Gato

Bombou no Instagram! Pesquisador japonês descobre proteína que melhora a função renal dos gatos e pode dobrar a expectativa de vida deles

Publicado - 08 Dezembro 2023 - 15h20

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Laura Furtado / Redatora

Jornalista em formação pela Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói. Desde pequena, sempre tive um amor e carinho especial por todos os animais. Quando completei 6 anos, meus pais me presentearam com um cãozinho da raça Bichon Frisé que chamamos de Billy. Foi o dia mais feliz da minha vida, fiquei horas chorando sem acreditar que ele era meu. Billy viveu 14 anos com a gente, mas virou uma estrelinha em 2019 depois de uma história linda ao nosso lado.

Em 2019, ganhei da minha sogra uma Dachshund, o famoso salsichinha, e desde então minha vida voltou a fazer sentido. Pode parecer clichê, mas nada explica o sentimento de amor e carinho que ter um pet proporciona. Nós decidimos chamar ela de Teteia, e não poderia existir nome melhor pra descrever ela. Teteia significa moça atraente, e a minha Teteia salsicha é realmente a coisa mais linda do mundo, além de ser extremamente carinhosa, companheira e engraçada.

Em 2023, participei de uma entrevista e entrei para o time do Patas da Casa. Fiquei muito feliz, porque sempre tive afinidade e carinho pelos animais, e não há nada melhor do que escrever sobre coisas que a gente ama, né. Me identifiquei de cara com os valores do Patas e sempre considerei o projeto de suma importância para tutores que, assim como eu, buscam se informar para garantir o melhor para os pets. Desde então, cada dia tem sido um aprendizado, e sou muito feliz por fazer parte de um projeto tão especial quanto o Patas.

• Filme com animal preferido: “Marley e Eu”
• Uma raça de cachorro: Vira-lata
• Uma raça de gato: Siamês
• A curiosidade favorita sobre cachorros: Os cães de suporte emocional podem agir como 'terapeutas', ajudando pacientes com ansiedade, depressão, autismo e estresse pós-traumático
• A curiosidade favorita sobre gatos: Os gatinhos tem efeitos positivos na sáude mental e física dos humanos
• Sobre o que mais gosta de escrever no universo pet: Comportamento animal
• Um aprendizado: Adotar cachorro ou gato pode mudar a vida das pessoas e dos animais para melhores, trazendo muito amor e felicidade
• Nome de pet favorito: Larica

A doença renal crônica é uma patologia que afeta um a cada três gatos. Muito grave, ela é silenciosa e pode levar à insuficiência dos rins, que é quando os órgãos perdem a sua capacidade de funcionamento. A boa notícia é que um pesquisador japonês descobriu uma proteína capaz de mudar completamente a vida de um gato com problema renal crônico, uma condição que é tida como irreversível na saúde felina. Para entender melhor sobre essa descoberta, confira o vídeo e todas as informações que Patas da Casa trouxe para entender melhor sobre essa descoberta.
 

Entenda a descoberta que promete melhorar a vida do gato com problema renal

No vídeo publicado nas redes sociais, uma mulher revela as informações de uma pesquisa revolucionária capaz de transformar a vida do gato renal. A descoberta partiu do professor japonês chamado Toru Miyazaki, que compartilhou todas as informações no artigo “Com o objetivo de dobrar a vida útil dos gatos”, publicado na revista Nature Medicine. Na pesquisa, o professor revelou que descobriu uma proteína chamada AIM que responde positivamente contra doença renal crônica nos gatos.  

Imagem Quiz:Teste seus conhecimentos sobre a saúde de gato!

Teste seus conhecimentos sobre a saúde de gato!

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Cada palavra do termo AIM significa algo: a letra A representa a morte celular programada; I representa algo que interrompe uma atividade; M significa márcofrago, um tipo de glóbulo branco que digere materiais estranhos dentro do organismo. Essa proteína é injetada no organismo do animal e se acumula ao redor das células mortas que bloqueiam o túbulo renal, servindo como um sinal para que as células mortas sejam ingeridas por fagocitose e eliminadas do organismo. Como resultado deste bloqueio, o rim se recuperaria, aumentando a expectativa de vida de um gato com doença renal. Então além da proteína curar a doença, a expectativa de vida do animal ainda aumentaria.

Se você quer saber quanto tempo vive um gato, a expectativa de vida média dos felinos domésticos criados sem acesso às ruas é de cerca de 15 anos. Já os gatos renais vivem cerca de 7 anos. De acordo com as projeções da pesquisa, os gatinhos poderiam viver até os 30 anos com a a injeção da proteína no organismo. As vacinas estão em fase de ensaio clínico e deverão estar disponíveis até 2025, mas com base nos resultados dos ensaios recentes, este medicamento é considerado altamente eficaz.

O que provoca problemas renais em gatos?

O quadro que pode levar à insuficiência renal em gatos tem origem genética ou pode ser desenvolvida ao longo da vida do animal. O problema renal hereditário, passado dos pais para o filho, ocorre quando os rins do felino apresentam tamanhos diferentes no nascimento. Já no segundo caso, a doença renal pode ser causada por diversas razões, como consumo insuficiente de água e existência de outros problemas nos rins, mas geralmente é mais comum em gato idoso

gato laranja se alimentando
Gato renal precisa se alimentar com ração específica

Quais os sinais de insuficiência renal em gatos?

Os sintomas do gato com insuficiência renal são bem sutis e silenciosos, por isso a observação do comportamento felino é fundamental para o diagnóstico. Os principais sintomas da doença envolvem gato vomitando, com diarreia, sem apetite e cansado. O aumento da sede e alteração da frequência do xixi de gato também são sintomas da doença. O comportamento do felino também pode sofrer alteração, como gatos miando excessivamente, recluso e até agressivo. Os sintomas de fase terminal de insuficiência renal em gatos incluem úlceras orais, problemas gastrointestinais e perda de peso. Definir quantos anos vive um gato com insuficiência renal vai depender da gravidade da doença, mas pode variar de meses a anos.

Quando a creatinina é preocupante em gatos?

A creatina é um composto de aminoácido presente nas fibras musculares que funciona como fonte de energia para as células. Por isso os gatos com problema renal apresentam sinal de apatia. Ele é um importante indicador da função renal e é detectado no exame de sangue em gatos. Quando apresentam um nível maior do que o normal, indicam que algo no funcionamento do rim está errado. 

Como tratar um gato com problema renal?

Quando ocorre o diagnóstico de um gato com problema renal, o que fazer é a primeira coisa que se passa na cabeça do tutor. A preocupação de como tratar um gato com problema renal está associada ao fato da doença não ter uma cura, sendo necessário um tratamento contínuo para preservar a saúde do gato. O tratamento de gatos com problemas renais pode envolver mudanças na dieta felina, com a inclusão de ração renal, fluidoterapia, aumento da ingestão de água e medicação. Porém, com a descoberta da proteína AIM, há esperança de terapias inovadoras, porque ela é uma espécie de agente que serve para desobstruir a passagem do trato urinário, com possibilidade até de curar o animal da doença.

Como prevenir a doença renal crônica em gatos? 

A prevenção da doença renal crônica em gatos é feita a partir de uma dieta balanceada, com rações para gato de qualidade, controle da obesidade felina e permanência do ambiente limpo para evitar infecção urinária. Incentivar o consumo de líquidos é fundamental. Naturalmente, os gatos bebem pouca água, por isso, é preciso garantir que estão ingerindo a quantidade certa. Investir em fontes de água, que são mais atrativas para a espécie, é uma boa. Além disso, está permitido dar sachê para gatos todos os dias: a ração úmida é rica em líquidos e fazem muito bem para a saúde renal.

No caso da doença renal de origem genética, o diagnóstico precoce pode salvar a vida do pet. As consultas regulares, com exames de imagem e acompanhamento das taxas sanguíneas, vão ajudar a mapear o possível desenvolvimento da doença. 

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Cuidados

Areia de mandioca para gatos: veterinária destrincha tudo sobre a areia do momento, benefícios e indicações

De um tempo para cá, a procura pela areia de mandioca para gatos cresceu consideravelmente. Devido a esse movimento dos consumidores...

Gato

O gato Bengal é selvagem, híbrido ou doméstico? Curiosidades sobre os instintos da raça que parece um leopardo

O gato Bengal é uma das raças mais exóticas que existem por uma razão simples: eles são bem parecidos visualmente com o leopardo, um...

Gato

Os melhores gatos para famílias com crianças: veja a lista com as 10 raças mais indicadas

Quando se trata de escolher um bichano para as crianças, algumas raças de gato se destacam por serem os companheiros ideais. Com per...

Comportamento

Tem um gato arranhando o sofá? Cientistas identificaram as causas desse comportamento e mostram como fazer o pet parar

Conviver com um gato arranhando o sofá é um problema que vários tutores têm dificuldade de corrigir. Apesar de ser um instinto nato ...

Adote um animal

Nomes para cachorro com a letra A: mais de 100 ideias para nomear o seu pet

Pesquisar e selecionar nomes para cachorro para o mais novo integrante da família é uma das partes mais divertidas do processo de ad...

Adote um animal

Maltês: 12 coisas que você precisa saber antes de ter um

Se você está em busca de um cachorro fofo e cheio de personalidade, o Maltês talvez seja a escolha perfeita. Esperto, dócil e brinca...

Ver todas