Saúde

Cachorro bebendo muita água indica algum problema? Entenda!

O cachorro bebendo muita água pode ter muitas causas, desde situações rotineiras até problemas de saúde mais graves. Aprenda a diferenciar!
O cachorro bebendo muita água pode ter muitas causas, desde situações rotineiras até problemas de saúde mais graves. Aprenda a diferenciar!

A gente sempre associa o cachorro bebendo água como um sinal de saúde. De fato é muito importante que eles mantenham a hidratação correta ao longo do dia, mas quando o animal passa a beber mais água que o normal é preciso ficar atento. Aliás, é sempre importante observar o comportamento e hábitos do seu pet para saber exatamente quando algo estiver fora do normal. Um animal saudável precisa ter um equilíbrio entre a quantidade de água que bebe e libera na urina. Isso depende do seu tamanho e peso: um cão adulto deve ingerir entre 30 e 60 ml de água por quilo do peso total, incluindo o que vem da alimentação.

O cachorro tomando muita água pode ser resultado de alterações do clima ou até uma movimentação diferente na rotina do animal, mas também pode indicar problemas mais graves. A sede excessiva é chamada de polidipsia e geralmente está associada ao desequilíbrio no organismo e órgãos do animal. Você certamente vai perceber quando isso estiver acontecendo, então a melhor dica é levar o cachorro ao veterinário.

Meu cachorro bebe muita água: quando é normal?

Naturalmente, filhotes de cachorro bebem uma quantidade maior de água. Cachorros grandes também precisam ingerir mais líquido diariamente para atender as necessidades de seu corpo. Esporadicamente, outras situações também podem motivar o cachorro a beber muita água:

- Cadelas grávidas ou que estão amamentando precisam beber mais água no dia a dia, isso explica a sede excessiva;

- Depois de uma caminhada ou atividade física, o cachorro vai ingerir uma quantidade bem grande de água. Isso ajuda ele a recuperar a temperatura normal do corpo;

- Em dias de mais calor, o animal vai procurar o pote de água com mais frequência para se manter sempre hidratado.

Todo cachorro, independente da idade, precisa ter sempre à disposição água fresca e filtrada. O ideal é abastecer o pote de água para cachorro pelo menos duas vezes por dia. Além disso, mantenha o bebedouro em um local limpo e arejado. Para ajudar seu cãozinho a beber a quantidade de água recomendada por dia, você pode espalhar mais potinhos pela casa, oferecer alimentos úmidos e até preparar gelos com suco de frutas liberadas para cachorro. Ele vai ficar feliz e hidratado ao mesmo tempo!

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    É super normal que o cachorro beba mais água depois do passeio ou em dias mais quentes
    É super normal que o cachorro beba mais água depois do passeio ou em dias mais quentes

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Quando o cachorro bebendo muita água indica um problema?

    Se o seu cão não está passando por nenhuma das situações mencionadas acima e ainda assim apresenta uma sede excessiva, é motivo para se preocupar - principalmente se a condição for repentina e estiver associada a outros sintomas, como vômitos, diarreia, apatia ou perda de apetite. Nesse caso, é essencial que você o leve ao veterinário para um check-up. Veja alguns problemas de saúde que tem a polidipsia como sintoma - e pode gerar outra condição chamada poliúria, que é quando a produção de urina aumenta:

    • Diabetes mellitus: a deficiência ou resistência à insulina no organismo do animal leva a um quadro de hiperglicemia. Esse problema provoca o aumento da quantidade de açúcar no xixi do cachorro. É aí que ocorre a polidipsia compensatória: o cão sente a necessidade de beber mais água para equilibrar a quantidade de líquidos no organismo.
    • Problemas renais: a insuficiência renal e outros problemas no órgão podem deixar o seu cachorro com mais sede. O tutor também vai observar alterações no apetite, urina com uma coloração muito clara, aumento do xixi e vômitos. É preciso ficar atento, pois o problema nos rins costuma ser silencioso e só dá sinais em estados mais avançados.
    • Alterações na produção do hormônio cortisol: quando o hormônio cortisol, produzido pelas glândulas suprarrenais, está em uma quantidade elevada ou baixa demais no organismo do animal, pode gerar doenças como hiperadrenocorticismo (maior produção) e hipoadrenocorticismo (menor produção). A sede em excesso é um dos sintomas.
    • Insuficiência hepática: assim como as doenças renais, os problemas que desencadeiam a falência do fígado são assintomáticas no início. Além do cachorro bebendo muita água, o tutor também pode observar a urina em excesso, perda de peso, vômitos e diarreia.

    Redação: Luana Lopes

    Gatos braquicefálicos: como o problema se manifesta, quais os cuidados e raças que têm o focinho achatado

    Próxima matéria

    Gatos braquicefálicos: como o problema se manifesta, quais os cuidados e raças que têm o focinho achatado

    Gato bebendo água em excesso é normal? Pode indicar algum problema de saúde?
    Saúde

    Gato bebendo água em excesso é normal? Pode indicar algum problema de saúde?

    Você notou que o seu gato bebendo água em excesso? Isso por ser algo normal – um sinal de que o tempo está mais quente, por exemplo –, mas também pode indicar que alguma doença mais grave está afetando o seu bichinho. Diabetes felina, insuficiência renal em gatos ou alterações na tireoide são alguns possíveis motivos do gato bebendo mais água que o normal. Entenda mais!

    Anemia em cachorro: entenda mais sobre o problema de saúde
    Saúde

    Anemia em cachorro: entenda mais sobre o problema de saúde

    Ver um cachorro desanimado e sem aquele pique habitual é uma situação que pode ser bastante preocupante. Embora alguns tutores possam confundir esses sinais com uma preguicinha boba do cão, muitas vezes essa apatia é um indicativo da anemia em cachorro. Esse problema é bastante comum, mas deve ser tratado com cuidado para evitar complicações na saúde do seu pet. Para te ajudar a saber como identificar um cachorro com anemia e entender as causas dessa doença e como curar a anemia de cachorro, o Patas da Casa entrevistou a médica veterinária Anna Carolina Tinti, do hospital VET Popular . Tire todas as suas dúvidas sobre o assunto a seguir!

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão
    Cuidados

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão

    Os cães são animais que, na maior parte do tempo, não gostam de ficar sozinhos - afinal, antes de serem domesticados, eles viviam livres em matilhas. Com a vida urbana, muitos cães acabam não recebendo os estímulos adequados para gastar energia e socializar com outros animais e pessoas. Para auxiliar a vida do tutor, que nem sempre consegue estar perto de seu pet durante o dia, existem muitas alternativas. Uma delas é a creche para cachorro: uma acomodação diária em que você pode deixar seu amigo em um lugar totalmente adaptado para cães.

    Como é a saúde do Husky Siberiano? A raça de cachorro tem propensão para desenvolver alguma doença?
    Saúde

    Como é a saúde do Husky Siberiano? A raça de cachorro tem propensão para desenvolver alguma doença?

    É praticamente impossível resistir ao charme de um Husky Siberiano. A raça tem uma forte presença, com pelos brilhantes e um olhar penetrante que às vezes até chega a intimidar. Mas quem pensa que eles são cães agressivos devido à semelhança com lobos se engana. No fundo, o Husky Siberiano (filhote ou adulto) é um super companheiro, carinhoso e bastante apegado a sua família. O problema é que a raça pode ter alguns probleminhas de saúde no decorrer da sua vida, mesmo que ele receba todos os cuidados necessários. A seguir, separamos as principais doenças que podem acometer a saúde do cachorro Husky.

    Ver Todas >

    Cio de cadela: quanto tempo dura, quais as fases, quando começa e quando termina? Saiba tudo!
    Saúde animal

    Cio de cadela: quanto tempo dura, quais as fases, quando começa e quando termina? Saiba tudo!

    O cio de cachorro costuma ser um momento delicado tanto para o tutor quanto para a cadela. Com os hormônios aflorados, o comportamento da cadela no cio passa por mudanças - o que pode demandar alguns cuidados mais específicos para garantir o bem-estar do animal. Além disso, caso o tutor não tenha interesse na procriação, a atenção deve ser redobrada para evitar o cruzamento durante o cio da cadela.

    Coleira contra leishmaniose: como funciona?
    Saúde animal

    Coleira contra leishmaniose: como funciona?

    Você provavelmente já conhece a coleira antiparasitária, mas sabia que alguns modelos têm ação contra a leishmaniose? O acessório indicado para doença é usado para afastar parasitas e insetos como o mosquito-palha, que é o vetor da leishmaniose canina. A doença está entre uma das maiores preocupações dos pais de pet, uma vez que se trata de um quadro capaz de debilitar bastante o organismo do cãozinho, podendo até mesmo levar à morte. 

    5 formas de prevenir a infecção urinária em gatos
    Saúde animal

    5 formas de prevenir a infecção urinária em gatos

    A infecção urinária em gatos é uma das doenças mais comuns que podem atingir os felinos. Geralmente, a doença se desenvolve devido à baixa ingestão de água. Ela causa dor, desconforto e afeta órgãos fundamentais para o bom funcionamento do corpo do animal. A infecção urinária, apesar de atingir muitos bichanos, pode ser prevenida com cuidados especiais e muito simples.

    Acupuntura veterinária: entenda como a terapia é utilizada para melhorar a saúde e bem-estar dos cães
    Saúde animal

    Acupuntura veterinária: entenda como a terapia é utilizada para melhorar a saúde e bem-estar dos cães

    A acupuntura é uma especialidade médica muito conhecida no mundo dos humanos, mas você sabia que ela também pode ser muito benéfica para a saúde do cachorro? É isso mesmo: a acupuntura em cães pode ajudar os bichinhos de diversas formas, desde que seja aplicada por um profissional qualificado. Para entender um pouco melhor sobre a acupuntura veterinária, os benefícios e quando a terapia é indicada, o Patas da Casa conversou com a médica veterinária Ana Carolina Villela.

    Ver Todas >