close
Saúde

Anatomia canina: tudo o que você precisa saber sobre o sistema urinário dos cães

Atualizado · 13 de agosto de 2021 · 19h03

Publicado · 30/06/2021 · 18h59

O sistema urinário dos cães é repleto de curiosidades e funções importantes para o organismo
O sistema urinário dos cães é repleto de curiosidades e funções importantes para o organismo

Uma coisa que poucos tutores buscam são informações sobre a anatomia canina. Os cães são os nossos melhores e o organismo deles possuem algumas peculiaridades que podem fazer diferença na hora cuidar do animal. Você já se perguntou como o sistema urinário do seu peludo funciona? Esse tipo de conhecimento poderá fazer a diferença na hora de perceber algum problema na região, como a insuficiência renal em cachorro. Para te ajudar, preparamos um guia com tudo que você precisa saber sobre essa parte da anatomia canina.

Qual a função do sistema urinário canino?

Assim como os humanos, os animais precisam manter uma concentração adequada de substâncias e eliminar os produtos dispensáveis ao organismo. Essa é a função do sistema urinário, um conjunto de órgãos muito importante da anatomia canina. é por ele que o sangue é filtrado e a urina é produzida a partir das substâncias consideradas nocivas ao organismo e devem ser eliminadas. Entender sobre esse sistema é importante, principalmente porque algumas doenças podem comprometer a saúde de cachorro.

Anatomia canina: quais são os órgãos do sistema urinário?

Os órgãos do sistema urinário são responsáveis por elaborar e expulsar a urina do organismo. Sendo eles: rins, bexiga, ureteres e uretra. Veja abaixo a função de cada um deles:

  • Rins: eles são órgãos pares responsáveis por filtrar o sangue, mantendo seu equilíbrio iônico e eliminando resíduos considerados nocivos ao organismo pela urina. Os rins do cachorro ficam na região sub-lombar - o rim direito tem uma posição parcialmente encaixada na impressão renal do fígado.
  • Bexiga: é uma bolsa que armazena a urina até a hora dela ser eliminada. A localização de onde fica a bexiga do cachorro pode variar de acordo com a quantidade de urina já produzida. A maior parte do tempo a bexiga fica localizada na cavidade pélvica, mas quando está cheia ela se expandir para a cavidade abdominal.
  • Ureteres: são os tubos que ligam os rins à bexiga do cachorro. Cada um deles apresenta uma parte abdominal e outra peniana.
  • Uretra: é um tubo mediano utilizado para a urina ser expelida.
Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Oferecer água limpa e fresca à vontade é essencial para evitar doenças renais no cachorro
    Oferecer água limpa e fresca à vontade é essencial para evitar doenças renais no cachorro

    Mais Lidas

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Quais os problemas de saúde que podem ocorrer no sistema urinário do cachorro?

    Os cães são animais extremamente sensíveis, por isso, são suscetíveis a doenças do trato urinário. Muitas delas podem levar a complicações sérias. O diagnóstico precoce é a melhor forma de garantir a cura ou controle do problema. Veja a seguir as principais doenças do sistema urinário canino:

    • Insuficiência renal em cachorro: a condição impossibilita os rins do pet de exercerem sua função de filtrar o sangue e poupar água. De modo geral, a doença é silenciosa. Dependendo do estágio do problema, o cachorro pode vir a apresentar vômito, diarreia, apatia e febre como sinais do problema.
    • Urolitíase: chamada popularmente como pedra na bexiga ou rins, acontece quando cálculos se formam no trato urinário dos cães. Existem quatro tipos de cálculos mais recorrentes, sendo eles: os de fosfato, que costumam ser associados a infecções no trato urinário; os de oxalato e urato, geralmente advindos de alterações metabólicas; e, por fim, os de cistina, que são decorrentes de predisposição hereditária. A dor ao urinar e os vestígios de sangue na urina são os sintomas mais comuns do problema. 
    • Infecções urinárias: na maioria das vezes, elas são advindas de infecções de órgãos vizinhos. Por conta disso, para curá-las é necessário identificar suas causas com exames clínicos.
    Ração renal: cachorro só pode mudar a dieta por recomendação veterinária
    Ração renal: cachorro só pode mudar a dieta por recomendação veterinária

    Cachorro com problema renal ou urinário: quais cuidados o tutor deve tomar para evitar?

    Existem variados problemas que podem acometer os cãezinhos e prejudicar o trato urinário canino. Apesar de alguns deles terem origem genética, os tutores podem tomar alguns cuidados para que o pet não sofra com esse tipo de doença. Estimular o consumo de água, manter a higiene com o banho de cachorro regularmente e controlar a dieta conforme a orientação de um médico veterinário são as principais formas de evitar esse tipo de doenças. Além disso, permitir que o cachorrinho tenha acesso ao local onde ele faz xixi sempre que ele precisar é primordial para saúde animal, pois muitas vezes o costume de segurar a urina também pode originar problemas. Uma boa alternativa para os pets criados em apartamento é o uso do tapete higiênico.

    Redação: Hyago Bandeira

    Saiba tudo sobre o complexo gengivite estomatite felina

    Próxima matéria

    Saiba tudo sobre o complexo gengivite estomatite felina

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Boiadeiro de Berna ou Bernese Mountain: tudo o que você precisa saber sobre a raça porte grande
    Grandes

    Boiadeiro de Berna ou Bernese Mountain: tudo o que você precisa saber sobre a raça porte grande

    O Bernese Mountain é um cachorro grande com um charme irresistível. No Brasil, ele também é conhecido como Boiadeiro de Berna, Boiadeiro Bernês ou apenas Bernese, para os íntimos. Embora não seja um dos mais populares, esse cãozinho tem várias qualidades: ele é muito ágil, atlético, companheiro e já foi muito utilizado como cão de pastoreio no passado. Como a raça Bernese surgiu na Suíça, também tem alta resistência às baixas temperaturas.

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Pequinês: tudo o que você precisa saber sobre a raça de cachorro pequeno

    Para quem procura por raças de cachorro pequeno, o Pequinês pode ser a companhia perfeita. Além de se adaptar muito bem a apartamentos e outros espaços reduzidos, esse pequeno cãozinho é dotado de uma personalidade carinhosa, amigável e extremamente leal aos seus humanos. Apesar da baixa estatura, o cachorro Pequinês também é super corajoso, e uma das maiores provas de que tamanho não é documento. 

    Ver Todas >

    Lama biliar em cães: o que é, como se desenvolve e qual o tratamento
    Saúde animal

    Lama biliar em cães: o que é, como se desenvolve e qual o tratamento

    A lama biliar em cães é uma doença que afeta o sistema digestivo do cachorro. Apesar de ser pouco conhecida, a condição está relacionada com a produção de bile, substância essencial no processo de digestão. Muitas vezes confundida com a colecistite em cães, a lama biliar não causa no cachorro tantos transtornos à saúde de início, mas pode levar a uma inflamação mais grave do órgão. Por ser uma doença mais desconhecida, muitas dúvidas surgem: o que causa a lama biliar? 

    PIF felina: como prevenir a grave doença que afeta os gatos?
    Saúde animal

    PIF felina: como prevenir a grave doença que afeta os gatos?

    Sem dúvidas, a PIF felina é um dos maiores medos de pais e mães de pet. Considerada uma das doenças mais graves em gato, a peritonite infecciosa felina é altamente infecciosa e causa diversos transtornos para a saúde. O gato com PIF sofre com falta de apetite, perda de peso, aumento do abdômen, dificuldade de respirar, problemas de coordenação… são tantas consequências que deixam o animal extremamente frágil. O pior de tudo é que a doença PIF não tem cura e nem vacina. 

    Se viu a terceira pálpebra do gato exposta, fique atento! Pode se tratar da Síndrome de Haw
    Saúde animal

    Se viu a terceira pálpebra do gato exposta, fique atento! Pode se tratar da Síndrome de Haw

    A Síndrome de Haw em gatos é um quadro que ocorre quando a terceira pálpebra (que deveria ficar escondida) se projeta para fora, cobrindo parte do olho do gato. Essa doença ocular felina é de fácil diagnóstico e tem um tratamento simples, mas é importante que o auxílio veterinário entre em ação logo no início. O tutor deve observar se existe algo diferente nos olhos do gato!

    Cachorro tem tireoide? Veja a resposta!
    Saúde animal

    Cachorro tem tireoide? Veja a resposta!

    Você sabia que cachorro com hipotireoidismo é uma condição mais comum do que se imagina? A anatomia canina ao mesmo tempo que é bem diferente da humana, tem muitas coisas bastante parecidas. Diversos órgãos presentes no nosso corpo também existem - em diferentes proporções, é claro - no corpo do animal. Um deles é a tireoide. Todo cachorro tem tireoide e essa glândula é tão importante para eles quanto é para nós. Inclusive, é bem comum que o animal sofra com disfunções relacionadas a ela. 

    Ver Todas >