Cachorro

6 curiosidades por trás do cachorro abanando o rabo

 Cachorro abanando o rabo: comportamento pode ser causado por uma série de motivos. Saiba mais!
Cachorro abanando o rabo: comportamento pode ser causado por uma série de motivos. Saiba mais!

Para quem tem um doguinho, não existe maior felicidade do que seu cachorro abanando o rabo. Geralmente associado a um animal satisfeito, muita gente não sabe o que existe por trás de um peludo que abana o rabo. Apesar de ser, sim, um tipo de demonstração de afeto, o balançar de cauda do pet pode indicar diversas outras especificidades. Quer descobrir? Vem com a gente!

1) Se o rabo está alto e para trás, o cão está bem feliz!

A posição do rabo do animal diz tudo muito sobre o que o cão está sentindo. Mas por essa, com certeza, você já esperava! Se por exemplo, seu cãozinho estiver com o rabo pontudo, alto e para trás, significa que ele deve estar muito feliz por te ver (ou talvez por ver um brinquedo ou sua ração preferida). Pode correr pro abraço e fazer muito cafuné no seu peludo!

2) Balançar o rabo é uma forma de se comunicar com outros bichinhos

Além da comunicação com os tutores, o rabo também serve para que os cachorros se comuniquem entre si. Veterinários afirmam que, ao balançar a cauda, os cãezinhos liberam feromônios, hormônios que soltam um odor que pode até não ser percebido por humanos, mas com certeza vai ser notado por outro cachorro ou até mesmo animal de outra espécie. Não raro, eles costumam abanar o rabo ao ver outro pet no passeio da rua ou ao ver um pássaro ou gato - ou até mesmo um par romântico! Esse hormônio serve para saber se seu pet vai ser aceito ou não pelo outro animal.

3) Cachorro com a cauda para baixo? Está interessado em algo!

É muito comum perceber algumas variações entre os movimentos da cauda do bichinho. Quem nunca viu o cão geralmente sentado ou com as patinhas semiflexionadas, com o rabo rente ao chão? Se ele está assim, isso significa que demonstra interesse em algo ou está prestando atenção em alguma coisa que, para ele, é muito importante. Pode ser um brinquedo, o cheiro de uma ração diferente ou uma visita nova.

 

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    "P  orque o cachorro abana o rabo": atitude pode ser um sinal de que seu amigo está se sentindo ameaçado
    "P orque o cachorro abana o rabo": atitude pode ser um sinal de que seu amigo está se sentindo ameaçado

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia
    Comportamento animal

    As 7 raças de cachorro que mais precisam gastar energia

    Manter a frequência de passeios no dia a dia do seu amigo de quatro patas é algo necessário para todas as raças de cachorro. Além dos benefícios que a socialização desses momentos traz, para muitos animais, essa caminhada é atividade física suficiente para o gasto de energia diário. Raças mais preguiçosas, que só devem se movimentar para manter a saúde, não precisam de muito tempo dedicado a essa área, mas nem todas são assim: para equilibrar, existem algumas raças de cachorro têm energia de sobra. Pensando no bem da saúde do seu animal e buscando evitar que ele desconte essa disposição acumulada em outras partes da casa, nós separamos algumas raças que precisam de agitação para ficar bem no dia a dia. Dá uma olhada!

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele
    Comportamento animal

    Amor de gato: 10 formas do seu bichano dizer que você é muito importante para ele

    Se você tem um felino em casa, com certeza já deve ter se questionado como saber se seu gato te ama. Pelo fato dos felinos serem muito reservados, e às vezes independentes, fica mais difícil decifrar o amor de gato - diferente dos cães, que expressam isso de um jeito eufórico e quase exagerado. Os bichanos demonstram afeto pelos humanos de um jeito delicado e único, com atitudes que podem até passar despercebidas.

    4) Rabo levantado pode significar ameaça

    Uma cauda pontuda para cima, como uma seta, pode significar que seu grande amigo está se sentindo ameaçado ou em perigo. Isso pode ser provocado por uma mudança de ambiente, pessoas novas, a companhia de outros animais, entre outros fatores. É bem importante que você note mudanças de comportamento no seu pet, pois isso pode significar problemas emocionais e uma conversa com o veterinário talvez seja necessária.

    5) Balançar o rabo para a esquerda ou para a direita?

    Pode ser muito inusitado pensar nisso, mas o lado para o qual o cão balança o rabo primeiro pode indicar muita coisa. De acordo com algumas pesquisas, se seu pet balança o rabo para a esquerda, pode estar ansioso e preocupado; já se balançar para a direita, significa que está tranquilo e relaxado. Curioso, né?

    6) Cauda abanando para baixo: é melhor deixá-lo quieto

    Assim como os humanos, os pets também precisam de um tempo para si mesmos. E isso fica claro em um cãozinho quando ele abana o rabo para baixo, pois denuncia que ele está se sentindo inseguro ou preocupado. Nesses momentos, é melhor deixá-los quietos e não perturbá-los por um tempo. Em pouco tempo, se nada grave estiver acontecendo, seu amigão já estará outra vez abanando o rabo, pronto para mais brincadeiras.

     

    Redação: Karoline Miranda



    Você tem um gato fujão? Veja dicas de como manter o pet dentro de casa

    Próxima matéria

    Você tem um gato fujão? Veja dicas de como manter o pet dentro de casa

    Rabo de cachorro: anatomia, curiosidades, função e cuidados... saiba tudo!
    Cachorro

    Rabo de cachorro: anatomia, curiosidades, função e cuidados... saiba tudo!

    Conhecer o corpo de um cãozinho é uma ótima maneira de se aproximar e entender ainda mais o seu amigo de quatro patas. Os movimentos do rabo de cachorro, por exemplo, são uma ótima forma de compreender melhor o seu pet, já que eles fazem parte da linguagem corporal canina. Ou seja, é um jeitinho que o seu cão encontra de se comunicar com você. Além disso, essa é uma região muito delicada e que precisa de alguns cuidados para não prejudicar a saúde do animal. 

    6 razões por trás do xixi de cachorro no lugar errado (filhotes, adultos e idosos)
    xixi

    6 razões por trás do xixi de cachorro no lugar errado (filhotes, adultos e idosos)

    Chegar em casa depois de um longo dia na rua e ver que os cômodos estão todos sujos porque o bichinho fez xixi fora do banheirinho tira paciência de qualquer um, né? Por isso, quem tem um cãozinho sabe bem da importância que é como ensinar o cachorro a fazer xixi no lugar certo, independente da idade. Mas, às vezes, mesmo com treinamento o cachorro pode voltar a fazer as necessidades fora do local indicado, e isso pode estar relacionado à diferentes causas. É importante entendê-las para que seja possível mudar esse tipo de comportamento, ou até mesmo para prestar o suporte que o cãozinho precisa, caso o motivo seja algum problema de saúde. Pensando nisso, separamos 6 possíveis razões para o cachorro fazendo xixi no lugar errado. Dá só uma olhada!

    Pata de cachorro: anatomia, cuidados e curiosidades... saiba tudo sobre essa parte do corpo do seu amigo
    Cuidados

    Pata de cachorro: anatomia, cuidados e curiosidades... saiba tudo sobre essa parte do corpo do seu amigo

    A saúde do cachorro depende de muitos cuidados com o corpo do animal - inclusive com as suas patinhas! São elas que dão todo o suporte necessário para que o cãozinho possa correr, brincar e pular, do jeitinho que eles gostam. Entretanto, muitos tutores não dão a devida atenção a pata de cachorro, e isso pode acabar desencadeando uma série de problemas na região, trazendo muito desconforto para o seu amigo de quatro patas. Pensando nisso, reunimos tudo que você precisa saber sobre essa parte do corpo dos cães: desde cuidados e doenças que podem atingir o local, até curiosidades e truques (como ensinar o cachorro a dar a pata, por exemplo). Confira!

    Corgi: 5 curiosidades sobre essa raça de cachorro pequeno
    Pequenos

    Corgi: 5 curiosidades sobre essa raça de cachorro pequeno

    Muito popular entre as pessoas que gostam de cachorros de porte pequeno e médio, o Corgi ganhou popularidade nos últimos anos e virou o queridinho da internet. Com pelagem densa, patas curtas e orelhas grandes, ele conquista qualquer pessoa que estiver por perto com carisma, energia e muita fofura! Por isso, o que não faltam são perguntas e curiosidades sobre a raça une inteligência e beleza num só pacote: descubra, aqui embaixo, cinco delas!

    Ver Todas >

    Cachorro protetor: quando o instinto deixa de ser saudável para o animal e a família?
    Comportamento animal

    Cachorro protetor: quando o instinto deixa de ser saudável para o animal e a família?

    Ter um cachorro protetor pode ser bem útil às vezes, já que não importa o que aconteça, você sabe que seu amigo de quatro patas vai estar lá pronto para te defender e avisar se houver algo de errado. No entanto, alguns cães acabam exagerando na superproteção e, nesses casos, o comportamento do cachorro pode começar a se tornar problemático para quem convive com ele. 

    Devo investir em um arranhador para gatos com andares e outros acessórios?
    Comportamento animal

    Devo investir em um arranhador para gatos com andares e outros acessórios?

    São tantas opções de arranhadores para gatos nas prateleiras dos pet shops que fica até difícil escolher o melhor para o seu bichano, né? O arranhador vertical é um dos mais populares. Entre os modelos, alguns têm andares que simulam um "prédio felino", com tocas, redes e outros acessórios para o animal explorar à vontade. Mas será que realmente vale a pena investir em um arranhador vertical para gatos com andares? 

    Como evitar que o seu gato destrua as plantas de casa?
    Comportamento animal

    Como evitar que o seu gato destrua as plantas de casa?

    Se você tem plantas e gatos em casa, com certeza já deve ter se deparado com o animal tentando brincar ou morder uma folha. Embora seja carnívoro, o gato come planta para desintoxicar o organismo ou até mesmo para se divertir. Além de causar destruição, é preciso tomar cuidado com as plantas tóxicas para gatos. Algumas espécies bem comuns em jardins, quintais e vasinhos podem até mesmo matar o bichano. 

    Quando o psicólogo de cachorro é necessário?
    Comportamento animal

    Quando o psicólogo de cachorro é necessário?

    Assim como os humanos, os cães também podem passar por momentos que mexem muito com a saúde mental e emocional deles. Isso pode acontecer, por exemplo, durante os períodos de adaptação a um novo lar ou até mesmo em casos onde o animal passa muito tempo sozinho. Para ajudá-los a passar por isso, hoje é possível encontrar um psicólogo para cachorro - termo popular que, na prática, se refere a comportamentalistas caninos ou psicólogos comportamentais e treinadores de cães.

    Ver Todas >