Adoção animal

Adotar gato adulto ou filhote: qual é melhor?

Publicado - 19 Setembro 2019 - 19h06

Atualizado - 11 Abril 2024 - 14h35

Em algum momento, você percebe que alguma coisa anda faltando na sua vida: ela anda meio vazia, sem graça, com muito espaço na casa… Depois de pensar um pouco, você decide: é hora de adotar um pet! Se você procura um bichinho independente, fofo e de personalidade forte, talvez seja o momento de pensar em escolher um gato como companheiro. Decidido isso, surge a pergunta: filhote ou adulto? Qual é o ideal? Entramos em contato com algumas ONGs protetoras de animais para sanar as suas dúvidas sobre esse assunto e fazer você bater o martelo e adotar seu novo gatinho. Vem com a gente! 

Gatos filhotes: acompanhar o crescimento é o diferencial

Geralmente, os adotantes optam por gatos filhotes para levar para casa. Isso porque os tutores preferem acompanhar o crescimento dos gatinhos. A voluntária Maris Chincharo, da ONG Amor aos Animais das Comunidades, do Rio de Janeiro, fala um pouco mais sobre para a gente. “Filhotes são mais divertidos, sobretudo quando adotados juntos. Brincam o tempo todo. Com 3 meses ainda são bobões.” Entretanto, se você preza muito pela ordem na sua casa, é bom parar para pensar. Segundo Fernanda Zaphiro, voluntária na ONG Bigodinhos Carentes, também no Rio de Janeiro, também há o outro lado da moeda. “A desvantagem é que eles são extremamente bagunceiros, dão mais trabalho e demandam mais atenção”, diz. Prestar atenção ao sexo do gato é outro ponto conflitante, como lembra Maris. “O sexo do gato também é muito pequeno. Você pode adotar um filhote fêmea e depois se surpreender!”

 

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

adotar gato: dono fazendo carinho no gato

Gatos adultos: uma grande oportunidade de acolher um animal abandonado

 

Com a grande procura dos filhotes, muitos adultos sofrem com o abandono nos abrigos e continuam sendo rejeitados. Por isso, adotar um gatinho adulto pode ser algo muito positivo. “Gatos adultos para adoção, em geral, já estão testados e castrados. Serão companheiros do mesmo jeito e certamente mais tranquilos.”, conta Maris. É preciso prestar atenção na personalidade do bichano. “Ele terá a história dele. Pode ser um gato estressado com algum trauma, pode ser carinhoso, pode não gostar de colo. Como já é adulto, você já adota o animal conhecendo o perfil. Às vezes um filhote lindo pode virar um adulto que se esconde ou não gosta de colo e isto deixa o humano um pouco frustado. O adulto é o que é, sem surpresas”. Para Fernanda não há pontos negativos: “dar uma chance a um animal que estava nas ruas e no abrigo por mais tempo e que já tem a personalidade formada, é então poder escolher o que melhor se adapta ao seu lar.  Não vejo desvantagens, só amor!”.

Qual é o melhor: adulto ou filhote?

Adotar qualquer bichinho é sempre muito bom! Mas, como dito antes, a adoção é um processo de amor. Tudo depende da sua personalidade, do que você pode oferecer no seu lar e da disponibilidade do seu tempo. Como gatos pulam e correm grande risco nas janelas, é importante observar o remanejamento da casa. “Os bebês ainda não sobem na janela, então o adotante tem até os 3 meses para providenciar tela”, conta a voluntária do Amor aos Animais das Comunidades.

Se você não possui muito do seu tempo disponível para estar com o pet, talvez um filhote não seja a melhor opção, pois ele demanda mais cuidado e atenção. Já se você quiser realmente um pet independente, e ainda dar um lar para um bichinho abandonado, o gato adulto pode ser o ideal. “Levando em conta a situação dos abrigos, pelo menos no nosso projeto, eles têm menos chances e sempre sobram. Se a pessoa tem a disponibilidade de adotar um adulto vai ajudar muito aquele animal”, conta Fernanda, que é estudante e já adotou dois gatos. O gato adulto prevalece sendo a melhor opção se a família já tem cachorro: "aconselho gatos com mais idade por serem menos frágeis” explica Maris, que atualmente mantém 20 gatinhos em sua ONG esperando por adoções.

Adotar um bichinho é responsabilidade!

Filhote ou adulto, é sempre bom lembrar que um pet não é brinquedo e que é uma responsabilidade adotá-lo. “Dá trabalho, precisa de adaptação, gastos e um lar saudável e seguro.”, conta Fernanda. Também é preciso pensar nas providências a serem tomadas depois que o gatinho já está instalado na sua casa: “É importante salientar a castração, porque é uma questão de saúde pública e mantê-los dentro de casa”. A voluntária da Bigodinhos Carentes ainda deixa uma dica importante sobre a ração dos pets. “Uma boa alimentação é um investimento para que no futuro não haja gastos com veterinário”.

Maris também dá alguns toques importantes na hora de adotar um gato. “O olhar dele deve ser vivo e sem lacrimejar. Observar se o animal está se alimentando corretamente ou se está engordando, pois qualquer desvio pode ser sinal de doença. Vermifugar sempre que necessário e sempre vacinar com orientação do veterinário. Vacina sem teste prévio pode matar o animal”. Por fim, é sempre interessante lembrar da adoção responsável e do cuidado que se deve ter com um gatinho em casa. “ Os gatos são independentes, mas também não podemos deixá-los largados”, finaliza Fernanda.

Redação: Karoline Miranda

Gato

Concurso elege as fotos de pets mais engraçadas do mundo todo. Conheça os 30 finalistas!

Cachorros, gatos e outros animais são conhecidos por serem fofinhos, mas ao mesmo tempo eles também podem render ótimos registros fo...

Gato

As 8 raças de gatos mais brincalhonas e que não dispensam uma boa diversão

Há quem acredite que os felinos não são fãs de brincadeiras devido a natureza sutil e independente da espécie, mas essa afirmação nã...

Gato

Tutora registra o crescimento de filhote de Maine Coon laranja até ele virar um gato gigante

Quando o assunto é gato gigante, o Maine Coon é uma das raças de mais destaque. O gato Maine Coon é considerado a maior raça do mund...

Gato

As 7 raças de gatos que mais amam conviver com crianças - e os benefícios dessa relação são reveladoras

Para quem tem filhos e sempre quis ter um gatinho em casa, a boa notícia é que existem muitas raças de gatos que se dão bem com os p...

Gato

Concurso elege as fotos de pets mais engraçadas do mundo todo. Conheça os 30 finalistas!

Cachorros, gatos e outros animais são conhecidos por serem fofinhos, mas ao mesmo tempo eles também podem render ótimos registros fo...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Ver todas