close
Brinquedos

Brinquedo de corda para cachorro: quais são as opções e como brincar de forma segura?

Um brinquedo de corda para cachorro tem várias utilidades, mas é importante ter certo cuidado com o acessório
Um brinquedo de corda para cachorro tem várias utilidades, mas é importante ter certo cuidado com o acessório

Entreter um cãozinho não é uma tarefa muito difícil, mas é importante lembrar que alguns cuidados são necessários até mesmo nos momentos de diversão. Existem vários tipos de brinquedos para cachorro, mas alguns deles podem acabar se tornando perigosos se forem entregues a esses animais sem nenhuma supervisão, como é o caso da corda para cachorro. Ninguém quer ver o seu amigo de quatro patas se machucando à toa, né? Pensando nisso, o Patas da Casa preparou uma matéria com várias dicas de como divertir o seu amigão de forma segura com um brinquedo de corda para cachorro - com direito até a um passo a passo de como fazer um desses. Vem que a gente te conta!

Brinquedo para cachorro com corda: as vantagens por trás do acessório

Não dá para negar que a corda para cachorro é um dos brinquedos preferidos desses animais, principalmente quando eles ainda são filhotes. Isso porque, além de ajudá-los a se distrair, o brinquedo de corda para cachorro é uma ótima forma de exercitar a mordida dos cãezinhos e também de aliviar o incômodo dos dentinhos que estão nascendo. Além disso, os cachorros adultos também podem tirar bons proveitos desse acessório. Por ser um brinquedo bastante versátil, a corda para cachorro pode entreter o seu amigo de diferentes formas: desde uma brincadeira de cabo de guerra com o tutor (o que é ótimo para fortalecer os laços com o seu doguinho) até brincadeiras mais independentes, que servem basicamente para estimular a mordida do animal e desviar a atenção de outros objetos da casa, como móveis, sapatos e roupas. Além disso, outra grande vantagem do brinquedo com corda para cachorro é que eles podem ser facilmente transportados para qualquer lugar, já que não ocupam muito espaço.

Entenda por que todo cuidado é pouco com o brinquedo de corda para cachorro

Por mais que a maioria dos animais adore uma corda para cachorro, esse nem sempre é um brinquedo que deve ser oferecido para o seu doguinho. Cachorros que gostam de destruir objetos e têm uma mordida muito forte, por exemplo, podem acabar destruindo facilmente o acessório e, no meio disso, ainda tem o risco deles engolirem pedacinhos de fibras que compõem a corda para cachorro.

Além disso, até mesmo os cães que não têm esse ímpeto de destruir as coisas podem acabar tendo alguns probleminhas com o brinquedo. Isso porque, cordas muito pequenas podem acabar sendo engolidas pelos cães no meio de uma brincadeira sem querer, causando uma obstrução intestinal que pode prejudicar bastante a saúde do seu amigo de quatro patas. Se isso acontecer, o tutor precisa levar o doguinho imediatamente para o veterinário para que as medidas necessárias sejam tomadas e o animal seja socorrido a tempo. Para evitar situações desse tipo, o ideal é procurar uma corda para cachorro que seja grande o suficiente para não caber totalmente na boca do animal e sempre supervisionar as brincadeiras do seu cãozinho.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    Brinquedos para cachorro: diferentes modelos de corda que podem divertir seu amigo, como esse com uma bola
    Brinquedos para cachorro: diferentes modelos de corda que podem divertir seu amigo, como esse com uma bola

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cachorro

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Cachorro

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Cachorro

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena
    Cachorro

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena

    Poucos sabem, mas existe uma classificação para determinar cada tipo de Pinscher: tamanhos 0, 1, 2 e 3 são as variações comuns da raça. A numeração que normalmente acompanha o nome da raça do cãozinho pode até parecer estranha, mas é algo que ajuda a diferenciar os tipos de cachorro Pinscher de acordo com as peso e altura. Essa classificação, embora não seja reconhecida oficialmente, é adotada por muitos criadores e pais de pet por aí. 

    Brinquedo para cachorro com corda: 3 opções para divertir seu amigo

    • Corda para cachorro como cabo de guerra

    Boa parte dos doguinhos adora “medir forças” com o seu tutor e, por isso, um dos brinquedos para cachorro mais requisitados é a corda. Com ela, é possível realizar uma das melhores brincadeiras com o seu amigão: cabo de guerra. Existem várias formas de implementar esse joguinho na rotina do cãozinho como, por exemplo, com cordas mais simples, em que ele só precisa puxar de um lado e você de outro; ou com uma corda de cachorro diferente. Alguns modelos misturam a corda com outro objeto de desejo dos cães, que é a bolinha de cachorro, e isso pode tornar a brincadeira ainda mais divertida.

    • Corda para cachorro trançada

    Esse é um dos modelos mais populares de brinquedo de cachorro e que pode até mesmo ser feito em casa! Para os filhotes e cães que adoram morder as coisas, essa é a melhor opção. A corda para cachorro trançada tem uma função bem parecida com um mordedor, e com ela o cãozinho pode brincar e se divertir sozinho, sem a participação do seu tutor, diferente do cabo de guerra. Mas isso não quer dizer que eles não devam ser supervisionados, hein? Para evitar qualquer problema como engolir a corda de cachorro ou pedaços dela, o ideal é que tenha sempre algum humano por perto para se certificar que o cãozinho não está com nenhum problema.

    • Corda para cachorro com elástico

    Essa opção de brinquedo de cachorro é diversão garantida! Como essas cordas são mais flexíveis do que as demais, elas são ótimas para improvisar um cabo de guerra menos disputado. Isso porque esse tipo de corda para cachorro estica bastante, o que geralmente dá a impressão de que quem está ganhando a brincadeira é o animal, deixando-o bem feliz. Além disso, como essa corda tem uma flexibilidade maior, isso quer dizer que ela também é um pouco mais macia do que as outras, trazendo uma outra experiência para o cãozinho.

    Brinquedo de corda para cachorro: como fazer um desses em casa

    Quer aprender como fazer brinquedo de corda para cachorro? Vem que a gente te explica, é muito simples! O material para isso é bem tranquilo: basta ter duas cordas do mesmo tamanho. Mas atenção: é importante que elas sejam feitas de um material que não seja tóxico para o seu cãozinho!

    Depois disso, basta colocar lado a lado as duas cordas, dobrá-las bem na metade e separar uma espécie de “alça”, que é por onde você vai puxar a corda para cachorro depois. Com as pontas que estão soltas, é só começar o processo de trançar, que deve seguir a lógica de um quadrado. Não entendeu? É simples: você tem quatro pontas, certo? Para entrelaçá-las do jeito certo, é só tentar desenhar o quadrado com cada ponta solta no sentido anti-horário. Ao perceber que as cordas estão chegando ao fim, basta dar um nó bem apertado e voilá! 

    Redação: Juliana Melo

     

    Pote para cachorro: como escolher o melhor comedouro para o seu cão?

    Próxima matéria

    Pote para cachorro: como escolher o melhor comedouro para o seu cão?

    Brinquedos de nylon para cachorro são seguros para todas as idades e portes?
    Brinquedos

    Brinquedos de nylon para cachorro são seguros para todas as idades e portes?

    Os brinquedos para cachorro são importantes em todas as fases de vida de um bichinho de estimação. Eles servem para divertir, distrair e até mesmo gastar a energia de um cãozinho. Além das conhecidas bolinhas, existem vários outros tipos de acessórios para a diversão do pet. Os brinquedos de nylon para cachorro podem ser encontrados em diferentes modelos e formatos e são muito indicados, principalmente, para cães que adoram roer tudo. 

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão
    Cuidados

    Creche para cachorro: entenda o serviço, quando é necessário e quais são os benefícios para o seu cão

    Os cães são animais que, na maior parte do tempo, não gostam de ficar sozinhos - afinal, antes de serem domesticados, eles viviam livres em matilhas. Com a vida urbana, muitos cães acabam não recebendo os estímulos adequados para gastar energia e socializar com outros animais e pessoas. Para auxiliar a vida do tutor, que nem sempre consegue estar perto de seu pet durante o dia, existem muitas alternativas. Uma delas é a creche para cachorro: uma acomodação diária em que você pode deixar seu amigo em um lugar totalmente adaptado para cães.

    Vitamina para cachorro: veterinária explica em quais situações os suplementos são recomendados!
    Alimentação

    Vitamina para cachorro: veterinária explica em quais situações os suplementos são recomendados!

    Quando falamos da alimentação dos nossos peludos, sempre surge aquela preocupação em relação aos nutrientes. A ração é suficiente para que se mantenham fortes e saudáveis ou é necessário inserir uma vitamina para cachorro nessa rotina? A verdade é que depende de muitos fatores e um deles é o estado geral da saúde e a idade do animal. A escolha de uma ração de qualidade é determinante para oferecer todos os nutrientes que ele precisa. Cães filhotes, idosos e cadelas prenhas, por outro lado, podem acabar precisando de um suplemento vitamínico. Para entender melhor em quais situações a vitamina para cachorro é recomendada, conversamos com a Caroline Mouco Moretti, médica veterinária e diretora clínica do Grupo Vet Popular. Veja o que a especialista falou!

    Brinquedos para gatos: arranhador, corda, varinha... As melhores opções para o felino!
    Brinquedos

    Brinquedos para gatos: arranhador, corda, varinha... As melhores opções para o felino!

    Todo mundo sabe que o brinquedo preferido dos gatos é a caixa em que veio o brinquedo que você comprou, mas eles também podem se surpreender e até deixar a caixa em segundo plano! Para ter sucesso com o presente para esses bichinhos tão exigentes, é super importante saber as preferências do seu felino. Ele gosta de caçar, correr, pular ou é do tipo de brinca preguiçoso? Para te ajudar, listamos alguns desses brinquedos que podem ser tão ou mais interessantes que caixas de papelão e bolinhas de papel.

    Ver Todas >

    Border Collie merle: qual a explicação genética para o nascimento de cães com essa característica?
    Cachorro

    Border Collie merle: qual a explicação genética para o nascimento de cães com essa característica?

    O Border Collie merle tem uma variação de pelagem que encanta qualquer um, mas também traz muitas dúvidas. Qual a explicação para essa cor de cachorro? A pelagem merle deriva de algum problema genético? A saúde do pet é prejudicada por isso? São muitas perguntas, que nem sempre têm uma resposta fácil. O Border Collie merle tem um aspecto “marmorizado" na pelagem, que normalmente se apresenta nas versões blue merle (tons que variam do preto ao cinza misturado ao branco) e red merle (pelagem branca com tons avermelhados ou marrom). 

    Poodle toy, anão, médio, standard... conheça os tipos de cachorro da raça e aprenda a identificar
    Cachorro

    Poodle toy, anão, médio, standard... conheça os tipos de cachorro da raça e aprenda a identificar

    O Poodle é um cão com uma história curiosa! Ninguém sabe ao certo onde surgiu essa raça tão peludinha e fofa. Alguns dizem que os diferentes tipos de Poodle surgiram na França e faziam muita graça nas festas da realeza, sendo chamados também de “Caniches”. Outros, porém, dizem que o cachorro Poodle veio da Alemanha, onde era conhecido como “Pudle”, um cão considerado exímio nadador. Seja Poodle, Caniche ou Pudle, o que não podemos negar é que esse cãozinho é apaixonante! 

    Piodermite canina: 10 perguntas e respostas sobre a doença que atinge a pele do cachorro
    Cachorro

    Piodermite canina: 10 perguntas e respostas sobre a doença que atinge a pele do cachorro

    A piodermite canina é uma das doenças de pele que podem atingir os cães, deixando-o com muita coceira e bastante desconfortável. Podendo ter inúmeras causas, a piodermite está relacionada ao sistema imunológico do animal e significa que a saúde do pet está debilitada. Apesar de comum, a piodermite em cães ainda gera muitas dúvidas nos pais e mães de pet, que não sabem muito bem como perceber os sintomas, o que causou a doença e como podem tratá-la. O Patas da Casa separou 10 perguntas e respostas sobre a piodermite em cachorro para acabar com qualquer questão que você possa ter sobre essa doença. Confira!

    Pequinês: conheça 11 características dessa raça miniatura
    Cachorro

    Pequinês: conheça 11 características dessa raça miniatura

    Os cachorros miniatura são muito procurados pelas famílias e a raça Pequinês é muito indicada para quem quer encontrar um companheiro de quatro patas para apartamentos ou outros espaços pequenos. Essa não é a única qualidade do Pequinês, uma raça originária da China que parece um bichinho de pelúcia por causa do tamanho (ele não passa de 23 centímetros e seu peso varia de 2 a 6kg) e da pelagem longa. 

    Ver Todas >