Comportamento animal

Você considera seu cachorro inteligente? Saiba como medir e classificar a inteligência do seu pet

Publicado - 24 Agosto 2020 - 16h45

Atualizado - 30 Abril 2024 - 19h52

Existem vários fatores a serem considerados quando analisamos a inteligência de um cão. O comportamento de um cachorro inteligente pode ser classificado em: instintivo, adaptativo ou operacional. Esses são os três principais eixos que ajudam a determinar o nível de inteligência do cachorro e é com base nisso que foi criado um ranking com as raças de cachorro mais inteligentes. Mas calma: mesmo que você não encontre a raça do seu pet na lista, existem outras formas de medir e classificar um cachorro inteligente. Ficou curioso para saber como fazer isso? Vem que a gente te explica!

Comportamento canino: como saber se o seu cachorro é inteligente?

Como já foi dito, a inteligência canina é dividida em instintiva, adaptativa e operacional. Quando falamos que o cão tem uma inteligência instintiva é porque essa é uma habilidade inata ao animal e que faz parte da sua natureza. Um exemplo disso é o Doberman, que é bastante utilizado como cão de guarda e tem essa característica protetora como um instinto. Já o aspecto adaptativo refere-se à capacidade do pet de se adaptar ao ambiente em que ele vive sem grandes problemas, conseguindo se adequar a diferentes situações. Por fim, o comportamento de cachorro operacional está diretamente relacionado com a treinabilidade do animal. Ou seja, ele mede se o cachorro é ou não inteligente por meio da capacidade do doguinho de aprendizado - se ele está mais apto a aprender truques e outros comandos para cachorro, por exemplo.

Então, para saber o nível de inteligência do seu pet é importante ficar de olho no comportamento do animal. Observar como ele se porta em diferentes situações também ajuda: se age principalmente por instinto, se tem uma capacidade adaptativa ou facilidade para o adestramento. Além disso, também existem algumas formas de estimular a inteligência canina.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

 

Cãozinho sendo treinado por tutora em ambiente aberto
Comandos para cachorro são uma boa forma de aprimorar a inteligência do animal

 

Adestramento de cães é ótimo para estimular habilidades cognitivas

O cachorro entende o que falamos do jeitinho deles: embora eles não sejam capazes de racionalizar as coisas, não quer dizer que eles não são capazes de aprender. E é justamente para isso que serve o adestramento de cães, que incentiva ainda mais o lado cognitivo do seu pet.  E se engana quem pensa que precisa ser um expert para dar início a esse processo, viu? Até existem adestradores profissionais que ajudam bastante quem é inexperiente, mas a verdade é que tutores "comuns" também estão aptos para ensinar alguns comandos para os seus pets - e até mesmo fazer correções já pode ser consideradas um tipo de adestramento, como ensinar aonde ele deve fazer xixi e cocô.

O importante mesmo é não se dar por vencido, insistir e persistir! Lembre-se que um cachorro inteligente também pode errar algumas vezes. Então tenha paciência e não desista.

Como ensinar comandos para cachorro mais básicos?

Além de ser uma ótima forma de estreitar as relações com o seu doguinho, ensinar truques e comandos para ele ajuda garantir um bom comportamento do cachorro. Uma das técnicas mais utilizadas é a do reforço positivo, que consiste em “recompensar” o seu amigo de quatro patas sempre que ele fizer o que você determinou. Para ensinar como deitar, sentar ou dar a pata, o uso de petiscos costuma ser muito bem-vindo, mas vale destacar que essa não é a única forma de estimular o seu cãozinho positivamente. Elogios e carinhos também são importantes para deixar o cachorro feliz e fazê-lo assimilar os comandos a algo positivo.

Redação: Juliana Melo

Cachorro

Dogo Argentino: 10 curiosidades para conhecer o cachorro parecido com Pitbull

O Dogo Argentino é um cachorro grande e imponente. Em um primeiro momento, ele pode até assustar quem não conhece, principalmente po...

Cachorro

Pancreatite em cachorro: aprenda a reconhecer 6 sinais da doença que vão ajudar no diagnóstico mais rápido

A pancreatite em cachorro é uma doença que merece a atenção dos tutores. A patologia afeta o pâncreas, órgão essencial para a produç...

Adote um animal

Cachorro pequeno: essas são as 10 menores raças de cachorro do mundo todo

Ter um cachorro pequeno em casa é sinônimo de fofura e alegria. Como são menores, esses doguinhos se adaptam mais facilmente ao espa...

Comportamento

Gato miando: 8 segredos que não te contaram sobre a principal forma de comunicação dos felinos

Qualquer pai de pet está acostumado a ouvir o gato miando em casa pelos mais diversos motivos. Às vezes é fome, vontade de receber c...

Cachorro

Dogo Argentino: 10 curiosidades para conhecer o cachorro parecido com Pitbull

O Dogo Argentino é um cachorro grande e imponente. Em um primeiro momento, ele pode até assustar quem não conhece, principalmente po...

Cachorro

Pancreatite em cachorro: aprenda a reconhecer 6 sinais da doença que vão ajudar no diagnóstico mais rápido

A pancreatite em cachorro é uma doença que merece a atenção dos tutores. A patologia afeta o pâncreas, órgão essencial para a produç...

Adote um animal

Cachorro pequeno: essas são as 10 menores raças de cachorro do mundo todo

Ter um cachorro pequeno em casa é sinônimo de fofura e alegria. Como são menores, esses doguinhos se adaptam mais facilmente ao espa...

Comportamento

Gato miando: 8 segredos que não te contaram sobre a principal forma de comunicação dos felinos

Qualquer pai de pet está acostumado a ouvir o gato miando em casa pelos mais diversos motivos. Às vezes é fome, vontade de receber c...

Ver todas