close
Cuidados

5 tratamentos naturais para a ansiedade canina

Veja quais tratamentos naturais são indicados para ansiedade canina
Veja quais tratamentos naturais são indicados para ansiedade canina

A ansiedade canina é um transtorno que pode atingir cães de qualquer raça ou idade. Sendo geradas por motivos como mudanças de rotina ou casa e situações de estresse, a ansiedade em cães é algo que preocupa muito os pais de pets, principalmente os de primeira viagem. Existem muitas formas de lidar com o quadro com a ajuda de veterinários e comportamentalistas, mas uma coisa é certa: a ansiedade canina nunca deve ser ignorada. Assim como os tratamentos humanos, os cães também podem se beneficiar de alternativas naturais, como alimentos e ervas, para combater os episódios de ansiedade. Veja abaixo 5 formas naturais de como tratar ansiedade em cães

1. Cachorro ansioso pode se beneficiar do consumo de aveia

Alguns ingredientes da dispensa podem ajudar a aliviar os efeitos da ansiedade canina. É o caso da aveia. Podendo ser encontrada na forma de flocos, farelo ou farinha, o alimento funciona como um excelente relaxante para os cães ansiosos e ainda ajuda a fortalecer os pelos. Ela pode ser ingerida cozida ou crua com frutas. Uma dica é preparar biscoitos caseiros e assados com o ingrediente. Seu cãozinho vai adorar!

2. Camomila é um bom tranquilizante quando o cachorro tem ansiedade

A camomila já é muito conhecida pelos humanos para relaxar e o organismo dos cães também podem se beneficiar dos efeitos da erva. Esse calmante natural para cães ajuda nos quadros de ansiedade canina e insônia, já que estimula o sono. Além de tudo isso, a camomila possui poderosos efeitos antiespasmódicos, ajudando animais que sofrem com problemas intestinais por consequência da ansiedade em cachorro. Você pode oferecer a camomila em forma de chá para seu pet ou mesmo na receita de petiscos naturais. 

Brinquedos para gatos: faça o quiz e descubra qual o tipo preferido do

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Você passou um tempo fora de casa e quando voltou seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato costuma te acordar?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato reage ao ver uma caixa de papelão?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual dessas definições mais combina com a personalidade do seu gato?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Se seu gato fosse humano, qual desses comportamentos ele mais teria?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual desses brinquedos reciclados seu gatinho mais adoraria?

Question Header Background

O arranhador é o brinquedo ideal para seu felino! Seu gato faz a festa com brinquedos que “não são” brinquedos! Seu bichano é apaixonado pelos brinquedos clássicos!
    Antes de aderir qualquer tratamento para a ansiedade em cães, consulte um médico veterinário
    Antes de aderir qualquer tratamento para a ansiedade em cães, consulte um médico veterinário

    Mais Lidas

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor
    Comportamento animal

    Como o gato reconhece seu dono? Descubra esse e outros comportamentos da relação de um felino com o tutor

    A companhia dos felinos é uma delícia, mas tem lá seus desafios, principalmente na hora de tentar entender a linguagem dos gatos. Por serem mais reservados, muitos tutores ficam na dúvida se esses animais realmente apreciam a presença dos humanos, se perguntando como os gatos nos veem. Será que eles são capazes de nos entender? Como o gato reconhece seu dono? Como saber se eles gostam da gente? Para tentar desvendar de uma vez por todas alguns dos comportamentos do gato em relação ao seu tutor, preparamos uma matéria bem especial. Vem com a gente e saiba mais sobre o assunto!

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)
    Comportamento animal

    Mordida de gato: 6 coisas que motivam esse comportamento nos felinos (e como evitar!)

    Os felinos não são muito associados com o ato de morder. Diferente dos cachorros, o comportamento é bem menos frequente nos felinos. É justamente por isso que muita gente acaba ignorando as mordidas por subestimar a força do animal e achar que não vai machucar. A mordida de gato não só pode ocorrer por muitos motivos, como também podem causar acidentes. Geralmente, os gatos dão alguns sinais que antecipam a mordida e é importante que você aprenda a reconhecê-los, assim como também entender as razões que levam o felino a ter essa atitude. Preparamos uma matéria completa sobre o assunto, então chega mais e vem entender porque os gatos mordem!

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?
    Comportamento animal

    Comportamento felino: por que os gatos pedem comida mesmo com o pote cheio de ração?

    Não é segredo para ninguém que os gatos são muito exigentes com alimentação e higiene. E um hábito muito comum observado por todo gateiro é o gato pedindo comida mesmo quando o pote de ração está cheio: eles manifestam a insatisfação com a comida “velha” com muitos miados para chamar a atenção do tutor. Esse é mais um curioso comportamento felino com muitas explicações coerentes por trás.

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos
    Comportamento animal

    Por que os gatos afofam as cobertas e os humanos

    Quem tem um gatinho já deve ter percebido que eles costumam afofar ou “amassar pãozinho” em algumas circunstâncias específicas. Os movimentos lembram uma massagem. Antes de deitar, quando estão no colo do dono ou quando encontram uma coberta fofinha e macia. Se mesmo sem saber porquê eles fazem isso a gente já acha a coisinha mais linda do mundo, imaginem depois de saber? Vem com a gente desvendar!

    3. Erva-de-são-joão age contra a ansiedade em cães

    Por muito tempo a erva-de-são-joão é usada para ajudar tratamentos de ansiedade e depressão. Ela pode funcionar muito bem para os cãezinhos que estão passando por esse problema. Geralmente a erva de São João é encontrada em tinturas e cápsulas. Seja qual for a forma do remédio natural, o recomendado é que se misture o componente da comida do pet. A dosagem correta para tratamento vai depender da idade, tamanho e peso do cãozinho. Por isso, antes de utilizar a erva-de-são-joão é preciso conversar com o médico veterinário especializado em tratamentos naturais.

    4. Equinacea tem potentes efeitos para controlar ansiedade canina

    O cachorro estressado pode ser ajudado com a equinacea, uma flor medicinal conhecida por estimular o sistema imunológico e ajudar a diminuir patologias virais como as gripes. No entanto, a equinacea também é ótima para tranquilizar os cães. Para esse objetivo, serão necessárias apenas algumas gotinhas nas refeições do cachorro para ajudar a controlar a ansiedade. Falar com o veterinário é muito importante para não exagerar na dose.

    5. Uso de florais para cachorro também ajudam na ansiedade canina

    Os florais são uma alternativa natural para controlar o emocional de humanos e animais. Existem fórmulas específicas para cada situação emocional do pet, como medo, ansiedade, adaptação de um novo membro da família e por aí vai. Os florais para cachorro precisam ser prescritos por um veterinário que entenda do assunto, pois o profissional saberá qual a composição correta para tratar o problema. 

    *Antes de iniciar qualquer tratamento com o seu pet, mesmo com alternativas naturais, consulte um médico veterinário. 

    Redação: Hyago Bandeira

    Adestramento de cães: quais sinais indicam que seu cachorro precisa ser treinado o quanto antes?

    Próxima matéria

    Adestramento de cães: quais sinais indicam que seu cachorro precisa ser treinado o quanto antes?

    Parvovirose canina: descubra o que é, sintomas, prevenção e como funciona o tratamento da doença viral
    Saúde

    Parvovirose canina: descubra o que é, sintomas, prevenção e como funciona o tratamento da doença viral

    Uma das doenças virais de cachorro mais sérias e comuns que existem, o vírus da parvovirose atinge, principalmente, animais que não foram imunizados contra este e outros vírus. Entre os principais sintomas da parvovirose, o vômito, a diarreia com sangue, e a desidratação podem ser destacados, ou seja: mesmo que o diagnóstico chegue bem cedo, o tratamento deve começar o quanto antes, já que a parvovirose pode ser fatal. Para esclarecer todas dúvidas sobre a parvovirose canina, nós conversamos com a veterinária Jackeline Ribeiro. Dá uma olhada no que ela contou!

    Leishmaniose canina: o que é, sintomas, tratamento, vacina e formas de prevenção da doença
    Saúde

    Leishmaniose canina: o que é, sintomas, tratamento, vacina e formas de prevenção da doença

    A leishmaniose canina é uma doença causada por um protozoário chamado Leishmania. Mesmo que seja comum em animais, a leishmaniose também pode ser transmitida para humanos e, nos dois casos, pode debilitar o organismo o suficiente para ser fatal. Para falar mais sobre a doença e esclarecer dúvidas sobre o contágio, remédios, prevenção e tratamento para leishmaniose canina, nós conversamos com Priscila Larrussa, veterinária do grupo Vet Popular.

    Gripe canina, tosse canina ou tosse dos canis: conheça mais sobre as causas, sintomas e tratamento da doença
    Saúde

    Gripe canina, tosse canina ou tosse dos canis: conheça mais sobre as causas, sintomas e tratamento da doença

    Em algumas regiões do país, dizer que alguém está com “tosse de cachorro” é sinal de que a pessoa está com tosse seca, geralmente provocada por alguma irritação na garganta. O que muita gente não sabe é que, no mundo dos animais, o cachorro com tosse muitas vezes está doente — e a condição dele é bem parecida com algo comum para humanos: a gripe. Mesmo que, geralmente, a gripe canina

    Papiloma canino: desvendamos as causas, cuidados e tratamentos da verruga em cachorro
    Saúde

    Papiloma canino: desvendamos as causas, cuidados e tratamentos da verruga em cachorro

    O papiloma canino, também conhecido como papilomatose, é uma doença bem comum quando se trata da saúde dos cãezinhos. No entanto, poucas pessoas têm algum conhecimento, de fato, sobre esse tipo de verruga em cachorro. A doença cutânea evolui rápido e isso pode assustar os tutores despreparados. O papilomavírus canino tem relação com a imunidade do cachorro.

    Ver Todas >

    Veja 100 fotos de cachorro para se apaixonar!
    Comportamento animal

    Veja 100 fotos de cachorro para se apaixonar!

    Quem nunca se encantou com qualquer foto de cachorro que aparece no feed das redes sociais? É evidente que os nossos amores de quatro patas são os seres mais fotogênicos que existem. Não importa se seu cão é aquele que gosta de ser fotografado e fica paradinho esperando o clique ou é aquele mais agitado que sempre tira a famosa foto de cachorro engraçado: todos os peludinhos rendem ótimas fotografias. 

    Gato-de-bengala: quais os comportamentos selvagens que a raça possui?
    Comportamento animal

    Gato-de-bengala: quais os comportamentos selvagens que a raça possui?

    O gato Bengal - também conhecido como gato-de-bengala - tem uma história fascinante: a raça é derivada do cruzamento entre um felino doméstico e um leopardo selvagem. Na prática, isso quer dizer que, diferente da maioria dos gatinhos que vemos por aí, o gato Bengal tem uma aparência inusitada e um comportamento ainda mais instintivo por ser descendente direto de selvagens. 

    Setembro amarelo: 9 coisas que um cachorro ou gato pode fazer para te ajudar a enfrentar a doença
    Comportamento animal

    Setembro amarelo: 9 coisas que um cachorro ou gato pode fazer para te ajudar a enfrentar a doença

    No mês do Setembro Amarelo, as campanhas sobre a prevenção do suicídio ganham um grande destaque. Cuidar da saúde mental é muito importante, e o acompanhamento de médicos e terapeutas são fundamentais para auxiliar no tratamento de depressão. O que poucas pessoas sabem é que, aliado a isso, ter um bichinho de estimação também faz toda a diferença na vida de pessoas que convivem com a doença.

    Gato Munchkin: preço, comportamento e convivência com esse bichano
    Comportamento animal

    Gato Munchkin: preço, comportamento e convivência com esse bichano "rebaixado"

    O gato Munchkin - carinhosamente apelidado de gato “salsicha” - é um dos felinos mais adoráveis que existem. Ele tem pernas curtinhas e um corpo alongado, o que faz com que muitas pessoas se refiram a ele como gato rebaixado ou gato anão. Mas além da aparência inusitada, o que será que esse bichano tem de tão especial? A convivência com o Munchkin com certeza é algo surpreendente.

    Ver Todas >