close
Cuidados

Como cuidar de cachorro no inverno? Veja algumas dicas para manter seu bichinho aquecido!

Atualizado · 05 de junho de 2020 · 18h31

Publicado · 05/06/2020 · 18h24

Você sabia que cachorro sente frio? Veja algumas dicas para manter o seu amigo confortável durante o inverno
Você sabia que cachorro sente frio? Veja algumas dicas para manter o seu amigo confortável durante o inverno

Você já se perguntou se cachorro sente frio? Apesar de muitas raças de cachorro serem bem peludinhas, outras podem sofrer um pouco mais com as mudanças de temperatura. Com a chegada do inverno, é hora de começar em pensar em algumas formas de deixar o animal mais confortável. Se o seu cachorro costuma dormir no quintal, por exemplo, é importante colocá-lo para dentro ou garantir que ele terá uma casinha aconchegante e preparada para baixas temperaturas. Dentro de casa, os cães pequenos ou com pouca pelagem podem precisar de uma roupinha ou manta para ficarem mais aquecidos. Para te ajudar, vamos explicar como identificar um cachorro com frio e daremos algumas dicas para você lidar com isso!

Como saber se o animal está com frio? Em qual parte do corpo o cachorro sente mais frio? 

Assim como os humanos, os cães também possuem sensibilidade ao clima e, por isso, podem sentir frio. Nesse caso, fatores como idade, raça e, principalmente, a pelagem do cachorro definem como as mudanças de temperatura podem impactar o seu amigo. Os filhotes e idosos, que normalmente já têm a saúde mais frágil, são os primeiros a sofrerem com as baixas temperaturas. Além deles, existem algumas raças de cachorros que sentem mais frio, como o Chihuahua, Boston Terrier, Pug e Bulldog francês. A pelagem curta e o porte pequeno desses animais justificam isso.

Por serem animais de sangue quente, assim como os humanos, os primeiros sinais de que o seu cachorro sente frio são bem parecidos com os nossos. Nos dias mais frios, é comum que o cão sinta tremores pelo corpo e passe mais tempo deitado e encolhido. Outro ponto a ser observado é a temperatura do corpo do animal: cachorro sente frio no focinho, por isso, cheque a temperatura nessa área. Respiração e movimentos mais lentos também podem indicar que o seu pet está sentindo frio. Patas e orelhas geladas também é um indicativo.

Lembre-se: mudanças bruscas de temperatura podem deixar o seu cachorrinho mais vulnerável a algumas doenças, como gripe, resfriado e até mesmo traqueobronquite. Por isso, é muito importante saber como proteger os cães do frio no inverno.

Qual raça de gato você é?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

O que você mais gosta de fazer nos momentos de lazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Se você pudesse se descrever com uma palavra, quais das opções a seguir escolheria?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Alguém te chamou para sair para um lugar inusitado, o que você pensa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica depois de dormir pouco na noite anterior?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você viajou e se perdeu em uma cidade que não conhece muito: o que passa pela sua cabeça?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Quais dessas características você procuraria em um pet?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

O que seus amigos próximos pensam sobre você?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você gosta de curtir as férias?

Question Header Background

Sua personalidade aventureira combina com o Bobtail Japonês! Você é divertido assim como o gato Siamês! Sua personalidade ranzinza combina com o gato Maine Coon! Você é preguiçoso como um gatinho Persa!
    Nos dias muito frios, vale deixar seu cachorro dormir com você na cama
    Nos dias muito frios, vale deixar seu cachorro dormir com você na cama

    Mais Lidas

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente.

    Quanto tempo vive um gato?
    Cuidados dos animais

    Quanto tempo vive um gato?

    Afinal, um gato vive quantos anos? Não é mistério que a companhia de um bichano muda a vida de qualquer pessoa para melhor, e, se dependesse de nós, nossos gatinhos viveriam para sempre. No entanto, isso não é possível e muitos tutores têm dúvidas quando o assunto é a expectativa de vida. Gato, querendo ou não, é como se fosse um filho, e é muito fácil se apegar a esses animais no dia a dia. 

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    Cachorro sente frio no inverno, então como mantê-lo sempre aquecido?

    Antes de tudo, é preciso verificar o local onde o cachorro dorme, já que a temperatura costuma ser mais baixa durante a madrugada. Se o animal costuma ficar no quintal, você pode colocá-lo para dentro ou fazer uma casa bem resistente para ele, como as casinhas de madeira. Posicione a casa em locais onde há pouca circulação de vento e ceda um cobertor quentinho e almofadas para ele. Agora se o cachorro fica dentro de casa, deixe janelas e portas bem fechadas e deixe sempre uma manta à disposição para que ele fique sempre aquecido. 

    roupa para cachorro é uma boa escolha para driblar o frio do inverno e deixar o seu amigo mais confortável. Você pode comprar uma roupa pronta no pet shop ou fazer uma roupa de frio em casa mesmo. Vale também deixar o cachorro dormir com você: ele vai adorar ficar encostadinho e ainda vai te aquecer (e está comprovado que ainda nos faz bem)! Só tenha cuidado para não incentivar a ansiedade de separação e garanta que as patinhas do cachorro estão sempre limpas. Também é indicado que você troque as roupas de cama com mais frequência.

    No inverno, prefira passear com cachorro nos horários mais quentes

    Os passeios com o cachorro são super necessários mesmo no inverno. No entanto, é preciso mudar um pouco a rotina se você mora em uma cidade muito fria. Prefira sair com o seu amigo nos períodos em que estiver mais calor, como fim da manhã e o início da tarde. Evite os passeios muito cedo ou à noite para que o animal não se exponha ao vento e às temperaturas muito baixas. 

    Fique atento com a alimentação do cachorro

    Você pode até duvidar, mas a alimentação do cachorro também pode influenciar no frio que ele vai sentir. Isso porque as calorias ingeridas pelo animal podem ajudar a manter o corpo mais aquecido. Por isso, em alguns casos, pode ser necessário que você aumente um pouco a quantidade de comida oferecida para o seu pet. Incluir rações que tenham um percentual maior de proteínas também pode ser uma opção. Mas lembre-se: se você quiser fazer as coisas do jeito certo, é importante consultar o seu veterinário para garantir a dieta ideal para o seu amigo. 

    Cachorro sente frio: como ajudar um cãozinho de rua nessa situação? 

    É claro que o cachorro vira-lata sente frio no inverno e você pode ajudar um cãozinho abandonado a ficar mais aquecido. Mesmo que não seja possível adotar ou encontrar um lar temporário para o animal no momento, existem algumas formas de evitar que o cachorro passe frio. Montar uma espécie de “casinha” para ele é a principal delas. Para isso, você pode utilizar materiais recicláveis, como papelão, ou bacias de plástico, que são bem baratinhas. Aqueles lençóis e cobertas velhas largadas no fundo do armário também podem ajudar os animais de rua a se manterem aquecidos. Verifique também com ongs e protetores se estão precisando de alguma doação!

    Redação: Úrsula Gomes

    Granulado de madeira para gatos: como funciona?

    Próxima matéria

    Granulado de madeira para gatos: como funciona?

    Como criar uma rotina para o seu cachorro? Dicas de cuidados, higiene, alimentação e passeios
    Cuidados

    Como criar uma rotina para o seu cachorro? Dicas de cuidados, higiene, alimentação e passeios

    Ninguém pode negar: manter uma boa rotina é fundamental para saúde física e mental do ser humano. Mas, além de você, existe outro serzinho que precisa de hábitos diários para garantir um bom funcionamento do seu organismo: o seu cachorro. Ao contrário do que muitos tutores pensam, os cães são animais de rotina e, por isso, mudanças repentinas nos horários podem deixá-los estressados e, até mesmo, depressivos. O horário de passear com cachorro, por exemplo, é um dos que mais impactam o seu bichinho e deve ser o mesmo todos os dias. Para te ajudar nessa e em outras tarefas que envolvem a rotina do seu cãozinho, o Patas da Casa reuniu algumas dicas sobre o assunto. Dá uma olhada!

    Bullmastiff: origem, características e cuidados... conheça a raça de cachorro do Reino Unido
    Raças

    Bullmastiff: origem, características e cuidados... conheça a raça de cachorro do Reino Unido

    A raça Bullmastiff é um cachorro grande e robusto, mas que não deixa a desejar no temperamento afetuoso e gentil. Esse cãozinho britânico, que surgiu no século XIX, conquista as pessoas por onde passa. Sempre em alerta, ativo, companheiro e fiel aos tutores, o Bullmastiff estará sempre pronto para proteger a família e seu território. Por não ser uma raça de cachorro tão comum no Brasil, elaboramos um guia com todas as informações que você precisa saber sobre o Bulmastiff, que também é chamado por Bulmastife e Bulmastife Boxer. 

    Tudo sobre o cachorro Boxer: origem, personalidade, saúde, características físicas e cuidados
    Grandes

    Tudo sobre o cachorro Boxer: origem, personalidade, saúde, características físicas e cuidados

    Se você sempre sonhou em ter um cachorro grande dentro de casa, a raça Boxer certamente é uma opção que não vai te decepcionar. Por trás da aparência robusta e que pode ser considerada até um pouco intimidante para alguns, existe um cãozinho companheiro e com muito amor para oferecer aos seus humanos. Conheça um pouco mais sobre o comportamento da raça, cuidados com a saúde e quanto custa um cachorro Boxer.

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão
    Adoção

    Quanto custa manter um cachorro? Um guia completo com a média de gastos mensais com um cão

    Ter um cachorro em casa é uma experiência incrível para mães e pais de pet, mas os momentos de alegria vêm acompanhados de muitas responsabilidades… e gastos (muitos gastos). Ração, vacina, brinquedos, remédios e veterinário são os principais custos que você precisa ter frequentemente com o animal. É justamente por isso que, antes de comprar ou adotar um pet, é preciso pensar nos gastos que isso vai demandar - e que devem entrar no orçamento da família. Para te ajudar a bater o martelo e decidir se consegue ou não arcar com um amigo de quatro patas, montamos um guia completo com uma média dos gastos que você provavelmente terá. Chega mais!

    Ver Todas >

    Como fazer um comedouro para cachorro de rua?
    Cuidados dos animais

    Como fazer um comedouro para cachorro de rua?

    Não existe nada que corte mais o coração do que ver um cachorro de rua perto de casa. O pior de tudo é quando não podemos fazer o resgate do animal e não sabemos como ajudar. Mas até as pequenas atitudes podem mudar a vida de um cãozinho abandonado, como fazer um comedouro para animais de rua. Os animais de rua sobrevivem dos restos de comida que encontram e raramente consomem água limpa. 

    Qual o melhor bebedouro para cachorro?
    Cuidados dos animais

    Qual o melhor bebedouro para cachorro?

    Escolher um bom bebedouro de água para cachorro não é uma tarefa muito complicada, mas requer certo cuidado. Além de se atentar ao porte do seu pet, é preciso levar em consideração também outros fatores como a rotina e estilo de vida de cada animal para não errar no bebedouro. Cães precisam ingerir uma certa quantidade de água por dia, e saber qual é o melhor modelo para o seu amigo com certeza vai facilitar a ingestão do líquido.

    Como funciona o cortador de unha para cachorro? É bom ter um em casa?
    Cuidados dos animais

    Como funciona o cortador de unha para cachorro? É bom ter um em casa?

    Apesar de muitos tutores saberem o que é o cortador de unha de cachorro, muitos não sabem como usá-lo. É muito comum que os pais e mães de pet deixem que as unhas do animal sejam cortadas no pet shop, quando o cão já vai fazer outros serviços como a tosa higiênica. Assim, não possuem o acessório em casa e nem fazem ideia de como usar um cortador de unha. Cachorros precisam ter as unhas aparadas com frequência para ter até mesmo mais qualidade de vida. 

    Como tratar feridas na pele do gato?
    Cuidados dos animais

    Como tratar feridas na pele do gato?

    Existem muitas situações que podem causar feridas na pele do gato. Os felinos costumam ter um comportamento ativo, gostando de subir em locais altos e saltar de um canto para o outro. Todas essas atividades do dia a dia podem deixar o gato com feridas na pele. No entanto, existem outros motivos que podem causar essa complicação. Saber as principais causas desse quadro é uma informação importante para aprender como cuidar do seu felino machucado. 

    Ver Todas >