close
Saúde

Cio de cadela: quanto tempo dura, quais as fases, quando começa e quando termina? Saiba tudo!

Atualizado · 17 de junho de 2021 · 16h57

Publicado · 17/06/2021 · 16h57

O cio da cadela é dividido em diferentes fases
O cio da cadela é dividido em diferentes fases

O cio de cachorro costuma ser um momento delicado tanto para o tutor quanto para a cadela. Com os hormônios aflorados, o comportamento da cadela no cio passa por mudanças - o que pode demandar alguns cuidados mais específicos para garantir o bem-estar do animal. Além disso, caso o tutor não tenha interesse na procriação, a atenção deve ser redobrada para evitar o cruzamento durante o cio da cadela.

Por outro lado, o cio também desperta muita curiosidade sobre suas fases e efeitos no organismo canino e muitas questões são levantadas: "com quantos meses ocorre o primeiro cio?", "quanto tempo dura o cio de uma cadela?" e "com quantos anos a cadela para de entrar no cio?" são algumas das dúvidas comuns. Para esclarecer todos os questionamentos, o Patas da Casa preparou um guia com tudo que você precisa saber sobre o cio canino!

De quanto em quanto tempo a cadela entra no cio?

O primeiro cio de cadela ocorre quando o animal atinge a maturidade sexual. Não existe uma idade exata para acontecer e isso pode variar de cachorro para cachorro. O tamanho da cadelinha é algo que costuma influenciar no nisso e, consequentemente ,na idade em que acontecerá o primeiro cio. As cadelas pequenas costumam atingir o primeiro cio entre 6 e 12 meses de idade, as de porte médio e grande entre 7 e 13 meses e as raças grandes entre 16 e 24 meses.

Mas afinal de contas, de quanto em quanto tempo a cadela entra no cio? Essa também é uma resposta que pode variar de animal para animal, mas de modo geral as fêmeas entram no cio de cachorro a cada seis meses.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Cio: cadela precisa de cuidados durante o período
    Cio: cadela precisa de cuidados durante o período

    Mais Lidas

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Quanto tempo dura o cio de uma cadela?

    Uma curiosidade que muitos tutores possuem é quantos dias dura o cio de uma cadela. Para entender quanto tempo dura o cio de uma cadela, é preciso ter em mente que o cio não é um fato isolado e, sim, apenas uma parte do ciclo estral. Em média, o cio do cachorro nas fêmeas dura cerca de 21 dias, podendo variar de acordo com as características do animal. Confira mais sobre as fases do ciclo estral abaixo:

    • Proestro: na etapa ocorre a fase inicial da estimulação hormonal. Nela, a cadelinha começa a liberar feromônios que atraem os machos. Apesar disso, ela ainda não estará apta para cruzar. O aumento da vulva e a presença de secreção avermelhada são sintomas característicos do período;
    • Estro: nesta fase, a fêmea se torna fértil e receptiva ao macho, deixando de apresentar secreção e com o inchaço vulvar estável;
    • Anestro: esse é o intervalo entre as fases principais do ciclo estral. Nele, a atividade hormonal dos ovários diminui, sendo um período de recuperação pós-gestação ou pós-diestro de cadelas que não ficaram prenhes.

    Cio: cadela precisa receber alguns cuidados durante o período

    As variações hormonais que ocorrem durante o cio de cadela provocam efeitos no comportamento e algumas necessidades fisiológicas. Existem alguns cuidados que são importantes durante o período. É normal que o apetite da cadela diminua durante o cio ou apresente apetite seletivo, então é preciso observar se ela está comendo corretamente. Oferecer alguns agrados, como sachê para cachorros ou vegetais liberados, pode ajudar a estimular o apetite do pet. 

    Além disso, o inchaço da vulva pode deixar a região mais suscetível a traumas. É comum que as cadelas acabem lambendo em excesso e isso pode também causar irritações. O absorvente de cachorro pode ajudar a lidar com as secreções e sangramento, se esse for o caso. Mas atenção, o absorvente para cadelas não impede o cruzamento e não pode ser usado o tempo inteiro, já que o animal precisa ficar livre em alguns momentos para fazer as necessidades. 

    Castração de cachorro evita os desconfortos causados pelo cio e ainda traz benefícios para a saúde
    Castração de cachorro evita os desconfortos causados pelo cio e ainda traz benefícios para a saúde

    Com quantos anos a cadela para de entrar no cio?

    As fêmeas podem se reproduzir até o final da vida. No entanto, quando as cadelas ficam idosas, o organismo naturalmente sofre algumas alterações, aumentando o espaço de tempo entre um cio e outro. Uma fêmea que entrava no cio a cada seis meses, por exemplo, começa a passar pelo período a cada 1 ou 2 anos. O ciclo estral nunca para em definitivo, portanto, não existe menopausa canina.

    A solução mais efetiva para que o cio não ocorra é a castração de cachorro. Além de impedir que a cadela sofra com os efeitos dos hormônios, a cirurgia também é uma precaução para uma série de doenças, como a piometra canina

    Redação: Hyago Bandeira

    Coleira antipulgas também protege o cachorro da leishmaniose? Veja o comparativo!

    Próxima matéria

    Coleira antipulgas também protege o cachorro da leishmaniose? Veja o comparativo!

    Fox Terrier: características físicas, personalidade, cuidados e muito mais... saiba tudo sobre a raça
    Pequenos

    Fox Terrier: características físicas, personalidade, cuidados e muito mais... saiba tudo sobre a raça

    Os cães do grupo Terrier fazem sucesso por onde passam, e com o Fox Terrier não é diferente. Ele representa perfeitamente as raças de cachorro desse grupo: é animado, ativo, cheio de energia, habilidoso e, claro, incrivelmente fofo. Muitas pessoas chegam a confundi-lo com o Fox Paulistinha, uma raça de Terrier originária do Brasil que descende do cruzamento do Fox Terrier com outros cães. No entanto, esses dois doguinhos são bem diferentes entre si, especialmente no que diz respeito à pelagem e traços físicos.

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos
    Comportamento

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos

    Não há nada mais fofo do que ver um gato dormindo. Essa, inclusive, é uma cena bastante comum na vida dos pais de pet, já que os felinos aproveitam boa parte da vida intercalando sonecas. Mas você já parou para pensar quantas horas dorme um gato? Às vezes parece até que esse ciclo dura o dia todo… será que esse é um comportamento normal ou pode ser motivo de preocupação? O que os gatos sonham (se é que ele sonham)? São muitas perguntas que precisam ser respondidas, mas não se preocupe. 

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais
    Raças

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais

    O gato Himalaia é, sem dúvidas, uma das raças mais queridinhas e desejadas pelos amantes de felinos. Ele reúne em sua genética a mistura de outras duas raças que são muito populares: o gato Persa e o Siamês. Ou seja, é carisma e fofura em dose dupla! Além disso, esse gatinho tem uma personalidade super dócil e tranquila, sendo a companhia perfeita para quem sempre sonhou em ter um bichinho de estimação. Se esse é o seu caso, ou se você já tem um gato do Himalaia e quer conhecer tudo sobre ele, essa matéria vai te ajudar bastante. 

    Kelpie Australiano: saiba tudo sobre a raça de cachorro
    Raças

    Kelpie Australiano: saiba tudo sobre a raça de cachorro

    O que não faltam são raças de cachorro para a gente se apaixonar, e o Kelpie Australiano é só mais um doguinho dessa lista! De origem australiana, esse é um dos poucos cães que foram desenvolvidos no país - mas isso não foi um impedimento para logo depois conquistarem muitos fãs ao redor do mundo. Com um jeitinho bem amigável, brincalhão e inteligente, o Kelpie Australiano - também chamado de Australian Kelpie - tem tudo para ser uma companhia incrível para o seu dia a dia. 

    Ver Todas >

    Gato pega cinomose? Descubra a resposta!
    Saúde animal

    Gato pega cinomose? Descubra a resposta!

    Você já ouviu falar de cinomose em gatos? Muito se sabe sobre a cinomose em cães, doença altamente contagiosa e que traz diversas complicações à saúde do cachorro. Essa condição é temida por muitos tutores de cães, mas também tutores de gatinhos. Existe uma doença conhecida por “cinomose em gatos”, que parece ser exatamente igual à que atinge os cães. Porém, existem muitas dúvidas se esse termo é realmente o mais adequado para se referir a essa condição. Afinal, a cinomose pega em gato ou a doença acontece unicamente com cães? O Patas da Casa te explica tudo sobre a “cinomose em gatos”!

    Verme do coração: veterinário tira todas as dúvidas sobre a dirofilariose canina
    Saúde animal

    Verme do coração: veterinário tira todas as dúvidas sobre a dirofilariose canina

    Você já ouviu falar em doença do verme do coração? Se você é tutor de cachorro, é bom se preocupar com ela. A dirofilariose é uma doença muito perigosa, que pode afetar órgãos vitais dos cãezinhos e levá-los à morte. Diferente de outras doenças causadas por verminoses, o verme do coração é transmitido pela picada de mosquitos e, por isso, acaba sendo mais incidente no verão. Mas como identificar o verme no coração do cachorro? Dirofilariose tem cura? Como é feito o tratamento? E o mais importante: como manter o pet longe da doença? Descubra tudo sobre verme do coração em cães a seguir.

    Coleira antipulgas e carrapatos: tudo sobre o acessório de gato
    Saúde animal

    Coleira antipulgas e carrapatos: tudo sobre o acessório de gato

    Se você tem um bichinho de estimação, provavelmente já ouviu falar da coleira antipulgas para gatos. Essa é uma forma bem eficaz de proteger os pets contra pulgas, carrapatos e outros parasitas indesejados - e sim, é isso mesmo: quando se trata da coleira antipulgas, cachorro não é o único animal que pode se beneficiar. Embora a maioria dos felinos domésticos tenha menos chances de sofrer com infestações de parasitas, a coleira antipulga também pode ser usada pelos bichanos.

    Doença do carrapato é contagiosa?
    Saúde animal

    Doença do carrapato é contagiosa?

    A doença do carrapato é capaz de atacar todo o organismo do animal, o deixando frágil e debilitado. Por isso, é considerada uma das doenças mais graves que podem afetar um cão. Além da doença do carrapato em cachorro, existe a doença do carrapato em humanos, que causa sintomas parecidos e também é bastante grave. Entender a causa do problema é sempre a melhor maneira de evitar que ele apareça. Como o próprio nome sugere, a doença do carrapato é contagiosa por conta do aracnídeo. 

    Ver Todas >