Saúde

Aprenda a reconhecer os sintomas de cachorro envenenado

Saber quais os sintomas de cachorro envenenado pode salvar a vida do seu amigo.
Saber quais os sintomas de cachorro envenenado pode salvar a vida do seu amigo.

A gente nunca espera que algo ruim aconteça com os nossos pets, mas infelizmente há situações que fogem do controle. O envenenamento é um deles. Cachorros são exploradores, gostam de se aventurar em descobertas, lamber objetos inusitados e muitas vezes comer coisas inapropriadas também. O problema é quando tal aventura coloca a saúde do cachorro em risco. Plantas tóxicas, produtos de limpeza, alimentos, pesticida e veneno para ratos são as principais causas para o envenenamento animal. Em outros casos, também podem ser vítimas da maldade humana.

Os sintomas de cachorro envenenado mais comuns são salivação em excesso, vômito e diarreia. Por isso, é importante ficar atento às reações do seu pet, principalmente depois de um passeio na rua, um fim de semana em um sítio e outros locais que ele não esteja acostumado. Aprenda a reconhecer os sintomas de cachorro envenenado e procure ajuda de um veterinário imediatamente.

Cachorro envenenado: sintomas mais comuns

Identificar os sintomas de cachorro envenenado não é tão simples, pois eles podem variar de acordo com a causa da intoxicação. O ideal é ficar atento às reações do seu pet depois de um passeio e durante viagens ou dias fora de casa. Ao notar algum sinal estranho, procure ajuda de um médico veterinário imediatamente. Veja alguns sinais comuns de cachorro envenenado.

  • Salivação em excesso (pode parecer com uma espuma saindo pela boca);
  • Convulsão;
  • Vômito;
  • Diarreia;
  • Vermelhidão na boca;
  • Tremores;
  • Dificuldade para se locomover;
  • Sonolência;
  • Taquicardia;
  • Apatia;
  • Desorientação;
  • Sangue nas fezes ou no vômito;
  • Secreções bucais.

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    O cachorro envenenado precisa receber atendimento veterinário imediatamente
    O cachorro envenenado precisa receber atendimento veterinário imediatamente

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Cachorro ofegante: quais problemas o sintoma pode indicar?
    Saúde animal

    Cachorro ofegante: quais problemas o sintoma pode indicar?

    Encontrar o cachorro ofegante não é uma questão incomum na vida dos tutores. Normalmente, os peludos ficam mais cansados depois de um longo passeio ou brincadeiras, mas quando não houve nenhum estímulo é preciso ficar atento. Observe alguns sinais do cachorro ofegante: língua pra fora pode indicar calor ou cansaço, agora se o sintoma estiver acompanhado de tremores ou cachorro com dificuldade de respirar, o ideal é levá-lo imediatamente ao veterinário. Para saber como diferenciar e se há necessidade de buscar ajuda médica, nós conversamos com Ricardo Duarte, que é docente do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário FMU, de São Paulo.

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Cachorro envenenado: o que fazer para ajudar o seu amigo?

    O que dar para cachorro envenenado? Essa dúvida é a primeira que vem na cabeça ao passar por uma situação como essa. No entanto, ao perceber os sintomas de envenenamento no seu cão, você precisa procurar um veterinário imediatamente, antes mesmo de dar algum medicamento ou alimento sem orientação médica. Na espera para ser atendido, algumas medidas podem ser tomadas para evitar a piora do quadro e trazer mais conforto para o animal. Confira algumas dicas abaixo:

    1) Leve imediatamente o cachorro ao veterinário: quanto mais rápido conseguir o atendimento, maiores são as chances de um controle efetivo dos sintomas e de um prognóstico mais favorável para o animal;

    2) Tente identificar o que causou a intoxicação: procure vestígios pela boca do cachorro, na casinha ou caminha e nos locais em que ele costuma brincar ou deitar;

    3) Lave a boca do cachorro com água corrente: não sabendo a origem do envenenamento, é importante colocar luvas antes de lavar a boca do animal;

    4) Mantenha o animal em jejum até a chegar ao veterinário: muitas pessoas acreditam que o leite pode ajudar a reverter o efeito do envenenamento, porém, muitas vezes pode piorar a intoxicação. Não forneça alimentos, líquidos ou medicamentos ao animal. Também não é recomendado estimular o vômito antes do atendimento médico;

    5) Não confie em receitas de remédio caseiro para cachorro envenenado: é fundamental não realizar nenhum procedimento sem o aval do médico veterinário de sua confiança.

    Redação: Nayanne Louise

    10 mitos e verdades sobre a Leishmaniose canina!

    Próxima matéria

    10 mitos e verdades sobre a Leishmaniose canina!

    Gato envenenado: aprenda a identificar os sintomas e o que fazer de imediato!
    Saúde

    Gato envenenado: aprenda a identificar os sintomas e o que fazer de imediato!

    Infelizmente, a ideia de que os gatos estão 100% seguros dentro de casa é uma ilusão. Os felinos são animais curiosos e suas peripécias podem acabar transformando qualquer ambiente controlado em um mar de perigos. Por isso, é muito importante se manter atento aos sinais comportamentais e físicos do animal para identificar possíveis problemas, como intoxicações e envenenamentos. Em momentos como esses, pensar rápido e saber agir de imediato pode fazer toda a diferença! Por isso, descubra o que fazer caso o seu gato seja envenenado ou intoxicado!

    Sintomas da doença do carrapato: veja os mais comuns e aprenda a identificar se seu cachorro está doente!
    Carrapato

    Sintomas da doença do carrapato: veja os mais comuns e aprenda a identificar se seu cachorro está doente!

    O carrapato é um dos principais parasitas que ameaça o dia a dia e a saúde de cachorros criados em casa. Além da infestação ser incômoda para o animal, ele também pode transmitir a doença do carrapato — que, na verdade, pode se manifestar no corpo do animal de quatro formas diferentes. Os sintomas da doença do carrapato são a primeira forma de identificar o que está acontecendo com o seu cachorrinho. Para esclarecer todas as dúvidas sobre a doença do carrapato em cachorro, nós conversamos com a veterinária Renata Bloomfield, do Rio de Janeiro. Dá uma olhada no que ela explicou aqui embaixo!

    Aprenda em 8 passos como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo (infográfico)
    xixi

    Aprenda em 8 passos como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo (infográfico)

    Ter um cãozinho vai muito além dos momentos de diversão e fofura: é preciso também saber como ensinar cachorro a fazer as necessidades no lugar certo. Caso contrário, uma situação que pode se tornar muito comum (e desagradável) é encontrar xixi de cachorro pela casa toda. Felizmente, existem algumas técnicas que são bastante úteis na hora de ensinar o animal a fazer xixi e cocô no local adequado.

    Dois cães em casa: o cachorro mais novo aprende alguns comportamentos com o cão mais velho?
    Adoção

    Dois cães em casa: o cachorro mais novo aprende alguns comportamentos com o cão mais velho?

    A chegada de um novo cachorro é motivo de muita alegria e, ao mesmo tempo, de observar o comportamento dos animais que já moram na casa. Adotar cachorro filhote é sempre uma experiência inusitada, pois os pequenos não têm vícios de comportamento e são quase uma “caixinha de surpresas”: nunca sabemos qual postura ele vai assumir conforme for crescendo. É comum, porém, que o recém-chegado comece a imitar o cão que já mora no local. Afinal, esse novo membro precisa entender que ali, naquela família, existem regras. O veterano da casa já sabe disso e pode auxiliar o novo filhote a se comportar do jeito que a família deseja.

    Ver Todas >

    Como identificar um gato desidratado?
    Saúde animal

    Como identificar um gato desidratado?

    Embora não apreciem muito esse hábito, beber água é fundamental para a saúde do gato. Os tutores devem ter bastante atenção na rotina dos bichanos: eles precisam de uma quantidade adequada de líquidos para não desenvolverem complicações no sistema urinário que podem levar à falência dos rins. A curto prazo, um gato desidratado, normalmente em decorrência de algum outro problema de saúde, precisa receber bastante atenção para não chegar a um estado mais grave. 

    Pente para pulga de cachorro funciona? Conheça o acessório!
    Saúde animal

    Pente para pulga de cachorro funciona? Conheça o acessório!

    Manter o seu cachorrinho livre de pulgas pode não ser uma tarefa muito fácil, mas é essencial para saúde e bem-estar dele. As pulgas em cachorro podem não só causar coceira no animal, como também transmitir bactérias e verminoses, além de provocar dermatites. O pente para pulga é um acessório de uso prático para o tutor , confortável para os animais e até mais sustentável

    5 fatos sobre a diabetes em cães que precisam da sua atenção
    Saúde animal

    5 fatos sobre a diabetes em cães que precisam da sua atenção

    A diabetes em cachorro é um quadro delicado e que precisa de atenção e muito cuidado. A doença se desenvolve a partir de alterações nos níveis de produção de insulina pelo corpo do animal, com apresentações diferentes de acordo com o tipo de diabetes. Apesar de ser muito parecida com a ação em humanos, a diabetes em cães causa muitas dúvidas nos tutores, que podem acabar caindo em alguns mitos sobre a doença. Quanto antes o tratamento for iniciado, porém, mais chances o cachorro tem de conseguir viver com a doença, sem afetar tanto a sua qualidade de vida. Para te ajudar com isso, reunimos 5 fatos sobre a diabetes canina para sanar todas as suas incertezas sobre a doença. Confira abaixo!

    Cardiomiopatia hipertrófica felina: saiba mais sobre a doença cardíaca que atinge os gatos
    Saúde animal

    Cardiomiopatia hipertrófica felina: saiba mais sobre a doença cardíaca que atinge os gatos

    Alguma vez você já se preocupou com a saúde do coração do seu gato? A cardiomiopatia hipertrófica felina uma doença cardíaca bem comum quando falamos desses animais. Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia Veterinária (SBCV), também é a principal cardiopatia causadora de morte entre os felinos. Basicamente, é caracterizada por uma hipertrofia no ventrículo esquerdo e acredita-se que tem bastante influência genética. 

    Ver Todas >