close
Alimentação

Cachorro preguiçoso? Descubra como a alimentação do animal interfere nesse comportamento

Tem um cachorro preguiçoso? Saiba como a ração de cachorro pode te ajudar com isso
Tem um cachorro preguiçoso? Saiba como a ração de cachorro pode te ajudar com isso

Não tem jeito: tem cachorro que é naturalmente mais preguiçoso do que outros. Mas até que ponto isso não é um motivo para preocupação? O fato é que o cachorro preguiçoso geralmente acaba se tornando mais sedentário com o passar do tempo, o que compromete a qualidade de vida do animal. Por outro lado, a alimentação do cachorro é um fator que pode influenciar nesse comportamento e até ajudar a melhorar a rotina do seu amigo de quatro patas. Para entender como isso acontece e quais os benefícios da ração para cachorro, preparamos uma matéria especial sobre o assunto. Dá só uma olhada!

Alimentação do cachorro influencia no comportamento do animal?

Não é novidade que a ração para cachorro é uma das principais formas de cuidar da saúde do seu amigo de quatro patas. Uma ração de qualidade oferece todos os nutrientes essenciais para manter o organismo do animal funcionando bem - assim como a alimentação natural acompanhada de um profissional na área de nutrição animal. A alimentação do cachorro deve ter compostos que ajudam a fornecer energias para o cãozinho, deixando-o com mais disposição. Por isso, se você tiver um cachorro preguiçoso em casa, é importante verificar a qualidade do alimento que você está oferecendo a ele. Vale prestar atenção também ao peso do cachorro, já que se ele estiver com o peso ideal ou um pouco acima disso, a ração light para cães é uma boa opção de alimento.

Ração para cachorro: quais nutrientes são importantes para deixar o animal mais ativo?

A ração de cachorro contém elementos considerados essenciais para cuidar da saúde do seu amigo de quatro patas. São eles: proteínas, fibras, carboidratos, minerais, gorduras e vitaminas; sendo que os carboidratos são considerados os principais responsáveis pelo fornecimento de energia ao cãozinho. No entanto, é importante ficar atento a quantidade de nutriente: não é recomendado fornecer uma uma ração que contenha mais carboidratos do que o indicado como forma de tentar estimular um cachorro preguiçoso a ficar mais ativo. Na verdade, uma ração para cachorro de qualidade deve conter todos esses nutrientes em sua composição de maneira bastante equilibrada. Caso contrário, a saúde do cãozinho pode ser comprometida, e o animal pode sofrer com o excesso ou déficit de alguma substância. A falta de nutrientes, inclusive, é o que geralmente causa fraqueza e desânimo nos animais. 

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    A alimentação do cachorro é essencial para fornecer os nutrientes essenciais para o seu bichinho se manter disposto
    A alimentação do cachorro é essencial para fornecer os nutrientes essenciais para o seu bichinho se manter disposto

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cachorro

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Cachorro

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Cachorro

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena
    Cachorro

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena

    Poucos sabem, mas existe uma classificação para determinar cada tipo de Pinscher: tamanhos 0, 1, 2 e 3 são as variações comuns da raça. A numeração que normalmente acompanha o nome da raça do cãozinho pode até parecer estranha, mas é algo que ajuda a diferenciar os tipos de cachorro Pinscher de acordo com as peso e altura. Essa classificação, embora não seja reconhecida oficialmente, é adotada por muitos criadores e pais de pet por aí. 

    Cachorro preguiçoso tem a qualidade de vida prejudicada

    Se o seu cãozinho está menos ativo que o normal, você deve prestar atenção. O cachorro com preguiça acaba se tornando muito sedentário e isso pode afetar significativamente a qualidade de vida dele. Tanto é que o sedentarismo é um dos principais responsáveis pela obesidade canina, principalmente se for atrelado a uma dieta não balanceada. Por isso, investir em uma ração de cachorro de qualidade é fundamental para fornecer todos os nutrientes de que seu cãozinho precisa para se manter saudável e ativo. Com os componentes presentes no alimento, o animal pode se sentir mais disposto para fazer exercícios físicos, que é outro fator fundamental para evitar que o cachorro fique com um sobrepeso ou até para ajudá-lo a perder peso.

    Então, ao reparar que o seu cachorro está ficando mais preguiçoso, não hesite em procurar alternativas para mudar isso - seja inserindo uma rotina de exercícios físicos na vida do animal ou mudando a ração dele. Mas lembre-se: qualquer mudança na alimentação do cachorro deve ser supervisionada e orientada por um veterinário, já que a troca repentina da ração de cachorro pode não ser bem recepcionada pelo animal e é preciso ter muito cuidado.

    Falta de atividade física também pode deixar o cachorro preguiçoso

    Cachorros que não têm o hábito de se exercitar regularmente também correm o risco de cair ainda mais no sedentarismo. Por isso, além da alimentação do cachorro, outro fator que também pode ajudar o seu cãozinho a sair da inércia é a prática de atividades físicas. “Mas como fazer isso?” Bom, tratando-se de um cachorro preguiçoso, é importante ter em mente que o animal não vai criar uma afinidade com os exercícios físicos do dia para a noite, mas estimular é essencial. Para conduzir essa situação, o tutor pode começar a inserir pequenas atividades na rotina do animal aos poucos, de forma que ele não se sinta sobrecarregado logo de início. Brincadeiras interativas dentro de casa podem ajudar bastante nesse primeiro momento, como jogar a bolinha para o cão buscar ou um cabo de guerra improvisado.

    Redação: Juliana Melo

    Pequinês: conheça 11 características dessa raça miniatura

    Próxima matéria

    Pequinês: conheça 11 características dessa raça miniatura

    Como criar uma rotina para o seu cachorro? Dicas de cuidados, higiene, alimentação e passeios
    Cuidados

    Como criar uma rotina para o seu cachorro? Dicas de cuidados, higiene, alimentação e passeios

    Ninguém pode negar: manter uma boa rotina é fundamental para saúde física e mental do ser humano. Mas, além de você, existe outro serzinho que precisa de hábitos diários para garantir um bom funcionamento do seu organismo: o seu cachorro. Ao contrário do que muitos tutores pensam, os cães são animais de rotina e, por isso, mudanças repentinas nos horários podem deixá-los estressados e, até mesmo, depressivos. O horário de passear com cachorro, por exemplo, é um dos que mais impactam o seu bichinho e deve ser o mesmo todos os dias. Para te ajudar nessa e em outras tarefas que envolvem a rotina do seu cãozinho, o Patas da Casa reuniu algumas dicas sobre o assunto. Dá uma olhada!

    Alimentação animal: quais as diferenças entre o paladar do cachorro e do gato?
    Alimentação

    Alimentação animal: quais as diferenças entre o paladar do cachorro e do gato?

    Se você convive com um gato e um cachorro na mesma casa, já deve ter reparado que esses animais têm maneiras bem distintas de se comportar quando o assunto é comida. Isso acontece porque tanto o paladar felino quanto o canino tem lá suas particularidades, e também porque o organismo das espécies têm necessidades nutricionais diferentes, o que influencia no interesse por determinado alimento ou não. 

    Gato idoso: tudo que você precisa saber sobre saúde, cuidados, alimentação e mudanças de comportamento
    Idoso

    Gato idoso: tudo que você precisa saber sobre saúde, cuidados, alimentação e mudanças de comportamento

    Com uma média de 16 anos de expectativa de vida, o gato idoso precisa de alguns cuidados específicos para uma velhice tranquila. A fase de vida requer algumas mudanças alimentação do gato, exercícios físicos, brincadeiras e cuidados básicos. A idade mais avançada ainda requer mais visitas ao veterinário, já que o bichano mais velhinho está propenso a desenvolver alguns problemas de saúde, como a Síndrome da Disfunção Cognitiva.

    Cuidar de cachorro: 5 hábitos que você deve acostumar o animal desde cedo
    Cuidados

    Cuidar de cachorro: 5 hábitos que você deve acostumar o animal desde cedo

    Cuidar de cachorro não é tão simples quanto parece, mas também não é nenhum bicho de sete cabeças. No entanto, para facilitar a convivência com o pet, é preciso acostumá-lo com alguns hábitos desde cedo, como escovar os dentes e tomar banho. Caso contrário, o cãozinho pode apresentar certa resistência nessas horas, e todo o processo acaba sendo bem mais trabalhoso. Para te ajudar nessa missão, separamos 5 hábitos essenciais que devem fazer parte da rotina de todos os cães, independente da idade. Veja quais são eles!

    Ver Todas >

    Pinscher 1: descubra algumas características desse cãozinho de raça pequena
    Cachorro

    Pinscher 1: descubra algumas características desse cãozinho de raça pequena

    Você já ouviu falar no Pinscher 1? Filhote ou adulto, o cachorrinho possui um tamanho muito pequeno que se mantém por toda a vida. O cachorro Pinscher 1 é um dos tipos da raça Pinscher, uma das mais amadas do Brasil. Esse cãozinho, por menor que seja, tem uma facilidade enorme em conquistar o coração de quem busca uma companhia canina. Dentre os diferentes tamanhos da raça, Pinscher 1 é considerado o segundo menor entre eles, logo atrás do Pinscher 0. 

    Shih tzu: tudo sobre a raça: saúde, temperamento, porte, pelagem, preço, curiosidades...
    Cachorro

    Shih tzu: tudo sobre a raça: saúde, temperamento, porte, pelagem, preço, curiosidades...

    Para quem está procurando um cão bem dócil, companheiro, carinhoso e de pequeno porte, o Shih Tzu talvez seja a raça mais indicada. Esse cachorrinho é muito mais que uma carinha fofa, ok? Por não ser um cão de caça e nem ter um perfil atlético, ele acaba sendo mais apegado ao dono e tem um temperamento bem fácil de lidar. O cachorro da raça Shih Tzu também se adapta super bem a apartamentos e ambientes compactos e, por isso, é a escolha perfeita para quem mora em cidade grande.

    Schnauzer gigante: tudo sobre essa variação da raça
    Cachorro

    Schnauzer gigante: tudo sobre essa variação da raça

    É bem provável que você já esteja familiarizado com a imagem de um Schnauzer. Esse é um cão com aparência robusta, cabeça alongada e um bigode de cachorro que chama atenção por onde passa. Mas sabia que existem três variações da raça, e o Schnauzer gigante é um deles? O que poucas pessoas sabem é que o Schnauzer grande não chama atenção somente por causa do seu tamanho, mas também por conta da sua personalidade forte e cheia de energia. 

    Cachorro que come fezes: quais são as causas da coprofagia canina?
    Cachorro

    Cachorro que come fezes: quais são as causas da coprofagia canina?

    O cachorro que come fezes é uma situação que pode acontecer por diferentes motivos, mas sempre causa estranhamento entre os tutores. O hábito, também chamado de coprofagia canina, às vezes é encarado como algo engraçadinho, mas precisa de muita atenção. Isso porque a ingestão de fezes a longo prazo pode ser um verdadeiro problema para a saúde do seu amigo de quatro patas, que pode ser facilmente infectado por parasitas, bactérias e outros microrganismos presentes no dejeto.

    Ver Todas >