Adestramento

Como acostumar o cachorro a ficar sozinho novamente depois da quarentena?

Conversamos com um adestrador e ele deu algumas dicas para reacostumar seu cachorro a ficar sozinho em casa depois da quarentena!
Conversamos com um adestrador e ele deu algumas dicas para reacostumar seu cachorro a ficar sozinho em casa depois da quarentena!

Nesse período de quarentena, você provavelmente está passando a maior parte do tempo em casa. Enquanto o isolamento pode ser difícil para algumas pessoas, quem provavelmente está adorando ter companhia em tempo integral são os cachorros. Se o seu cão costumava passar o dia sozinho, com certeza deve estar muito feliz agora. Mas será que o seu companheiro de quatro patas vai ter dificuldade para se readaptar a rotina quando a quarentena acabar? Essa é uma das maiores preocupações para os tutores de cães ao fim do período de isolamento. Para responder algumas dúvidas sobre esse assunto, o Patas da Casa conversou com o adestrador Max Pablo. Confira as dicas que ele deu!

Como acostumar o cachorro a ficar sozinho após a quarentena?

Na hora de voltar à rotina normal, é importante levar em consideração como era o comportamento do cachorro antes do isolamento. Para os cães que já eram acostumados a ficar sozinhos e se comportavam bem, o processo é simples: basta seguir a rotina. No início eles até podem estranhar, mas naturalmente vão voltar aos hábitos normais e sem sofrimento. Já os animais que ficavam agitados ou tinham comportamentos destrutivos quando ficavam sozinhos em casa, precisam ser treinados - até mesmo para evitar o desenvolvimento de uma ansiedade de separação

Max ensina um treinamento básico para isso: "É preciso fazer um processo de dissociação para ele aprender a ficar sozinho. A dica é deixar o animal em outro cômodo, fechar a porta e deixá-lo lá por alguns minutos. Depois permita que ele vá para o cômodo em que você está. O treinamento faz com que ele se sinta independente e que a situação não cause desconforto." Você pode repetir o treino várias vezes nesse período em que estiver isolado em casa.

Segundo o adestrador, na hora que precisar sair de casa novamente, o animal precisa ficar confortável, bem alimentado e com pouca energia. Para isso, prepare um ambiente só pra ele, com cama, água fresca e brinquedos. Também é indispensável fazer longos passeios antes de deixá-lo sozinho, "Quanto mais cansado o cão estiver, menos problemas de comportamento ele vai ter", garante Max.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Os treinos com o cachorro praticados desde já vão evitar episódios de estresse ou ansiedade de separação
    Os treinos com o cachorro praticados desde já vão evitar episódios de estresse ou ansiedade de separação
    Na volta à rotina, invista em longos passeios com o cachorro antes de sair de casa. Isso evita destruição!
    Na volta à rotina, invista em longos passeios com o cachorro antes de sair de casa. Isso evita destruição!
    Os treinos com o cachorro praticados desde já vão evitar episódios de estresse ou ansiedade de separação
    Na volta à rotina, invista em longos passeios com o cachorro antes de sair de casa. Isso evita destruição!

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Como evitar que o cachorro destrua a casa quando ficar sozinho?

    A melhor  forma de evitar que o seu cão destrua móveis e objetos quando estiver sozinho é deixá-lo em um espaço limitado - ou seja, sem acesso a todos os cômodos da casa, principalmente aqueles com itens mais "destrutíveis", como camas, plantas e estofados. "Separe um cômodo ou parte da casa para deixar o cachorro sozinho no apartamento ou faça um canil, se você morar em uma casa com quintal. O animal não deve ficar acorrentado, mas deve ter um espaço só dele para que possa descansar", explica Max.

    Se você não tiver como deixar o cão isolado dentro de casa, satisfazer as necessidades do animal vai ajudar a mantê-lo mais calmo. É o que explica Max Pablo: "É importante fazer com que ele tenha suas necessidades saciadas. A primeira delas é passear com o cachorro para gastar sua energia. Cada cão vai ter um tempo diferente para cansar e não destruir os objetos. A outra é usar a alimentação como distração. Você pode congelar alimentos e colocar dentro de brinquedos, aí o cão vai se divertir e esquecer que tem outros objetos para morder."

    Em todos os casos, é fundamental investir no enriquecimento ambiental para que o animal fique distraído e não sinta tanto a sua falta. Brinquedos com garrafas pet, caixas de papelão, mordedores específicos para cães, bolinhas, brinquedos interativos... vale tudo!

    Como evitar que o cachorro fique ansioso ou estressado depois da quarentena?

    A mudança de rotina pode deixar o seu cachorro mais agitado que o normal. Como lidar com isso? "O básico para evitar que o cachorro fique estressado ou ansioso é unir três pilares: exercício, disciplina e afeto. Gaste bastante energia física e mental do animal, levando-o para passear. Exercite a obediência básica, treinando alguns comandos e o recompensando com comida ou objetos que ele goste. E, por último, dê bastante carinho no momento adequado", finaliza Max. Essas três dicas são fundamentais não apenas no processo de adaptação quando a quarentena acabar, mas em toda a rotina do cachorro. Isso garante que o animal fique saudável e feliz no ambiente em que vive!

    Redação: Gabrielle Nunes

    6 sons que os cachorros odeiam

    Próxima matéria

    6 sons que os cachorros odeiam

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: como acostumar os pets com a nova rotina!

    A rivalidade entre cães e gatos é tão histórica que até ditado popular ela já virou. Mesmo assim, no dia a dia o que não falta por aí são donos de pet que não conseguem decidir entre uma das espécies e dividem o amor com os cachorros e gatos ao mesmo tempo e embaixo do mesmo teto. A parte boa disso é que você não precisa aceitar que eles vão viver sempre em pé de guerra: juntar cachorro e gato em casa é possível, sim! Descubra, aqui embaixo, como você pode aproveitar a companhia de dois animaizinhos completamente diferentes, mas que também podem se tornar super amigos!

    Tudo sobre o Terra Nova: conheça todas as características desse cachorro grande
    Grandes

    Tudo sobre o Terra Nova: conheça todas as características desse cachorro grande

    O Terra Nova é uma raça de cachorro grande que, apesar do corpo musculoso e robusto, é muito dócil e amigável. Ele chama bastante atenção por conta do seu tamanho e também ser bem peludinho, lembrando bastante um ursinho de pelúcia - ou, nesse caso, um ursão. Dentre uma das características mais marcantes da raça, podemos destacar o seu lado atlético e a paixão que o cachorro Terra Nova tem por água. É isso mesmo: esta é uma das raças de cachorro que mais gosta de nadar e brincar na água.

    Quais são os melhores cachorros para apartamento que ficam sozinhos? Veja as raças recomendadas!
    Raças

    Quais são os melhores cachorros para apartamento que ficam sozinhos? Veja as raças recomendadas!

    Ter um melhor amigo de quatro patas trará muita alegria ao lar, mas a adoção ou compra de um filhote de cachorro precisa ser pensada com muita responsabilidade. Se você mora em um apartamento e passa muito tempo fora de casa, é importante pensar bem antes de ter um doguinho. A ausência dos donos pode provocar estresse e ansiedade nos cães, fazendo com que eles tenham comportamentos indesejados. Além do mais, alguns cachorros podem sofrer com a limitação de espaço de um apartamento, ainda mais quando passam muito tempo sozinhos. 

    Como acostumar cachorro com gato: 5 erros comuns que você deve evitar
    Comportamento

    Como acostumar cachorro com gato: 5 erros comuns que você deve evitar

    Ter mais de um bichinho de estimação é muito comum em muitas famílias, mas e quando os animais são de espécies diferentes, como cachorro e gato? Algumas pessoas acreditam que a relação entre eles é um pouco problemática, mas não precisa ser assim - inclusive, é super possível fazer com que os dois bichinhos sejam grandes amigos. Tudo é uma questão de saber como acostumar gato com cachorro para que eles aprendam a conviver de um jeito mais harmonioso.

    Ver Todas >

    Adestramento de cães: como lidar com o cachorro latindo para outros cachorros no passeio?
    Comportamento animal

    Adestramento de cães: como lidar com o cachorro latindo para outros cachorros no passeio?

    “Meu cachorro faz escândalo quando sai” - se você está familiarizado com esse tipo de situação, deve estar se perguntando qual é a melhor forma de corrigir o comportamento do seu amigo de quatro patas, não é mesmo? Bom, a verdade é que quando o assunto é passear com o cachorro, cada bichinho reage de uma forma diferente. Alguns são mais tranquilos, enquanto outros são super agitados. Mas o que fazer quando o cachorro late muito no passeio?

    Anatomia externa canina: veja o infográfico e aprenda mais sobre as partes do corpo do cachorro
    Comportamento animal

    Anatomia externa canina: veja o infográfico e aprenda mais sobre as partes do corpo do cachorro

    A anatomia canina é tão fascinante que sempre aparece uma nova curiosidade para nos surpreender. Afinal, o universo dos cães é repleto de segredos! Todas as partes do corpo do cachorro possuem características, funções e estruturas completamente diferentes e igualmente interessantes. No caso da anatomia externa do cachorro, o foco fica em todas as partes que enxergamos só de olhar para o animal. 

    Coleira cabresto: entenda como funciona o acessório e em quais casos é recomendado
    Comportamento animal

    Coleira cabresto: entenda como funciona o acessório e em quais casos é recomendado

    A coleira com cabresto ajuda o tutor a lidar com cães que puxam muito no passeio. Sua posição ao redor do focinho pode trazer a impressão de que o animal está incomodado, mas na verdade, a coleira cabresto para cachorro é muito traz alguns benefícios. Ela faz parte do time de coleiras anti-puxão, ou seja, aquelas que são perfeitas para cachorro que é mais descontrolado e ansioso durante o passeio. 

    Viajar com gato: tutora compartilha a experiência de uma viagem de 18h com seu bichano
    Comportamento animal

    Viajar com gato: tutora compartilha a experiência de uma viagem de 18h com seu bichano

    Viajar com gato não é uma tarefa exatamente fácil, e muitos tutores acabam deixando esse tipo de passeio de lado para evitar possíveis estresses. No entanto, dependendo da personalidade e do comportamento do gato, é super possível levar o seu amigo em uma dessas aventuras. Viajar de ônibus com gato, de carro ou avião: não importa qual seja a sua escolha, o importante é conhecer os limites do seu gatinho e fazer de tudo para que ele fique o mais confortável possíve.

    Ver Todas >