close
Cuidados

Coleira para gatos é realmente necessária? Veja os modelos disponíveis e como o felino reage ao acessório

Atualizado · 25 de maio de 2020 · 16h00

Publicado · 02/10/2019 · 19h11

A coleira para gato pode ser uma opção para garantir mais segurança. Conheça os diferentes modelos e suas utilidades!
A coleira para gato pode ser uma opção para garantir mais segurança. Conheça os diferentes modelos e suas utilidades!

Gatos são considerados animais independentes e, por isso, não costumam ter sua liberdade limitada dentro de casa. Andam por todos os lados, escalam móveis e janelas, se escondem. Mas e quando o gato é fujão ou gosta de explorar todos os cantos? O ideal é sempre telar janelas e limitar o acesso aos ambientes internos para que o bichano esteja sempre seguro, mas sabemos que existem casos e casos e alguns gatos acabam tendo acesso ao quintal, por exemplo, e até passeiam com os donos.

A coleira de gato acaba sendo um acessório pouco lembrado quando falamos desses animais, justamente por não demandarem passeios diários, como os cachorros. É incomum ver um gato com coleira, não é mesmo?! Mas o que alguns tutores não sabem é que esse item pode ser uma forma de garantir a segurança dos bichinhos mais curiosos com o mundo externo.

Coleira para gatos: como escolher uma para o seu bichano?

A coleira de pescoço é o modelo mais comum e existem muitas opções coloridas e com temas variados. Esse tipo de coleira para gatos deve ser utilizado em casa ou em ambientes fechados: no caso de passeios na rua, além do animal ter mais chances de escapar, a tração da guia pode ocasionar problemas na coluna do gatinho. Também é importante escolher um tecido que não cause alergias ou assaduras nos gatinhos. Por isso, fique sempre atento à saúde do gato antes de escolher uma opção. 

Outra coisa importante que você deve observar é o fecho da coleira de pescoço. Já existem alguns modelos com mecanismos de abertura caso o gatinho se enrosque em alguma coisa ao escalar objetos ou entrar em lugares menores e escondidos. Com esse modelo, se o animal ficar preso, a coleira se abre. Esse objeto pode ser essencial para os gatinhos aventureiros, pois evita acidentes na ausência do dono.

Como fazer a adaptação da coleira de gato?

Para colocar uma coleira no seu gato é necessário, antes de tudo, associar o objeto a algo positivo para evitar que ele fique estressado. Ainda que sejam animais de fácil adaptação, os gatos necessitam de conforto e não devem ser sentir presos com o uso do acessório. Muitos gatos, ao terem contato com roupas e coleiras, entram em um estado de petrificação, podendo até deitar e não se movimentar até a retirada do item. Outros gatos podem ficar mais agitados e tentarem tirar a coleira de qualquer jeito. Você pode usar petiscos ou sachês, carinhos e introduzir a coleira aos poucos.

Qual raça de gato você é?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

O que você mais gosta de fazer nos momentos de lazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Se você pudesse se descrever com uma palavra, quais das opções a seguir escolheria?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Alguém te chamou para sair para um lugar inusitado, o que você pensa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica depois de dormir pouco na noite anterior?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você viajou e se perdeu em uma cidade que não conhece muito: o que passa pela sua cabeça?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Quais dessas características você procuraria em um pet?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

O que seus amigos próximos pensam sobre você?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você gosta de curtir as férias?

Question Header Background

Sua personalidade aventureira combina com o Bobtail Japonês! Você é divertido assim como o gato Siamês! Sua personalidade ranzinza combina com o gato Maine Coon! Você é preguiçoso como um gatinho Persa!
    A Amélia Canela mora em uma casa com um quintal enorme. Apesar de ficar sempre em ambientes internos, sua dona não abriu mão da coleira com identificação.
    A Amélia Canela mora em uma casa com um quintal enorme. Apesar de ficar sempre em ambientes internos, sua dona não abriu mão da coleira com identificação.
    A coleira de pescoço é o modelo mais comum e indicada para ambientes internos. É possível encontrar opções coloridas e com temas variados.
    A coleira de pescoço é o modelo mais comum e indicada para ambientes internos. É possível encontrar opções coloridas e com temas variados.
    Na hora do passeio, a recomendação é utilizar uma coleira peitoral para gatos do modelo "roupinha".
    Na hora do passeio, a recomendação é utilizar uma coleira peitoral para gatos do modelo "roupinha".
    Gatos podem ficar bem estressados com as coleiras com guizo. A maioria dos veterinários não recomenda o uso desse acessório barulhento.
    Gatos podem ficar bem estressados com as coleiras com guizo. A maioria dos veterinários não recomenda o uso desse acessório barulhento.
    A Amélia Canela mora em uma casa com um quintal enorme. Apesar de ficar sempre em ambientes internos, sua dona não abriu mão da coleira com identificação.
    A coleira de pescoço é o modelo mais comum e indicada para ambientes internos. É possível encontrar opções coloridas e com temas variados.
    Na hora do passeio, a recomendação é utilizar uma coleira peitoral para gatos do modelo "roupinha".
    Gatos podem ficar bem estressados com as coleiras com guizo. A maioria dos veterinários não recomenda o uso desse acessório barulhento.

    Mais Lidas

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente.

    Quanto tempo vive um gato?
    Cuidados dos animais

    Quanto tempo vive um gato?

    Afinal, um gato vive quantos anos? Não é mistério que a companhia de um bichano muda a vida de qualquer pessoa para melhor, e, se dependesse de nós, nossos gatinhos viveriam para sempre. No entanto, isso não é possível e muitos tutores têm dúvidas quando o assunto é a expectativa de vida. Gato, querendo ou não, é como se fosse um filho, e é muito fácil se apegar a esses animais no dia a dia. 

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    Coleira de passeio para gato: qual a melhor opção?

    Se você tem o desejo de passear com o seu gato na rua, isso também já é possível. O ideal é escolher um tipo de coleira de passeio para gato que não limite a mobilidade, mas que também o deixe preso para evitar possíveis fugas. A recomendação de muitos especialistas é a coleira peitoral para gatos do modelo “roupinha”, que é vestido pela cabeça e se fecha no corpo.

    Agora, se você nunca passeou com seu gato e ele foi criado a vida inteira no mesmo lugar, sem acesso ao mundo externo, é necessário avaliar se o passeio realmente trará benefícios ao felino. Nem todos os gatos gostam de ter contato com outras pessoas e animais e, na rua, é praticamente impossível evitar certos encontros. Além disso, gatos criados em apartamento possuem menos chance de contrair doenças de gatos das ruas, como esporotricose, FIV e FeLV.

    Guizo: gato se incomoda com o barulho?

    Você gostaria de andar o dia inteiro com um sino tocando a cada passo que você dá? A sensação de incômodo dessa situação pode ser prejudicial aos gatos, que possuem uma audição bem sensível. Os felinos são animais silenciosos e a partir dessa característica é que aprimoram o talento de caça. No silêncio e com movimentos lentos, eles conseguem se aproximar melhor de suas presas. Com o guizo, não só a “presa” vai identificar a aproximação do animal como eles também vão perder o foco.

    Por isso, veterinários costumam ser contra o uso de coleira com guizo para gatos. Alguns donos, porém, consideram o uso do guizo um auxílio para encontrar o animal dentro do apartamento. Uma das alternativas ao barulho, nesse caso, podem ser coleiras de cores neon, que vão chamar atenção durante o dia, ou que brilhem no escuro.

    A importância da coleira para gatos com identificação

    Independente da escolha, não podemos deixar de reiterar a importância do uso de coleira para gatos com identificação. A plaquinha, ou até mesmo o modelo de coleira bordada, contendo nome do animal e telefone do dono, é essencial para garantir que, em caso de fuga ou de perda, esse bichinho tenha mais chances de voltar para casa.

    Redação: Júlia Cruz

    Granulado de madeira para gatos: como funciona?

    Próxima matéria

    Granulado de madeira para gatos: como funciona?

    Arranhador para gatos: tipos do acessório para o seu felino brincar
    Brinquedos

    Arranhador para gatos: tipos do acessório para o seu felino brincar

    Mais do que um brinquedo, o arranhador para gatos é um acessório que todo gato tem que ter! E não é só porque o item ajuda a preservar o estofamento dos sofás e poltronas, sabia? Quando na natureza, os felinos usam as árvores e pedras para desestressar, se exercitar e aparar suas unhas. Como os bichanos que vivem em apartamento não têm essa facilidade, eles buscam locais que possam fazer essas atividades. Por isso, em casas que não existem arranhadores, eles usam os móveis. Então, antes que seja tarde demais e você precise reformar a sua casa inteira, o Patas da Casa vai te ajudar a escolher o melhor modelo de arranhador para o seu gato.

    Gato Birmanês: conheça todas as características desse adorável felino
    Raças

    Gato Birmanês: conheça todas as características desse adorável felino

    O Birmanês, que também é conhecido como gato Sagrado da Birmânia, é um animal super dócil e elegante que tem muita história para contar. O gato da Birmânia é descendente de animais que eram venerados como deuses entre o século XV e XVI nos templos budistas do sudeste asiático. Muito sensível, a raça de gato é conhecida pelo companheirismo, já que se apega facilmente à família humana. O gato Birmanês gosta de explorar e é curioso, mas diferente dos outros gatos, ele gosta da estabilidade do chão e não gosta muito de altura.

    Bolinha para gato: quais os modelos e como inserir a brincadeira na rotina do seu felino?
    Brinquedos

    Bolinha para gato: quais os modelos e como inserir a brincadeira na rotina do seu felino?

    Entre os brinquedos para gatos, as bolinhas são as favoritas. É possível encontrar bolinha para gato de todos os tamanhos, materiais, funcionalidades e preço. Uma coisa é certa: o seu bichano vai se divertir independente da escolha. Além de tudo, as bolinhas para gatos são ótimas para estimularem o animal a se movimentar e até a encarar desafios. Conheça os modelos!

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos
    Comportamento

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos

    Não há nada mais fofo do que ver um gato dormindo. Essa, inclusive, é uma cena bastante comum na vida dos pais de pet, já que os felinos aproveitam boa parte da vida intercalando sonecas. Mas você já parou para pensar quantas horas dorme um gato? Às vezes parece até que esse ciclo dura o dia todo… será que esse é um comportamento normal ou pode ser motivo de preocupação? O que os gatos sonham (se é que ele sonham)? São muitas perguntas que precisam ser respondidas, mas não se preocupe. 

    Ver Todas >

    Como fazer um comedouro para cachorro de rua?
    Cuidados dos animais

    Como fazer um comedouro para cachorro de rua?

    Não existe nada que corte mais o coração do que ver um cachorro de rua perto de casa. O pior de tudo é quando não podemos fazer o resgate do animal e não sabemos como ajudar. Mas até as pequenas atitudes podem mudar a vida de um cãozinho abandonado, como fazer um comedouro para animais de rua. Os animais de rua sobrevivem dos restos de comida que encontram e raramente consomem água limpa. 

    Qual o melhor bebedouro para cachorro?
    Cuidados dos animais

    Qual o melhor bebedouro para cachorro?

    Escolher um bom bebedouro de água para cachorro não é uma tarefa muito complicada, mas requer certo cuidado. Além de se atentar ao porte do seu pet, é preciso levar em consideração também outros fatores como a rotina e estilo de vida de cada animal para não errar no bebedouro. Cães precisam ingerir uma certa quantidade de água por dia, e saber qual é o melhor modelo para o seu amigo com certeza vai facilitar a ingestão do líquido.

    Como funciona o cortador de unha para cachorro? É bom ter um em casa?
    Cuidados dos animais

    Como funciona o cortador de unha para cachorro? É bom ter um em casa?

    Apesar de muitos tutores saberem o que é o cortador de unha de cachorro, muitos não sabem como usá-lo. É muito comum que os pais e mães de pet deixem que as unhas do animal sejam cortadas no pet shop, quando o cão já vai fazer outros serviços como a tosa higiênica. Assim, não possuem o acessório em casa e nem fazem ideia de como usar um cortador de unha. Cachorros precisam ter as unhas aparadas com frequência para ter até mesmo mais qualidade de vida. 

    Como tratar feridas na pele do gato?
    Cuidados dos animais

    Como tratar feridas na pele do gato?

    Existem muitas situações que podem causar feridas na pele do gato. Os felinos costumam ter um comportamento ativo, gostando de subir em locais altos e saltar de um canto para o outro. Todas essas atividades do dia a dia podem deixar o gato com feridas na pele. No entanto, existem outros motivos que podem causar essa complicação. Saber as principais causas desse quadro é uma informação importante para aprender como cuidar do seu felino machucado. 

    Ver Todas >