close
Sênior

Cachorro idoso: quais os sinais de que seu cãozinho está envelhecendo?

O cachorro idoso normalmente fica com os pelos branquinhos e tem menos disposição
O cachorro idoso normalmente fica com os pelos branquinhos e tem menos disposição

Já parou para se perguntar com quantos anos o cachorro fica idoso? Essa é uma questão que geralmente depende da raça e do porte do animal: o cão precisa atingir 75% da sua expectativa de vida para ser considerado ‘velho’. O que poucas pessoas sabem, porém, é que é possível detectar alguns sinais de que o cachorro está chegando na terceira idade. O cachorro com pelos brancos, por exemplo, já é um indicativo de que a velhice se aproxima, mas não o único. O Patas da Casa separou os principais sinais físicos e comportamentais que indicam um cão idoso.

Cachorro com pelos brancos e manchas na pele são “sintomas” de velhice?

Assim como acontece com os humanos, o cachorro idoso também sofre com uma pequena mudança na coloração da pelagem. A diferença é que os pelos brancos - ou grisalhos - acometem partes específicas do corpo do pet, surgindo principalmente perto do focinho e ao redor dos olhos do cão idoso. Outro sinal que pode ser observado é a opacidade dos pelos nessa fase.

Por outro lado, as manchas pretas na pele do cachorro não são um sinal típico da velhice, mas algo que pode acontecer em qualquer fase da vida do animal por diferentes motivos. A questão é que, como a pele do cachorro fica mais fina e sensível na terceira idade, esse tipo de problema pode se desenvolver com maior facilidade, mas ainda assim é válido procurar o auxílio de um profissional. As verrugas também tendem a ser comuns na velhice canina.

A visão e audição do cachorro idoso é prejudicada

O cão idoso tem maior dificuldade para enxergar e escutar o que é dito, já que, conforme a idade avança, a visão e audição canina diminuem. Para identificar se isso está acontecendo com o seu amigo de quatro patas, uma dica é observar como o cachorro anda e se comporta em casa. Se ele estiver esbarrando nas coisas ao redor, é bom consultar um veterinário especializado em oftalmologia para saber se isso é decorrente de alguma doença como catarata ou glaucoma, que são problemas oculares muito comuns na velhice. A audição canina também é prejudicada: vale ficar de olho se o seu cachorro idoso ainda atende aos estímulos auditivos, como chamados e outros barulhos. Não deixe de fazer uma consulta de check-up.

Dente de cachorro velho cai? 

Os dentes do cachorro idoso ficam mais frágeis na terceira idade, mas isso não quer dizer que eles vão cair. O que pode acontecer é o dente quebrar com mais facilidade, principalmente se o cãozinho comer alimentos mais rígidos. Os dentes também podem ficar mais amarelados e desgastados, assumindo um formato quadrado. Contudo, não se pode afirmar que dente de cachorro velho cai por conta da velhice. Apesar de comum, isso não deve ser visto como algo natural. Normalmente quando os dentes caem é porque o animal não recebeu todos os cuidados necessários com a saúde bucal quando mais novo, então as doenças gengivais ou dentárias se instalam e podem levar à queda do dente.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    Mesmo na terceira idade, o cão idoso precisa se exercitar
    Mesmo na terceira idade, o cão idoso precisa se exercitar

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cachorro

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Cachorro

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Cachorro

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena
    Cachorro

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena

    Poucos sabem, mas existe uma classificação para determinar cada tipo de Pinscher: tamanhos 0, 1, 2 e 3 são as variações comuns da raça. A numeração que normalmente acompanha o nome da raça do cãozinho pode até parecer estranha, mas é algo que ajuda a diferenciar os tipos de cachorro Pinscher de acordo com as peso e altura. Essa classificação, embora não seja reconhecida oficialmente, é adotada por muitos criadores e pais de pet por aí. 

    O cão idoso tem menos disposição para passeios e brincadeiras

    Não tem jeito: depois que a idade chega, o cachorro idoso não tem mais o mesmo pique de antes para passear e brincar. Isso não quer dizer que as atividades físicas devem ser excluídas da rotina do cãozinho - pelo contrário! Até mesmo o cachorro velho precisa se exercitar e se movimentar regularmente, principalmente por uma questão de saúde e bem-estar. Os passeios e caminhadas, mesmo que de curta duração, ajudam no fortalecimento muscular e mantêm o coração do doguinho saudável. Contudo, é importante levar em consideração as limitações do corpo do seu pet, já que ele não terá a mesma disposição de antes para algumas atividades.

    Cachorro emagrecendo é normal? Com a idade, o apetite dos cães diminui

    Da mesma forma que a audição e a visão canina são impactadas na velhice, o cachorro idoso também sofre com a redução do olfato. Consequentemente, os alimentos se tornam menos atraentes para o animal e o seu interesse pela comida diminui, então o cão velho passa a comer menos do que antes e emagrece. Como o metabolismo do cachorro idoso é mais lento, ele também fica saciado por muito mais tempo, então não sente vontade e nem a necessidade de se alimentar toda hora. Ainda assim, é importante investir em uma ração para cachorro idoso de qualidade para fornecer todos os nutrientes essenciais para cuidar do organismo do doguinho sênior.

    Alterações no sistema urinário e outros problemas podem acometer a saúde do cachorro idoso

    Alguns problemas são mais frequentes na saúde do cachorro idoso, como é o caso da incontinência urinária. O animal acaba perdendo o controle da própria bexiga e tende a urinar involuntariamente em algumas situações, mas sempre em pequenas quantidades. Além disso, alterações cardíacas, bem como problemas renais, também podem surgir na terceira idade canina. Para evitar que esses quadros se estabeleçam e evoluam, o acompanhamento médico é imprescindível e não deve ser deixado de lado, sendo recomendado uma visita ao veterinário a cada seis meses.

    Redação: Juliana Melo

    Pote para cachorro: como escolher o melhor comedouro para o seu cão?

    Próxima matéria

    Pote para cachorro: como escolher o melhor comedouro para o seu cão?

    Como saber se o cachorro está doente? Veja alguns sinais que devem ligar o alerta!
    Saúde

    Como saber se o cachorro está doente? Veja alguns sinais que devem ligar o alerta!

    Quem convive com um cão no dia a dia costuma conhecer bem o comportamento do bichinho e logo percebe quando algo não está normal. No entanto, mesmo quem tem um olhar atento pode se perguntar "como saber se o cachorro está doente?" diante de uma mudança no temperamento ou um quadro mais grave como vômito e diarreia. O veterinário é a pessoa certa para avaliar os sintomas, dar um diagnóstico preciso e orientar a respeito do melhor tratamento, mas antes de levar o pet no médico é importante entender os sinais de que ele realmente está mal para poder explicar a situação na clínica. Reunimos dicas certeiras sobre o assunto para te ajudar a cuidar do cachorro quando ele apresentar algum desconforto. Confira!

    Verme em cachorro filhote: veja os sinais mais comuns de que o cãozinho está sofrendo com verminoses
    Verme

    Verme em cachorro filhote: veja os sinais mais comuns de que o cãozinho está sofrendo com verminoses

    Os filhotes de cachorro são muito mais propensos a sofrerem com verme. Além da contaminação facilmente ocorrer pela amamentação, os filhotes ainda estão desenvolvendo o sistema imunológico e diversas funções do organismo. É por isso que a primeira dose do vermífugo para cachorro filhote deve ser feita aos 30 dias de vida, com reforço mensal até os seis meses, para garantir a saúde do pet. 

    Gato idoso: quais os sinais de que seu gatinho está envelhecendo?
    Idoso

    Gato idoso: quais os sinais de que seu gatinho está envelhecendo?

    Os animais de estimação necessitam de cuidados especiais em todas as fases da vida, e com o gato idoso não é diferente. Por isso, é muito importante saber quais doenças podem atingir um gato velho e conseguir identificar os sinais da terceira idade felina. Afinal de contas, entender algumas características específicas dessa fase são essenciais para aprender a como cuidar de gato idoso. 

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?
    Ração

    Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?

    É normal cometer alguns erros quando se trata da alimentação do cachorro, principalmente no caso de quem nunca teve um bichinho de estimação antes. Com o tempo e as orientações do veterinário, o tutor geralmente aprende o que o cão pode ou não pode comer, qual melhor ração para cachorro e a quantidade certa de comida que deve ser oferecida para o pet no dia a dia. O perigo é quando esses erros continuam acontecendo, porque isso pode acabar prejudicando a saúde do cachorro futuramente.

    Ver Todas >

    Border Collie merle: qual a explicação genética para o nascimento de cães com essa característica?
    Cachorro

    Border Collie merle: qual a explicação genética para o nascimento de cães com essa característica?

    O Border Collie merle tem uma variação de pelagem que encanta qualquer um, mas também traz muitas dúvidas. Qual a explicação para essa cor de cachorro? A pelagem merle deriva de algum problema genético? A saúde do pet é prejudicada por isso? São muitas perguntas, que nem sempre têm uma resposta fácil. O Border Collie merle tem um aspecto “marmorizado" na pelagem, que normalmente se apresenta nas versões blue merle (tons que variam do preto ao cinza misturado ao branco) e red merle (pelagem branca com tons avermelhados ou marrom). 

    Poodle toy, anão, médio, standard... conheça os tipos de cachorro da raça e aprenda a identificar
    Cachorro

    Poodle toy, anão, médio, standard... conheça os tipos de cachorro da raça e aprenda a identificar

    O Poodle é um cão com uma história curiosa! Ninguém sabe ao certo onde surgiu essa raça tão peludinha e fofa. Alguns dizem que os diferentes tipos de Poodle surgiram na França e faziam muita graça nas festas da realeza, sendo chamados também de “Caniches”. Outros, porém, dizem que o cachorro Poodle veio da Alemanha, onde era conhecido como “Pudle”, um cão considerado exímio nadador. Seja Poodle, Caniche ou Pudle, o que não podemos negar é que esse cãozinho é apaixonante! 

    Piodermite canina: 10 perguntas e respostas sobre a doença que atinge a pele do cachorro
    Cachorro

    Piodermite canina: 10 perguntas e respostas sobre a doença que atinge a pele do cachorro

    A piodermite canina é uma das doenças de pele que podem atingir os cães, deixando-o com muita coceira e bastante desconfortável. Podendo ter inúmeras causas, a piodermite está relacionada ao sistema imunológico do animal e significa que a saúde do pet está debilitada. Apesar de comum, a piodermite em cães ainda gera muitas dúvidas nos pais e mães de pet, que não sabem muito bem como perceber os sintomas, o que causou a doença e como podem tratá-la. O Patas da Casa separou 10 perguntas e respostas sobre a piodermite em cachorro para acabar com qualquer questão que você possa ter sobre essa doença. Confira!

    Pequinês: conheça 11 características dessa raça miniatura
    Cachorro

    Pequinês: conheça 11 características dessa raça miniatura

    Os cachorros miniatura são muito procurados pelas famílias e a raça Pequinês é muito indicada para quem quer encontrar um companheiro de quatro patas para apartamentos ou outros espaços pequenos. Essa não é a única qualidade do Pequinês, uma raça originária da China que parece um bichinho de pelúcia por causa do tamanho (ele não passa de 23 centímetros e seu peso varia de 2 a 6kg) e da pelagem longa. 

    Ver Todas >