close
Saúde

Atestado sanitário para o trânsito de cães e gatos: como é feito e qual a utilidade do documento?

Atualizado em 29 de abril de 2021 às 20h08

Publicado em 29 de abril de 2021 às 20h08

Via viajar? Saiba tudo sobre o atestado sanitário para o trânsito de cães e gatos
Via viajar? Saiba tudo sobre o atestado sanitário para o trânsito de cães e gatos

Existe coisa melhor do que uma viagem de férias com toda a família, incluindo os pets? Tirar um tempo de descanso é muito importante para qualquer pessoa e viajar é uma ótima opção para curtir esse momento. Alguns tutores de cães e gatos preferem deixar o animal de estimação sob os cuidados de algum amigo, ou até mesmo em um hotel para animais. Mas é claro que aqueles tutores mais apegados não perdem a oportunidade de levar seu amor de quatro patas na viagem. Existem alguns planejamentos que precisam ser realizados antes da viagem. O atestado sanitário para o trânsito de cães e gatos é um deles: o documento é exigido tanto para viagens de avião como de ônibus. 

O que você precisa saber sobre o atestado sanitário para o trânsito de cães e gatos

No Brasil, a legislação do atestado sanitário para o trânsito de cães e gatos segue as recomendações e diretrizes da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). Tanto para gatos e cachorros, ter a carteira de vacinação do pet em dia é imprescindível para a viagem. O atestado nada mais é do que um documento assinado por um médico veterinário certificando as boas condições da saúde animal. O ideal é que o documento seja feito pelo médico veterinário que já acompanha o peludo. A data de emissão do documento é um critério para sua validade e a exigência pode variar caso a viagem seja de ônibus ou avião.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    Atestado de saúde: cachorro e gato passam pelo mesmo processo para retirar documento
    Atestado de saúde: cachorro e gato passam pelo mesmo processo para retirar documento

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Quais os critérios do atestado para cachorro viajar de ônibus? Existe diferença entre o atestado de gato?

    O atestado de saúde para cachorro viajar é algo que causa muitas dúvidas entre os tutores. Muitas pessoas pensam que os documentos podem ser diferentes para gatos e cachorros. Na verdade, o procedimento é o mesmo. Para viajar de ônibus, o atestado de saúde precisa ter sido emitido até pelo menos 15 dias antes da viagem. A autorização pode ser assinada por qualquer médico veterinário atestando as boas condições de saúde do pet.

    Além do cuidado com o atestado, o tutor deve ter outros precauções antes da viagem. Certifique-se que a caixa de transporte tem o tamanho adequado para o animal. Outra dica importante, no caso dos cachorros, é passear com o peludo antes da partida. Isso pode ajudar com que o cão fique mais cansado durante o trajeto e até durma. Brincar bastante com o pet, seja cachorro ou gato, antes do deslocamento pode ajudar o animal a não passar por tanto estresse. No caso dos gatos, as viagens não são recomendadas, a não ser que seja um caso de mudança de moradia. Em todo caso, é importante preparar o psicológico do bichano para ele enfrentar essa mudança na rotina da melhor forma possível. 

    Como funciona o atestado para cachorro viajar de avião? E de gato?

    O atestado de saúde para animais viajarem de avião funciona de maneira diferente. Nesse caso, continuará não havendo diferença entre os documentos de gatos e cachorros. A data de emissão do atestado pode ser exigida em datas diferentes, dependendo da companhia área e destino da viagem, normalmente o limite exigido é de 10 dias antes.

    Já em voos internacionais, os animais serão inspecionados por um Médico Veterinário Auditor Fiscal Federal Agropecuário para emitir o Certificado Veterinário Internacional. Para que esse processo ocorra, o animal ainda precisará de um atestado de saúde de um médico veterinário privado - e é a partir dessas informações que a autoridade veterinária do país de destino vai avaliar as condições de saúde do animal. No caso de inconsistências do atestado para com a verificação, medidas sanitárias poderão ser adotadas, como a quarentena do animal requerida, ou até mesmo sua devolução para o Brasil. Por isso, prestar atenção nos detalhes é muito importante para evitar problemas. Verifique todas as exigências do país de destino e peça que o veterinário de confiança ateste de acordo com tais recomendações. As outras especificações para o transporte poderão mudar de acordo com a companhia aérea, por isso, planeje tudo com muita antecedência.

    Redação: Hyago Bandeira

    Diabete canina: 5 sinais da doença para ficar atento

    Próxima matéria

    Diabete canina: 5 sinais da doença para ficar atento

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?
    Saúde

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?

    O reiki é uma terapia holística muito comum entre os humanos, mas você sabia que o seu pet também pode aproveitar os benefícios desse tratamento? O reiki veterinário é uma técnica de cura pelas mãos que busca alinhar os centros de energia do corpo - chamados de chakras -, promovendo o equilíbrio energético do corpo e melhorando a saúde física, mental e espiritual do animal. Que tal entender como o reiki pode ajudar na hora de cuidar de cachorro e até a melhorar o comportamento do gato? Vem que a gente te explica tudo que você precisa saber sobre o assunto!

    Cães e gatos pretos: por que eles são mais rejeitados na hora da adoção?
    Histórias reais

    Cães e gatos pretos: por que eles são mais rejeitados na hora da adoção?

    Na hora de adotar um pet, muita gente nem imagina a dificuldade que é conseguir arranjar uma família para os bichinhos de pelagem mais escura. Seja um gato preto filho ou um cachorro preto grande: eles raramente são escolhidos pelos adotantes. Mas por que isso acontece, afinal? Pesquisas feitas pela ASPCA, American Society for the Prevention of Cruelty to Animals, revelam pelo menos dois motivos para que os animais de cor preta sejam mais rejeitados na hora da adoção: a Síndrome do Grande Cachorro Preto e a ideia de que o gato preto está ligado a superstições.

    Caixa de areia de gato em apartamento: saiba qual o melhor lugar para colocar o sanitário felino
    Caixa de areia

    Caixa de areia de gato em apartamento: saiba qual o melhor lugar para colocar o sanitário felino

    A caixa de areia é só um objeto, mas para novos donos de gatos ela pode envolver uma série de dúvidas que ninguém sonhou em ter antes de ter um felino. Desde qual tipo de areia escolher até o tamanho e o formato do objeto, tudo isso influencia na forma como o gato vai usar a caixa. Como não poderia ser diferente, o lugar onde você coloca o sanitário do seu gatinho é primordial para que ele faça o xixi e cocô no lugar certo — principalmente se você mora em apartamentos e tem um espaço limitado. Hoje, o Patas da Casa vai te ajudar a resolver essa questão: dá uma olhada aqui embaixo!

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais
    Raças

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais

    O gato Himalaia é, sem dúvidas, uma das raças mais queridinhas e desejadas pelos amantes de felinos. Ele reúne em sua genética a mistura de outras duas raças que são muito populares: o gato Persa e o Siamês. Ou seja, é carisma e fofura em dose dupla! Além disso, esse gatinho tem uma personalidade super dócil e tranquila, sendo a companhia perfeita para quem sempre sonhou em ter um bichinho de estimação. Se esse é o seu caso, ou se você já tem um gato do Himalaia e quer conhecer tudo sobre ele, essa matéria vai te ajudar bastante. 

    Ver Todas >

    Gato com sangue nas fezes: o que fazer?
    Saúde animal

    Gato com sangue nas fezes: o que fazer?

    Se você reparar seu gato com sangue nas fezes, é importante ficar atento. Essa situação é um sintoma comum a inúmeras doenças que podem afetar o bichano. Ao defecar fezes com sangue, o gato pode estar com uma inflamação no cólon ou até mesmo com um tumor no sistema digestivo. O sangue nas fezes do gato é um sintoma presente até mesmo nas verminoses mais comuns. Seja qual for a causa do gato fazendo fezes com sangue, sempre significa que algo está errado com o animal. 

    Cachorro engasgado: veterinária ensina o que fazer nessa situação
    Saúde animal

    Cachorro engasgado: veterinária ensina o que fazer nessa situação

    Saber um pouquinho de primeiros socorros veterinários vai ser muito útil se você acha que um cachorro parece engasgado - inclusive, é algo que pode salvar a vida do seu pet nessas horas! Seja porque ele comeu muito rápido ou tentou engolir alguma coisa que não devia, se deparar com um cachorro engasgado em casa é sempre um momento de desespero para qualquer pai de pet. Não saber como resolver essa situação é super comum e, ao mesmo tempo, um hábito perigoso: nunca se sabe quando você vai precisar socorrer o seu amigo em casa. 

    Cinomose: sintomas mais comuns da doença. Aprenda a identificar os sinais!
    Saúde animal

    Cinomose: sintomas mais comuns da doença. Aprenda a identificar os sinais!

    Os sintomas de cinomose canina são facilmente confundidos com outras doenças de cachorro e infelizmente pode até mesmo levar o animal à morte. Mais comum em filhotes não vacinados, a cinomose é altamente contagiosa e em alguns casos pode deixar sequelas que vão acompanhar o pet por toda a vida. É importante estar atento a qualquer sinal da cinomose em cães que ainda não completaram o calendário de vacinação, pois é uma doença que evolui rapidamente para um quadro grave. Ou seja, é uma situação de emergência!

    Giárdia canina: o que é, como tratar e o que fazer para prevenir
    Saúde animal

    Giárdia canina: o que é, como tratar e o que fazer para prevenir

    A giárdia canina é uma doença com alta contaminação entre os cães. O cachorro que a contrai sente bastante desconforto no sistema digestivo, com diarreia e vômitos frequentes. Comum principalmente no verão, a giardíase canina pode se apresentar de maneira mais leve ou mais grave. Sem tratamento, a giárdia canina pode matar o cachorro contaminado se ele não receber o tratamento adequado logo no início da infecção. Além disso, a giárdia canina pega em humanos e tem maior chance de atacar filhotes de cachorro. 

    Ver Todas >