close
Saúde

Soro para cachorro: como fazer e como usar no tratamento do pet desidratado?

Atualizado · 06 de dezembro de 2021 · 17h02

Publicado · 06/12/2021 · 17h02

O soro caseiro para cachorro ajuda a repor líquidos de cães desidratados
O soro caseiro para cachorro ajuda a repor líquidos de cães desidratados

Saber fazer soro caseiro para cachorro pode te ajudar bastante nas situações em que seu cãozinho fica doente. Especialmente utilizado nos casos de cachorro desidratado, o soro para cachorro ajuda a repor líquidos que estão em falta no corpo do animal, seja por conta de diarreia, calor em excesso ou alguma alteração de saúde que leve ao quadro de desidratação. Porém, é importante saber exatamente em quais casos você pode dar soro caseiro para cachorro e, principalmente, se o animal precisa realmente do líquido. O Patas da Casa te explica tudo isso, além de ensinar como fazer soro caseiro para cachorro de maneira bem fácil e rápida. Confira!

Soro caseiro para cachorros é super indicado em casos de desidratação

O soro para cachorro é uma solução capaz de regular a quantidade de água e sais minerais presentes no corpo de um animal, ideal para aqueles que estejam liberando mais líquido do que repondo. O cachorro desidratado fica com um déficit de líquidos e sais essenciais, o que acaba desregulando o bom funcionamento do organismo e comprometendo a saúde do pet. O papel do soro caseiro para cachorro é justamente repor esses nutrientes que estão em falta. Por isso, você pode dar soro caseiro para cachorro desidratado sem problemas.

Soro para cachorro desidratado: saiba como reconhecer um cão nessa condição

Antes de saber como fazer soro caseiro para cachorro, é importante reconhecer um cão desidratado. É comum que o cachorro no calor e após atividades intensas perca mais água. Nessas situações, o ideal é oferecer bastante água e deixar o animal em locais arejados. Porém, além da insolação e excesso de exercícios, o cachorro desidratado pode ser sinal de problemas de saúde como doenças renais, endócrinas (como diabetes), febre e queimaduras. Preste atenção se o cachorro apresenta perda de peso, gengiva seca, falta de apetite, respiração ofegante e batimentos acelerados. Esses são os principais sinais de desidratação.

As causas mais frequentes de desidratação são diarreia e vômito, situações em que o organismo do animal perde muita água. Assim, uma dúvida muito comum é se pode oferecer soro caseiro para cachorro com diarreia. Isso depende da causa. Você pode usar soro caseiro para cachorro com diarreia se ela for o único sintoma. Após comer um alimento proibido para cachorro ou muito gorduroso sem estar acostumado, a diarreia é comum. Nesses casos, você pode dar soro caseiro para cachorro com diarreia como forma de ajudar a repor o líquido perdido. Porém, se perceber outros sintomas associados, como até mesmo o vômito, não hesite em correr para um veterinário, pois a causa pode ser mais complicada e precisar de outro tratamento mais específico.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    Sirva o soro para cachorro no pote de água ou com o auxílio de uma seringa
    Sirva o soro para cachorro no pote de água ou com o auxílio de uma seringa

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    A cinomose canina é uma das doenças de cachorro mais perigosas e sérias, principalmente porque pode afetar cães de todas as idades e raças e é altamente contagiosa. O que causa cinomose é um vírus da família Paramyxovirus, e quando o animal não é tratado da forma correta, a doença pode até ser fatal (não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele). 

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar
    Saúde animal

    Encontrou sangue nas fezes do cachorro? Veja os problemas que o sintoma pode indicar

    Encontrar sangue nas fezes do cachorro é um sinal de que algo está fora do normal. O cocô com sangue em cachorro é uma questão que deve ser sempre levada a sério. Há diversas razões para isso acontecer, desde um episódio momentâneo - mais simples de resolver - até doenças mais graves - como a gastroenterite hemorrágica ou câncer em cães. 

    Como fazer soro caseiro para cachorro? A receita é prática e com ingredientes acessíveis 

    O soro caseiro para cachorro é muito fácil de ser feito e funciona da mesma maneira que aqueles prontos encontrados nas prateleiras de farmácias. Para saber como fazer soro caseiro para cachorro, siga as instruções:

    • 1) Ferva 1 litro de água filtrada até que ela entre em ebulição
    • 2) Desligue o fogo e coloque a água em um recipiente que seja, de preferência, de vidro (não use plástico)
    • 3) Adicione 3 colheres de sopa de açúcar, 1 colher de chá de sal e ½ colher de chá de bicarbonato de sódio
    • 4) Misture bem e espere esfriar para oferecer ao cachorro

    Viu como fazer soro caseiro para cachorro é fácil? A solução pode ficar armazenada na geladeira por até 24 horas e ser oferecida no lugar da água sem problemas. Apenas atente-se às medidas, para não exagerar e nem falta nada. 

    Como dar soro para cachorro: quantidade precisa ser ideal para o tamanho do animal

    Agora que você já sabe como fazer soro caseiro para cachorro, vem outra dúvida: como dar soro para cachorro? Como essa solução substituirá a água, você pode simplesmente colocá-la no pote de água do cão para que ele possa bebê-la. Outra ideia de como dar soro para cachorro é colocar em uma colher ou seringa e ir oferecendo aos poucos na boca do animal. Uma coisa que se deve prestar atenção ao dar soro caseiro para cachorro é a quantidade. Um cachorro filhote, por exemplo, necessita apenas de 3 colheres de sopa de soro caseiro para cachorro. Para os cachorros pequenos de até 2,5Kg, basta 4 a 5 colheres. Já para os maiores, você pode seguir a proporção de ¼ de xícara de soro caseiro para cachorro para cada 2,5 Kg do peso do seu animal. 

    Redação: Maria Luísa Pimenta

    Anatomia felina: tudo sobre a respiração do gato, funcionamento do sistema respiratório, gripe em gatos e mais

    Próxima matéria

    Anatomia felina: tudo sobre a respiração do gato, funcionamento do sistema respiratório, gripe em gatos e mais

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?
    Passeio

    Hotel pet friendly: como funcionam as hospedagens que aceitam cachorros?

    Viajar com cachorro é uma experiência incrível, mas que precisa de atenção. O primeiro passo é procurar por um hotel pet friendly - isto é, um hotel ou pousada que aceita animais de estimação - para que tudo seja perfeito. Existe hotel que aceita cachorro, mas que tem algumas limitações como quantidade de pets por quarto e que tem restrições quanto ao porte do animal (a maioria costuma aceitar apenas animais pequenos ou, no máximo, de porte médio). No entanto, também existem hotéis totalmente pet friendly que são praticamente o paraíso na terra para os nossos amiguinhos de quatro patas.

    Bicheira ou berne em cachorro: o que é, tratamento e como evitar que seu pet tenha o problema
    Saúde

    Bicheira ou berne em cachorro: o que é, tratamento e como evitar que seu pet tenha o problema

    A berne em cachorro - ou bicheira, como é popularmente conhecida - é um problema mais comum do que parece, principalmente na zona rural, onde há mais presença de moscas e insetos. Causada pelas larvas da mosca varejeira, essa doença se desenvolve embaixo da pele do pet, gerando intenso desconforto para ele a cada vez que o parasita se mexe ou se desenvolve no tecido subcutâneo. Você, certamente, não quer ver o seu cãozinho com dor, não é mesmo? Então, pensando nisso, preparamos uma matéria especial com dicas de como tirar berne de cachorro - caso ele já esteja passando por isso - e, ainda, com os principais cuidados para que esse incômodo nem apareça. Vem conferir!

    Você está pronta para ser
    Adoção

    Você está pronta para ser "mãe" de cachorro ou gato? As alegrias e desafios de adotar um pet

    Muito se discute sobre o termo “mãe de pet”. Algumas pessoas defendem o óbvio: não é biologicamente possível ter um filho de outra espécie. Mas quem já passou pela experiência de adotar cachorro ou gato sabe que os sentimentos que vão sendo construídos dia após dia, na convivência com o pet, são realmente fortes. Quando menos se espera, a palavra “filho” é utilizada para chamar o animal ou em um momento de carinho. Isso sem falar nas mudanças na rotina e na companhia constante. Naturalmente essas relações se estreitam e viram lindas histórias de família.

    Nome de cachorro: o guia definitivo para você decidir como vai chamar seu pet
    Adoção

    Nome de cachorro: o guia definitivo para você decidir como vai chamar seu pet

    Dar as boas vindas a um cachorro em casa é sempre motivo de muita alegria, mas a não ser que você já tenha um nome decidido anteriormente, batizar o novo integrante da família nunca é a tarefa mais simples do mundo. Se você precisa levar a opinião de muita gente em consideração, então, a decisão final fica ainda mais complicada. Por isso, nós resolvemos te ajudar com o guia definitivo com dicas para facilitar o processo + sugestões de nomes para várias raças diferentes de doguinhos: com certeza, você vai conseguir achar um par ao seu amigo!

    Ver Todas >

    Cio de cachorro: 6 curiosidades comportamentais sobre a fêmea nesse período
    Saúde animal

    Cio de cachorro: 6 curiosidades comportamentais sobre a fêmea nesse período

    Durante o cio de cadela, a cachorra passa por algumas mudanças comportamentais. Isso acontece porque nesse período há um aumento nos níveis de hormônios, o que acaba influenciando diretamente o comportamento da cachorra. Assim, o momento do cio de cachorro fêmea acaba sendo um momento sensível tanto para ela quanto para o tutor. Entender o que se passa com a cadela no cio é o primeiro passo para aprender a lidar melhor com o pet nesse período.

    Gato com diarreia: o que fazer?
    Saúde animal

    Gato com diarreia: o que fazer?

    O gato com diarreia é motivo de preocupação, pois este é um forte indicativo de que algo não vai bem no sistema digestivo do seu felino. A diarreia em gatos pode atingir desde o filhote ao gato adulto e saber como prevenir ou agir neste momento, até a próxima visita ao veterinário, pode ajudar o seu pet a lidar com esse problema que pode ser muito desagradável aos felinos e tutores. O Patas da Casa reuniu algumas informações muito importantes para ajudar você, que busca evitar mais sofrimento ao felino, mas não sabe oque fazer ao ver seu gato com diarreia.

    Fezes de cachorro com gosma: o que pode ser?
    Saúde animal

    Fezes de cachorro com gosma: o que pode ser?

    Normalmente, o cocô de cachorro apresenta uma coloração amarronzada e consistência firme. Quando sua aparência se torna diferente, é importante ligar o sinal de alerta. Um dos problemas mais observados é a presença de sangue nas fezes do cachorro. Porém, existe outra condição comum que chama a atenção: as fezes de cachorro com gosma. Existem diversos motivos por trás dessa condição. Muitas vezes, as fezes de cachorro com muco são apenas consequência de mudanças alimentares. 

    Infecção no pênis de cachorro: o que é, quais as causas e o que fazer
    Saúde animal

    Infecção no pênis de cachorro: o que é, quais as causas e o que fazer

    Devido a sua sensibilidade e exposição, o pênis de cachorro, sem um cuidado e higiene adequados, pode desenvolver algumas infecções. Além de ocasionar graves ferimentos ao órgão do animal, esses males podem comprometer o pênis do cachorro e trazer muita dor, principalmente no momento de urinar. Para evitar este sofrimento ao seu pet, é importante inspecionar a saúde geral do animal.

    Ver Todas >