Saúde

Coleira contra leishmaniose: como funciona?

Coleira antiparasitária previne a leishmaniose?
Coleira antiparasitária previne a leishmaniose?

Você provavelmente já conhece a coleira antiparasitária, mas sabia que alguns modelos têm ação contra a leishmaniose? O acessório indicado para doença é usado para afastar parasitas e insetos como o mosquito-palha, que é o vetor da leishmaniose canina. A doença está entre uma das maiores preocupações dos pais de pet, uma vez que se trata de um quadro capaz de debilitar bastante o organismo do cãozinho, podendo até mesmo levar à morte. Mas será que a coleira para leishmaniose é mesmo uma boa medida preventiva? Como funciona esse tipo de coleira e quais os prós e contras do acessório? Tiramos todas essas dúvidas a seguir, confira!

Como funciona a coleira para cachorro antipulgas, carrapatos e leishmaniose?

A leishmaniose canina é transmitida exclusivamente pelo mosquito-palha. Ele precisa picar um animal infectado para contrair o protozoário Leishmania, que é o agente causador da doença. Depois disso, ele se torna um vetor da leishmaniose e pode contaminar outros animais (e até humanos) com uma nova picada.

Para evitar a doença, a coleira leishmaniose foi desenvolvida com o objetivo de manter os mosquitos afastados, assim como outros parasitas. Ela libera substâncias pelo corpo do animal que agem como repelentes, protegendo o seu cãozinho por um período pré-estabelecido. Os princípios ativos que são utilizados nessas coleiras normalmente são deltametrina ou a combinação de imidacloprida e flumetrina, que afastam os mosquistos. Vale destacar que a coleira leishmaniose também costuma combater pulgas e carrapatos. Ou seja, são três benefícios em um único produto!

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    A coleira contra leishamaniose é uma medida eficaz para proteger os cães do mosquito-palha
    A coleira contra leishamaniose é uma medida eficaz para proteger os cães do mosquito-palha

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Por que investir em uma coleira contra leishmaniose?

    coleira para cachorro indicada para prevenir a leishmaniose costuma ser eficiente na função de afastar o mosquito-palha. Isso por si só já é um ótimo motivo para investir nesse tipo de acessório, principalmente em regiões endêmicas (normalmente lugares úmidos e com muita vegetação). Além disso, a praticidade da coleira conta muito: basta colocá-la ao redor do pescoço do pet que ele estará devidamente protegido por alguns meses (é importante verificar a duração antes da compra).

    É importante ficar atento às contra indicações do produto, que normalmente não é muito indicado para filhotes de cachorro com menos de três semanas. Reações alérgicas causadas pelos componentes presentes na coleira de leishmaniose podem ocorrer - não é regra, mas pode acontecer principalmente em animais mais sensíveis ou com histórico de alergias.

    Também é possível prevenir a leishmaniose em cães por meio da vacina, que deve ser aplicada logo no primeiro ano de vida do animal e é dividida em três doses. A imunização precisa ser reforçada anualmente.

    Coleira para leishmaniose: preço vai variar de acordo com o fabricante

    Existem algumas opções de coleira de leishmaniose que podem ser facilmente encontradas no mercado. No entanto, o preço vai depender do período de proteção do produto e principalmente do fabricante. Os modelos mais baratos costumam custar entre R$75 e R$100, com proteção que varia de três a seis meses. Após esse período, é recomendado trocar a coleira por uma nova. 

    Por outro lado, existem modelos mais caros e igualmente eficazes. A principal diferença é que as chances de reações alérgicas são menores, e a durabilidade é maior, chegando a oito meses de proteção contra parasitas - encontradas pelo preço de R$150 a R$200.

    Redação: Juliana Melo

    Gato obeso: como saber se o seu pet está acima do peso?

    Próxima matéria

    Gato obeso: como saber se o seu pet está acima do peso?

    Veterinário online é uma boa ideia? Como funciona? Veja como profissionais e tutores se adequaram na pandemia
    Saúde

    Veterinário online é uma boa ideia? Como funciona? Veja como profissionais e tutores se adequaram na pandemia

    Já pensou em ter uma consulta com um veterinário online? Embora seja um serviço relativamente recente, esse tipo de atendimento chegou para facilitar a vida dos tutores. O grande diferencial é que, com a possibilidade de um veterinário gratuito online, fica muito mais fácil tirar eventuais dúvidas sobre o comportamento e cuidados com o animal sem precisar sair de casa.

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?
    Passeio

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?

    Viajar com cachorro é uma experiência incrível, mas que precisa de atenção. O primeiro passo é procurar por um hotel pet friendly - isto é, um hotel ou pousada que aceita animais de estimação - para que tudo seja perfeito. Existe hotel que aceita cachorro, mas que tem algumas limitações como quantidade de pets por quarto e que tem restrições quanto ao porte do animal (a maioria costuma aceitar apenas animais pequenos ou, no máximo, de porte médio). No entanto, também existem hotéis totalmente pet friendly que são praticamente o paraíso na terra para os nossos amiguinhos de quatro patas.

    Coleira cabresto: entenda como funciona o acessório e em quais casos é recomendado
    Passeio

    Coleira cabresto: entenda como funciona o acessório e em quais casos é recomendado

    A coleira com cabresto ajuda o tutor a lidar com cães que puxam muito no passeio. Sua posição ao redor do focinho pode trazer a impressão de que o animal está incomodado, mas na verdade, a coleira cabresto para cachorro é muito traz alguns benefícios. Ela faz parte do time de coleiras anti-puxão, ou seja, aquelas que são perfeitas para cachorro que é mais descontrolado e ansioso durante o passeio. 

    Como funciona a coleira antipulgas para cachorro?
    Pulga

    Como funciona a coleira antipulgas para cachorro?

    A coleira antipulgas para cachorro tem se tornado uma das formas mais procuradas por tutores para acabar com infestações no cãozinho. Só quem já teve um bichinho que sofreu com pulgas e carrapatos sabe como é muito importante cuidar para que isso não aconteça mais e tratar da maneira mais rápida possível. Com cada vez mais gente apostando na coleira para cachorro antipulgas e carrapatos, é importante saber como exatamente ela funciona e quais cuidados precisam ser tomados para que ela cumpra sua função da melhor forma possível.

    Ver Todas >

    Lúpus canino: como a doença autoimune em cães se desenvolve e quais as raças mais afetadas?
    Saúde animal

    Lúpus canino: como a doença autoimune em cães se desenvolve e quais as raças mais afetadas?

    Uma doença conhecida entre os humanos que também atinge os nossos amigos de quatro patas é o lúpus em cachorro. Essa doença autoimune em cães acontece quando células saudáveis do organismo atacam a si mesmas, deixando o sistema imunológico canino fragilizado e propenso a contrair diversos problemas de saúde. O lúpus canino não é muito conhecido e nem sempre é fácil detectar os sintomas clínicos.

    Sarcoma de aplicação em felinos: veterinária tira todas as dúvidas sobre esse tipo de tumor em gatos
    Saúde animal

    Sarcoma de aplicação em felinos: veterinária tira todas as dúvidas sobre esse tipo de tumor em gatos

    O sarcoma de aplicação em felinos é um tipo de tumor de pele bastante preocupante e que precisa de muita atenção. Embora não se saiba ao certo qual a causa do problema, o sarcoma de aplicação pode afetar significativamente a saúde do gato e por isso é importante observar qualquer alteração no corpo do animal, especialmente se houver reações inflamatórias em forma de nódulos.

    Bexiga do gato: tudo que você precisa saber sobre o trato urinário inferior dos felinos
    Saúde animal

    Bexiga do gato: tudo que você precisa saber sobre o trato urinário inferior dos felinos

    A infecção urinária em gatos é um problema muito comum. A bexiga do gato é um dos órgãos mais atingidos por infecções que são capazes de debilitar todo o sistema excretor. Esse órgão com habilidade de expandir seu tamanho é fundamental no bom funcionamento do organismo de um gato, sendo um dos principais responsáveis pela eliminação da urina. Mas você sabe onde fica a bexiga do gato? Ou qual é sua função? E você tem ideia de que doenças mais afetam essa região?

    Síndrome de Wobbler: entenda mais sobre a doença que afeta raças de cachorros grandes
    Saúde animal

    Síndrome de Wobbler: entenda mais sobre a doença que afeta raças de cachorros grandes

    A síndrome de wobbler é uma doença que afeta principalmente raças de cachorro de grande porte. Ela atinge as vértebras e a medula espinhal do cachorro, desencadeando problemas neurológicos e de locomoção. O tratamento precisa ser o mais rápido possível, pois a síndrome de wobbler pode avançar para estágios mais graves e trazer consequências sérias ao animal. .

    Ver Todas >