Cachorro

Útero de cadela: tudo sobre a anatomia, gestação, doenças e muito mais

Publicado - 27 Dezembro 2022 - 11h00

Atualizado - 27 Abril 2024 - 11h19

O útero de cadela é um órgão extremamente importante no sistema reprodutor canino. É nele que o embrião se desenvolve durante a gestação, garantindo que os filhotinhos tenham um nascimento saudável. A anatomia do útero de cadela permite que o órgão realize diversas funções essenciais para a reprodução. Por outro lado, esse órgão (assim como qualquer outro) também pode sofrer com algumas doenças perigosas, como piometra ou câncer. O útero de cadela é uma parte da anatomia canina repleta de curiosidades e surpresas que todo tutor precisa saber. Por isso, o Patas da Casa te conta tudo sobre como é o útero de uma cadela, desde sua anatomia até as doenças que podem afetar a saúde do cachorro fêmea. Confira!

O útero de cadela tem diversas funções essenciais para o sistema reprodutor canino

A principal função do útero de cadela é receber e abrigar o embrião. Esse órgão ajuda no transporte dos espermatozoides até que eles cheguem no oviduto, onde ocorre a fertilização. É no útero de cadela que o embrião é implantado e armazenado até a hora do parto. O órgão também é responsável por fazer a placentação do embrião e permitir que ele se desenvolva durante toda a gestação de cachorro, recebendo todos os nutrientes necessários. Com tantas funções primordiais, podemos dizer que o útero de cadela é um dos órgãos mais importantes para que a reprodução canina ocorra.

Anatomia do útero de cadela: conheça um pouco mais sobre o órgão

Afinal, como é o útero de uma cadela? Esse órgão tem um formato cavitário. A anatomia do útero de cadela é constituída por dois cornos, um corpo e um colo (ou cérvix). A parede do órgão é formada por três camadas. São elas: endométrio, miométrio e perimétrio. Existem ainda os ligamentos peritoneais, que possuem a função de garantir que o útero de cadela fique sempre em seu devido lugar. O órgão fica sempre localizado na parte interna da região abdominal. Outro ponto importante a se levar em conta quanto à anatomia do útero de cadela é o seu tamanho. Em média, o órgão chega até 10 Kg e mede 0,8 cm. Essa é a medida padrão de um útero de cadela saudável. Qualquer alteração de tamanho deve ser investigada.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Durante a gestação, o útero de cadela armazena o embrião e permite seu desenvolvimento

É no útero de cadela que o embrião fica armazenado e se desenvolve durante toda a gestação de cachorro, que dura, em média, 60 dias. Ao longo desse período, a cachorra prenha vai apresentar algumas mudanças. Falta de apetite, inchaço nas mamas, náuseas, cansaço e aumento de peso são algumas delas. Além disso, o útero de cadela se expande conforme a cria vai se desenvolvendo em seu interior. Por isso, vemos o aumento do volume da região abdominal.

Durante todo esse período, é fundamental que a cadela tenha alguns cuidados especiais. Um dos mais importantes é com a alimentação. A cadela prenha está com o futuro filhote em seu útero e precisa receber uma alimentação extremamente nutritiva para garantir o desenvolvimento saudável da sua cria. Também é fundamental manter um acompanhamento veterinário e realizar um pré-natal. Dessa forma, o tutor saberá como está a saúde da mãe e dos filhotes e estará preparado para o momento em que o útero de cadela vai expelir os cachorrinhos recém-nascidos.

útero de cadela: cachorra grávida deitada na cama

O útero de cadela pode desenvolver algumas doenças 

Infelizmente, o útero de cadela também pode sofrer com determinados problemas de saúde. Ao contrário do que acontece quando se tem um útero de cadela saudável, a cadela que está com alguma doença nesse órgão apresenta alguns sintomas característicos, que vão desde secreções até dores bem fortes. A piometra em cadelas e o câncer de útero são as condições mais comuns e que mais merecem atenção. 

Piometra canina: bactéria causa infecção no útero de cachorra 

A piometra em cadelas é uma doença que afeta o útero durante ou após o cio. Nesse período, os níveis hormonais da cachorra aumentam e diminuem continuamente, como uma montanha russa. Essas alterações hormonais acabam tornando o útero um ambiente mais sensível e, consequentemente, predisposto a sofrer com a proliferação de determinados agentes infecciosos, como bactérias. A bactéria que causa infecção no útero de cachorra se aloja no endométrio e se prolifera, levando à piometra canina. 

Um grande problema dessa infecção de útero é que as bactérias podem ainda percorrer toda a região uterina e serem transportadas para outras partes do corpo. A piometra canina é, infelizmente, uma condição bastante comum em cachorras não castradas, já que a cada cio de cadela o útero vai se tornando um ambiente ainda mais sensível à proliferação de bactérias.

Sintomas da piometra canina envolvem secreções e dores abdominais

A bactéria que causa infecção no útero de cachorra pode ocasionar dois tipos de piometra: aberta ou fechada. Na piometra aberta, há a presença de secreções vaginais. Já na fechada, essas secreções existem, mas não são liberadas. Como o colo do útero fica obstruído, as secreções não são eliminadas e se acumulam ali, o que torna a piometra canina ainda mais grave. Um dos principais problemas da infecção de útero é que essa é uma doença silenciosa. Os sintomas demoram a aparecer e, consequentemente, o tratamento pode demorar a ter início. Apesar de a bactéria que causa infecção no útero de cachorra normalmente começar a atuar durante o cio, os sintomas costumam levar dois meses até se manifestarem. Dentre os sintomas de piometra canina, podemos destacar:

  • Falta de apetite
  • Dor abdominal
  • Aumento do volume abdominal
  • Febre
  • Cansaço
  • Secreção vaginal (se a piometra for do tipo aberta)

Como tratar infecção no útero de cachorro fêmea?

Após o diagnóstico de piometra, todo tutor se pergunta se é possível deixar o útero de cadela saudável novamente com algum tratamento. A doença pode sim ser curada, mas, para isso, é necessário remover o útero. A melhor maneira de como tratar infecção no útero de cachorro é realizando a intervenção cirúrgica. Nessa cirurgia, o especialista vai retirar o útero que está infeccionado para evitar que o problema se agrave. O veterinário também pode indicar remédio para limpar útero de cadela (caso haja necessidade) e outros medicamentos, como antibióticos, para tratar e evitar novas infecções.

câncer no útero de cadela: cachorra deitada na caminha

Câncer no útero de cadela é um problema grave relacionado à alta taxa hormonal

O câncer no útero de cadela é outro problema que, infelizmente, pode afetar a saúde animal. A causa do tumor está relacionada à alta ação hormonal. Uma cadela não castrada passa por muitas alterações hormonais em cada cio. Conforme o tempo passa, a taxa de hormônios passa a ser muito elevada. Consequentemente, essa alta exposição leva ao aparecimento de células tumorais. A infecção no útero de cadela (piometra) também pode facilitar o aparecimento dessa condição. 

O uso de anticoncepcional para cadelas é outro problema que deixa a cachorra predisposta a sofrer de câncer de útero. Muitos tutores optam pelo anticoncepcional no lugar da castração. Isso é um grande erro porque os anticoncepcionais contém altas taxas hormonais. A cadela passa a ter uma concentração extremamente grande de hormônios, o que, como explicamos, favorece o câncer de útero (além de outros tipos, como o câncer de mama). 

Sintomas de câncer de útero em cadelas são bem inespecíficos  

Afinal: como identificar câncer de útero em cadela? Infelizmente, a identificação dessa doença costuma ser um pouco complicada. O motivo para isso é que os sintomas de câncer de útero em cadelas são bem inespecíficos. Para realizar o diagnóstico, o veterinário deve levar em conta algumas mudanças físicas e comportamentais comuns a várias outras condições, como falta de apetite, corrimentos e aumento do volume abdominal. Então, devem ser realizados exames de imagem para ter certeza se é um caso de câncer ou não. 

Ou seja: a melhor forma de como identificar câncer de útero em cadela é levar o pet ao veterinário assim que perceber qualquer uma dessas alterações mencionadas. O especialista vai levar em conta o conjunto de fatores para descartar outras hipóteses e realizar exames de imagem. O tratamento varia de acordo com o grau da doença, podendo ser necessário realizar sessões de quimioterapia em cachorro.

O útero de cadela é removido na cirurgia de castração

A cirurgia de castração de cadela é um procedimento bem simples e seguro. A cachorra precisa tomar uma anestesia geral para que não sinta dor. Na castração, são removidos os ovários e o útero de cadela. Para isso, é realizada uma incisão na região do umbigo. Muitos tutores têm medo de como fica o corte da cirurgia de útero em cadelas ou se preocupam com possíveis complicações. A verdade é que qualquer cirurgia pode causar complicações, até mesmo por conta da anestesia. Porém, quando feita em um local de confiança, os riscos são mínimos. 

Já quanto ao medo de como fica o corte da cirurgia de útero em cadelas não há com o que se preocupar. Após a castração o médico dá alguns pontos e a cadela precisa usar uma roupa cirúrgica ou um colar elizabetano para impedir que ela fique tocando neles. Depois de um tempo, o veterinário retira esses pontos de maneira bem simples sem causar nenhuma dor no animal. 

Castração de cadela: remoção dos ovários e do útero de cadela traz diversos benefícios à saúde

Muitas pessoas têm medo de realizar a castração, mas a verdade é que a cadela só tem a ganhar com esse procedimento. Como já vimos, doenças como piometra canina e câncer de útero de cadela são causadas principalmente por conta da alta taxa hormonal. Após a castração de cadela, porém, essas constantes alterações hormonais que acontecem em todo cio são amenizadas, já que ela não entra mais no cio. Portanto, podemos dizer que a castração de cadela previne piometra canina e o câncer de útero, além de outras doenças como o câncer de mama. Outra vantagem é que a castração também evita que a cadela fique grávida e que ela desenvolva gravidez psicológica. Pode ter certeza que castrar a cadela é sempre um ato de amor!

Redação: Maria Luísa Pimenta

Edição: Mariana Fernandes

 

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Comportamento

Vira-lata caramelo invade casamento e rouba a cena no momento da entrada da noiva

Os vira-latas têm um lugar especial no coração dos brasileiros. Quando o assunto é um vira-lata caramelo, então, há quem diga que es...

Cachorro

Esse alimento barato e milagroso promete aumentar a imunidade do cachorro doente. O que especialistas dizem?

A alimentação de cachorro, seja à base de ração ou não, desempenha um papel fundamental na saúde e bem-estar dos animais de estimaçã...

Comportamento

"Dinofauro" da vida real: cadela com mandíbula curta reproduz meme e ganha o coração da internet

Você se lembra do meme do dinofauro, aquele dinossauro de brinquedo azul com problema de dicção que ficou super conhecido no Faceboo...

Comportamento

Mulher vai abastecer o carro e se depara com a cena mais linda do mundo envolvendo frentista e vira-lata caramelo

Existem vários motivos para adotar um vira-lata caramelo. Um deles é porque esses cãezinhos se destacam bastante pelo carisma e doçu...

Gato

As 8 raças de gatos mais brincalhonas e que não dispensam uma boa diversão

Há quem acredite que os felinos não são fãs de brincadeiras devido a natureza sutil e independente da espécie, mas essa afirmação nã...

Ver todas