Saúde

Câncer em cachorro: quais sintomas devem ligar o alerta do tutor?

Perceber os sinais de câncer em cachorro com antecedência fará toda diferença na recuperação e tratamento do pet
Perceber os sinais de câncer em cachorro com antecedência fará toda diferença na recuperação e tratamento do pet

O câncer em cachorro é um problema de saúde agressivo, com tratamento delicado e que demanda muita força - do pet e dos tutores - para ser vencido. Entender o básico sobre as características e sintomas de tumor em cachorro é muito importante. Afinal de contas, detectar os sinais de câncer canino com o máximo de antecedência possível fará toda a diferença no tratamento e recuperação do seu amigo de quatro patas. A gente reuniu aqui os principais sintomas associados ao câncer canino que merecem atenção!

Câncer canino: sintomas de diarreia, vômito e sangramento  recorrentes indicam problemas graves

Diarreia, vômitos e sangramento são três sinais graves que geralmente indicam problemas de saúde sérios para os cães, incluindo o câncer canino, principalmente se for um quadro recorrente. A secreção com pus, sangramento contínuo e diarreia repentina são sintomas que, principalmente quando ocorrem juntos, indicam que o tutor leve o pet ao veterinário com urgência. Ao perceber esses problemas, reveja também a alimentação do seu cãozinho, pois na maioria dos casos esses sintomas indicam complicações no trato digestivo do animal.

Baixa cicatrização pode ser indicativo de câncer canino

Um tumor em cachorro pode reduzir a capacidade de cicatrização dele. Caso seu cão se machuque ou apresente feridas na pele, observe atentamente se elas estão demorando mais que o normal para sararem. De modo geral, as feridas que não cicatrizam, decorrentes de processos inflamatórios e infecciosos, costumam ser resultantes de doenças de pele. A condição do cãozinho faz muita diferença para o agravamento das complicações. Por isso, ao perceber esse sintoma consulte o médico veterinário de confiança para investigar melhor.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Câncer canino: sintomas como mau cheiro na região da boca, genitália e orelha devem ligar o alerta dos tutores
    Câncer canino: sintomas como mau cheiro na região da boca, genitália e orelha devem ligar o alerta dos tutores

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Tumor em cachorro pode provocar convulsões

    As convulsões, principalmente quando ocorrem no cachorro idoso, podem indicar um caso de câncer canino. Sempre fique atento caso seu doguinho apresente ações incontroladas de mastigação ou mordidas. Durante a convulsão, o cãozinho terá tremores por todo o corpo e precisará do suporte do tutor para evitar que ele se machuque. Segure a cabeça dele e, em hipótese alguma, coloque a mão na boca dele para não ser mordido. Depois da crise é normal que o cachorro fique confuso e até perca um pouco dos sentidos. 

    Câncer em cachorro: fique atento às alterações bucais

    É importante sempre observar a boca do seu cachorro. Observe sempre se o animal apresenta alterações bucais, como mudança de cor da gengiva, sangramento, caroços, mau cheiro e feridas. Esses sinais podem ser indicativos de um câncer canino bucal. No dia a dia é importante ficar atento aos comportamentos do cachorro na hora da alimentação, principalmente se ele apresenta algum desconforto na mastigação.

    Perda de peso repentina pode ter relação com câncer canino

    A perda de peso excessiva e repentina deve ligar o alerta do tutor de que algo está errado. Esse sinal também pode ser decorrente de um câncer em cachorro.

    Sintomas como dores, desmaios e odores atípicos na orelha e genital podem ser indicativos para diversos tipos de tumor em cachorro. Esteja sempre atento e deixe os check-ups de seu animal de estimação sempre em dia. Lembre-se que quanto mais cedo o câncer canino for descoberto, mais chances o seu amigo terá de se recuperar.

    Redação: Hyago Bandeira

    Bexiga do gato: tudo que você precisa saber sobre o trato urinário inferior dos felinos

    Próxima matéria

    Bexiga do gato: tudo que você precisa saber sobre o trato urinário inferior dos felinos

    Como saber se o cachorro está doente? Veja alguns sinais que devem ligar o alerta!
    Saúde

    Como saber se o cachorro está doente? Veja alguns sinais que devem ligar o alerta!

    Quem convive com um cão no dia a dia costuma conhecer bem o comportamento do bichinho e logo percebe quando algo não está normal. No entanto, mesmo quem tem um olhar atento pode se perguntar "como saber se o cachorro está doente?" diante de uma mudança no temperamento ou um quadro mais grave como vômito e diarreia. O veterinário é a pessoa certa para avaliar os sintomas, dar um diagnóstico preciso e orientar a respeito do melhor tratamento, mas antes de levar o pet no médico é importante entender os sinais de que ele realmente está mal para poder explicar a situação na clínica. Reunimos dicas certeiras sobre o assunto para te ajudar a cuidar do cachorro quando ele apresentar algum desconforto. Confira!

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?
    Ração

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?

    É normal cometer alguns erros quando se trata da alimentação do cachorro, principalmente no caso de quem nunca teve um bichinho de estimação antes. Com o tempo e as orientações do veterinário, o tutor geralmente aprende o que o cão pode ou não pode comer, qual melhor ração para cachorro e a quantidade certa de comida que deve ser oferecida para o pet no dia a dia. O perigo é quando esses erros continuam acontecendo, porque isso pode acabar prejudicando a saúde do cachorro futuramente.

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão
    Cuidados

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão

    Os cães são animais que, na maior parte do tempo, não gostam de ficar sozinhos - afinal, antes de serem domesticados, eles viviam livres em matilhas. Com a vida urbana, muitos cães acabam não recebendo os estímulos adequados para gastar energia e socializar com outros animais e pessoas. Para auxiliar a vida do tutor, que nem sempre consegue estar perto de seu pet durante o dia, existem muitas alternativas. Uma delas é a creche para cachorro: uma acomodação diária em que você pode deixar seu amigo em um lugar totalmente adaptado para cães.

    Ver Todas >

    Síndrome de Wobbler: entenda mais sobre a doença que afeta raças de cachorros grandes
    Saúde animal

    Síndrome de Wobbler: entenda mais sobre a doença que afeta raças de cachorros grandes

    A síndrome de wobbler é uma doença que afeta principalmente raças de cachorro de grande porte. Ela atinge as vértebras e a medula espinhal do cachorro, desencadeando problemas neurológicos e de locomoção. O tratamento precisa ser o mais rápido possível, pois a síndrome de wobbler pode avançar para estágios mais graves e trazer consequências sérias ao animal. .

    Veja 5 fatos sobre a cadela no cio que você precisa saber
    Saúde animal

    Veja 5 fatos sobre a cadela no cio que você precisa saber

    A cadela no cio pode ser um momento delicado tanto para o tutor como para o pet. O período acaba gerando muitas curiosidades e dúvidas como: “com quantos meses a cadela entra no cio?” ou “de quanto em quanto tempo a cadela entra no cio?”. Saber as respostas para todos esses questionamentos vai ajudar o tutor do cachorro a lidar com o período. 

    Tumor venéreo transmissível: 5 coisas que você precisa entender sobre o TVT
    Saúde animal

    Tumor venéreo transmissível: 5 coisas que você precisa entender sobre o TVT

    O tumor venéreo transmissível, que também é chamado de TVT, tumor de Sticker ou sarcoma infeccioso, é uma neoplasia pouco conhecida pelos pais de pets. Esse problema de saúde costuma ser mais comum em animais abandonados, mas nada impede que cachorros que vivam em apartamento sejam infectados pela doença venérea. O TVT em cães é grave e fácil de ser transmitido.

    Bronquite em gatos: 5 sinais da doença respiratória que atinge os felinos
    Saúde animal

    Bronquite em gatos: 5 sinais da doença respiratória que atinge os felinos

    Muitas podem ser as causas de um gato tossindo, desde uma bola de pelo presa na garganta até uma alergia a alguma substância que ele teve contato. Porém, na maioria dos casos, o gato com tosse é sinal de problema respiratório - que pode ser leve, como uma gripe simples, ou grave, como uma pneumonia. Dentre as doenças respiratórias que mais acometem os bichanos, a bronquite felina é uma das que precisam de mais atenção. 

    Ver Todas >