Adestramento

Cachorro filhote ou adulto: saiba a importância da socialização em todas as fases

Como socializar cachorro filhote e adulto: descubra como o processo é importante para o animal
Como socializar cachorro filhote e adulto: descubra como o processo é importante para o animal

A fase de adaptação de um cachorro filhote é cheia de descobertas e experiências diferentes, tanto para o animal quanto para os tutores. Além do bichinho precisar se acostumar com a vida longe da ninhada e da mãe, ele também deve aprender, nos primeiros meses, a lidar com as novas experiências que a vida com humanos vai trazer. Uma forma de fazer esse processo mais simples tanto para o filhote quanto para o cachorro adulto é a socialização. Saiba mais sobre a importância de um animal sociável desde sempre!

Cachorro filhote: a socialização ajuda o animal a se acostumar com o mundo longe da mãe

Até que todas as doses das vacinas obrigatórias sejam completadas, o cachorro filhote deve ter o contato com o mundo exterior bem regulado. Ao mesmo tempo, essa também é uma das fases mais importantes para a socialização. Nos dois primeiros meses, o contato com a ninhada é suficiente para que ele entenda um pouco sobre a vida em sociedade — esse é um dos motivos para a recomendação de se esperar 60 dias para que o filhote seja separado da mãe —, mas as vacinas costumam acabar quando ele tem 120 dias e já foi para a casa dos novos tutores.   

Por isso, durante a fase dos três e quatro meses, também é importante que o seu cachorrinho tenha contato, pelo menos, com diferentes pessoas. Se possível, é bom deixar que ele se relacione com crianças para se acostumar com tons de voz e níveis de energia variados. Antes das vacinas, ele pode ter contato com outros cachorros e gatos imunizados e saudáveis (é sempre bom, neste caso, conhecer os donos e promover esses encontros dentro de casa, ok?). Com a liberação do veterinário, você também pode sair com seu filhotinho no colo ou dentro do carro para que ele se habitue com o barulho e o movimento da rua. 

Depois da vacinação, o contato com o mundo exterior se torna ainda mais necessário: inclua os passeios no dia a dia do animal, visitas a parques próprios para cães e espaços em que ele possa correr e brincar com outros cachorros. Quanto mais acostumados eles estiverem, menor vai ser a chance do animal crescer agressivo, medroso ou antissocial: os benefícios vão chegar para ele e para você!

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    O cachorro adulto também se beneficia com a socialização
    O cachorro adulto também se beneficia com a socialização

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    A socialização é uma das respostas para a dúvida de como fazer o cachorro parar de latir na fase adulta

    Uma coisa é certa: o cachorro nunca late à toa. Se o seu amigo tem o costume de latir demais e o motivo for o medo de barulhos diversos, a presença de pessoas estranhas ou, até mesmo, uma situação nova para ele, a socialização pode ajudar! Depois da fase de filhote, talvez você precise da ajuda de um comportamentalista animal para conseguir mudanças no quadro, mas ainda é possível. É por isso que, desde cedo, o animal precisa se acostumar com barulhos fortes e comuns, como o do secador de cabelo, raios e trovões da chuva, aspirador de pó, máquina de lavar, portas batendo, carros, caminhões e outros. Objetos como guarda chuvas, vassouras e muletas também precisam entrar na onda da naturalização: quanto menor for a lista das coisas que realmente causam alguma reação nele, mais simples vai ser de identificar que algo está errado por causa dos latidos. 

    Como socializar cachorros: o adestramento é uma técnica que anda de mãos dadas com a socialização

    Além da socialização ser importante, o adestramento de cães também conta como uma forma de tornar o animal mais controlado e obediente. Por meio de estímulos positivos, como o uso do clicker, dos petiscos e de brinquedinhos, você pode ensinar diferentes comandos e ordens para o seu animal. Se você não souber como adestrar cachorro ou se ele for muito temperamental, você também pode contar com a ajuda de um adestrador de cães: o profissional vai te ajudar a deixar seu amigo bem comportado para melhorar a postura quando estiver junto de outras pessoas e animais. 

    Redação: Ariel Cristina Borges

    Brinquedos para cachorro com barulho: por que eles amam tanto?

    Próxima matéria

    Brinquedos para cachorro com barulho: por que eles amam tanto?

    Tudo sobre o Terra Nova: conheça todas as características desse cachorro grande
    Grandes

    Tudo sobre o Terra Nova: conheça todas as características desse cachorro grande

    O Terra Nova é uma raça de cachorro grande que, apesar do corpo musculoso e robusto, é muito dócil e amigável. Ele chama bastante atenção por conta do seu tamanho e também ser bem peludinho, lembrando bastante um ursinho de pelúcia - ou, nesse caso, um ursão. Dentre uma das características mais marcantes da raça, podemos destacar o seu lado atlético e a paixão que o cachorro Terra Nova tem por água. É isso mesmo: esta é uma das raças de cachorro que mais gosta de nadar e brincar na água.

    Setter Irlandês: filhote, preço, personalidade.. saiba tudo sobre a raça
    Raças

    Setter Irlandês: filhote, preço, personalidade.. saiba tudo sobre a raça

    O cão Setter Irlandês é, sem dúvidas, uma das raças mais bonitas e amigáveis que existem. Com uma pelagem ruiva, longa, brilhante e sedosa, este é um cachorro que chama a atenção de todos ao seu redor - não é à toa que ele comumente é encontrado em exposições e concursos de beleza. Mas não é só assim que o Setter Irlandês conquista admiradores: o jeitinho doce e meigo também são traços incríveis deste cãozinho. Quer conhecer esta raça de cachorro mais a fundo? 

    Boston Terrier: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequena
    Pequenos

    Boston Terrier: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequena

    Para quem sempre sonhou em ter um cachorro de raça pequeno, o Boston Terrier é a companhia certa! Embora ele ainda seja muito confundido com o Bulldog Inglês, o cãozinho desta raça tem qualidades únicas e excepcionais. Amigáveis, brincalhões e com muita energia, os cachorros da raça Boston Terrier são muito fáceis de lidar no dia a dia e amam agradar seus tutores. Além disso, eles são super adaptáveis e conseguem conviver bem em praticamente qualquer lugar. 

    Dogue Alemão: origem, porte, saúde, temperamento... saiba tudo sobre a raça de cachorro gigante
    Grandes

    Dogue Alemão: origem, porte, saúde, temperamento... saiba tudo sobre a raça de cachorro gigante

    Uma das raças de cachorros gigantes mais famosas é a do Dogue (ou Dog) Alemão, que também é conhecida como cão Dinamarquês. O motivo para isso é simples: trata-se da mesma raça do famoso personagem de desenho animado Scooby Doo. Mas a verdade é que o cão Dogue Alemão vai muito além do seu tamanho e aparência robusta: ele é um amigo de quatro patas extremamente leal, dócil e carinhoso. 

    Ver Todas >

    Cachorro na janela do carro: por que eles amam tanto?
    Comportamento animal

    Cachorro na janela do carro: por que eles amam tanto?

    É bem provável que você já tenha visto um cachorro na janela do carro curtindo o ventinho no rosto ou até tenha presenciado o seu doguinho fazer isso. Essa é uma situação super comum, principalmente quando os donos decidem viajar com cachorro de carro ou nas idas para o veterinário. Mas já parou para se perguntar por que esses bichinhos gostam tanto de ficar com a cabeça na janela? Será que é só por uma questão de aventura, ou existe explicação por trás do comportamento?

    Como escolher a bolinha para cachorro ideal de acordo com a idade, tamanho e energia do seu pet?
    Comportamento animal

    Como escolher a bolinha para cachorro ideal de acordo com a idade, tamanho e energia do seu pet?

    Quem nunca viu um cachorro correndo atrás de uma bola? A  bolinha para cachorro  é clássica e um dos brinquedos preferidos desses animais. Qualquer cãozinho quando vê uma bola se diverte bastante, principalmente aqueles mais energéticos e ativos. Porém, engana-se quem pensa que toda bolinha é igual, porque há uma infinidade de modelos que podem ser comprados. Não existe um melhor que o outro, mas sim o que é mais adequado para cada tipo de cachorro, levando em conta a idade, tamanho e nível de energia.

    Adestrar gato: como é o processo de aprendizagem dos felinos? (spoiler: é bem diferente dos cães)
    Comportamento animal

    Adestrar gato: como é o processo de aprendizagem dos felinos? (spoiler: é bem diferente dos cães)

    O adestramento de cachorro é super conhecido por aí, mas algumas pessoas não sabem que os gatos domésticos também pode ser treinados. Adestrar gato também promove muitos benefícios à rotina do pet, além de aproximá-lo do tutor e mudar comportamentos inadequados. No entanto, o processo de adestramento do gato é bem diferente do que já estamos acostumados com os cães. 

    Como socializar gatos? 5 segredos para tornar tudo mais fácil
    Comportamento animal

    Como socializar gatos? 5 segredos para tornar tudo mais fácil

    Um dos grandes desafios que vários tutores enfrentam é não saber como socializar gatos corretamente, o que pode desencadear problemas de convivência, como ciúmes e brigas. Normalmente, o período mais indicado para fazer a socialização é quando o gato ainda é um filhotinho, porque ele ainda está se adaptando ao mundo e fica mais fácil de apresentá-lo a novas experiências. 

    Ver Todas >