Saúde

Como é a saúde do Husky Siberiano? A raça de cachorro tem propensão para desenvolver alguma doença?

O Husky Siberiano tem maior predisposição genética para algumas doenças. Saiba quais são
O Husky Siberiano tem maior predisposição genética para algumas doenças. Saiba quais são

É praticamente impossível resistir ao charme de um Husky Siberiano. A raça tem uma forte presença, com pelos brilhantes e um olhar penetrante que às vezes até chega a intimidar. Mas quem pensa que eles são cães agressivos devido à semelhança com lobos se engana. No fundo, o Husky Siberiano (filhote ou adulto) é um super companheiro, carinhoso e bastante apegado a sua família. O problema é que a raça pode ter alguns probleminhas de saúde no decorrer da sua vida, mesmo que ele receba todos os cuidados necessários. A seguir, separamos as principais doenças que podem acometer a saúde do cachorro Husky.

Husky Siberiano: deficiência de zinco e hipotireoidismo são problemas comuns na raça

Algumas raças tem maior predisposição para desenvolver problemas de pele, e o Husky Siberiano é uma delas. O organismo deste cãozinho tem certa dificuldade na absorção do zinco, o que leva a uma deficiência nutricional que reflete na pele do animal e pode desencadear problemas dermatológicos, como a dermatite nasal e a alopécia canina. Como essa é uma doença bastante específica, apenas o médico veterinário pode fazer o diagnóstico e indicar o melhor tratamento para suprir a falta de zinco no organismo do Husky.

Outro problema que acaba refletindo na pelagem da raça é o hipotireoidismo, uma doença endócrina que ocorre quando as glândulas da tireoide não produzem uma quantidade suficiente de hormônios para manter o metabolismo do Husky Siberiano estável. Alguns dos sintomas deste quadro são a queda de pelos, que acontece principalmente no rabo do cachorro, e o espessamento da pele.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    O Husky Siberiano filhote precisa de um acompanhamento médico regular desde os primeiros meses de vida
    O Husky Siberiano filhote precisa de um acompanhamento médico regular desde os primeiros meses de vida

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Cachorro Husky Siberiano tem maior predisposição para catarata, glaucoma e atrofia progressiva da retina

    Os problemas oculares são bastante comuns no Husky. A catarata, por exemplo, pode surgir em cães de qualquer idade e é caracterizada pela opacidade no cristalino, deixando a região com um aspecto mais acinzentado ou azulado. Dependendo da evolução da doença, o Husky Siberiano pode até mesmo ficar cego se não for tratado a tempo. O glaucoma precisa de igual atenção, porque dependendo da gravidade do caso, leva à cegueira. Como esse quadro é mais difícil de ser identificado, o mais recomendado é fazer consultas anuais com um veterinário especializado em oftalmologia. 

    A atrofia progressiva da retina é outra doença, mas de origem genética e que costuma se manifestar ainda nos primeiros anos de vida do Husky Siberiano. Ela tem um caráter progressivo, e vai piorando com o passar do tempo até deixar o animal cego.

    O Husky também podem sofrer com a displasia coxofemoral

    A displasia coxofemoral é uma doença, geralmente de origem genética, que atinge principalmente os cães de porte grande, como o Husky Siberiano. Os cachorros diagnosticados com a displasia não desenvolvem corretamente a região dos ossos, músculos e tendões das patas traseiras do cachorro, o que causa um constante atrito entre o fêmur e a bacia do animal sempre que ele anda ou corre. Isso acaba gerando uma limitação nos movimentos do cãozinho, além de trazer bastante dor e incômodo para o paciente. Um dos sinais da displasia coxofemoral é que o cachorro começa a mancar ou andar rebolando e animais com predisposição genética, como o Husky, precisam fazer um acompanhamento regular com o médico veterinário. Essa é uma doença que pode se manifestar ainda na fase inicial da vida do cão, com o filhote de Husky Siberiano entre 4 e 10 meses de idade, mas também pode surgir só quando o cachorro chega na fase adulta. 

    Redação: Juliana Melo

     

    Bexiga do gato: tudo que você precisa saber sobre o trato urinário inferior dos felinos

    Próxima matéria

    Bexiga do gato: tudo que você precisa saber sobre o trato urinário inferior dos felinos

    Dogue Alemão: origem, porte, saúde, temperamento... saiba tudo sobre a raça de cachorro gigante
    Grandes

    Dogue Alemão: origem, porte, saúde, temperamento... saiba tudo sobre a raça de cachorro gigante

    Uma das raças de cachorros gigantes mais famosas é a do Dogue (ou Dog) Alemão, que também é conhecida como cão Dinamarquês. O motivo para isso é simples: trata-se da mesma raça do famoso personagem de desenho animado Scooby Doo. Mas a verdade é que o cão Dogue Alemão vai muito além do seu tamanho e aparência robusta: ele é um amigo de quatro patas extremamente leal, dócil e carinhoso. 

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Chihuahua: personalidade, saúde, cuidados e mais... saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno

    Quem nunca viu aquele cãozinho simpático de “Legalmente Loira”? Se você não lembra desse filme (ou não é da sua geração), deixou de conhecer uma das mais brilhantes atuações de um Chihuahua, o menor - e mais corajoso - cão do mundo. O cachorro é pequeno, mas sua origem é cercada de teorias e histórias: não se sabe ao certo se ele é descendente do Techichi, um cão selvagem do México pré-colonial, se surgiu na China e foi levado por comerciantes espanhóis para o restante do mundo ou se é resultado de cruzamentos do Techichi com alguma raça minúscula chinesa.

    Husky Siberiano: filhotes, origem, alimentação, cuidados, saúde e comportamento desse cão de raça grande
    Grandes

    Husky Siberiano: filhotes, origem, alimentação, cuidados, saúde e comportamento desse cão de raça grande

    A semelhança física com os lobos selvagens faz com que o Husky Siberiano tenha a fama de ameaçador e traiçoeiro, mas quem já teve contato com um deles por um período de tempo suficiente para o animal pegar confiança sabe que a realidade não é bem assim. Forte, atlético, carinhoso e muito apegado aos donos, o cachorro Husky Siberiano vem de uma tribo chamada Chukchi, da Sibéria, onde era responsável por puxar trenós com mantimentos, remédios e qualquer outra coisa que precisasse ser transportada. Hoje em dia a rotina mudou, mas o Husky continua sendo amado por onde quer que vá. Conheça mais sobre a raça aqui embaixo!

    Bulldog Inglês: características, personalidade, saúde e cuidados... tudo sobre a raça de cachorro
    Raças

    Bulldog Inglês: características, personalidade, saúde e cuidados... tudo sobre a raça de cachorro

    O cachorro Bulldog Inglês sempre conquista corações por onde passa! Não necessariamente por causa da sua aparência, já que eles têm uma carinha de rabugento, mas sim por causa do seu jeito doce e carinhoso. Parentes distantes do Bulldog Francês, essas duas raças são muito confundidas, mas cada uma delas tem uma essência única. Saiba tudo sobre o Bulldog Inglês.

    Ver Todas >

    Síndrome de Wobbler: entenda mais sobre a doença que afeta raças de cachorros grandes
    Saúde animal

    Síndrome de Wobbler: entenda mais sobre a doença que afeta raças de cachorros grandes

    A síndrome de wobbler é uma doença que afeta principalmente raças de cachorro de grande porte. Ela atinge as vértebras e a medula espinhal do cachorro, desencadeando problemas neurológicos e de locomoção. O tratamento precisa ser o mais rápido possível, pois a síndrome de wobbler pode avançar para estágios mais graves e trazer consequências sérias ao animal. .

    Veja 5 fatos sobre a cadela no cio que você precisa saber
    Saúde animal

    Veja 5 fatos sobre a cadela no cio que você precisa saber

    A cadela no cio pode ser um momento delicado tanto para o tutor como para o pet. O período acaba gerando muitas curiosidades e dúvidas como: “com quantos meses a cadela entra no cio?” ou “de quanto em quanto tempo a cadela entra no cio?”. Saber as respostas para todos esses questionamentos vai ajudar o tutor do cachorro a lidar com o período. 

    Tumor venéreo transmissível: 5 coisas que você precisa entender sobre o TVT
    Saúde animal

    Tumor venéreo transmissível: 5 coisas que você precisa entender sobre o TVT

    O tumor venéreo transmissível, que também é chamado de TVT, tumor de Sticker ou sarcoma infeccioso, é uma neoplasia pouco conhecida pelos pais de pets. Esse problema de saúde costuma ser mais comum em animais abandonados, mas nada impede que cachorros que vivam em apartamento sejam infectados pela doença venérea. O TVT em cães é grave e fácil de ser transmitido.

    Bronquite em gatos: 5 sinais da doença respiratória que atinge os felinos
    Saúde animal

    Bronquite em gatos: 5 sinais da doença respiratória que atinge os felinos

    Muitas podem ser as causas de um gato tossindo, desde uma bola de pelo presa na garganta até uma alergia a alguma substância que ele teve contato. Porém, na maioria dos casos, o gato com tosse é sinal de problema respiratório - que pode ser leve, como uma gripe simples, ou grave, como uma pneumonia. Dentre as doenças respiratórias que mais acometem os bichanos, a bronquite felina é uma das que precisam de mais atenção. 

    Ver Todas >