Histórias reais

Adotar cachorro idoso: 3 histórias para deixar o seu coração mais quentinho

Adotar cachorro idoso é proporcionar a ele uma velhice mais digna e feliz. Esse da foto é o Bidu, adotado com cerca de 11 anos de idade
Adotar cachorro idoso é proporcionar a ele uma velhice mais digna e feliz. Esse da foto é o Bidu, adotado com cerca de 11 anos de idade

Ao buscar um cachorro para adotar em abrigos ou feirinhas, é normal se deparar com uma grande quantidade (e variedade) de cães que precisam de um lar: de diferentes tamanhos, idades, traumas e temperamentos. Infelizmente, os cachorros idosos ocupam o final da lista de prioridades dos adotantes. Por um lado, essa escolha é justificável pelo pouco tempo de vida restante - afinal, queremos viver ao máximo junto com nossos animais, né?! Por outro, isso carrega uma triste realidade: muitos cães idosos chegam ao fim da vida sem sentirem o amor e acolhimento de uma família.

Adotar um cachorro idoso é, sem dúvida, um ato de amor e empatia por esses bichinhos - que provavelmente já sofreram muito. Para te inspirar a abrir o coração para essa experiência, conversamos com três adotantes que adotaram cães idosinhos e mudaram a vida deles (e as próprias, claro).  Elas contaram as motivações, como foi a adaptação e os cuidados que esses bichinhos demandam no dia a dia. 

Afinal, por que adotar um cachorro idoso?

Todo bichinho merece ser amado e tratado com carinho e respeito, mas infelizmente não é isso que acontece com todos eles. Muitas vezes, o cachorro idoso carrega abandono e, às vezes, maus-tratos. Foi isso que sensibilizou a Danielle Tanaka, do Rio de Janeiro, a adotar a Maruja (que já virou estrelinha): “Ela foi abandonada numa casa sozinha, amarrada a uma coleirinha, era alimentada a cada três dias e tinha um tumor que devia ter 1/5 do peso dela. Diante desse cenário, eu não cogitei outra opção senão resgatá-la.”

Já Nathália de Carvalho é voluntária de uma ong que resgata animais em São Paulo, chamada AUmigos do Bem. Lá, ela conta que de vez em quando aparecem casos de maus-tratos com bichinhos idosos, como foi o caso do Bidu, que estava sofrendo muito e não tinha um lar temporário para ficar. “Acabei me oferecendo para fazer o lar temporário, já sabendo que seria difícil a adoção dele, e foi amor à primeira vista. No primeiro contato, percebi o quanto ele precisava de atenção e alguém que pudesse oferecer todo o amor do mundo a ele, principalmente após tudo o que ele sofreu”, conta Nathália.

A Caroline Helpa, de São José dos Pinhais (PR), por outro lado, não era voluntária mas acompanhava o projeto Animais sem Teto e já tinha a pretensão de adotar um cãozinho. Depois de ver o caso da Brigite, de nove anos, que foi “descartada” pelo seu criador, a curitibana não pensou duas vezes: “Quando vi o caso dela, tive imediata motivação de adotar a fim de proporcionar uma vida de amor, sem exploração, ainda que fosse por um breve período”.

Cachorro idoso é mais “fácil” de cuidar do que filhotes e cães adultos?

Por já ter vivido boa parte da sua vida, o cachorro idoso gasta bem menos energia do que um filhote ou um cão na fase adulta. “Ele demanda menos energia no dia a dia do seu tutor. Grande parte dos cachorros idosos ficam mais preguiçosos também e passam a maior parte do tempo em cochilinhos, o que não significa que não tenham energia pra sair pra passear, viajar, brincar”, comenta Danielle. Esse é o caso da Brigite, cachorrinha da Carol, por exemplo, que é muito companheira e tranquila, e até se dispõe para brincadeiras e passeios, mas tudo com muita moderação.

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    Cachorro idoso: a Maruja, apesar da idade, é muito alegre e carinhosa
    Cachorro idoso: a Maruja, apesar da idade, é muito alegre e carinhosa

    Mais Lidas

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena
    Adote um animal

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena

    Se você está pensando em ter um pinscher na sua vida pode estranhar a numeração que normalmente acompanha o nome da raça. O cachorro pinscher é conhecido por ser bem pequeno, mas ainda assim há variações de tamanho: as classificações 0, 1, 2 ou miniatura são super importantes para saber a dimensão aproximada do cãozinho. Além disso, pode ajudar muito na hora de decidir pelo seu novo melhor amigo.

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!
    Adote um animal

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!

    Às vezes, a vontade de adotar um gatinho é tão grande que acabamos nos precipitando e não dando a devida atenção a alguns detalhes muito importantes, como o sexo do filhote. É muito normal achar que adotou uma fêmea e só depois descobrir que o gato, na verdade, é macho. Nós sabemos que não é nada fácil diferenciar o órgão genital do gato logo nos primeiros meses de vida do animal. Se você faz parte deste time, não se preocupe, isso é muito comum!

    Conheça as 10 raças de cachorro mais populares no Brasil!
    Adote um animal

    Conheça as 10 raças de cachorro mais populares no Brasil!

    Não há dúvidas de que os cachorros são os pets mais populares no Brasil. A fama de melhor amigo do homem não é à toa: 44,5% - ou seja, quase metade - dos lares têm pelo menos um cachorro no país, segundo a Faculdade de Medicina Veterinária da USP. Mas será que existe uma raça que é mais popular que as outras?

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 20 fotos)
    Adote um animal

    Yorkshire: saiba tudo sobre essa raça de cachorro pequeno (+ galeria com 20 fotos)

    O Yorkshire é um cãozinho muito popular nos lares brasileiros. Pequeno, fofo, esperto e bem brincalhão: companheirismo é uma característica marcante nesses mini-cães, ideais para apartamentos, famílias com crianças ou mesmo pessoas que moram sozinhas e querem um amigo fiel. O Yorkshire Terrier é reconhecido de longe pelas duas cores na pelagem, o tamanho e por sua característica única: as orelhas para cima. Quer saber tudo sobre o cachorro yorkshire? Então continue acompanhando a leitura!

    Cachorro idoso: quais cuidados são necessários?

    Assim como qualquer outro cãozinho, o cachorro idoso também precisa de alguns cuidados a mais com a saúde. A atenção com a alimentação, por exemplo, é de extrema importância para não comprometer o organismo do animal. Como Nathália lembra, o ideal é que a ração seja de boa qualidade e sem corantes, e não se deve oferecer nada que fuja da dieta deles, como carne temperada ou ossos, já que isso pode acabar prejudicando a saúde do animal. “Sempre fico atenta se o Bidu está se alimentando bem, se o aspecto da urina e fezes estão normais, se ele está ativo e não apresenta nenhuma dificuldade (de se locomover, respiratória). Tudo isso é muito importante para que, caso haja alguma mudança na rotina, a gente consiga detectar rapidamente e tratar no médico veterinário”, orienta.

    Danielle, tutora da Maruja, concorda: “No que se refere à saúde, os cães idosos necessitam do mesmo cuidado que cães mais jovens (vacina para cachorro, ida regulares ao veterinário), mas às vezes, por sua idade avançada, algum cuidado extra precisa ser tomado”.

    Cachorros para adotar: as vantagens de ter um cãozinho idoso ao seu lado

    Uma das maiores vantagens de levar um cachorro idoso para dentro de casa é que o animal é capaz de aproveitar a companhia do seu tutor de uma forma bem mais tranquila. Como eles são naturalmente mais calmos, até mesmo pelo cansaço da velhice, é muito mais fácil de conviver com esses cãezinhos. “Há uma rotina mais regular e tranquila, e eles já sabem se comunicar de maneira mais efetiva com o tutor”, afirma Carol.

    Além disso, a tutora do Bidu, Nathália, acredita que o cachorro idoso também pode ser um pouco mais carinhoso: “Quando o Bidu se recuperou, abraçava a nossa perna de um jeito que nós sabíamos que aquilo era um agradecimento. Ele ainda faz isso, e sinto que ele tem uma paixão e cuidado imensos conosco, como se ele nunca tivesse tido isso e aproveitasse ao máximo”.

    A Brigitte é uma cadelinha idosa que ganhou um novo lar com 9 anos de idade
    A Brigitte é uma cadelinha idosa que ganhou um novo lar com 9 anos de idade

    Adotar cachorro idoso é um ato de amor! 

    “Quero adotar um cachorro, mas não sei qual escolher". Se você se identificou com essa frase, é hora de parar para pensar que, dentre o grupo de cães para adotar, tem também os idosos. A maioria das pessoas geralmente prefere procurar cachorros que são filhotes ou adultos, mas os mais velhinhos também merecem uma chance, né? “Adotar um idosinho é mais do que simplesmente dar um lar a ele e diminuir o número de animais idosos em abrigos. É se dedicar ao máximo para que eles possam ter um restinho de vida digno, com amor, atenção e carinho. Eles merecem isso e a nossa missão é ajudar para que eles se sintam acolhidos e em paz”, destaca Nathália.

    Já Carol Helpa acredita que dar essa chance a um cão idoso é uma forma de proporcionar uma história feliz ao doguinho, ainda que breve: “Muitos deles passaram por situações ruins durante grande parte de sua vida ou, então, se viram privados do amor da sua família. Proporcionar condições de carinho e tranquilidade é muito pacificador”.

    Lembre-se que, por mais que o cachorro idoso fique menos tempo do seu lado, os momentos com ele podem ser igualmente inesquecíveis. “A gratidão que eles têm por aqueles que os acolhem e o amor que demonstram são infinitos. É algo que eu nunca conheci em nenhuma relação humana. Apesar de ter passado apenas 17 meses com a minha Marujinha, ela me transformou e transformou a forma como eu encara a vida”, desabafa Danielle. 

    Redação: Juliana Melo

    Cachorros pequenos: tutores contam como é conviver com mini raças em casa

    Próxima matéria

    Cachorros pequenos: tutores contam como é conviver com mini raças em casa

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado
    Passeio

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado

    Passear com cachorro é mais que um momento de lazer ou um horário destinado para o animal fazer as necessidades fisiológicas, é um ato de cuidado e amor. Ter um animal requer muita responsabilidade e algumas horas dedicadas para proporcionar mais qualidade de vida a ele. Isso inclui brincadeiras, cuidados com a higiene, visitas ao veterinário, uma alimentação de qualidade e, claro, os passeios. Antes de comprar ou adotar um cachorro, esteja preparado para sair com seu novo amigo pelo menos uma vez por dia.

    Vira-lata caramelo: veja histórias do cachorro que
    Adoção

    Vira-lata caramelo: veja histórias do cachorro que "representa mais o Brasil que samba e futebol"

    Você, certamente, já viu um vira-lata caramelo por aí – afinal, não é preciso ir muito longe para dar de cara com esse doguinho pelas ruas. Não importa o tamanho ou a tonalidade: o cachorro caramelo é tão popular que a internet não perdeu tempo e até criou vários memes divertidos sobre esses bichinhos que “representam mais o Brasil que samba e futebol”. Para conhecer melhor essa linhagem toda especial, conversamos com três tutores apaixonados por seus bichinhos caramelos. Eles falaram da personalidade e rotina desse cão que já virou quase celebridade por aí. Vem conferir!

    6 razões por trás do xixi de cachorro no lugar errado (filhotes, adultos e idosos)
    xixi

    6 razões por trás do xixi de cachorro no lugar errado (filhotes, adultos e idosos)

    Chegar em casa depois de um longo dia na rua e ver que os cômodos estão todos sujos porque o bichinho fez xixi fora do banheirinho tira paciência de qualquer um, né? Por isso, quem tem um cãozinho sabe bem da importância que é como ensinar o cachorro a fazer xixi no lugar certo, independente da idade. Mas, às vezes, mesmo com treinamento o cachorro pode voltar a fazer as necessidades fora do local indicado, e isso pode estar relacionado à diferentes causas. É importante entendê-las para que seja possível mudar esse tipo de comportamento, ou até mesmo para prestar o suporte que o cãozinho precisa, caso o motivo seja algum problema de saúde. Pensando nisso, separamos 6 possíveis razões para o cachorro fazendo xixi no lugar errado. Dá só uma olhada!

    Adoção de cachorro: 4 histórias emocionantes para te inspirar
    Adoção

    Adoção de cachorro: 4 histórias emocionantes para te inspirar

    Adotar um cachorro é um verdadeiro ato de amor. A adoção salva a vida de um animal no sentido mais literal possível. É por isso que hoje vamos contar histórias de adoção emocionantes: cachorros que foram salvos e descobriram o amor na sua forma mais pura. Veja o relato de algumas vidas que foram transformadas e se inspire com a gente. Quem sabe a próxima a ser mudada não será a sua? Adote!

    Ver Todas >

    150 nomes para Border Collie: veja dicas de como chamar o seu cachorro da raça
    Adote um animal

    150 nomes para Border Collie: veja dicas de como chamar o seu cachorro da raça

    Dentre as raças de cachorro preferidas entre os brasileiros, o Border Collie é uma das que mais se destaca. E não é para menos, né? Extremamente amável e brincalhão, ele é capaz de trazer ainda mais alegria para rotina de qualquer família. Mas, na hora de dar as boas vindas a esse cãozinho na sua casa, surge sempre uma dúvida: qual nome de cachorro escolher? 

    Tudo sobre o cachorro Pug: origem, saúde, personalidade, características físicas e muito mais
    Adote um animal

    Tudo sobre o cachorro Pug: origem, saúde, personalidade, características físicas e muito mais

    É praticamente impossível não se apaixonar por um cachorro da raça Pug! Com os famosos olhos esbugalhados, focinho achatado e corpo compacto e rechonchudo, o cãozinho é um dos queridinhos dos brasileiros. São tantas características que fazem do Pug um animal único, que fica até difícil saber por onde começar. Pensando nisso, o Patas da Casa preparou uma matéria bem especial para todos os amantes da raça Pug. A seguir, descubra mais sobre a origem, personalidade, cuidados com a saúde e qual é o preço desse doguinho tão carismático!

    Veja em infográfico as raças de cachorro queridinhas dos brasileiros
    Adote um animal

    Veja em infográfico as raças de cachorro queridinhas dos brasileiros

    O Brasil certamente é um dos países que mais ama os cachorros. Eles estão em praticamente todos os lares e ganharam o título de membros da família, conquistando privilégios e até mesmo direitos na sociedade. E tem cachorro de todo jeito: pequeno, grande, peludo, com focinho achatado ou dobrinhas pelo corpo. O que importa é compartilhar a vida com esses seres que trazem tanta alegria para a casa.

    Setembro amarelo: tutoras compartilham como seus animais de estimação ajudaram no tratamento da depressão
    Adote um animal

    Setembro amarelo: tutoras compartilham como seus animais de estimação ajudaram no tratamento da depressão

    Quem tem um animal de estimação em casa, sabe bem o quanto esses bichinhos podem fazer um bem danado para nós. Em meio a correria, os cachorros fofos e os gatinhos carinhosos podem tornar a rotina mais leve e prazerosa. Mas, o que poucos sabem é que, muita das vezes, eles podem ser grandes aliados para lidar com quadros mais difíceis, como a depressão. Sim, isso mesmo! Algumas pesquisas já comprovaram a teoria de que o convívio com animais auxilia no tratamento de depressão. Para entender um pouco mais sobre o assunto, conversamos com duas tutoras que contaram como os pets mudaram suas vidas e ajudaram a lidar com a doença. Veja só!

    Ver Todas >