close
Cuidados

Bicheira em cachorro: como evitar?

Atualizado · 22 de abril de 2022 · 10h56

Publicado · 22/04/2022 · 10h56

A bicheira em cachorro pode ser prevenida com cuidados básicos de higiene
A bicheira em cachorro pode ser prevenida com cuidados básicos de higiene

bicheira em cachorro é uma doença de pele que traz grandes transtornos ao bichinho contaminado. Causada pela mosca varejeira, é comum em cães que vivem nas ruas ou em zonas rurais, mas pode afetar qualquer pet. A berne, como também é chamada a bicheira em cachorro, causa feridas em que as larvas depositadas pela mosca varejeira começam a se alimentar da pele do animal, causando um incômodo intenso. Como nenhum pai ou mãe de pet quer ver seu animal sofrendo, é importante cuidar para que ele sequer contraia a doença. Felizmente, a bicheira em cachorro pode ser evitada por meio de algumas medidas simples no dia a dia. O Patas da Casa te explica direitinho como fazer a prevenção de maneira simples e fácil!

Bicheira em cachorro é transmitida pela mosca varejeira

A bicheira em cachorro é uma doença de pele que causa feridas na pele. A larva da mosca varejeira é a responsável pelo contágio. Quando ela entra em contato com a pele do animal, passa a se alimentar do tecido. Como resultado, surgem feridas abertas e sangramentos, causando dor, falta de apetite, lambedura em excesso e coceira intensa.

Para prevenir a bicheira em cachorro, trate de qualquer ferimento que surgir na pele

O jeito mais fácil de a larva causadora da bicheira em animais entrar na derme é por meio de feridas pré-existentes. Por isso, para evitar um cachorro com bicheira, fique sempre de olho no corpo do animal. Confira com frequência se existe algum machucado, arranhão ou ferida de qualquer tipo na pele. As feridas em cachorro são uma porta de entrada para parasitas que querem invadir o organismo - como a bicheira - e precisa ser tratada rapidamente, por menor que ela seja.

Limpar a casa e recolher as fezes do animal previne a bicheira em animais

O vetor da bicheira em cachorro é a mosca varejeira. Ou seja, se o animal não tiver contato com ela, as chances de contrair a doença diminuem consideravelmente. Uma das melhores formas de evitar um cachorro com bicheira é impedir a presença desse inseto. A mosca varejeira ama rodear ambientes de matéria orgânica e está sempre em volta de lixeiras. Por isso, é fundamental fechar bem qualquer saco de lixo, não deixar restos de comida por aí e recolher as fezes do animal. Manter a limpeza da casa sempre em dia também é essencial. Dessa forma, a mosca não vai aparecer no seu lar e, consequentemente, você não correrá o risco de ter um cachorro com bicheira.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    O cachorro com bicheira sofre com dores, coceiras e feridas na pele
    O cachorro com bicheira sofre com dores, coceiras e feridas na pele

    Mais Lidas

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Bicheira: cachorro pode usar repelentes de insetos no dia a dia

    Outra forma de impedir que a mosca transmissora da bicheira em cachorro entre em contato com o pet é usando repelente contra mosquitos. Existem repelentes eletrônicos que são plugados na tomada de casa e afastam os insetos do ambiente. Quando for passear, vale a pena usar o spray repelente para cachorro, que é de fácil aplicação. Algumas borrifadas são o suficiente para deixar o pet livre da ação de mosquitos (mas cuidado para não aplicar nos olhos). 

    repelente para cachorro contra mosquitos do tipo pipeta também é eficaz. Basta aplicar o líquido que afasta insetos na nuca do cão que ele logo se espalha, mantendo a pelagem super protegida por cerca de 30 dias. Apenas lembre-se que, em todos esses casos, é preciso usar o repelente específico para cães, jamais o de uso humano. 

    Coleiras que afastam insetos previnem o cachorro com bicheira

    Outra dica de como evitar ter um cachorro com bicheira é usar a coleira anti mosquito para cachorro. Os modelos de coleira antipulgas e carrapatos e coleira contra leishmaniose são muito comuns e ajudam bastante os tutores. A coleira contra mosquitos age da mesma forma. Ao ser colocada, libera por toda a pelagem uma substância tóxica aos insetos. Uma grande vantagem da coleira é que ela pode durar até 8 meses, mantendo o animal protegido por todo esse tempo. 

    Mesmo usando remédio para bicheira em cachorro, a prevenção é essencial

    Caso você tenha um cachorro com bicheira, não se preocupe. Após o diagnóstico, o veterinário vai realizar a remoção das larvas presentes na pele do cão. Depois, ele vai prescrever um remédio para bicheira de acordo com cada caso. Vale ressaltar que apenas o veterinário pode indicar o medicamento adequado. Muitos tutores confundem a bicheira em cachorro com outras doenças de pele e aplicam produtos que só agravam o problema. Por isso, só use o remédio para bicheira de cachorro que foi prescrito pelo profissional. 

    Mesmo após a remoção das larvas e o uso do remédio para bicheira em cachorro, é importante manter os cuidados no dia a dia. Eles evitam que o cãozinho sofra novamente com a doença. A bicheira em cachorro causa muitos transtornos ao animal, então tome todas as medidas necessárias para evitar que ele seja contaminado novamente.

    Redação: Maria Luísa Pimenta  

    Anatomia canina: tudo sobre a respiração e pulmão de cachorro

    Próxima matéria

    Anatomia canina: tudo sobre a respiração e pulmão de cachorro

    Bicheira ou berne em cachorro: o que é, tratamento e como evitar que seu pet tenha o problema
    Saúde

    Bicheira ou berne em cachorro: o que é, tratamento e como evitar que seu pet tenha o problema

    A berne em cachorro - ou bicheira, como é popularmente conhecida - é um problema mais comum do que parece, principalmente na zona rural, onde há mais presença de moscas e insetos. Causada pelas larvas da mosca varejeira, essa doença se desenvolve embaixo da pele do pet, gerando intenso desconforto para ele a cada vez que o parasita se mexe ou se desenvolve no tecido subcutâneo. Você, certamente, não quer ver o seu cãozinho com dor, não é mesmo? Então, pensando nisso, preparamos uma matéria especial com dicas de como tirar berne de cachorro - caso ele já esteja passando por isso - e, ainda, com os principais cuidados para que esse incômodo nem apareça. Vem conferir!

    Como acostumar cachorro com gato: 5 erros comuns que você deve evitar
    Comportamento

    Como acostumar cachorro com gato: 5 erros comuns que você deve evitar

    Ter mais de um bichinho de estimação é muito comum em muitas famílias, mas e quando os animais são de espécies diferentes, como cachorro e gato? Algumas pessoas acreditam que a relação entre eles é um pouco problemática, mas não precisa ser assim - inclusive, é super possível fazer com que os dois bichinhos sejam grandes amigos. Tudo é uma questão de saber como acostumar gato com cachorro para que eles aprendam a conviver de um jeito mais harmonioso.

    Como cuidar de cachorro para evitar que ele fique doente? Veja 7 dicas essenciais!
    Saúde

    Como cuidar de cachorro para evitar que ele fique doente? Veja 7 dicas essenciais!

    A possibilidade de um cachorro doente é o pesadelo de todo tutor. Nossos cães são companheiros fiéis que dependem de nós para ter uma vida plena e saudável. Por isso, é importante conhecer os problemas de saúde mais comuns que afetam os bichinhos, seus principais sintomas e métodos de prevenção. Para manter o seu cão sempre feliz e seguro, é fundamental fornecer água e alimentação adequadas, manter uma rotina de exercícios, cuidar da limpeza do ambiente e visitar o veterinário regularmente.

    Plantas tóxicas para gatos e cachorros: descubra quais espécies você precisa evitar
    Cuidados

    Plantas tóxicas para gatos e cachorros: descubra quais espécies você precisa evitar

    Quem se pergunta como cuidar de um cachorro ou gato por estar dando as boas-vindas a um desses animais em casa em breve vai descobrir que a adaptação do ambiente é mais do que necessária. Buscando a segurança e o conforto do seu novo amigo, é normal instalar telas de proteção e liberar um cantinho para a cama e a ração dele, mas muita gente passa direto pelas plantas: algumas espécies bem comuns em jardins, quintais e vasinhos são tóxicas quando ingeridas e podem até ser fatais.

    Ver Todas >

    Doença do carrapato: veja em infográfico os perigos dessa doença de cachorro
    Saúde animal

    Doença do carrapato: veja em infográfico os perigos dessa doença de cachorro

    A doença do carrapato é uma das mais temidas pelos pais e mães de pets - e com razão. O contágio acontece quando um carrapato infectado com o parasita pica um cãozinho saudável. Pouco tempo depois, os sintomas da doença do carrapato já começam a aparecer. Um dos motivos do porque essa doença é tão perigosa é o fato de seus sintomas serem muito variados e se agravarem rapidamente. A doença do carrapato tem cura, mas quanto mais o tratamento demora a ter início, mais complicado fica. 

    Caspa em cachorro: tudo sobre o problema de pele
    Saúde animal

    Caspa em cachorro: tudo sobre o problema de pele

    A caspa em cachorro é uma das manifestações que acontece quando há alguma deficiência nutricional ou higienização inadequada do animal. Avistou algumas casquinhas brancas se soltando abaixo dos pelos do seu pet? Então continue lendo para saber tudo sobre cachorro com caspa e como livrar seu melhor amigo desse incômodo.

    Cachorro babando: quando é motivo para se preocupar com a saúde do pet?
    Saúde animal

    Cachorro babando: quando é motivo para se preocupar com a saúde do pet?

    A saliva do cachorro, assim como a nossa, tem diversas funções. Porém, quando há alterações na consistência e aparência da saliva, ou quando ela se torna muito abundante, é melhor ficar alerta: esse pode ser um sintoma de que algo não vai bem com a saúde do cachorro. Descubra agora como identificar a salivação anormal no seu melhor amigo.  

    Como aumentar a imunidade do cachorro e tudo sobre o sistema imunológico dos cães
    Saúde animal

    Como aumentar a imunidade do cachorro e tudo sobre o sistema imunológico dos cães

    Uma pergunta comum a todos os pais de pet que não gostam de ver o filho de quatro patas doente é como aumentar a imunidade do cachorro. Assim como acontece com os humanos, o sistema imunológico canino é como se fosse um mecanismo interno de defesa que ajuda a proteger os animais contra várias doenças. Isso quer dizer que qualquer alteração ou queda na imunidade deixa o organismo vulnerável, e pode afetar significativamente a saúde do cachorro.

    Ver Todas >