close
Adoção

10 motivos para não dar um cachorro de presente no Natal

Cachorro de presente de Natal pode não ser uma boa ideia. Entenda o motivo!
Cachorro de presente de Natal pode não ser uma boa ideia. Entenda o motivo!

Com o Natal se aproximando, não tem jeito: começam a surgir várias ideias para presentear quem a gente ama nessa data especial. Uma que é muito bonita (e até romântica, inclusive) é dar um cachorro de presente para alguém que a gente sabe que gosta de doguinhos. Mas será que realmente vale a pena fazer isso? Como todos sabem, a adoção de cães deve ser uma escolha feita de coração, e não uma obrigação. O animal não é algo descartável e que se a pessoa não gostar, pode trocar. Por isso, geralmente não se recomenda dar cachorro de presente para ninguém. Se essa é uma ideia que tem passado pela sua cabeça, é melhor repensar. A seguir, separamos 10 motivos para não dar um cachorro de presente no Natal.

1) Adotar cachorro é algo sério que exige responsabilidade

Mesmo que a intenção seja das melhores, é preciso ter em mente que adotar cachorro não é brincadeira. Na verdade, isso requer muita responsabilidade e é importante que as pessoas envolvidas nesse processo estejam comprometidas com o bem-estar e a saúde do cãozinho. Lembre-se: um cachorro é uma vida! E, como qualquer ser vivo, ele precisa de vários cuidados no dia a dia. Tem que levar para passear, dar comida, limpar as necessidades do cãozinho, ter um tempo para brincar, levar no veterinário. São muitas tarefas indispensáveis na rotina do animal.

2) Nem todo mundo que gosta de cachorro quer ter um em casa

A pessoa que vai ser presenteada pode ser completamente apaixonada por cãezinhos, mas será que ela está disposta a conviver com um? Como já foi dito, ter um cachorro é sinônimo de responsabilidade, e isso pode causar um grande impacto na vida de quem recebeu esse presente. É preciso fazer várias adaptações na rotina e ter condições de arcar com os custos que vem junto com o cãozinho. Gostar de cachorro é fácil, mas cuidar de um pode ser bem difícil.

3) Muitos fatores devem ser levados em consideração na hora de adotar cachorro

Não adianta simplesmente adotar cachorro sem pensar nas necessidades do animal. É uma raça de porte pequeno, médio ou grande? Qual é o espaço necessário para a criação do doguinho? No caso de cães de raça, será que a personalidade dele combina com a do novo tutor? Alguns cachorros precisam de mais atenção, outros são mais energéticos e ainda têm aqueles que são mais independentes. Ainda assim, é importante saber se o cachorro consegue se adaptar bem à rotina da nova família.

4) Os pets têm sentimentos e podem se apegar facilmente ao novo lar. Mas e se não der certo?

É necessário pensar em todos os cenários possíveis antes de dar um cachorro de presente. Pode ser que isso dê muito certo e todos saem felizes da história. Mas… e se não der? O cãozinho vai ficar super animado com seu novo lar e pode se apegar facilmente aos membros da família. O problema é que se decidirem não ficar com ele (por qualquer motivo que seja), o animal volta para adoção e pode ficar bastante triste com isso. Lembre-se que os cachorros também têm sentimentos.

5) Se a pessoa não gostar do presente, vai ser mais um abandono de cachorro no mundo

A pessoa pode adorar cachorros, mas nada garante que ela vai gostar de receber um como presente. Nem todo mundo tem condições de ter um doguinho ou quer assumir esse tipo de responsabilidade - afinal, trata-se de uma vida que requer bastante atenção e uma série de cuidados básicos. Logo, não se pode ignorar que existe o risco da pessoa devolver o animal para a adoção, e aí vai ser apenas mais um abandono de cachorro para entrar nas estatísticas.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    A adoção de cães deve ser um ato consciente e responsável
    A adoção de cães deve ser um ato consciente e responsável

    Mais Lidas

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena
    Adote um animal

    Pinscher 0, 1, 2 ou miniatura: entenda os tamanhos desse cachorro de raça pequena

    Poucos sabem, mas existe uma classificação para determinar cada tipo de Pinscher: tamanhos 0, 1, 2 e 3 são as variações comuns da raça. A numeração que normalmente acompanha o nome da raça do cãozinho pode até parecer estranha, mas é algo que ajuda a diferenciar os tipos de cachorro Pinscher de acordo com as peso e altura. Essa classificação, embora não seja reconhecida oficialmente, é adotada por muitos criadores e pais de pet por aí. 

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!
    Adote um animal

    Como identificar o sexo do gato filhote? Saiba diferenciar machos e fêmeas!

    A maioria das pessoas acha quase impossível descobrir o sexo do gato filhote. De fato, diferenciar o órgão genital do gato macho e gato fêmea nos primeiros meses de vida não é fácil. Mas descobrir esse "detalhe" é importante antes de levar um filhotinho pra casa. Não parece, mas é muito normal achar que adotou um gato fêmea e descobrir, depois, que se trata de um gato macho. !

    Filhote de cachorro chorando à noite? Veja a explicação e dicas para acalmá-lo nos primeiros dias em casa
    Adote um animal

    Filhote de cachorro chorando à noite? Veja a explicação e dicas para acalmá-lo nos primeiros dias em casa

    A chegada de um filhote de cachorro ao novo lar é marcada por muita alegria e descobertas - da parte do animal e dos próprios donos. O cãozinho terá contato com cheiros que ele nunca sentiu, pessoas diferentes, um ambiente totalmente desconhecido. O novo papai ou mamãe de pet, por outro lado, está aprendendo sobre a rotina, como o sono e alimentação, e comportamentos do bichinho. Nos primeiros dias de adaptação na nova casa é comum ouvir o cachorro filhote chorando à noite. A reação imediata do tutor é ficar preocupado se ele está com fome ou sentindo dor, mas saiba esse comportamento é muito normal.

    Nomes para gatas: confira uma lista com 200 sugestões para chamar a sua gatinha
    Adote um animal

    Nomes para gatas: confira uma lista com 200 sugestões para chamar a sua gatinha

    Escolher um dentre as infinitas possibilidades de nomes para gatas e gatos não é uma tarefa fácil. Quando se trata de escolher um nome para gatinha, opções mais fofas e meigas estão entre as favoritas dos tutores. Mas a verdade é que existem centenas de inspirações de nomes para gata, desde personagens e celebridades famosas até sua comida preferida. 

    6) Os cães vivem bastante. Será que o futuro tutor está preparado para cuidar dele por tanto tempo?

    Um cachorro não é algo descartável que, depois de brincar e fazer carinho, dá para deixar de lado. Pelo contrário, os peludos vivem, em média, 15 anos (e algumas raças podem viver mais ainda). Logo, o tutor do cãozinho deve estar consciente de que esse é um compromisso que ele vai assumir por bastante tempo, e deve prover tudo aquilo de que o animal precisa para ter uma vida boa.

    7) Criança e cachorro até pode ser uma boa combinação, mas lembre-se que os animais não são brinquedos

    Geralmente, as pessoas acham que dar um cachorro para criança como presente pode ser uma boa ideia, mas não é bem assim. Muita coisa deve ser pensada antes de tomar esse tipo de decisão, como a idade da criança e também do animal. Um filhote é muito frágil para ser entregue nas mãos de uma criança de 5 anos, por exemplo. O cãozinho pode ser confundido com uma espécie de “brinquedo” e acabar se machucando durante as brincadeiras com a criança. Então, muito cuidado!

    8) Ter um cachorro pode trazer custos que o futuro tutor não está preparado para gastar

    Não tem jeito: quem quer ter um amigo de quatro patas precisa estar preparado financeiramente para isso. Os custos com um cão podem variar bastante, mas fazem parte da realidade dos tutores. Tem que comprar ração, petiscos, brinquedos, produtos de higiene específicos para cachorro como shampoo, escova de dente, lenços umedecidos, tapete higiênico, remédio para pulgas e carrapatos e ainda ter uma quantia separada para os custos com veterinário, vacinas e possíveis imprevistos. Por isso, não adianta simplesmente dar um cachorro de presente sem levar em consideração se o futuro tutor vai ter condições de arcar com essas despesas. 

    9) O cão demanda atenção e cuidados. E se a pessoa não tiver tempo para isso?

    É bom demais ter um cãozinho do lado para o que der e vier, mas é necessário que o tutor tenha tempo disponível para cuidar do seu novo amigo de quatro patas. Ou seja, uma pessoa com uma rotina muito agitada e cheia de compromissos pode ter uma certa dificuldade de conciliar as duas coisas ao mesmo tempo, e a experiência de viver com um cãozinho pode não ser tão legal (nem para o animal, e nem para o tutor).

    10) A adoção de cães deve ser feita por livre e espontânea vontade

    A partir do momento em que você resolve dar um cachorro de presente para alguém, você não está permitindo que a pessoa escolha isso, e a adoção de cães é um ato que deve vir do coração. Portanto, talvez uma boa ideia seja procurar por outros presentes para quem gosta de cachorro em vez de simplesmente dar um de Natal. Você pode encontrar vários artefatos com essa temática, como uma caneca de cachorro, almofada ou blusinha estampada com animais, entre vários outros acessórios. É muito menos arriscado e a pessoa pode gostar bem mais!

    Redação: Juliana Melo

    Pequinês: conheça 11 características dessa raça miniatura

    Próxima matéria

    Pequinês: conheça 11 características dessa raça miniatura

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado
    Passeio

    Passear com cachorro: 9 motivos para não deixar o passeio de lado

    Passear com cachorro é mais que um momento de lazer ou um horário destinado para o animal fazer as necessidades fisiológicas, é um ato de cuidado e amor. Ter um animal requer muita responsabilidade e algumas horas dedicadas para proporcionar mais qualidade de vida a ele. Isso inclui brincadeiras, cuidados com a higiene, visitas ao veterinário, uma alimentação de qualidade e, claro, os passeios. Antes de comprar ou adotar um cachorro, esteja preparado para sair com seu novo amigo pelo menos uma vez por dia.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Ração

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    5 cuidados com cachorro para não deixar de lado no novo ano
    Cuidados

    5 cuidados com cachorro para não deixar de lado no novo ano

    A chegada de um novo ano geralmente vem acompanhada de uma lista de metas e objetivos para se colocar em prática. Mas você já parou para pensar que seu amigo de quatro patas também pode ser incluído nessa aventura? Com a correria do dia a dia, é muito comum que alguns cuidados com cachorro sejam cada vez mais deixados de lado, como os passeios diários ou os banhos quinzenais. O problema é que manter esses cuidados é essencial para garantir a saúde e bem-estar dos pets, então os tutores precisam encontrar na agenda um tempo para se dedicarem aos amigos de quatro patas. 

    Como dar banho em cachorro: 10 dicas para manter a higiene do seu pet em casa
    Higiene

    Como dar banho em cachorro: 10 dicas para manter a higiene do seu pet em casa

    Manter o cachorro sempre limpo vai além da questão de deixar seu animal cheiroso, principalmente para quem dorme ou deixa o pet deitar na cama e no sofá. A higiene regular do seu cão impede o surgimento de parasitas e doenças de pele. Mas dar banho em cachorro em casa pode ser uma missão bastante trabalhosa! Com algumas dicas, você pode tirar de letra e ainda deixar seu bichinho limpo para colocar a pata onde quiser. Mesmo que tenha o hábito de levá-lo no pet shop, é bom saber o que fazer para situações de emergência ou até mesmo para economizar uma grana.

    Ver Todas >

    Pinscher 1: descubra algumas características desse cãozinho de raça pequena
    Adote um animal

    Pinscher 1: descubra algumas características desse cãozinho de raça pequena

    Você já ouviu falar no Pinscher 1? Filhote ou adulto, o cachorrinho possui um tamanho muito pequeno que se mantém por toda a vida. O cachorro Pinscher 1 é um dos tipos da raça Pinscher, uma das mais amadas do Brasil. Esse cãozinho, por menor que seja, tem uma facilidade enorme em conquistar o coração de quem busca uma companhia canina. Dentre os diferentes tamanhos da raça, Pinscher 1 é considerado o segundo menor entre eles, logo atrás do Pinscher 0. 

    Shih tzu: tudo sobre a raça: saúde, temperamento, porte, pelagem, preço, curiosidades...
    Adote um animal

    Shih tzu: tudo sobre a raça: saúde, temperamento, porte, pelagem, preço, curiosidades...

    Para quem está procurando um cão bem dócil, companheiro, carinhoso e de pequeno porte, o Shih Tzu talvez seja a raça mais indicada. Esse cachorrinho é muito mais que uma carinha fofa, ok? Por não ser um cão de caça e nem ter um perfil atlético, ele acaba sendo mais apegado ao dono e tem um temperamento bem fácil de lidar. O cachorro da raça Shih Tzu também se adapta super bem a apartamentos e ambientes compactos e, por isso, é a escolha perfeita para quem mora em cidade grande.

    Schnauzer gigante: tudo sobre essa variação da raça
    Adote um animal

    Schnauzer gigante: tudo sobre essa variação da raça

    É bem provável que você já esteja familiarizado com a imagem de um Schnauzer. Esse é um cão com aparência robusta, cabeça alongada e um bigode de cachorro que chama atenção por onde passa. Mas sabia que existem três variações da raça, e o Schnauzer gigante é um deles? O que poucas pessoas sabem é que o Schnauzer grande não chama atenção somente por causa do seu tamanho, mas também por conta da sua personalidade forte e cheia de energia. 

    Pastor Belga: conheça as características, personalidade, tipos e cuidados com essa raça de cachorro
    Adote um animal

    Pastor Belga: conheça as características, personalidade, tipos e cuidados com essa raça de cachorro

    Quem procura um companheiro de quatro patas, vai amar ter um Pastor Belga para chamar de seu! Apesar de ter diferentes variações da raça, como o Pastor Belga Laekenois e o Groenendael, uma coisa é certa: o jeitinho desse cãozinho é completamente encantador. Não importa qual você escolha para levar para casa, essa raça de cachorro - mesmo com as suas variações - possui traços de personalidade bem parecidos e os cuidados com a sua saúde também costumam ser basicamente os mesmos.

    Ver Todas >