Saúde

Veterinário online é uma boa ideia? Como funciona? Veja como profissionais e tutores se adequaram na pandemia

O atendimento com veterinário online tem sido uma opção para muitas pessoas. Saiba mais sobre o assunto
O atendimento com veterinário online tem sido uma opção para muitas pessoas. Saiba mais sobre o assunto

Já pensou em ter uma consulta com um veterinário online? Embora seja um serviço relativamente recente, esse tipo de atendimento chegou para facilitar a vida dos tutores. O grande diferencial é que, com a possibilidade de um veterinário gratuito online, fica muito mais fácil tirar eventuais dúvidas sobre o comportamento e cuidados com o animal sem precisar sair de casa.

Existem duas opções de serviço: o veterinário gratuito online ou pago. De toda forma, o objetivo é sempre o mesmo: ajudar os pais de pet a cuidarem dos seus filhos de quatro patas. Saber como cuidar de gatos ou cachorro requer muita responsabilidade e o serviço pode ajudar nessa missão. Para entender como as consultas veterinárias online funcionam, o Patas da Casa ouviu veterinários e tutores sobre o que acham dessa modalidade de atendimento. Uma das conversas foi com a médica veterinária Rubia Burnier , de São Paulo, que realiza este tipo de serviço.

Veterinário online: profissionais precisaram reinventar os atendimentos na pandemia

Em tempos de pandemia, muitos profissionais precisaram se reinventar para continuar exercendo suas funções. No universo veterinário isso não foi muito diferente. Para alguns, as consultas veterinárias online passaram a ser uma alternativa de trabalho que ajudou a resguardar tanto a saúde dos profissionais, como também dos tutores. No caso de Rubia, que já está atuando no ambiente virtual há mais de um ano, a nova forma de atuação profissional pode ser muito benéfica para a área. “A pandemia trouxe muitos desafios e o uso de ferramentas tecnológicas no trabalho online foi importante e deverá coexistir com o presencial no futuro”, destaca.

Assim como vários outros especialistas, a médica veterinária procurou se adaptar a esse novo cenário e tudo tem dado certo. “Apesar de limitar as questões de saúde e de pronto-atendimento hospitalar, o online pode ser utilizado em várias situações dentro da ética profissional”.

Como funcionam as consultas veterinárias online?

O atendimento de um veterinário online ainda é novidade, por isso muitas pessoas têm dúvidas sobre como o serviço funciona. “Como veterinária e terapeuta, meu foco são os aspectos emocionais, mentais e a relação do pet e a família. Não prescrevo remédios, mas oriento os clientes sobre o que fazer, onde ir e indicações de colegas da minha confiança. Acolhimento, confiança e responsabilidade! Disso eu não abro mão”, explica Rubia.

Ou seja, de uma forma geral, o veterinário online serve para guiar e orientar os tutores em determinadas situações, principalmente de aspectos comportamentais. No entanto, quando se trata de questões relacionadas à saúde animal é imprescindível buscar um atendimento presencial para que seja feita a avaliação clínica e identificação dos sintomas. Somente assim o profissional é capaz de prescrever o melhor tratamento com medicação específica. O mesmo vale para situações de risco e possíveis internações.

Ainda assim, a rotina de um veterinário online é bem agitada com tanta conectividade. “No meu trabalho de consultoria, fico 16 horas por dia à disposição dos meus clientes. Estou acessível e não abro mão de acompanhar cada caso. Peço vídeos, todo o histórico do pet e passo lição de casa! Supervisão e avaliação de resultados, além de fornecer rico material visual e até pesquiso os preços de itens que eu sugiro”, relata.

Consultas veterinárias online devem ser praticadas seguindo os princípios éticos

A pandemia e a necessidade de isolamento social trouxe muitas dúvidas para tutores e veterinários sobre como proceder com as consultas. Por isso, houve a necessidade de definir algumas regras para esse tipo de atendimento. Segundo o Conselho Federal de Medicina Veterinária e Zootecnia, a prática da telemedicina veterinária para fazer diagnósticos e prescrever medicamentos é proibida. Isso não quer dizer, porém, que não seja possível utilizar a ferramenta online para entender melhor o comportamento do seu pet ou até mesmo melhorar a convivência com ele. As consultas veterinárias online servem exclusivamente para orientações básicas que não envolvem o diagnóstico de doenças, prescrição de medicamentos nem qualquer atitude que possa ferir o Código de Ética Profissional.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

question quiz stamp

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

Question Header Background
question quiz stamp

As crises alérgicas costumam acontecer:

Question Header Background
question quiz stamp

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Question Header Background
question quiz stamp

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Question Header Background
question quiz stamp

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

Question Header Background
question quiz stamp

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

Question Header Background

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    Como cuidar de gatos e cachorros: às vezes surgem dúvidas sobre o comportamento animal, e o veterinário pode ajudar
    Como cuidar de gatos e cachorros: às vezes surgem dúvidas sobre o comportamento animal, e o veterinário pode ajudar

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    E os tutores, o que acham da possibilidade de consultar um veterinário online?

    Mesmo que ainda seja uma tendência bem recente, a maioria dos pais de pet demonstram bastante interesse nas consultas veterinárias online. “Acho um serviço que pode ajudar muito, especialmente tutores de primeira viagem que não têm experiência com gatos ou cães”, afirma o tutor Gerhard Brêda. Já a tutora Raphaela Almeida lembra que, além de útil, essa também é uma forma de resguardar a saúde dos tutores e dos pets: “Acredito que a pandemia ajudou a acelerar e desmistificar esse tipo de atendimento. Com todas as ferramentas disponíveis hoje, poder fazer um atendimento à distância facilita na organização do dia a dia e evita deslocamentos que podem deixar o animal estressado.  Além disso, evita expor tutores e pets a algum tipo de contaminação desnecessária”.

    A tutora Ana Heloísa Costa, por exemplo, já utilizou esse tipo de serviço informalmente: “Tenho uma amiga veterinária a quem já recorri algumas vezes por mensagem para tirar dúvidas sobre alimentação, comportamento ou até mesmo para basicamente perguntar: ‘devo levar a uma clínica para que um veterinário a examine?’. Geralmente nessas trocas de mensagens envio fotos ou outros materiais que podem ser úteis para dar mais consistência à minha pergunta. Sou do tipo de tutora meio ansiosa e que quer saber o por quê de tudo o que acontece com as minhas pets e nem sempre sair com elas de casa para uma consulta completa é viável ou mesmo necessário”. 

    Pais de pet recorrem ao veterinário online para tirar dúvidas comportamentais

    Agora que você já sabe um pouquinho mais sobre o atendimento com veterinário online, chegou a hora de entender quando esse tipo de consulta pode ser benéfica. “Para mim, seria útil para questões comportamentais e dúvidas sobre alimentação, por exemplo. Já recorri à amiga veterinária quando ia me mudar de apartamento e queria saber se para a minha gata seria mais estressante ficar na casa de alguém durante a mudança ou em um ambiente seguro da casa em que já estava acostumada, mesmo com a mudança acontecendo. Também já questionei se podia aquecer o sachê ou se isso faz perder propriedades nutricionais”, conta. 

    No caso de Gerhard, o aspecto comportamental também é o fator principal. “Algumas vezes os gatos fazem coisas que são difíceis de entender, mesmo para um tutor que já tem experiência. É difícil saber se alguns comportamentos são normais ou se sinalizam um quadro de estresse, que deve ser observado com mais profundidade. Acho que as consultas veterinárias online podem tranquilizar os tutores quanto a alguns comportamentos dos animais, além de ajudar a melhorar o ambiente para os pets e a convivência com as pessoas que moram na casa”.

    A consulta veterinária presencial não deve ser substituída pela online, mas ambas podem se complementar
    A consulta veterinária presencial não deve ser substituída pela online, mas ambas podem se complementar

    Como a consulta online pode ajudar em situações de saúde?

    Ainda que os assuntos de saúde necessitem de atendimento presencial, os tutores podem utilizar o serviço para avaliarem se realmente é um caso de urgência. “Para questões de saúde que não requerem um diagnóstico, mas sim um direcionamento ou uma dúvida, também seria muito útil. Uma vez a unha da minha cachorra caiu e eu fiquei em dúvida se precisava levar para alguém examinar, se precisava de curativo ou algum cuidado especial. Outra dúvida que já tive é se depois que ela comeu uma besteira na rua devia antecipar a dose do vermífugo. Ou ainda, se aquele barulhinho que a minha gata estava fazendo era um espirro ou outra coisa”, conta Ana Heloísa.

    Quais são as vantagens de procurar um veterinário online?

    A melhor parte de procurar consultas veterinárias online é que você não precisa sair de casa, e pode ter todo o atendimento e consultoria no conforto do seu lar sem causar estresse desnecessário ao seu bichinho de estimação - principalmente no caso dos felinos, que sofrem bastante quando são retirados do ambiente em que estão acostumados. 

    Além disso, conforme a médica veterinária Rubia lembra, uma outra grande vantagem é poder acessar um bom profissional de qualquer parte do mundo. “Melhor ainda se conciliar com o presencial - no meu caso, quem mora em São Paulo. Para mim, que fui criadora da primeira unidade móvel veterinária do país em 1999, o ‘EM CASA’ faz parte do trabalho como terapeuta. No online se estabelece a mesma intimidade com os clientes. A consulta online é demorada, a presencial é rápida devido à restrição de contato. Uma prática completa a outra e o resultado é ótimo!”.

    Para a tutora Raphaela, por outro lado, isso também é uma maneira de economizar tempo em consultas simples: “Acho que a possibilidade de não perder tempo de deslocamento é a grande vantagem de qualquer atendimento online. Vivendo em uma cidade como o Rio de Janeiro, a chance de perder mais tempo no trânsito do que no atendimento veterinário é imensa, acaba sendo um desperdício de tempo.”

    Redação: Juliana Melo

    5 coisas que você pode fazer para evitar a pancreatite canina

    Próxima matéria

    5 coisas que você pode fazer para evitar a pancreatite canina

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?
    Saúde

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?

    O reiki é uma terapia holística muito comum entre os humanos, mas você sabia que o seu pet também pode aproveitar os benefícios desse tratamento? O reiki veterinário é uma técnica de cura pelas mãos que busca alinhar os centros de energia do corpo - chamados de chakras -, promovendo o equilíbrio energético do corpo e melhorando a saúde física, mental e espiritual do animal. Que tal entender como o reiki pode ajudar na hora de cuidar de cachorro e até a melhorar o comportamento do gato? Vem que a gente te explica tudo que você precisa saber sobre o assunto!

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?
    Passeio

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?

    Viajar com cachorro é uma experiência incrível, mas que precisa de atenção. O primeiro passo é procurar por um hotel pet friendly - isto é, um hotel ou pousada que aceita animais de estimação - para que tudo seja perfeito. Existe hotel que aceita cachorro, mas que tem algumas limitações como quantidade de pets por quarto e que tem restrições quanto ao porte do animal (a maioria costuma aceitar apenas animais pequenos ou, no máximo, de porte médio). No entanto, também existem hotéis totalmente pet friendly que são praticamente o paraíso na terra para os nossos amiguinhos de quatro patas.

    Como apresentar um novo filhotinho a um gato adulto que já mora na casa? Veja as dicas de alguns tutores
    Histórias reais

    Como apresentar um novo filhotinho a um gato adulto que já mora na casa? Veja as dicas de alguns tutores

    Resolver adotar um gato filhote é sempre uma grande aventura. Os filhotes preenchem qualquer ambiente com muita alegria e amor. Mas, além de aprender como cuidar de gatos filhotes, quem já tem um gato adulto ou idoso em casa precisa pensar muito bem em como introduzir o novo membro na família. O processo de adaptação nem sempre é fácil, e é fundamental saber como conduzir essa apresentação da melhor forma possível, respeitando o espaço de cada um e torcendo para que eles se deem bem. 

    Tosar cachorro no calor é uma boa ideia? Quais raças não podem ser tosadas de jeito nenhum?
    Higiene

    Tosar cachorro no calor é uma boa ideia? Quais raças não podem ser tosadas de jeito nenhum?

    Com a chegada do verão e o aumento das temperaturas, é comum que alguns tutores acreditem que a tosa de cachorro é a melhor forma de garantir o conforto do animal. O que poucos sabem é que, para algumas raças, essa simples atitude pode trazer resultados contrários ao esperado. Isso porque nem sempre os pelos volumosos são sinônimo de um cachorro com calor. 

    Ver Todas >

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet
    Saúde animal

    Dia do veterinário: 8 curiosidades sobre a profissão que é fundamental para saúde e bem-estar do seu pet

    No dia 9 de setembro é comemorado o Dia do Veterinário. Quem é pai ou mãe de pet sabe a importância que esse profissional tem no cuidado dos nossos tão queridos animais de estimação. Por isso, nada mais justo que um dia do veterinário especial para eles! Apesar de a profissão ser muitas vezes vista apenas como o atendimento de animais, o veterinário pode atuar em diferentes áreas, ajudando até mesmo no cuidado da saúde humana! 

    FIV: gatos diagnosticados com a doença vivem quanto tempo?
    Saúde animal

    FIV: gatos diagnosticados com a doença vivem quanto tempo?

    A FIV em gatos é uma das doenças mais temidas pelos tutores. Por afetar principalmente o sistema imunológico, a doença deixa o felino mais suscetível a adquirir diversas complicações ao longo da vida. Como não tem cura, o gato com FIV precisa de tratamento a vida inteira. Mas, afinal, por quanto tempo o bichano diagnosticado consegue viver? O gato com FIV pode conviver com outros gatos? 

    Giárdia em cães: 10 perguntas e respostas sobre a doença de cachorro
    Saúde animal

    Giárdia em cães: 10 perguntas e respostas sobre a doença de cachorro

    A giardíase canina é uma doença que deixa muitos tutores de cachorro preocupados. Além de causar sintomas desagradáveis, a giárdia em cães pode até mesmo levar o animal à morte se não for tratada a tempo. Quais são os sintomas de giárdia em cães, o que ela causa no corpo do pet e como preveni-la são algumas das dúvidas que muitos pais e mães de pet têm sobre a doença. 

    Dermatite atópica canina: tudo que você precisa saber sobre a doença de pele em cachorro
    Saúde animal

    Dermatite atópica canina: tudo que você precisa saber sobre a doença de pele em cachorro

    A dermatite atópica canina é uma doença de pele em cachorro mais comum do que se imagina e pode afetar cães de diferentes raças. Uma das principais características desse quadro é a coceira intensa, que pode ou não vir acompanhada de vermelhidão no local. Ou seja, é basicamente como se fosse um tipo de alergia em cachorro. Apesar de não ser uma doença de pele muito grave, a dermatite atópica canina precisa de atenção porque pode interferir consideravelmente na qualidade de vida dos animais.

    Ver Todas >