close
Saúde

Cachorro com sopro no coração: entenda como a doença se desenvolve, quais os sintomas e tratamentos

O sopro cardíaco em cães precisa de atenção e geralmente é causado por outras cardiopatias
O sopro cardíaco em cães precisa de atenção e geralmente é causado por outras cardiopatias

O sopro cardíaco em cães é mais comum do que se imagina, principalmente quando o cachorro fica mais velho. Algumas raças, inclusive, têm maior predisposição para desenvolver o problema, como é o caso do Yorkshire e do Poodle. Como se trata de um problema cardíaco, é sempre bom aprender a identificar os sintomas da doença e entender o que de fato ela representa para a saúde do cachorro. Por esse motivo, o Patas da Casa conversou com a médica veterinária Caroline Manha Infantozzi, que é especializada em cardiologia no Hospital Vet Popular, para esclarecer as principais dúvidas sobre o assunto. Veja só o que ela nos contou!

Sopro cardíaco em cães: o que é e quais as causas desse quadro?

O nome pode parecer sugestivo, mas, segundo a especialista, o sopro é quando ocorre um tipo de alteração na auscultação cardíaca, local onde é possível ouvir a passagem do sangue pelas estruturas cardíacas através do estetoscópio. “A causa muitas vezes está relacionada a cardiopatias. A doença cardíaca pode ser congênita, ou seja, quando o animal nasce com a alteração; ou adquirida, que são quadros frequentemente observados em animais adultos a idosos”, explica. Nesse segundo cenário, as doenças mais comuns de serem adquiridas são a endocardiose e a cardiomiopatia dilatada em cães.

Além disso, Caroline também ressalta que existe um sopro no coração de cachorro que é chamado de sopro inocente: “Ele pode estar presente em filhotes até os 6 meses e é considerado funcional, ou normal, e desaparece à medida que o animal cresce”.

Cachorro com sopro no coração: aprenda a identificar os sintomas

Mesmo quem não é um especialista na área de saúde animal é capaz de perceber quando um cãozinho não está bem. Quando isso acontece por causa do sopro no coração de cachorro, alguns sinais - além do próprio sopro - podem ser percebidos, como:

Tosse

• Cansaço

• Fraqueza

• Desmaios

• Arritmia

• Acúmulo de líquidos no pulmão (edema ou efusão)

• Acúmulo de líquidos no abdômen

Se houver qualquer suspeita da doença, é necessário buscar o auxílio de um profissional. Para confirmar o diagnóstico, alguns exames devem ser realizados. “Dentre os principais exames solicitados para avaliação das cardiopatias causadoras do sopro, podemos citar: ecocardiograma, eletrocardiograma, pressão arterial e uma avaliação pelo médico veterinário especializado em cardiologia”.

Brinquedos para gatos: faça o quiz e descubra qual o tipo preferido do

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Você passou um tempo fora de casa e quando voltou seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato costuma te acordar?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato reage ao ver uma caixa de papelão?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual dessas definições mais combina com a personalidade do seu gato?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Se seu gato fosse humano, qual desses comportamentos ele mais teria?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual desses brinquedos reciclados seu gatinho mais adoraria?

Question Header Background

O arranhador é o brinquedo ideal para seu felino! Seu gato faz a festa com brinquedos que “não são” brinquedos! Seu bichano é apaixonado pelos brinquedos clássicos!
    O cachorro com sopro no coração tende a apresentar maior cansaço e fraqueza
    O cachorro com sopro no coração tende a apresentar maior cansaço e fraqueza

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Sopro no coração de cachorro: tratamento ajuda a controlar o problema

    Uma pergunta que muitos tutores se fazem é se sopro no coração de cachorro tem cura. Mas antes de mais nada, é preciso entender que o tratamento deve ser direcionado para a cardiopatia causadora do sopro no coração de cachorro, e não necessariamente para o sopro em si. Dito isso, Caroline afirma que poucas causas de sopro podem ser curadas, de fato. “Uma cardiopatia que existe tratamento cirúrgico e ótimos resultados é a de persistência de ducto arterioso, observada em filhotes de cachorro e que causa um sopro alto e do tipo contínuo”, conta.

    Já quando se trata de uma cardiopatia adquirida, e que é a causa mais comum do sopro cardíaco em cães, o quadro geralmente é degenerativo e progressivo. No entanto, existem tratamentos disponíveis que ajudam a controlar os sintomas. “O problema, quando identificado precocemente, pode ser controlado com uso de medicamentos que promovem a melhora da qualidade de vida e aumento da sobrevida do animal”, revela a cardiologista.

    Saiba como prevenir o sopro no coração do cachorro!

    Não existe uma fórmula exata para prevenir o sopro cardíaco em cães, mas uma medida preventiva que pode (e deve!) ser adotada é o check-up regular com um médico veterinário, principalmente para animais com mais de 8 anos. Só assim será possível verificar como anda a saúde do seu amigo de quatro patas e, caso alguma cardiopatia seja detectada em uma dessas consultas, o médico poderá intervir em seguida. “Caso o animal já apresente alguma alteração, as reavaliações e acompanhamentos vão variar conforme o quadro, mas devem ser realizados com maior frequência”, finaliza.

    Redação: Juliana Melo

    Seu gato vomita com frequência? Entenda o que pode ser e se está na hora de levá-lo no veterinário

    Próxima matéria

    Seu gato vomita com frequência? Entenda o que pode ser e se está na hora de levá-lo no veterinário

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Carrapato

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão
    Cuidados

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão

    Os cães são animais que, na maior parte do tempo, não gostam de ficar sozinhos - afinal, antes de serem domesticados, eles viviam livres em matilhas. Com a vida urbana, muitos cães acabam não recebendo os estímulos adequados para gastar energia e socializar com outros animais e pessoas. Para auxiliar a vida do tutor, que nem sempre consegue estar perto de seu pet durante o dia, existem muitas alternativas. Uma delas é a creche para cachorro: uma acomodação diária em que você pode deixar seu amigo em um lugar totalmente adaptado para cães.

    Como é a saúde do Husky Siberiano? A raça de cachorro tem propensão para desenvolver alguma doença?
    Saúde

    Como é a saúde do Husky Siberiano? A raça de cachorro tem propensão para desenvolver alguma doença?

    É praticamente impossível resistir ao charme de um Husky Siberiano. A raça tem uma forte presença, com pelos brilhantes e um olhar penetrante que às vezes até chega a intimidar. Mas quem pensa que eles são cães agressivos devido à semelhança com lobos se engana. No fundo, o Husky Siberiano (filhote ou adulto) é um super companheiro, carinhoso e bastante apegado a sua família. O problema é que a raça pode ter alguns probleminhas de saúde no decorrer da sua vida, mesmo que ele receba todos os cuidados necessários. A seguir, separamos as principais doenças que podem acometer a saúde do cachorro Husky.

    Ver Todas >

    Como prevenir a giárdia em gatos?
    Saúde animal

    Como prevenir a giárdia em gatos?

    A giárdia em gatos é uma zoonose de rápida contaminação que pode afetar os bichanos. Essa doença ataca o sistema digestivo do gato e pode atingir também humanos, cachorros e outros animais. Ao contrair a giárdia, gatos passam a ter sintomas como diarreia e vômito, o que causa grande desconforto. Porém, a giárdia em gatos pode ser evitada ao seguir algumas medidas muito fáceis de serem cumpridas no dia a dia. 

    Quantos filhotes um cachorro pode ter?
    Saúde animal

    Quantos filhotes um cachorro pode ter?

    Você sabe quantos filhotes um cachorro pode ter? O número varia de acordo com as condições de saúde da cadela, mas também deve-se levar em consideração o porte e a idade do animal. Além disso, quando é a primeira gestação da cachorrinha, o número também costuma ser reduzido e os filhotes geralmente têm características diferentes dos irmãozinhos de outras ninhadas. 

    Gato idoso: quais os sinais de que seu gatinho está envelhecendo?
    Saúde animal

    Gato idoso: quais os sinais de que seu gatinho está envelhecendo?

    Os animais de estimação necessitam de cuidados especiais em todas as fases da vida, e com o gato idoso não é diferente. Por isso, é muito importante saber quais doenças podem atingir um gato velho e conseguir identificar os sinais da terceira idade felina. Afinal de contas, entender algumas características específicas dessa fase são essenciais para aprender a como cuidar de gato idoso. 

    Gato e cachorro têm depressão? Descubra se o transtorno pode afetar seu bichinho de estimação
    Saúde animal

    Gato e cachorro têm depressão? Descubra se o transtorno pode afetar seu bichinho de estimação

    Você já se perguntou se o seu cachorro tem depressão? Ou se o seu gato que mudou de comportamento, na verdade está com um transtorno ligado ao estresse? Muitos tutores nem imaginam, mas cachorro ou gato com depressão não é um quadro tão difícil de ocorrer. A saúde mental é um assunto em evidência, principalmente nas campanhas do setembro amarelo. Mas assim como cães e gatos podem ajudar quem tem depressão, eles também podem ser afetados pela doença.

    Ver Todas >