O cachorro lambendo a pata com uma frequência maior que o normal é sinal de alerta. Normalmente, associamos esse comportamento a alguma doença. A coceira pode ser sintoma de várias condições, como infecção causada por bactérias ou fungos, alergias na pele ou até mesmo a presença de um corpo estranho, como pulgas, carrapatos ou farpas. Mas você sabia que o cachorro lambendo muito a pata também pode ser sinal de problema psicológico? É bem comum que um cão com a saúde mental abalada desenvolva esse transtorno compulsivo, que acaba afetando também a sua saúde física. O Patas da Casa te explica a seguir por que o cachorro lambe a pata quando está com problemas emocionais e como esse comportamento pode ser tratado.

Dermatite psicogênica: cachorro lambendo muito a pata pode ter origem emocional

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

Assim como os humanos, os cães também podem desenvolver problemas de origem psicológica. Um forte abalo emocional pode levar o pet a desenvolver algum tipo de transtorno obsessivo compulsivo (TOC), como lamber a pata. Quando isso ocorre, temos um caso de dermatite psicogênica. Muitos fatores podem levar um cãozinho a sofrer com essa condição. Os mais comuns são ansiedade de separação, sensação de solidão, mudanças na rotina (como a chegada/saída de um membro da família), um novo animal de estimação, morte de alguém próximo e situações de conflito dentro de casa. O cachorro estressado, no geral, pode desencadear o transtorno compulsivo, que aparece como uma consequência dos sentimentos de frustração e angústia que afetam o cão.

Por que o cachorro lambe a pata para aliviar a ansiedade?

Já sabemos que o cão pode apresentar algum tipo de TOC quando seu psicológico está abalado. Mas por que cachorro lambe a pata nesses casos? Acredita-se que esse comportamento traz uma sensação de bem-estar ao animal. Isso acaba gerando um ciclo vicioso: o cão se lambe, se sente melhor por um breve momento, e repete o comportamento para prolongar esse alívio. O problema é que a coceira excessiva acaba causando lesões na pele que podem evoluir para feridas abertas. Quanto mais o cachorro fica lambendo a pata, mais difícil fica o processo de cicatrização. Assim, aumenta as chances de infecções no local.

Como saber se o cachorro lambendo a pata tem causa psicogênica?

Quando a causa do cachorro lambendo muito a pata é de origem psicológica, o diagnóstico pode ser um pouco mais difícil de ser alcançado. O motivo é simples: não existem muitos sintomas físicos que possam ser observados visualmente além das feridas na pele. Para descobrir por que o cachorro lambe a pata excessivamente, o médico veterinário precisará trabalhar por exclusão. Primeiro, ele deve investigar se há infecções, alergias na pele do cachorro, pulgas, carrapatos, neoplasias, piodermite ou qualquer outro motivo que possa estar causando a lambedura. O médico pode pedir alguns exames para ter certeza dos resultados.

Durante a consulta, ele também vai levar em conta o histórico do paciente. Por isso, o tutor deve contar como está o comportamento do animal ultimamente. Ele tem se mostrado triste? Está mais sozinho que o normal? Passou a apresentar comportamentos mais agressivos? Houve alguma mudança na rotina pessoal ou da casa? Todos esses detalhes ajudam a identificar por que cachorro lambe a pata em excesso, principalmente se a causa for psicológica.


As causas do cachorro lambendo a pata podem ser ansiedade, estresse e mudanças na rotina
As causas do cachorro lambendo a pata podem ser ansiedade, estresse e mudanças na rotina

Existe remédio caseiro para cachorro que lambe a pata? Saiba como tratar a dermatite psicogênica

O tratamento do cachorro lambendo muito a pata consiste em curar as lesões e solucionar a origem do comportamento. Para tratar as feridas, o médico pode prescrever medicamentos como antibióticos e antiinflamatórios. Os remédios podem ser de uso oral ou de uso tópico, com pomadas específicas. Muitas pessoas se perguntam se existe algum remédio caseiro para cachorro que lambe a pata. Não é recomendado criar soluções para tratar feridas, pois pode acabar piorando o estado do pet. O recomendado é sempre seguir as indicações do veterinário.

Além de aplicar o tratamento medicamentoso, o tutor tem o papel fundamental de entender o que está levando ao quadro de ansiedade. Não adianta curar apenas as feridas porque, se o abalo emocional persistir, o cão pode desenvolver distúrbios ainda mais sérios, como depressão canina. Por isso, o tutor deve investigar o que está acontecendo com o seu animal e, então, atuar na resolução do problema .

Mudanças no ambiente e na rotina podem evitar o cachorro lambendo a pata por ansiedade

Para acabar de vez com o cachorro lambendo a pata por motivos psicológicos, o tutor precisa fazer mudanças tanto na rotina quanto no ambiente em que ele vive. Se a causa do comportamento for ansiedade de separação, por exemplo, o dono precisa reorganizar sua rotina para incluir um momento diário de diversão com o pet. Independentemente do por que cachorro lambe a pata em excesso, apostar no enriquecimento ambiental é sempre uma boa solução. Um ambiente voltado para o cão faz com ele fique entretido e se sinta menos solitário mesmo que precise ficar sozinho por um tempo. Raças de cachorro mais sociáveis também vão adorar ter outro cãozinho para fazer companhia, então uma ideia é adotar um segundo animal de estimação.

Atividades físicas também são essenciais, pois reduzem o estresse e a ansiedade do cão. Portanto, não esqueça de passear com cachorro e promover brincadeiras divertidas com ele. Essas medidas simples são essenciais não só para evitar o cachorro lambendo a pata como também para promover mais qualidade de vida ao animal.

Redação: Maria Luísa Pimenta

Edição: Luana Lopes