Alimentação animal

Cachorro pedindo comida: por que veterinários dizem para não dar nem um pouquinho?

Publicado - 22 Março 2023 - 15h24

Atualizado - 30 Abril 2024 - 17h00

Muitas pessoas até sabem o que cachorro não pode comer, mas não conseguem resistir e sempre oferecem um pedaço da própria comida ao pet. Afinal, só um pouquinho não faz mal para ninguém, né? Na verdade, não é bem assim. Dar um pedaço do almoço para o cachorro pedindo ao lado da mesa é uma prática comum entre muitas famílias, mas mesmo que nunca tenha acontecido nada com seu pet, o perigo pode surgir a qualquer momento.

Mas o que pode acontecer de tão ruim com o animal se ele comer um pedacinho do meu lanche? O Patas da Casa te explica a seguir por que os veterinários dizem que não é para dar nem um pouquinho do seu alimento para um pet e ainda te dá dicas de como fazer o cachorro parar de pedir comida. Confira!

Infecção intestinal em cachorro é o problema mais comum

O organismo de um cachorro é diferente do humano. As comidas humanas, portanto, podem conter substâncias que são tóxicas. Isso acontece porque o sistema digestivo do cachorro não está preparado para receber alguns ingredientes ou condimentos. A infecção intestinal é o quadro mais comum nesses casos. O cachorro pode ter vômitos, diarreia e dores abdominais, sintomas que nada mais são do que uma tentativa do organismo de expulsar a substância tóxica. Em muitos casos, a doença não é séria, mas pode se agravar se acontecer frequentemente e não for tratada.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

A ingestão de alimentos humanos pode causar alergia no cachorro

A alergia alimentar em cachorro é uma reação que o organismo apresenta quando é exposto a substâncias tóxicas. Nesse caso, porém, os efeitos não são restritos ao intestino do cachorro. Ele pode apresentar manchas na pele, coceira na parte interna das orelhas, e vermelhidão pelo corpo. A reação alérgica pode, ainda, sufocar o animal com o fechamento das vias aéreas. Ao menor sinal de alergia, procure uma emergência veterinária.

E mesmo que o seu cachorro não apresente reações de primeira, ele pode desenvolver intolerância a certos alimentos ao longo da vida. 

Recompensar o cachorro pedindo comida vai deixá-lo mal acostumado

É claro que o seu pet não vai desenvolver uma infecção intestinal ou uma alergia sempre que comer um pedacinho da comida que caiu no chão. Alguns alimentos não são tóxicos, mas o problema é que o cachorro pedindo comida dificilmente vai querer apenas um pedacinho. O tutor precisa ter cuidado para não reforçar o comportamento. Se o cachorro entender que sempre que fizer uma carinha de pidão vai ganhar a recompensa, ele vai sempre repetir o comportamento.

Bulldog Inglês sentado recebendo comida de humano

O que cachorro não pode comer em hipótese alguma? Confira alguns alimentos proibidos

Algumas comidas que fazem parte da nossa dieta até podem ser ingeridas pelos cães (desde que o veterinário diga que está permitido e que você siga corretamente a frequência indicada por ele). Porém, existem outros alimentos que o cachorro não pode comer de jeito nenhum! Eles possuem substâncias extremamente perigosas para o animal e que podem levar a um quadro grave de intoxicação. São comidas que não podem ficar nem perto do alcance do cão. Quer saber o que o cachorro não pode comer em hipótese alguma? Confira uma lista a seguir:

  • Chocolate: o alimento possui uma substância chamada teobromina que pode até levar o pet à morte.
  • Doces: o açúcar, em geral, é prejudicial pois pode causar doenças como diabetes canina e obesidade, além de fazer mal para a circulação sanguínea.
  • Uvas: tem alta concentração de açúcar e acredita-se que a substância salicito, presente no alimento, causa o afinamento do sangue.
  • Carne crua: pode conter bactérias extremamente perigosas para a saúde animal.
  • Café: bebidas com cafeína afetam os sistemas urinário do cachorro e neurológico.
  • Frituras: o excesso de gorduras no organismo pode causar pancreatite canina e outros problemas intestinais, então nada de pizza e batata frita para o cãozinho.
  • Frutas cítricas: a acidez excessiva da laranja e do limão, por exemplo, pode causar problemas gastrointestinais bem sérios.

Além disso, é importante ressaltar que cebola e alho para cachorro não podem ser oferecidos nem em pequena quantidades. Os dois ingredientes muito usados para temperar comidas humanas  podem causar anemia canina e problemas graves nos rins. 

Esses são apenas alguns exemplos de alimentos que cachorro não pode comer. A lista é bem grande e alguns pets podem simplesmente não apresentarem reações. 

Como fazer o cachorro parar de pedir comida? Confira algumas dicas

Você já sabe quais são os alimentos que cachorro não pode comer e está decidido a não dar nem um pouquinho. Mas resistir à carinha de pidão implorando por um pedacinho não é uma tarefa fácil. Então como fazer o cachorro parar de pedir comida de uma vez por todas?

  • O primeiro passo é ignorar. É difícil, mas você vai precisar ser forte e evitar qualquer contato visual com o cachorro pedindo comida. Só assim ele vai entender que você não está gostando disso.
  • O segundo passo é tirar o foco da sua refeição. Isso pode ser feito com brinquedos interativos em que seja possível colocar ração ou petiscos dentro. À medida que o cachorro vai movimentando o item, os grãos são liberados aos poucos. 
  • Outro cuidado que você deve ter é não gritar ou brigar com o cachorro pedindo comida. O pet vai se sentir mal e pode até mesmo parar de comer ao seu lado, pois não se sente mais à vontade. Assim, passa a se alimentar cada vez menos, o que é bem perigoso para a saúde dele.
  • Aposte em snacks próprios para os pets. É importante buscar marcas confiáveis no mercado e estar sempre atento ao rótulo do produto. Petiscos e o sachê para cachorro são alimentos confiáveis e nutritivos que podem ser inseridos na rotina. 

Redação: Maria Luísa Pimenta

Edição: Luana Lopes

Comportamento

Cachorro e gato deixam as desavenças de lado e se unem para missão que parecia impossível

Existe uma crença de que cachorro e gato são inimigos naturais. Ao longo dos anos, a relação entre as duas espécies foi retratada na...

Cachorro

Com quantos anos você descobriu que é possível descobrir a idade de cachorro pelos dentes?

Em casos de adoção animal, em que a maioria dos cães são resgatados da rua, é inevitável surgir a curiosidade de qual é a idade do p...

Adote um animal

As 7 raças de cachorro mais engraçadas que existem - o último da lista chama atenção por um detalhe curioso

Cada raça de cachorro tem características físicas únicas e muito particulares. São esses traços que muitas vezes nos ajudam a difere...

Comportamento

Sem cerimônia, cachorro bate na porta do vizinho e entra na casa para chamar amiga canina para brincar

A socialização é um processo muito importante para que o cãozinho aprenda a conviver com outras pessoas e animais, e também faça alg...

Comportamento

Cachorro e gato deixam as desavenças de lado e se unem para missão que parecia impossível

Existe uma crença de que cachorro e gato são inimigos naturais. Ao longo dos anos, a relação entre as duas espécies foi retratada na...

Cachorro

Com quantos anos você descobriu que é possível descobrir a idade de cachorro pelos dentes?

Em casos de adoção animal, em que a maioria dos cães são resgatados da rua, é inevitável surgir a curiosidade de qual é a idade do p...

Adote um animal

As 7 raças de cachorro mais engraçadas que existem - o último da lista chama atenção por um detalhe curioso

Cada raça de cachorro tem características físicas únicas e muito particulares. São esses traços que muitas vezes nos ajudam a difere...

Gato

Gato que frequentava Universidade se forma e recebe título de "Doutor em Litter-ature"

Histórias de bichinhos de estimação frequentando a universidade sempre ganham um lugar especial no nosso coração. Foi o que acontece...

Ver todas