Alguns comportamentos caninos geram muita curiosidade nos tutores. Você com certeza já se perguntou por que o cachorro gosta de comer grama, certo? Existem várias explicações para isso. Um cachorro explorador, por exemplo, gosta de conhecer novas texturas e faz isso com boca - ele até mesmo aprecia o gosto. Por outro lado, o cãozinho pode comer a grama para aliviar algum desconforto no estômago, já que o matinho ajuda na limpeza do organismo. O consumo está mais que liberado e pode trazer muitos benefícios para o dia a dia do cãozinho, e para fazer isso de forma mais segura ainda (já que não temos controle das plantas da rua) o nosso conselho é plantar a grama de cachorro em casa. É super fácil! Veja as dicas que o Patas da Casa separou!

Grama para cachorro promove diversão e ainda faz bem para a saúde

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Não tenho pets
Tenho cão
Tenho gato
Tenho cão e gato
Autorizo receber comunicações e publicidade da NESTLÉ®.

O enriquecimento ambiental é fundamental na rotina de animais domésticos: evita o tédio, gasta a energia e ainda previne quadros de ansiedade. Por isso, todo tutor deve pensar em algumas alternativas para melhorar a qualidade de vida de cães e gatos dentro de casa. Brinquedos, caixas e petiscos são super adequados para colocar o método em prática, principalmente se o animal passa muito tempo sozinho. A grama de cachorro pode super entrar nessa "estratégia" de enriquecer o ambiente, já que o cãozinho pode explorar novos cheiros, texturas e sabores na rotina - o que significa um momento de diversão para ele. 

Por outro lado, a grama para cachorro traz muitos benefícios para a saúde. Rica em fibras, ajuda a melhorar a digestão, estimulando o funcionamento do estômago e intestinos. Por isso é bem normal que o cachorro coma a grama para acelerar o metabolismo e, assim, aliviar algum desconforto abdominal. Além disso, outros cenários em que a planta pode ser útil são quando o cão apresenta gases, cólicas, fezes ressecadas e/ou diarreia. Então, por que não aprender como plantar grama para cachorro em casa? 


A grama para cachorro é capaz de trazer vários benefícios ao seu amigo. Saiba como plantar!
A grama para cachorro é capaz de trazer vários benefícios ao seu amigo. Saiba como plantar!

1) Grama para cachorro: a primeira coisa é escolher as sementes certas

O primeiro passo para plantar grama para cachorro em apartamento ou em casa é ter muita atenção na hora de escolher o tipo de matinho. Você pode tanto optar pelas clássicas gramas de trigo ou milho de pipoca, muito comum na rotina dos gatos, ou plantar ervas liberadas para os cães. Lavanda, manjericão, erva cidreira, salsa e hortelã são ótimas opções - e até você, humano, pode usufruir do cheiro e purificação que essas ervas liberam no ambiente. Essas espécies são liberadas e não vão causar nenhum tipo de intoxicação no seu cãozinho. Você pode encontrar as sementes em floriculturas e agropecuárias.

2) Com um vaso médio e um pacote de terra vegetal, prepare o “terreno” para o plantio

Além das sementes, você também precisará de um vasinho ou pote, de tamanho  médio, e cerca de 2 kg terra para plantar a grama para cachorro. Com todo o material em mãos, chegou a hora de plantar! Preencha o recipiente com terra, deixando cerca de cinco dedos de espaço até o topo. Em seguida, é só espalhar as sementes pela terra, lembrando sempre de deixar um pequeno vão entre cada grão. Depois disso, é só cobrir as sementes com mais terra, sem ultrapassar o limite de dois dedos de espaço até o topo. Vale destacar também que para deixar essa parte de cima da terra ainda mais fofinha, uma técnica é peneirá-la antes de cobrir as sementes.

3) Não esqueça de regar a grama para cachorro todos os dias e tenha paciência

Depois de devidamente plantada, a grama para cachorro deve ser regada todos os dias. O ideal é que isso aconteça pela parte da manhã ou no final da tarde. Além do mais, é importante deixar o vaso em um local com boa iluminação e que tenha contato com o sol durante algumas horas do dia (mas não necessariamente o dia todo). Depois disso, é só ter paciência e em alguns dias já é possível observar o resultado da grama para cachorro em apartamento ou em casa! Depois que seu amigão comer ou “destruir” tudo, é só preencher de novo o recipiente com mais terra e novas sementes.

Redação: Juliana Melo