Caixa de areia

Caixa de areia para gatos: o guia definitivo sobre o acessório que é fundamental na criação de felinos

Dúvidas sobre a caixa de areia para gatos? Chegou a hora de entender tudo sobre o acessório!
Dúvidas sobre a caixa de areia para gatos? Chegou a hora de entender tudo sobre o acessório!

Adotar um gatinho é se comprometer a lidar com todas as necessidades do seu novo amigo de quatro patas, e isso inclui os cuidados com a higiene dele. A caixa de areia para gatos é um acessório indispensável na rotina dos felinos, e ela vai acompanhar todo o período em que ele estiver ao seu lado. Por isso, é essencial entender esse comportamento e saber como escolher a melhor caixa de areia para gatos, o tipo de areia mais adequado e até mesmo como ensinar o gato a usar o acessório. Se você tem qualquer dúvida sobre a caixa de areia de gato, chegou a hora de desvendar todas elas com este guia!

Areia de gato: por que os gatos têm o hábito de enterrar as próprias necessidades?

Essa é uma pergunta que provavelmente você já parou para se perguntar. Ao contrário do que muitos pensam, os gatos não enterram as fezes somente por uma questão de higiene. Na verdade, eles agem por puro instinto de sobrevivência mesmo: enterrar as fezes é uma tentativa de esconder o próprio cheiro e, assim, evitar que predadores e outros animais possam localizar o seu território. Ou seja, um hábito da vida selvagem que eles não perderam mesmo com a domesticação. Mas é claro que a higiene também conta, e é por isso que muitas vezes os bichanos se recusam a fazer as necessidades em uma caixa de areia suja - o odor dos detrimentos ali presentes incomoda o olfato dos gatos, sendo muito importante a limpeza do acessório regularmente.

Caixa de areia para gatos: entenda a importância do acessório na rotina dos felinos

Diferente dos cachorros, que veem qualquer lugar da casa como um possível “banheirinho” se não forem treinados, os felinos são mais criteriosos quando o assunto é fazer xixi e cocô. Como agem por instinto, eles procuram um ambiente adequado onde possam enterrar suas fezes e urina, e a caixa de areia para gatos é a alternativa ideal para isso. Portanto, antes de adotar um gatinho, é essencial ter o acessório em casa e deixar à disposição do animal.

Qual o melhor lugar para colocar a caixa de areia para gatos?

Comprou uma caixa de areia de gato, mas ainda não sabe onde colocá-la? Essa é uma dúvida muito comum para quem ainda é iniciante no mundo felino. A nossa dica é a seguinte: sempre procure locais de fácil acesso para os gatos, mas distantes dos potes de ração e de onde ele dorme. Além de ser mais higiênico, essa distância é importante porque o forte cheiro de urina e fezes pode acabar fazendo com o que o animal pare de se alimentar. Já a questão do acesso é necessário para garantir que o gatinho vai conseguir recorrer à caixa de areia sem nenhuma dificuldade, então nada de deixar em locais muito altos ou escondidos. Se isso acontecer, ele pode começar a fazer as necessidades em outros pontos da casa ou pode até mesmo prender o cocô e o xixi, aumentando a possibilidade de problemas de saúde.

Saiba quais são os diferentes modelos de caixa de areia de gato

• Caixa de areia para gatos aberta:

Esse é um dos modelos mais comuns e mais fáceis de ser encontrado no pet shop. Trata-se de uma caixa de areia de gato simples, com laterais em uma altura média e poucos detalhes e relevos. Geralmente, é recomendada para gatos filhotes por um simples motivo: como ela é baixinha, o animal consegue entrar e sair da caixa com mais facilidade. Dependendo do tamanho, também é possível que o gato continue fazendo uso dela na fase adulta.

• Caixa de areia para gatos aberta com as laterais mais altas:

Bastante parecida com o modelo anterior, essa é uma caixa de areia para gatos com um detalhe que faz toda a diferença: ela tem as laterais mais altas e, por isso, é a versão mais indicada para gatos adultos. Depois de grande, o felino consegue acessar o interior da caixa com mais facilidade e quando ele for “enterrar” as fezes, essa laterais maiores evitam que a areia seja jogada para fora do local.

• Caixa de areia para gatos fechada:

A versão da caixa de areia fechada para gatos é uma excelente opção para bichanos mais reservados e que gostam de ter um pouquinho mais de privacidade. Ela é bem parecida com uma caixa de transporte para pets: a única diferença é que não tem alça e nem porta. Mas, apesar de ser um modelo atraente, pode ser um pouquinho mais difícil de limpá-la. Se essa for a sua escolha, não esqueça de procurar uma caixa grande o suficiente para que o animal consiga entrar e sair com facilidade.

• Caixa de areia para gatos com peneira:

Uma alternativa que também costuma chamar bastante a atenção dos tutores é a caixa de areia de gato com peneira. É um modelo bastante prático quando o assunto é limpeza, já que ela vem com uma peneira no lugar onde se coloca a areia para o animal. Assim, na hora de limpar, tudo o que o tutor precisa fazer é desencaixar as duas partes do objeto para separar os grãos mais finos (que podem ser reutilizados) dos torrões de xixi e das fezes.

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    A caixa de areia de gato aberta com as laterais médias é um dos modelos mais populares
    A caixa de areia de gato aberta com as laterais médias é um dos modelos mais populares
    Também tem a caixa de areia para gatos com as laterais mais altas, que é outra ótima opção
    Também tem a caixa de areia para gatos com as laterais mais altas, que é outra ótima opção
    A c  aixa de areia para gatos fechada precisa ser grande o suficiente para comportar o animal
    A c aixa de areia para gatos fechada precisa ser grande o suficiente para comportar o animal
    A caixa de areia de gato aberta com as laterais médias é um dos modelos mais populares
    Também tem a caixa de areia para gatos com as laterais mais altas, que é outra ótima opção
    A c  aixa de areia para gatos fechada precisa ser grande o suficiente para comportar o animal

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    Caixa de areia de gato em apartamento: saiba qual o melhor lugar para colocar o sanitário felino
    Cuidados dos animais

    Caixa de areia de gato em apartamento: saiba qual o melhor lugar para colocar o sanitário felino

    A caixa de areia é só um objeto, mas para novos donos de gatos ela pode envolver uma série de dúvidas que ninguém sonhou em ter antes de ter um felino. Desde qual tipo de areia escolher até o tamanho e o formato do objeto, tudo isso influencia na forma como o gato vai usar a caixa. Como não poderia ser diferente, o lugar onde você coloca o sanitário do seu gatinho é primordial para que ele faça o xixi e cocô no lugar certo — principalmente se você mora em apartamentos e tem um espaço limitado. Hoje, o Patas da Casa vai te ajudar a resolver essa questão: dá uma olhada aqui embaixo!

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas
    Cuidados dos animais

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

    Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

    Então, qual é a melhor caixa de areia para gatos?

    Antes de escolher a melhor caixa de areia, é preciso entender qual modelo vai realmente atender as necessidades do pet e também do tutor. Se você não tem muito tempo para gastar higienizando a caixa de areia regularmente, por exemplo, os modelos mais indicados são a caixa de areia para gatos fechada ou com peneira. Já se a limpeza não é um problema, as opções abertas podem servir bem. Além disso, o tamanho do gato e os hábitos que ele têm também contam muito nessas horas. Se o bichano ainda é filhote, a caixa aberta com laterais médias são as mais indicadas. Por outro lado, se ele for um adulto que sempre enterra o xixi e o cocô, as laterais da caixa de areia devem ser mais altas.

    Caixa de areia: gato pode levar resíduos de sujeira para o resto da casa, mas o tapete higiênico ajuda nisso

    Uma situação muito comum é que, quando o gato sai da caixa de areia, ele pode acabar levando resíduos de xixi, cocô e areia para outros cômodos da casa. Para evitar que a casa fique toda suja, uma boa ideia é investir em tapetes higiênicos específicos para gatos, que devem ser colocados ao redor da caixa de areia. Assim, sempre que o bichano terminar de fazer suas necessidades e voltar para dentro de casa, ele vai pisar no tapetinho e “limpar” as patinhas logo em seguida.

    Areia de gato sílica, granulado de madeira ou de argila: qual a melhor opção?

    A escolha da areia higiênica para gatos pode levantar algumas dúvidas, já que todo tutor quer dar o melhor para o seu amigo de quatro patas. Os principais materiais utilizados são o granulado de madeira, a areia para gato sílica e os granulados de argila ou que são feitos com a própria areia mesmo. Então, como definir qual a melhor areia para gatos? A seguir, te contamos as principais vantagens e desvantagens de cada opção.

    • Granulado para gatos de argila ou areia:

    A areia higiênica que grande parte dos tutores prefere é a tradicional, que pode ser feita com granulados de argila, areia e outros ingredientes não degradáveis. São materiais mais baratos e que podem ser encontrados com muita facilidade, mas que exigem certa atenção na hora do descarte. A areia higiênica para gatos com base de argila forma torrões ao entrar em contato com a urina do animal, facilitando a limpeza da caixinha. Já a com base de areia forma uma lama depois que o gato faz xixi e tende a sujar a pata dos bichanos, por isso é importante ter certo cuidado ao optar por ela.

    • Granulado de madeira:

    O granulado higiênico de madeira vem ganhando muitos adeptos porque é um material com ótimo custo-benefício e que, além de tudo, é biodegradável e sustentável. Ou seja, depois de usado, ele pode ser descartado sem trazer nenhum prejuízo ao meio ambiente. O granulado de madeira é feito com grãos pinus e possui uma alta absorção de líquidos. Desta forma, ao entrar em contato com a urina, a madeira se transforma num pó que pode ser facilmente coletado ou peneirado no momento da limpeza. Ou seja: a manutenção é bem prática, mesmo que exija mais frequência do que os outros tipos de areia. Além do mais, outra vantagem é durabilidade do produto, já que um pacote de 2kg pode render o mesmo que um pacote de 15kg de areia comum. 

    • Areia para gato sílica: 

    Apesar de ser um material mais caro do que os demais, a areia para gato sílica não deixa a desejar quando o assunto é praticidade. Com um alto poder de absorção de líquidos, esse tipo de areia pode ser usado por mais de duas semanas sem necessitar de qualquer substituição, e é uma ótima opção para tutores que precisam passar mais tempo fora de casa e não conseguem se dedicar tanto à limpeza das caixas. E se engana quem pensa que os bichanos deixam de utilizar a caixa de areia de gato só porque ela não foi higienizada: os cristais de sílica conseguem neutralizar os odores das fezes e urina do gato. Assim, os felinos não percebem que a areia não foi trocada e conseguem fazer suas necessidades normalmente no local. Por isso, apesar de ser mais cara, é um investimento a longo prazo, já que a areia não precisa ser trocada o tempo todo e rende por um período maior.

    Melhor areia para gatos: argila, granulado de madeira ou sílica?
    Melhor areia para gatos: argila, granulado de madeira ou sílica?

    Veja como ensinar o gato a usar a caixa de areia com 5 passos simples

    Para fazer seu gatinho começar a usar a caixa de areia é bem fácil, porque o instinto natural dele ajuda muito nesse aspecto. Então, é comum que desde pequenos os felinos procurem pelo lugar mais adequado para fazer suas necessidades e até enterrá-las. Mas para os bichanos que têm maior dificuldade, aqui vão algumas dicas:

    1) Escolha o lugar mais adequado da casa para colocar a caixa de areia de gato. Como já foi dito, o ideal é que ela fique em lugares mais baixos e longe de onde o felino se alimenta e dorme.

    2) Nas primeiras semanas do gato filhote, sempre leve-o para a caixa quando estiver próximo dele fazer xixi ou cocô. Geralmente isso acontece meia hora depois do bichano se alimentar ou logo que ele acorda de uma soneca.

    3) Caso perceba o gato remexendo tapetes, almofadas e estofados, coloque-o imediatamente na caixa de areia. Ele pode estar com vontade de fazer suas necessidades e procurando outro lugar para se “aliviar”.

    4) Abuse de elogios quando o gatinho usar a caixa de areia corretamente! Isso serve como um estímulo positivo para que ele continue utilizando-a sempre que sentir vontade.

    5) Se o seu bichano errar, não o castigue! O nível de compreensão dos animais é diferente do nosso, e ele pode demorar um pouquinho mais de tempo até aprender onde é o lugar certo para fazer suas necessidades.

    Quantas vezes por semana é preciso trocar a areia da caixa?

    Essa é uma questão que vai depender exclusivamente do tipo de material utilizado. O granulado de madeira, por exemplo, precisa ser trocado regularmente, pois os grãos que viram pó tem que ser peneirados diariamente para evitar o mau cheiro e a sujeira no ambiente. O mesmo acontece com os granulados higiênicos de argila e areia, já que eles não conseguem reter o mau cheiro e isso pode acabar incomodando os felinos. Por outro lado, a areia sílica para gato é um material que inibe os odores e que não precisa ser trocada necessariamente todos os dias (podendo durar até duas semanas sem substituições). Mas o ideal é que, mesmo que ela seja mais resistente que as demais, ainda assim ela seja trocada pelo menos uma ou duas vezes na semana, se possível.

    Como higienizar a caixa de areia de gato corretamente?

    Antes de mais nada, você precisa ter o material certo em mãos: uma bacia grande, pá e saquinhos higiênicos. A bacia facilita bastante o processo de limpeza, basta passar toda a areia da caixa diretamente para ela. Assim, o tutor consegue visualizar e separar o que vai para o lixo ou não. Nessa separação, entra outro acessório fundamental: a pá para caixa de areia de gato. É ela que divide os blocos de xixi e cocô que precisam ser descartados da areia que ainda pode ser utilizada. Por último, mas não menos importante, tem os saquinhos higiênicos, que facilitam bastante o processo de limpezas mais profundas. Eles devem ser colocados por baixo da areia limpa, e na hora do descarte tudo que o tutor precisa fazer é dar um nó e jogar todo o material direto no lixo. A caixa de areia precisa ser lavada completamente pelo menos uma vez por semana com água e sabão.

    Gato fazendo xixi e cocô fora da caixa de areia? Veja o que pode ser!

    • A caixa de areia de gato pode estar mal localizada. Por isso, o gato pode estar se recusando a fazer as necessidades no lugar certo. Tente mudar a posição da caixinha para ver se esse pode ser o problema. 

    • O gato pode estar com algum problema de saúde. Às vezes o bichano só não está mais fazendo xixi e cocô na caixa de areia porque está doentinho. Nesse caso, é importante levá-lo ao veterinário para se certificar de que está tudo bem.

    • A caixa de areia pode estar suja. Os felinos são extremamente higiênicos e se a caixa de areia estiver suja, eles podem (e vão) se recusar a usar o banheirinho. Então, sempre limpe muito bem o local.

    • Pode ser por causa de alguma mudança de areia ou da caixa. Se você mudou o tipo de areia ou a própria caixa do gatinho e ele parou de fazer as necessidades no local, é porque não deve ter se adaptado muito bem ao novo material. Gatos também têm suas preferências.

    Redação: Juliana Melo

    A caixa de areia do gato deve ser limpa com qual frequência?

    Próxima matéria

    A caixa de areia do gato deve ser limpa com qual frequência?

    Dente de gato: tudo que você precisa saber sobre a saúde bucal dos felinos
    Cuidados

    Dente de gato: tudo que você precisa saber sobre a saúde bucal dos felinos

    Embora seja esquecido por alguns tutores, o dente de gato é uma das partes mais importantes dos nossos amigos felinos. Além de exercer um papel fundamental na alimentação do animal, os dentes influenciam também o comportamento do pet, já que com eles o bichano conhece o mundo na “infância” e também aprende a se defender. Por isso, a saúde bucal dos gatos também necessita de cuidados específicos: os dentes precisam se manter saudáveis para exercerem essas funções que moldam toda a vida do bichinho. 

    Esporotricose em gatos: conheça mais sobre essa doença grave que pode atingir os felinos
    Saúde

    Esporotricose em gatos: conheça mais sobre essa doença grave que pode atingir os felinos

    A esporotricose em gatos é uma das doenças mais graves que pode atingir os felinos. Isso porque ela evolui muito rápido para a fase disseminada, causando sérios riscos à vida do gatinho. Provocada por um fungo presente em vegetações, a “micose” apresenta feridas bem características na pele do felino, sendo esse um dos principais sintomas da doença. Apesar da complexidade da infecção, o tratamento correto é capaz de curar essa doença de gato. Esporotricose também pode ser prevenida com alguns cuidados específicos no dia a dia do seu felino. Para saber mais sobre a doença, nós conversamos com o médico veterinário Frederico Lima, do Rio de Janeiro.

    Meu gato deita na caixa de areia: saiba como descobrir o motivo e o que fazer para evitar
    Caixa de areia

    Meu gato deita na caixa de areia: saiba como descobrir o motivo e o que fazer para evitar

    A caixa de areia é um dos principais utensílios que você precisa ter assim que recebe um gatinho em casa. Além de ser o único lugar onde o felino faz xixi e cocô, o acessório também é um sinal da personalidade organizada e higiênica que é comum nesses animais. Justamente por isso, quando seu gato começa a passar mais tempo do que o necessário na caixa de areia, deitando no recipiente e, às vezes, até dormindo por ali, você pode ter certeza que alguma coisa está errada! Descubra, aqui embaixo, o que pode estar causando esse comportamento e como você pode ajudar seu gato a parar de deitar na caixa de areia!

    Como limpar a caixa de areia do gato? 5 dicas que vão facilitar a sua vida - mesmo em apartamento!
    Caixa de areia

    Como limpar a caixa de areia do gato? 5 dicas que vão facilitar a sua vida - mesmo em apartamento!

    Não adianta: ter um animal de estimação em casa aumenta consideravelmente a quantidade de tarefas diárias que você precisa fazer para manter tudo em ordem. O trabalho compensa no final, mas para garantir um ambiente confortável tanto para você, quanto para o bichinho, a limpeza não pode ser deixada de lado — principalmente se ele for um gato. Como os felinos são bem organizados e higiênicos, a caixa de areia do gato precisa ser limpa regularmente, já que, se ele não se sentir confortável no lugar certo, vai acabar fazendo xixi e cocô em outros lugares da casa. Confira, aqui embaixo, cinco dicas que vão tornar essa rotina mais simples (mesmo se você morar em apartamento)!

    Ver Todas >

    Bigode de gato: como saber se as
    Cuidados dos animais

    Bigode de gato: como saber se as "vibrissas" estão saudáveis?

    Mais que elegância, o bigode de gato tem importantes funções no comportamento felino. Manter uma boa aparência em nossos gatinhos é sempre bom, mas além da estética, é essencial prestar atenção na saúde do animal. A queda das vibrissas do gato, popularmente chamadas de bigodes, e outras alterações sempre vão gerar dúvidas nos tutores. É preciso se preocupar com a queda desses pelos? E afinal, para que serve o bigode de gato? 

    Shampoo hipoalergênico para cachorro deve ser usado em quais casos?
    Cuidados dos animais

    Shampoo hipoalergênico para cachorro deve ser usado em quais casos?

    O bem-estar e a saúde do cachorro devem ser prioridades. Por isso, é muito importante manter a higiene com alguns cuidados básicos, como limpar as orelhas e escovar os dentes. O banho em cachorro também deve fazer parte da rotina - mesmo que alguns pets não gostem, é essencial para o bem-estar do animal. Mas e quando a pele do animal apresenta sinais de alergia?

    Lei de maus-tratos a animais: entenda o que muda com a nova legislação e como proteger cães e gatos
    Cuidados dos animais

    Lei de maus-tratos a animais: entenda o que muda com a nova legislação e como proteger cães e gatos

    Para garantir que nenhum animal de estimação seja maltratado, foi criada, em 1998, a lei de contra maus-tratos aos animais, transformando qualquer agressão a cães e gatos um crime previsto no artigo 32 da Lei Federal nº 9.605. No entanto, nos últimos anos algumas alterações foram feitas dentro dessa legislação, e é importante entender o que mudou e, principalmente, como denunciar maus-tratos a cachorro e gato.   

    Tipos de tosa para Shih Tzu e Yorkshire
    Cuidados dos animais

    Tipos de tosa para Shih Tzu e Yorkshire

    Duas raças de cachorros pequenos que são bastante populares no Brasil e tem um pelo bem abundante são o Shih Tzu e o Yorkshire. Com uma pelagem versátil e que costuma crescer rápido, é normal que os tutores procurem alternativas para deixar os peludinhos ainda mais estilosos e bonitos por meio da tosa de cachorro. Existem diferentes técnicas de tosa, e algumas são mais populares em raças específicas. 

    Ver Todas >