Saúde

Catarata em cachorro? Descubra como a doença se desenvolve e como é feito o tratamento

Catarata em cachorro: entenda como a doença se desenvolve
Catarata em cachorro: entenda como a doença se desenvolve

Da mesma forma como acontece com os humanos, a catarata em cachorro é uma doença que, gradativamente, afeta a qualidade da visão do animal. Ela pode ser causada por uma série de motivos diferentes, mas apenas um deles pode ser prevenido. Outro detalhe que é único sobre a catarata em cachorro é o tratamento: a cirurgia. Para te ajudar a saber um pouco mais sobre essa doença que atinge tanto os cachorros idosos quanto os mais jovens, nós conversamos com o veterinário oftalmologista Pedro Mancini do Hospital Vet Popular. Dá uma olhada! 

O que é a catarata em cachorro e como ela se desenvolve?

Os olhos do cachorro são formados por diferentes “compartimentos” — assim como os nossos. A catarata é uma condição que atinge apenas uma parte, como explica Pedro: “o cachorro com catarata tem um distúrbio na organização e integridade das fibras do cristalino. O cristalino é a lente do olho responsável pelo foco das diferentes distâncias do que eles enxergam”. Por isso, um dos primeiros sinais que seu amigo dá no início da catarata é a perda de noção de espaço. 

Em relação às causas, é comum que a genética esteja envolvida em grande parte dos casos: “a catarata congênita acontece por causa de problemas no desenvolvimento embrionário e fetal, ou seja: por herança genética. Ela também pode ser consequência de outros quadros e doenças, como diabetes, degenerações retinianas, traumas, inflamações e infecções”, conta o profissional. 

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    A catarata em cachorro pode afetar um ou os dois olhos do animal ao mesmo tempo
    A catarata em cachorro pode afetar um ou os dois olhos do animal ao mesmo tempo
    Depois da cirurgia de catarata em cachorro, o animal continua em tratamento com colírios
    Depois da cirurgia de catarata em cachorro, o animal continua em tratamento com colírios
    A catarata em cachorro pode afetar um ou os dois olhos do animal ao mesmo tempo
    Depois da cirurgia de catarata em cachorro, o animal continua em tratamento com colírios

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Cachorro com catarata: os sintomas da doença e o diagnóstico

    Descobrir qualquer tipo de doença no seu cachorro é um desafio que pede bastante observação no dia a dia do animal. Um dos sinais clínicos mais característicos e simples de identificar da catarata é a opacificação do cristalino, que deixa o globo ocular branco. “Ele vai se tornando levemente azulado ou acinzentado sem que o animal fique cego — a cegueira vem depois de uns 80% de desenvolvimento da catarata no cristalino”, explica Pedro. Mas como esse não é o único sintoma, ele continua: “além disso, o animal fica com dificuldade de orientação em ambientes desconhecidos, medo de sair na rua e começa a bater o focinho em paredes e portas”.  

    Depois de identificar esses sinais, a ida ao veterinário é indispensável para que o diagnóstico de catarata seja confirmado: “o ideal é que o oftalmologista gradue o estágio da catarata e valide o olho para que seja operável, levando em consideração os sinais clínicos, histórico e exames específicos. Afinal de contas, nem todos os olhos com catarata podem ser operados”, afirma Pedro.  

    Catarata em cães: tratamento envolve cirurgia e colírios

    Assim como acontece com os humanos, a cirurgia de catarata em cachorro é a única resposta para quem pergunta se catarata em cachorro tem cura. “A técnica utilizada na cirurgia é a de facoemulsificação, onde por incisões milimétricas removemos toda a catarata e colocamos uma lente intraocular substituta”, explica o veterinário. O preço da operação pode variar de acordo com o quadro do paciente.

    Depois da cirurgia, o tratamento continua: o médico responsável pelo caso indicará uma opção entre os diferentes tipos de remédio para catarata em cachorro. “O pós-operatório é trabalhoso, já que a principal via de tratamento são os colírios. Eles são usados a cada 2 horas na primeira semana e esse intervalo vai ficando mais espaçado de acordo com a recuperação do paciente. O período médio de tratamento é 45 dias”.

    A catarata em cachorro pode ser prevenida? 

    Geralmente, as diferentes formas de prevenção de doenças estão ligadas com suas causas. No caso da catarata, Pedro conta que a única delas que pode ser evitada é a causada pela diabetes: “Bons hábitos alimentares, exercícios e acompanhamento veterinário regular previnem essa doença que, além de causar a cegueira, encurta e prejudica muito a vida do animal”. 

    Redação: Ariel Cristina Borges 

    Como funciona a coleira antipulgas para cachorro?

    Próxima matéria

    Como funciona a coleira antipulgas para cachorro?

    Como é a saúde do Husky Siberiano? A raça de cachorro tem propensão para desenvolver alguma doença?
    Saúde

    Como é a saúde do Husky Siberiano? A raça de cachorro tem propensão para desenvolver alguma doença?

    É praticamente impossível resistir ao charme de um Husky Siberiano. A raça tem uma forte presença, com pelos brilhantes e um olhar penetrante que às vezes até chega a intimidar. Mas quem pensa que eles são cães agressivos devido à semelhança com lobos se engana. No fundo, o Husky Siberiano (filhote ou adulto) é um super companheiro, carinhoso e bastante apegado a sua família. O problema é que a raça pode ter alguns probleminhas de saúde no decorrer da sua vida, mesmo que ele receba todos os cuidados necessários. A seguir, separamos as principais doenças que podem acometer a saúde do cachorro Husky.

    Parvovirose canina: descubra o que é, sintomas, prevenção e como funciona o tratamento da doença viral
    Saúde

    Parvovirose canina: descubra o que é, sintomas, prevenção e como funciona o tratamento da doença viral

    Uma das doenças virais de cachorro mais sérias e comuns que existem, o vírus da parvovirose atinge, principalmente, animais que não foram imunizados contra este e outros vírus. Entre os principais sintomas da parvovirose, o vômito, a diarreia com sangue, e a desidratação podem ser destacados, ou seja: mesmo que o diagnóstico chegue bem cedo, o tratamento deve começar o quanto antes, já que a parvovirose pode ser fatal. Para esclarecer todas dúvidas sobre a parvovirose canina, nós conversamos com a veterinária Jackeline Ribeiro. Dá uma olhada no que ela contou!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Carrapato

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Diabetes em cachorro: como é feito o tratamento e quais as mudanças necessárias na rotina do pet?
    Saúde

    Diabetes em cachorro: como é feito o tratamento e quais as mudanças necessárias na rotina do pet?

    A diabetes canina é um problema sério e delicado que afeta significativamente a qualidade de vida dos cães e que, se não for tratada adequadamente, pode até ser fatal. Por isso, quanto antes o tratamento for iniciado, maiores são as chances do cachorro conseguir viver com a doença sem ser tão prejudicado. Mesmo que a enfermidade seja bastante conhecida no universo humano, a diabetes em cachorro ainda desperta muitas dúvidas, principalmente no que se refere ao tratamento e às mudanças na rotina do pet. 

    Ver Todas >

    Quais doenças de cachorro são mais comuns no inverno?
    Saúde animal

    Quais doenças de cachorro são mais comuns no inverno?

    Não são só os humanos que ficam mais propensos a ficar doentes no inverno. Algumas doenças de cachorro também são mais frequentes e intensas durante a época mais fria do ano. Isso acontece porque as defesas do organismo tendem a cair com as temperaturas mais baixas. Portanto, é importante manter seu cãozinho agasalhado e sempre com as vacinas em dia. Os problemas mais comuns são aquelas que acometem o sistema respiratório, mas cachorros com problemas nas articulações também sofrem.

    Pneumonia felina: entenda como a doença se manifesta nos gatos
    Saúde animal

    Pneumonia felina: entenda como a doença se manifesta nos gatos

    Assim como nos humanos, a pneumonia em gatos é uma doença bastante comum e pode surgir como uma consequência de gripes comuns. O problema ocorre quando há uma infecção no pulmão, e pode ter causas associadas a fatores externos ou internos. O tratamento precisa ser imediato, pois é uma doença que evolui rapidamente e pode até levar a óbito. O Patas da Casa reuniu informações essenciais para entender como a pneumonia felina se manifesta.

    Quais as doenças de gato mais perigosas?
    Saúde animal

    Quais as doenças de gato mais perigosas?

    É inevitável se preocupar com a saúde do gato, até porque nenhum tutor gosta de ver o próprio bichinho doente. E, às vezes, mesmo com todos os cuidados necessários, ainda corre o risco dos bichanos adoecerem inesperadamente. Mas quais são as doenças de gato consideradas mais graves e que precisam de maior atenção? A FIV e FeLV são bons exemplos disso, pois o diagnóstico positivo requer mudanças na rotina do pet. 

    Cachorro não quer comer? Veja os problemas de saúde mais relacionados com o sintoma
    Saúde animal

    Cachorro não quer comer? Veja os problemas de saúde mais relacionados com o sintoma

    A falta de apetite é um sintoma comum a muitas doenças que acometem os cães. É normal um tutor relatar "meu cachorro não quer comer", mas algumas vezes o cão apenas tem apetite seletivo ou o dia está muito quente. Porém, se a situação se estender e vier acompanhada de outros sintomas, pode significar uma infecção viral ou bacteriana, contaminação por parasita, problemas digestivos ou renais e até mesmo questões psicológicas. 

    Ver Todas >