close
Cuidados

Cachorro pode dormir com o dono? Quais os cuidados?

Atualizado · 14 de fevereiro de 2022 · 18h14

Publicado · 14/02/2022 · 18h13

O cachorro dormindo na cama com o dono tem pontos positivos e negativos
O cachorro dormindo na cama com o dono tem pontos positivos e negativos

Existe algo melhor que a companhia do cachorro dormindo na cama com você depois de um longo dia? A sensação de abraçar seu bichinho à noite é agradável e se torna um hábito para muitos pais e mães de pet, principalmente quando se trata de uma raça que ama dormir com o dono. Por outro lado, muitas pessoas acham que o cachorro dormir com o dono não é uma boa ideia, pois pode transmitir doenças, alergias e até mesmo impactar o comportamento do cão. Mas afinal, o cachorro pode dormir com o dono? O Patas da Casa responde essa pergunta e explica que cuidados devem ser tomados ao dormir com cães para evitar problemas tanto para o tutor quanto para o pet.

Dormir com cães estreita a relação e deixam tutor e pet mais relaxados

O cachorro dormindo na cama com o dono é um ótimo momento para estreitar vínculos. Nesse momento, a relação fica mais próxima, fazendo com que tanto o dono quanto o pet se sintam mais seguros. Isso é ainda melhor no caso de tutores que moram sozinhos ou que ficam fora de casa por muito tempo durante o dia e querem estreitar os laços com o doguinho. Além disso, dormir com cães ajuda em casos de insônia e ansiedade (seja do cão ou do tutor) pois deixa os dois bem relaxados. Afinal, nada melhor que o cachorro dormindo na cama com você após um dia estressante para recarregar as energias.

O cachorro dormindo na cama pode ocasionar problemas na coluna e dependência

Apesar de diversos pontos positivos, existem algumas questões que devem ser avaliadas antes de deixar seu cão dormir com você. Uma cama muito alta, por exemplo, pode machucar a coluna do animal quando ele pular para subir ou descer. O espaço também deve ser levado em conta: um cachorro muito grande pode se sentir desconfortável e um cãozinho pequeno pode acabar sendo sufocado. Além disso, repare se o cachorro dormindo na cama é muito agitado. Isso é ruim para o pet, que pode acabar caindo ao se mexer, e para o tutor, que tem o sono atrapalhado pelo animal inquieto.

Fique atento também a possíveis alergias que surgem com o contato frequente com o pelo do animal, além de outros problemas de saúde que podem aparecer caso o pet não esteja bem saudável e limpo. Por fim, um grande problema do cachorro dormir com o dono é deixar o cachorro dependente do tutor. Quando se torna um hábito frequente, o animal pode passar a dormir apenas na presença do tutor. Isso pode causar ansiedade canina e hiperatividade no animal, que ficará sempre à sua espera para finalmente dormir.

Vermífugo e vacinas em dia são fundamentais para cachorro poder dormir com o dono

Não se assuste com os pontos negativos! Apesar de haver alguns problemas no cachorro dormindo na cama com o dono, saiba que a maioria pode ser resolvido com alguns cuidados no dia a dia. Seguindo corretamente, o cachorro pode dormir com o dono sem problemas. A primeira coisa a fazer é manter a saúde do animal em dia. É muito importante que a vacina do cachorro e a vermifugação estejam sempre em dia para evitar o contágio de doenças transmissíveis para o homem. Além disso, marque consultas frequentes com o veterinário para ter certeza que o animal está saudável. Antes de deixar o cachorro dormir com o dono, lembre-se de checar se ele tem pulgas e carrapatos, fazendo os cuidados necessários.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    O cachorro pode dormir com o dono, mas é preciso alguns cuidados
    O cachorro pode dormir com o dono, mas é preciso alguns cuidados

    Mais Lidas

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!
    Comportamento animal

    A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!

    Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso).

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?
    Comportamento animal

    Linguagem canina: por que seu cachorro vira a cabeça quando você fala com ele?

    A linguagem corporal canina é tão expressiva que às vezes é possível entender os cães mesmo que eles não falem. Seja qual for a personalidade do cachorro, todos têm um comportamento canino tão revelador que, só de movimentar as orelhas, já dá para perceber o que o pet sente ou quer. Porém, não são apenas os humanos que compreendem a linguagem de cachorro. Já aconteceu de você falar algo com seu cãozinho e ele, imediatamente, virar a cabeça?

    É necessário impor limites antes de deixar o cachorro dormir com o dono

    Você pode dormir com cachorro, mas para isso ele precisa de educação e respeitar seu espaço. O cachorro precisa entender que é o tutor quem manda naquele ambiente. Portanto, quando o cachorro dormir com o dono é importante ser firme toda vez que ele apresentar um comportamento inadequado, como rosnar, arranhar ou pular muito. Além disso, é essencial que o tutor já tenha aplicado as técnicas de como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo. Isso evita que ele use a cama para essa finalidade. 

    Rampas e escadas evitam que o cachorro dormindo na cama tenha problemas na coluna

    Como explicamos, o cachorro dormindo na cama alta pode ter problemas de saúde. O cachorro pode dormir no quarto com você, mas caso ele já tenha propensão a doenças ortopédicas e/ou sua cama seja alta, é recomendado conversar com um veterinário para saber se é mesmo uma boa ideia, já que pular para subir e descer de uma grande altura prejudica a coluna. Em alguns casos, pode ser melhor fazê-lo dormir na própria caminha. Para outros, uma boa maneira de evitar é o tutor providenciar uma rampa ou escada para cachorro. Elas devem ser colocadas ao lado da cama para que o animal suba e desça sem precisar forçar a coluna e patas. 

    Somente com banho e limpeza frequente das patas o cachorro pode dormir com o dono

    O cachorro pode dormir com o dono, mas a higiene com ele precisa ser redobrada. O ideal é que o pet tome banho ao menos uma vez por semana para garantir a limpeza dos pelos. Além disso, limpar as patas do cachorro, principalmente depois do passeio, evita que ele leve sujeira para a cama. 

    O cachorro pode dormir no quarto, mas a roupa de cama deve ser trocada com mais frequência

    Além da higiene do pet, para deixar o cachorro dormindo na cama é importante cuidar da higiene do ambiente. O cachorro pode dormir no quarto, mas você precisará trocar as roupas de cama com frequência. Se seu cão não solta tanto pelo, isso deve ser feito uma vez por semana. Já se ele é daqueles cães que soltam muito pelo, o ideal é trocar os lençóis a cada dois dias. Outra dica é deixar a porta aberta, para que o cão tenha liberdade de entrar e sair do quarto sem te perturbar à noite. 

    Redação: Maria Luísa Pimenta

    Cio de gato: como fica o comportamento da fêmea no período?

    Próxima matéria

    Cio de gato: como fica o comportamento da fêmea no período?

    Bullmastiff: origem, características e cuidados... conheça a raça de cachorro do Reino Unido
    Raças

    Bullmastiff: origem, características e cuidados... conheça a raça de cachorro do Reino Unido

    A raça Bullmastiff é um cachorro grande e robusto, mas que não deixa a desejar no temperamento afetuoso e gentil. Esse cãozinho britânico, que surgiu no século XIX, conquista as pessoas por onde passa. Sempre em alerta, ativo, companheiro e fiel aos tutores, o Bullmastiff estará sempre pronto para proteger a família e seu território. Por não ser uma raça de cachorro tão comum no Brasil, elaboramos um guia com todas as informações que você precisa saber sobre o Bulmastiff, que também é chamado por Bulmastife e Bulmastife Boxer. 

    Tudo sobre o cachorro Boxer: origem, personalidade, saúde, características físicas e cuidados
    Grandes

    Tudo sobre o cachorro Boxer: origem, personalidade, saúde, características físicas e cuidados

    Se você sempre sonhou em ter um cachorro grande dentro de casa, a raça Boxer certamente é uma opção que não vai te decepcionar. Por trás da aparência robusta e que pode ser considerada até um pouco intimidante para alguns, existe um cãozinho companheiro e com muito amor para oferecer aos seus humanos. Conheça um pouco mais sobre o comportamento da raça, cuidados com a saúde e quanto custa um cachorro Boxer.

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande
    Grandes

    Tudo sobre o Dálmata: conheça as características, personalidade e cuidados com essa raça de cachorro grande

    Um cachorro Dálmata é facilmente reconhecido graças a sua aparência particular e também ao filme “101 Dálmatas”, desenho que se tornou muito popular na década de 60 e que faz um grande sucesso até hoje. Mas o que esse cãozinho tem de tão especial, além das suas famosas manchas? Para quem sempre quis ter um Dálmata para chamar de seu, chegou o momento de desvendar tudo sobre essa raça de cachorro grande: características físicas, temperamento, personalidade, que cuidados são necessários, preço e como é a saúde desse animal. Vem que a gente te conta!

    Rottweiller: quais os cuidados mais importantes com a raça de cachorro grande?
    Grandes

    Rottweiller: quais os cuidados mais importantes com a raça de cachorro grande?

    O Rottweiler é uma das raças de cachorro grande que mais fazem sucesso, principalmente por conta da fama de durão e de bom guardião. Por trás do porte robusto e da aparência intimidante, existe um cãozinho muito dedicado e devoto à sua família, sempre pronto para protegê-la. Alguns encaram isso como agressividade e acreditam que a raça tem um temperamento difícil de lidar, mas se for bem treinado e bem cuidado, o Rottweiler pode desenvolver um comportamento muito tranquilo e carinhoso.

    Ver Todas >

    Por que cachorro boceja?
    Comportamento animal

    Por que cachorro boceja?

    O bocejo dos cães pode ter diferentes significados, e nem sempre está associado somente ao sono ou cansaço (embora estes também sejam possíveis motivos). Na realidade, é bem comum ver um cachorro bocejando e logo depois virando um poço de alegria e energia. Em alguns casos, o comportamento também pode estar relacionado ao estresse e ansiedade, sendo importante aumentar a observação com seu amigo de quatro patas. 

    Gato-do-deserto: a raça de gato selvagem que fica com tamanho de filhote durante toda a vida
    Comportamento animal

    Gato-do-deserto: a raça de gato selvagem que fica com tamanho de filhote durante toda a vida

    O Gato-do-deserto é uma raça de gato selvagem que vista de longe parece um filhote fofinho. Mas se engana quem pensa que essa pode ser uma raça de gato indefesa e carinhosa como os felinos que estamos acostumados. O nome científico dele é Felis Margarita (também chamado de Gato-da-areia Árabe): uma raça de gatos que se esconde no intenso calor diurno e extremo frio noturno de desertos do Oriente Médio. 

    Gato arrepiado: o que o comportamento significa?
    Comportamento animal

    Gato arrepiado: o que o comportamento significa?

    O pelo de gato exerce uma função importante tanto na proteção do corpo e da pele, como também na linguagem corporal felina. Sim, é isso mesmo: mesmo sem um vocabulário, os bichanos são capazes de expressar sentimentos e vontades com movimentos, posições específicas e até mesmo com o estado da pelagem. Se você já viu um gato arrepiado, deve entender do que estamos falando!

    Como treinar cachorro para frequentar locais pet friendly?
    Comportamento animal

    Como treinar cachorro para frequentar locais pet friendly?

    O termo “pet friendly” nunca esteve tão em alta quanto agora. Todo mundo sabe que os cães são grandes companheiros dos humanos e carregam até o título de melhores amigos. Mas, mesmo fazendo parte da nossa família há tanto tempo, foi recentemente que esses pets conquistaram um “espaço” definitivo nos momentos de lazer dos tutores. É aqui que entra a ideia de pet friendly: hotéis, pousadas, restaurantes, shoppings, mercados e vários outros estabelecimentos hoje em dia recebem os peludos de braços abertos (em alguns cidades, como no Rio de Janeiro, é lei!).

    Ver Todas >