close
Higiene

Banho seco para cachorro vale a pena? Saiba em que situações pode ser útil

Atualizado · 23 de fevereiro de 2022 · 14h57

Publicado · 16/10/2019 · 15h42

Banho seco é a melhor opção de higienização do animal em dias mais frios!
Banho seco é a melhor opção de higienização do animal em dias mais frios!

Dar banhos regularmente no seu cachorro é algo necessário para a manutenção da higiene do animal. Não tem nada melhor do que dar um abraço no seu amigo e sentir aquele cheirinho bom, não é mesmo? O problema é que quando chegam os dias de temperaturas mais baixas manter essa frequência em dia acaba sendo difícil porque, assim como os humanos, o cachorro também pode sentir frio. Nesses e em outros casos, muita gente tem apostado no banho a seco para cachorro. Você conhece essa opção? Dá uma olhada aqui embaixo e descubra como pode ser útil no dia a dia! 

O que é o banho a seco para cachorro?

Como o próprio nome deixa claro, o banho a seco para cachorro é exatamente a limpeza da pele e dos pelos do animal com produtos que não precisam de enxágue, ou seja: você não precisa molhar o cãozinho em nenhum momento. Em pet shops e outras lojas especializadas você consegue encontrar produtos que servem para esse fim. Geralmente, eles são disponibilizados em spray, mas você também consegue encontrar versões em pó e outros formatos. Além de limparem bem, eles deixam o cachorro cheiroso, o que é um ótimo quebra-galho em situações específicas.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    O banho seco não pode substituir completamente o banho tradicional do cachorro
    O banho seco não pode substituir completamente o banho tradicional do cachorro

    Mais Lidas

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 12 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente.

    Quanto tempo vive um gato?
    Cuidados dos animais

    Quanto tempo vive um gato?

    Afinal, um gato vive quantos anos? Não é mistério que a companhia de um bichano muda a vida de qualquer pessoa para melhor, e, se dependesse de nós, nossos gatinhos viveriam para sempre. No entanto, isso não é possível e muitos tutores têm dúvidas quando o assunto é a expectativa de vida. Gato, querendo ou não, é como se fosse um filho, e é muito fácil se apegar a esses animais no dia a dia. 

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    Como dar banho a seco em cachorro? 

    Depois de comprar o produto específico para o banho a seco que você achar mais adequado para o seu cachorro, o ideal é fazer um teste para saber se o animal não vai ter alergia ao produto. Aplique numa parte pequena do corpo do animal e espere 24 horas para checar se ele não teve nenhuma reação. Se tudo permanecer normal, você pode usar o produto tranquilamente com esse passo a passo: 

    Passo 1: escove o pelo do animal para desfazer qualquer nó — principalmente nos animais de pelagem longa;

    Passo 2: aplique o shampoo seco em todo o corpo do animal (menos na cabeça) e espere o tempo de ação. Nesse momento, alguns produtos pedem que você esfregue a pele do cachorro com as mãos ou uma toalha. Fique atento às instruções do fabricante do produto que você escolher;

    Passo 3: depois do tempo de ação, escove os pelos do animal novamente para retirar todos os resíduos de shampoo do corpo dele. Pronto: seu cachorro já vai estar cheiroso e limpinho!

    Quando o banho a seco em cachorro é uma boa opção?

    A principal utilidade do banho a seco em cachorro aparece no inverno. Animais maiores, que costumam ficar no quintal e não podem tomar banho com água quente no banheiro de casa costumam passar essa temporada sem serem limpos adequadamente. Nesse caso, o banho a seco acaba sendo uma ótima saída, já que você não corre o risco de expor o animal ainda molhado a temperaturas baixas — o que, além de incômodo, pode causar doenças como a gripe. 

    Além desse momento, cachorros que estão doentes, passando por um período pós operatório ou com machucados que estão sendo tratados podem se beneficiar do processo de banho a seco. Se o seu cãozinho não se encaixa em nenhuma dessas situações, mas não é o maior fã de água (ou seja: dar banho nele é sempre complicado), você pode apostar nos sprays de banho a seco como uma forma de manter ele limpo por mais tempo, intercalando com os banhos tradicionais. No fim das contas, o processo acaba sendo mais prático e pode ser repetido com mais frequência, já que não retira completamente a gordura da pele do animal — que também é importante para a proteção do cachorro. Ainda assim, o banho tradicional com água e shampoo não pode ser descartado, já que ele limpa o animal completamente. 

    Redação: Ariel Cristina Borges

    Coleira com identificação: quais informações colocar na plaquinha do seu cachorro?

    Próxima matéria

    Coleira com identificação: quais informações colocar na plaquinha do seu cachorro?

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Kelpie Australiano: saiba tudo sobre a raça de cachorro
    Raças

    Kelpie Australiano: saiba tudo sobre a raça de cachorro

    O que não faltam são raças de cachorro para a gente se apaixonar, e o Kelpie Australiano é só mais um doguinho dessa lista! De origem australiana, esse é um dos poucos cães que foram desenvolvidos no país - mas isso não foi um impedimento para logo depois conquistarem muitos fãs ao redor do mundo. Com um jeitinho bem amigável, brincalhão e inteligente, o Kelpie Australiano - também chamado de Australian Kelpie - tem tudo para ser uma companhia incrível para o seu dia a dia. 

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Ver Todas >

    Por que gato não pode usar coleira com guizo?
    Cuidados dos animais

    Por que gato não pode usar coleira com guizo?

    A coleira com guizo em gatos está longe de ser o presente ideal para o seu amigo felino. Apesar de parecer uma boa estratégia para localizar o animal dentro de casa, o sininho que costuma vir pendurado na coleira incomoda bastante os bichanos e pode deixá-los bem estressados. Isso não quer dizer que você deve abrir mão de uma coleira de identificação para o seu pet. O único cuidado deve ser em relação ao guizo na coleira no gato, que deve ser evitado. 

    Quantas caixas de areia um gato precisa ter disponível em casa?
    Cuidados dos animais

    Quantas caixas de areia um gato precisa ter disponível em casa?

    A caixa de areia para gatos é um objeto que não pode faltar em nenhuma casa com felinos. É lá que o bichano vai fazer as necessidades seguindo seu instinto natural, sem sujar a casa e com privacidade. Porém, é comum surgirem dúvidas acerca do uso do acessório. Afinal, qual a quantidade recomendada de caixa de areia para gatos dentro de casa? Apenas uma é suficiente ou o gato precisa de várias espalhadas? 

    Gatos domésticos: o que é criação indoor, qual a importância e como preservar a segurança do seu pet
    Cuidados dos animais

    Gatos domésticos: o que é criação indoor, qual a importância e como preservar a segurança do seu pet

    Os gatos domésticos são sinônimo de muito amor, companheirismo e diversão. Mas antes de abrir as portas para um bichinho de estimação, é importante fazer toda a adaptação da casa para recebê-lo do jeito certo. Os felinos normalmente têm um espírito bem aventureiro e gostam de explorar tudo ao seu redor. O problema é que às vezes isso inclui o mundo exterior e pode trazer à tona situações como “meu gato sumiu” ou “perdi meu gato”.

    Coleira antipulgas também protege o cachorro da leishmaniose? Veja o comparativo!
    Cuidados dos animais

    Coleira antipulgas também protege o cachorro da leishmaniose? Veja o comparativo!

    A coleira antipulgas é um acessório que faz toda a diferença na vida de quem tem um ou mais cães. Mas você sabia que existem produtos que, além de combater as pulgas, também ajudam a afastar outros problemas indesejados, como carrapatos e mosquitos? É aí que entra a coleira contra leishmaniose! Para quem não sabe, a leishmaniose canina é uma doença transmitida pelo mosquito-palha considerada muito perigosa e que pode debilitar bastante a saúde do animal.

    Ver Todas >