close
Comportamento

Como é o acasalamento de gatos? Saiba tudo sobre a reprodução felina!

Atualizado · 03 de maio de 2022 · 19h06

Publicado · 03/05/2022 · 19h06

  
 
 
       
 Gatos machos   mordem as costas das gatas até que a relação termine, garantindo a fertilização.
Gatos machos mordem as costas das gatas até que a relação termine, garantindo a fertilização.

A reprodução dos gatos é um tema que não pode ser deixado de lado pelos tutores. Para proteger os bichanos de problemas que podem surgir nessa fase, como fugas e brigas, é fundamental entender quanto tempo dura o cio de gato, com quantos meses o gato pode cruzar e outros detalhes sobre o acasalamento de gatos. Continue lendo!

Cio de gata: como as fêmeas se comportam quando querem acasalar

O cio das gatas é bem discreto fisicamente. Não há sangramento ou inchaço, como acontece com as cachorras. Mas há uma linguagem corporal bem característica: a bichana passa a se esfregar mais em objetos, pessoas e outros gatos, se mostrando mais carinhosa que o habitual. O apetite pode diminuir e o andar torna-se mais gracioso, quase como um rebolado. A gatinha pode deixar a cauda de lado e a coluna curvada, em posição de cópula.

Ciclo estral: gata tem ciclo reprodutivo influenciado pela temperatura e luminosidade do ambiente

O primeiro cio costuma ocorrer até o 9º mês de vida da gata, mas pode variar de acordo com o ambiente, a presença de outros gatos e até a raça da felina (gatas com pêlos mais longos demoram mais a entrar no cio). Daí em diante, novos ciclos de cio se repetem por toda a vida. A frequência vai depender do desfecho do cio: se haverá ou não o acasalamento e a fecundação. Cada ciclo se divide em quatro fases:

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
      Há uma linguagem corporal bem característica entre as gatas no cio, que inclui   a cauda de lado e a coluna curvada.
    Há uma linguagem corporal bem característica entre as gatas no cio, que inclui a cauda de lado e a coluna curvada.

    Mais Lidas

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!
    Comportamento animal

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!

    Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso).

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?
    Comportamento animal

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?

    A linguagem corporal canina é tão expressiva que às vezes é possível entender os cães mesmo que eles não falem. Seja qual for a personalidade do cachorro, todos têm um comportamento canino tão revelador que, só de movimentar as orelhas, já dá para perceber o que o pet sente ou quer. Porém, não são apenas os humanos que compreendem a linguagem de cachorro. Já aconteceu de você falar algo com seu cãozinho e ele, imediatamente, virar a cabeça?

    Proestro: a fêmea começa a demonstrar interesse pelo sexo oposto, alterando sua personalidade e caprichando nos miados, mas ainda não permite a monta. Esse período dura de 1 a 3 dias.

    Estro: no cio propriamente dito, as manifestações de desejo pelo cruzo ficam mais intensas e a gata permite que o acasalamento aconteça, caso encontre um macho. Essa fase demora aproximadamente uma semana.

    Interestro: período de 7 dias que ocorre quando não há fecundação e a gata passa por uma espécie de repouso sexual. É normal que ela rejeite machos nessa época.

    Anestro: a ausência de ciclo costuma acontecer em épocas mais frias e de dias mais curtos, como o inverno. 

    Diestro: quando a gata ovula e não fica prenha, pode ocorrer uma espécie de falsa gravidez assintomática. Isso acontece porque as gatas só ovulam quando acasalam. Mas se por algum motivo não houver fecundação (um gato castrado também pode cruzar!), o ciclo é iniciado novamente, a partir do proestro. 

    Cio de gato acompanha os sinais emitidos pelas fêmeas

    O gato macho não possui um período de cio específico, como acontece com as fêmeas. Quando o animalzinho entra na puberdade, o que acontece entre 8 ou 10 meses de vida, ele se torna capaz de copular sempre que detecta os sinais de cio de uma fêmea. Pode haver uma queda na libido durante o outono e o inverno, quando os dias são mais longos e frios, mas ainda assim o gato é capaz de responder a esses estímulos. Ele permanece em idade fértil até completar 7 anos.

    Reprodução do gato: como identificar sinais que mostram que o felino quer cruzar

    O gato macho responde aos “chamados” da fêmea para cruzar mostrando inquietação e até alguma agressividade. Isso porque, em um ambiente natural, geralmente a fêmea escolhe instintivamente cruzar com o gato mais poderoso do bando. E aí, mesmo em um ambiente doméstico, é esperado que o gatinho passe a urinar em locais diferentes, para marcar território. Um comportamento mais agressivo com outros gatos - seus concorrentes - também pode ser observado, além de uma maior propensão à fuga.

    Pênis de gato adulto possui espículas e quase nunca fica exposto

    O órgão genital do gato geralmente fica bem escondido dentro do prepúcio, na base da barriga. O gato só expõe o pênis completamente - em condições normais de saúde - em duas situações: para fazer sua própria higiene ou para acasalar. Portanto, se seu gatinho tem andado por aí com o pênis visível, o melhor é levá-lo ao veterinário para averiguar o motivo, ok?

    Uma particularidade do pênis de gato são as espículas, pequenos espinhos que surgem quando o animal atinge a idade reprodutiva. Comuns também em outros mamíferos e em primatas, esses espinhos provocam dor na gata durante o acasalamento - um dos motivos dos barulhos emitidos pelas fêmeas durante a cópula. A reação natural da fêmea, nesse momento, é fugir do incômodo. A resposta dos machos é prática e pouco amigável: eles mordem as costas das gatas até que a relação termine, garantindo a fertilização. Especialistas acreditam que essas espículas têm a função de estimular a ovulação nas fêmeas. É por isso que o acasalamento de gatos é tão barulhento!

     

      O gato só expõe o pênis completamente - em condições normais de saúde - em duas situações: para fazer sua própria higiene ou para acasalar.
    O gato só expõe o pênis completamente - em condições normais de saúde - em duas situações: para fazer sua própria higiene ou para acasalar.

    Miado de gato no cio fica mais frequente! Saiba como acalmar machos e fêmeas

    Os gatos usam o miado como forma de comunicação em diversas situações, e quando buscam acasalamento não poderia ser diferente. Gatas no cio miam para atrair os machos, vocalizando de forma alta e constante até encontrar seu parceiro. Os gatos costumam retribuir, mostrando alterações no miado assim que ele percebe uma fêmea no cio ao seu redor. A “sinfonia de miados” tem uma razão para existir, mas pode incomodar bastante os tutores e seus vizinhos.

    A forma mais eficaz e segura de evitar essas alterações de comportamento é castrando os gatos antes do primeiro cio ou entre um cio e outro. Mas para controlar a reação natural dos felinos, opções como chás calmantes caseiros, como camomila, podem funcionar. Sprays de feromônios felinos são bastante eficientes também, conferindo uma sensação de bem-estar aos bichanos. Já o catnip, nessa situação, é uma incógnita: a erva do gato pode tanto tranquilizar quanto estimular os felinos. Na dúvida, converse com um veterinário de sua confiança!

    Acasalamento de gatos e os filhotes: como evitar uma nova ninhada

    A reprodução de gatos é natural, mas pode se tornar um problema quando o tutor não tem intenção de criar todos os filhotes e não encontra adotantes dispostos. A gestação da gata dura, em média, de 9 a 10 semanas. Muitas pessoas se perguntam “Depois de parir, quanto tempo o gato entra no cio?” e a resposta é: apenas 1 mês! Portanto, se você quer saber quantas ninhadas um gato tem por ano, saiba que é possível que ocorram de 3 a 4 gestações.

    Em relação a quantos gatos nascem na primeira ninhada, não é possível afirmar com certeza. Assim como há gestações de apenas um filhotinho, em alguns casos é possível que nasçam até dez gatinhos em um mesmo parto. Não há como prever, mas uma vez que a gata esteja prenha, é importante fazer exames de imagem para ter a informação correta e saber quando o parto terminou. 

      Assim como há gestações de apenas um filhotinho, em alguns casos é possível que nasçam até dez gatinhos em uma mesma ninhada.
    Assim como há gestações de apenas um filhotinho, em alguns casos é possível que nasçam até dez gatinhos em uma mesma ninhada.

    A solução mais segura para evitar ninhadas é a castração, tanto em fêmeas quanto em machos. Mas se o cio chegou sem aviso, uma boa solução é tentar isolar os gatos em ambientes diferentes. Até mesmo gatos irmãos podem cruzar, o que não é geneticamente recomendado, mas é bem comum. É melhor prevenir!

    Gatos sonham? O que significa sonhar com gato? Entenda tudo sobre o sono dos felinos e outras curiosidades

    Próxima matéria

    Gatos sonham? O que significa sonhar com gato? Entenda tudo sobre o sono dos felinos e outras curiosidades

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais
    Raças

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais

    O gato Himalaia é, sem dúvidas, uma das raças mais queridinhas e desejadas pelos amantes de felinos. Ele reúne em sua genética a mistura de outras duas raças que são muito populares: o gato Persa e o Siamês. Ou seja, é carisma e fofura em dose dupla! Além disso, esse gatinho tem uma personalidade super dócil e tranquila, sendo a companhia perfeita para quem sempre sonhou em ter um bichinho de estimação. Se esse é o seu caso, ou se você já tem um gato do Himalaia e quer conhecer tudo sobre ele, essa matéria vai te ajudar bastante. 

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos
    Comportamento

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos

    Não há nada mais fofo do que ver um gato dormindo. Essa, inclusive, é uma cena bastante comum na vida dos pais de pet, já que os felinos aproveitam boa parte da vida intercalando sonecas. Mas você já parou para pensar quantas horas dorme um gato? Às vezes parece até que esse ciclo dura o dia todo… será que esse é um comportamento normal ou pode ser motivo de preocupação? O que os gatos sonham (se é que ele sonham)? São muitas perguntas que precisam ser respondidas, mas não se preocupe. 

    Fox Terrier: características físicas, personalidade, cuidados e muito mais... saiba tudo sobre a raça
    Pequenos

    Fox Terrier: características físicas, personalidade, cuidados e muito mais... saiba tudo sobre a raça

    Os cães do grupo Terrier fazem sucesso por onde passam, e com o Fox Terrier não é diferente. Ele representa perfeitamente as raças de cachorro desse grupo: é animado, ativo, cheio de energia, habilidoso e, claro, incrivelmente fofo. Muitas pessoas chegam a confundi-lo com o Fox Paulistinha, uma raça de Terrier originária do Brasil que descende do cruzamento do Fox Terrier com outros cães. No entanto, esses dois doguinhos são bem diferentes entre si, especialmente no que diz respeito à pelagem e traços físicos.

    Van Turco: saiba tudo sobre essa raça de gato
    Raças

    Van Turco: saiba tudo sobre essa raça de gato

    Já ouviu falar no gato Turkish Van? Também chamado de Van Turco ou o contrário, Turco Van, o animal desta raça é muito cobiçado e especial aos olhos dos amantes de felinos. Extremamente dócil e cativante, não é muito difícil entender por que as pessoas se apaixonam por esse bichano de pelagem felpuda e macia. Mas afinal, que outras características são típicas desta raça de gato? Como é a personalidade dele? Que cuidados são necessários no dia a dia do gatinho? Para desvendar todas essas questões, preparamos uma matéria com tudo que você precisa saber sobre o Van Turco. Dá só uma olhada!

    Ver Todas >

    Enriquecimento ambiental para cães: o que é?
    Comportamento animal

    Enriquecimento ambiental para cães: o que é?

    Já ouviu falar no enriquecimento ambiental para cães? Apesar do conceito parecer novo, ele já faz parte da vida dos nossos doguinhos há um bom tempo: trata-se de estímulos físicos, mentais e sociais que melhoram o bem-estar e a qualidade de vida dos nossos pets. Isso pode incluir desde brinquedos para cachorro e brincadeiras, até passeios e socialização com outros animais e pessoas. 

    Enriquecimento ambiental para gatos: o que é?
    Comportamento animal

    Enriquecimento ambiental para gatos: o que é?

    O enriquecimento ambiental para gatos é um cuidado necessário para oferecer uma boa qualidade de vida aos nossos amigos de quatro patas. Apesar da domesticação ter acontecido há bastante tempo, vários instintos permaneceram com os felinos ao longo dos anos e é importante não inibir isso. Na verdade, os tutores devem saber como direcionar o comportamento do animal para os lugares certos - e é aí que entra a ideia de enriquecimento ambiental. 

    Cachorro uivando: tudo sobre o comportamento canino
    Comportamento animal

    Cachorro uivando: tudo sobre o comportamento canino

    O uivo de cachorro desperta muita curiosidade em nós, humanos. Diferente do latido, esse som é bem mais alto e envolve uma expressão corporal bem específica: de pé ou sentados, os cães inclinam a cabeça para trás, levantam o focinho, olham para cima e então emitem o uivo. É um gestual que lembra bastante seus ancestrais, os lobos, e que serve basicamente para a comunicação. Descubra tudo sobre cachorro uivando!

    Gato selvagem: conheça a história das raças silvestres originárias do Brasil
    Comportamento animal

    Gato selvagem: conheça a história das raças silvestres originárias do Brasil

    Mesmo que o gato doméstico seja mais conhecido, os gatos selvagens continuam por aí nos mais diferentes habitats. Claro que eles não são encontrados andando na rua e nem podem viver dentro de casa, mas fora dos meios urbanos existem diferentes espécies. E se você pensa que gatos silvestres só existem em locais bem distantes do mundo, você está bem enganado. Uma thread no Twitter feita pela Bárbara Ruzzi enumerou 10 espécies de gato selvagem brasileiro. Sim, nosso país é o lar de muitos gatos silvestres por aí! 

    Ver Todas >