cuidados dos animais

    Como funciona a areia biodegradável para gatos? Vale à pena?

    Os felinos são conhecidos por serem animais extremamente higiênicos e, portanto, precisam de um cuidado especial quando o assunto são as suas necessidades fisiológicas. A caixa de areia para gatos é o acessório ideal para isso, mas quando se trata especificamente do tipo de areia, muitos tutores podem ficar em dúvida sobre qual é a melhor opção. Uma delas é a areia biodegradável para gatos, que pode ser encontrada em diferentes tamanhos e granulações. Mas será que esse material realmente vale à pena? Quais são os diferenciais dele? A seguir, te contamos o que você precisa saber sobre esse tipo de areia de gato!

    Como funciona o repelente de mosquitos para cachorro?
    Cuidados dos animais

    Como funciona o repelente de mosquitos para cachorro?

    Os insetos podem ser muito prejudiciais para os cachorros. Se engana quem pensa que os mosquitos só podem causar coceira e vermelhidão nos doguinhos: as picadas de inseto podem transmitir doenças sérias como a dirofilariose,leishmaniose visceral, berne e miíase. Além dessas doenças, alguns pets desenvolvem quadros de alergia ao serem picados por mosquitos. Por isso, é muito importante usar algum produto para prevenir o problema, como o repelente para cachorro contra mosquitos.

    Bebedouro para gatos de plástico é a melhor opção?
    Cuidados dos animais

    Bebedouro para gatos de plástico é a melhor opção?

    Todo mundo sabe que os gatos são animais difíceis de beber água. Não é à toa que os problemas renais são uma preocupação frequente na vida de quem tem um bigodudo em casa. Por isso, o bebedouro de gato é um acessório indispensável na hora de cuidar desses animais, até mesmo para incentivá-los a manter a hidratação em dia. Existe uma infinidade de opções de bebedouros para gatos nos pet shops.

    Ver Todas >