Adoção animal

Filhote de cachorro: de ração a brinquedos, tudo o que você precisa saber sobre os primeiros dias em casa

Publicado - 29 Agosto 2019 - 17h15

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Dar as boas-vindas a um filhote de cachorro em casa é sempre um momento especial e cheio de expectativa. Mesmo assim, não dá para negar que, junto com toda a empolgação, surgem as dúvidas em relação às necessidades do animal. Afinal de contas, um cachorro filhote é quase tão dependente do dono nos primeiros meses de vida quanto um bebê e essa responsabilidade te atinge com tudo no formato de perguntas: qual a melhor ração para cachorro filhote, quando dar o remédio de verme, quais vacinas, como adestrar e educar um filhote… Para te ajudar nessa fase, nós juntamos num lugar só tudo o que você precisa saber sobre os primeiros momentos do filhotinho na sua casa. Dá uma olhada!

Como adaptar a casa para receber o filhote de cachorro?

O comportamento de um filhote de cachorro é completamente imprevisível: ele pode ser bem tranquilo e calminho ou completamente agitado. Isso vai variar de acordo com a raça e a personalidade do animal. Ainda assim, como eles são bem inconsequentes pela falta de experiência de vida, você precisa tomar alguns cuidados independente de como o filhote é no dia a dia. Veja algumas dicas abaixo:

  • Retire objetos pequenos e cortantes da altura do seu bichinho, já que ele pode engolir ou quebrar e se machucar no dia a dia;
  • Os produtos de limpeza tóxicos também merecem um novo lugar em prateleiras mais altas ou um cantinho em armários que podem ter as portas travadas;
  • Mantenha sapatos e varais de roupas fora do alcance do cachorrinho. No caso de apartamentos e casas com dois ou mais andares, também é necessário instalar, nas janelas e varandas, telas de proteção que vão garantir a segurança do seu animal.

Além das adaptações que devem ser feitas no ambiente em relação à segurança do seu cachorro, o conforto dele também precisa ser pensado nesse primeiro momento. Vamos lá:

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

  • Separe um cantinho da casa para ser o local de descanso, onde ele vai encontrar a uma caminha, água e ração nos momentos das refeições;
  • Determine um lugar onde o filhote deve fazer xixi e cocô — e o local precisa ser longe da alimentação. No início da vida, é bom que eles tenham uma rotina para se acostumar e ter um lugar determinado para cada necessidade ajuda nesse processo.

Quantas vezes o cachorro filhote come por dia?

filhote de cachorro comendo
A alimentação do filhote de cachorro é diferente nessa fase da vida.

 

Depois que para de se alimentar exclusivamente com o leite da mãe, o seu cãozinho vai precisar migrar para uma alimentação baseada exclusivamente em ração para cachorro filhote. Essa separação é importante principalmente porque esse tipo de ração é reforçada para atender às necessidades de desenvolvimento do cachorro que ainda está crescendo. No início da vida, é normal que ele precise comer mais vezes em quantidades pequenas ao longo do dia — você precisa ficar atento e adaptar essas refeições à sua rotina. Veja, aqui embaixo, quantas vezes o filhote de cachorro precisa comer por dia de acordo com a idade:

 

  • de quatro a seis vezes por dia quando o filhote tiver dois meses;
  • quatro vezes ao dia para cães de três meses;
  • de duas a três vezes por dia na fase que vai dos quatro aos seis meses;
  • duas vezes por dia (ou quantas o veterinário indicar) dos seis meses em diante.

Primeira consulta veterinária e vacinas

Mesmo que o cãozinho tenha vindo de um abrigo ou canil reconhecido por cuidar bem de seus filhotes, é super importante levá-lo para uma primeira consulta veterinária para começar a cuidar da saúde do bichinho. Neste momento, aproveite para tirar todas as dúvidas sobre alimentação, medicamentos, vacinas e comportamento do seu novo amigo. Esta também é uma boa oportunidade para pesar e avaliar o desenvolvimento do seu pet.

Quanto às vacinas, cachorros adotados podem já vir com uma ou mais doses da vacina polivalente - a mais importante de todas, junto com a antirrábica. Neste caso, no momento da adoção, peça a carteira de vacinação em que deve constar a data da aplicação e o adesivo do rótulo que atesta a qualidade da vacina. Aí é só seguir a orientação veterinária sobre a aplicação das próximas doses. Você pode conferir aqui um guia completo sobre as vacinas que todo cachorro precisa tomar e as “extras” que podem garantir mais segurança para seu filhote.

Remédio de verme para cachorro filhote: quando oferecer esse medicamento

cachorro filhote tomando vermífugo para cachorro
O cachorro filhote precisa tomar vermífugo para cães nos primeiros meses da vida.

Durante os primeiros meses de vida, o sistema imunológico do seu cachorro ainda não está completamente desenvolvido e, por isso, ele acaba tendo uma propensão maior para contrair doenças e parasitas. Por isso, o vermífugo para cães filhotes é indicado como forma de prevenção. O ideal é acompanhar esse tratamento com o seu veterinário, mas, geralmente, a frequência de doses do remédio de verme para cachorro filhote é feita dessa maneira: 

 

  • entre as duas semanas e os três meses de vida, de quinze em quinze dias;

  • a partir dos três meses, uma dose de vermífugo por mês;

  • na fase adulta, repetições de seis em seis meses. 

Se o animal já tiver sido infectado por um parasita e apresentar sintomas como perda de peso, dores, apatia e vômito, você vai precisar aliar o vermífugo com outros medicamentos indicados pelo veterinário depois da consulta. É sempre bom lembrar que você não deve medicar seu animal antes do diagnóstico do profissional: é ele quem vai indicar as doses ideais de acordo com o peso do seu cãozinho e por quanto tempo administrar. 

Dicas sobre como adestrar um filhote 

Existem raças de cachorros que têm o adestramento como indicação desde os primeiros meses de vida, como acontece com os filhotes de Pit Bull, já que o processo ajuda na socialização do bichinho. Mesmo que você não deseje investir no adestramento com um profissional — para essa e outras raças —, o momento de educar o seu filhote de cachorro vai chegar, afinal de contas, ele precisa saber o lugar certo de fazer xixi e cocô e entender que tudo o que ele pode comer é a ração (e não sapatos, roupas, móveis e derivados). 

  • Crie uma rotina: essa é ótima forma de começar a educar o seu cachorrinho. Tendo os horários certos para comer e dormir, por exemplo, ele vai se acostumar com uma quantidade determinada de ração na hora certa e, provavelmente, não vai sentir fome em momentos aleatórios.

  • Xixi e cocô no local correto: o tapete higiênico ou jornal deve ficar no lugar mais reservado e silencioso possível. Quando perceber que seu filhote está querendo fazer as necessidades, corra e coloque-o em cima do local. Depois do feito, comemore e dê um petisco para ele associar a ação em algo positivo. Repita a ação quantas vezes for preciso. E não fique nervoso quando o cachorro fizer no lugar errado, combinado? Filhotes são iguais bebês e não conseguem se segurar e aprendem depois de muita persistência. 

  • Enriquecimento ambiental para evitar móveis roídos: a vontade de comer tudo o que aparece pela frente é causada pelo desenvolvimento da dentição. Para aliviar a coceira, eles saem roendo tudo que encontram pela casa! Portanto, guarde todos seus sapatos antes de sair e espalhe brinquedos e petiscos em diferentes lugares para distraí-lo durante sua ausência O enriquecimento ambiental também é importante para estimular a inteligência do animal e evitar que seus móveis sejam atacados por aqueles dentinhos afiados. 

Se organize para incluir os cuidados com o animal na sua rotina

 

filhote de cachorro recebendo carinho do dono

As mudanças necessárias para a adaptação de um filhote de cachorro na sua casa, certamente, também vão mexer com a sua rotina. Para que você e a sua família também consigam se acostumar com a presença de um novo integrante, a organização e a rotina também vão precisar fazer parte do seu dia a dia. 

 

Monte um cronograma de tempo para encaixar os momentos de alimentação, os passeios e a hora da limpeza diária do ambiente durante a semana e mantenha uma constância na realização das tarefas até que elas virem um hábito. Assim, ter um novo cachorro em casa não vai se tornar um peso ou fardo! 

A adaptação de cachorros que são adotados na fase adulta também é algo que precisa de tempo

Mesmo que o novo integrante da sua família seja um cãozinho já na fase adulta, a primeira coisa que você precisa ter em mente é que não pode esperar que ele já chegue na sua casa sabendo de tudo. A mudança de ambiente, seja de outra casa, de um abrigo, canil ou da rua para o seu lar pode ser estressante e ele vai precisar de uns dias para se acostumar. 

É importante ter paciência e respeitar o tempo do animal — principalmente em casos de cães resgatados, que sofreram qualquer tipo de maus tratos antes de te conhecer. Mostre o lugar certo de fazer as necessidades, deixe o cantinho do descanso separado e evite passeios em horários muito movimentados e até locais muito cheios enquanto você não tiver certeza que ele se sente bem entre muitas pessoas e animais. Além disso, caso ele não venha de um lugar conhecido, marque uma visita ao veterinário para que o cachorro seja examinado e vacinado. Com tempo ao tempo, você e seu novo amigo vão conseguir chegar na mesma página! 

Redação: Ariel Cristina Borges

Faz mal dar calmante para cachorro? O vet do meu cãozinho disse que somente nessas situações é recomendado o uso

Você já se perguntou em algum momento se pode dar calmante para cachorro? Tem tutores que procuram o medicamento para lidar com o co...

O que acontece se um cachorro grande cruzar com uma cadela pequena?

O cruzamento de cachorro faz parte do comportamento natural e instintivo desses animais. Os machos estão sempre prontos e disponívei...

Alimentação

Veja o motivo desta comida ser considerada a pior de todas para a saúde do seu cachorro

Nem tudo que a gente come é liberado para os cães. Alguns alimentos, inclusive, são considerados bastante tóxicos e prejudiciais par...

Raças

Cachorro inteligente: essas são as raças que vão se sair melhor nas aulas de adestramento, segundo especialistas

A inteligência canina não pode ser subestimada e nem comparada com a humana. Afinal, estamos falando de duas espécies bem diferentes...

Faz mal dar calmante para cachorro? O vet do meu cãozinho disse que somente nessas situações é recomendado o uso

Você já se perguntou em algum momento se pode dar calmante para cachorro? Tem tutores que procuram o medicamento para lidar com o co...

Gato não acredita no que vê quando percebe que seus humanos arrumaram um jeito de vigiar sua intimidade

A câmera para monitorar pet é um ótimo investimento para os tutores que passam muito tempo fora de casa, mas estão sempre preocupado...

Por que os gatos saem correndo depois de usar a caixa de areia? Um dos motivos pode ter a ver com instinto selvagem

Bastante higiênicos, os felinos se acostumam desde cedo a usar a caixa de areia para gatos. Para eles, é algo totalmente natural e q...

O que acontece se um cachorro grande cruzar com uma cadela pequena?

O cruzamento de cachorro faz parte do comportamento natural e instintivo desses animais. Os machos estão sempre prontos e disponívei...

Ver todas