close
Vômito

Seu gato vomita com frequência? Entenda o que pode ser e se está na hora de levá-lo no veterinário

Gato vomitando é um sintoma comum de várias infemidades
Gato vomitando é um sintoma comum de várias infemidades

Se você já viu seu gato vomitando, com certeza já se questionou se esse é um comportamento normal ou pode indicar um problema de saúde. A frequência dos vômitos vão determinar isso: se o gato vomita com uma frequência alta, como todo dia, é importante ligar o alerta. Agora se os vômitos ocorrem de vez em quando, pode ser um sinal de bolas de pelos ou até mesmo um leve desconforto no sistema digestório - situações que podem até ser evitadas com cuidados específicos. Outra coisa também deve ser observada no gato vomitando é o aspecto do vômito, que pode ser de diferentes cores e texturas. O Patas da Casa reuniu algumas informações para te ajudar a saber quando é a hora de se preocupar com seu gato

Gato vomitando: o que pode ser?

O motivo mais comum para um gato vomitando é a liberação de bolas de pelo que o pet engoliu durante a autolimpeza. Esse tipo de vômito de gato costuma tem uma consistência mais firme e pode ser facilmente reconhecido pela quantidade de pelos. No entanto, existem vários motivos que podem deixar o gato vomitando muito. Descobrir a causa do vômito de gato pode ser menos complicado do que você imagina. Além de observar o comportamento do gato (como apatia, falta de apetite e fraqueza, por exemplo), a coloração do vômito pode te ajudar a identificar a causa do problema. Veja a seguir:

  • Espuma branca: esse aspecto costuma ser consequência de uma irritação no intestino, como a gastrite. Entretanto, o gato vomitando espuma branca também pode estar sofrendo com insuficiência hepática, diabetes e insuficiência renal;
  • Coloração amarela: essa característica indica que o felino está expelindo bile, que se trata de um líquido que ajuda na digestão. O gato vomitando amarelo pode ser consequência de longos períodos em jejum, presença de parasitas ou ingestão de um corpo estranho.
  • Coloração marrom: geralmente acontece com o gato vomitando ração. Marrom costuma ser a cor do alimento em que os bichanos consomem e isso pode ser consequência de um problema alimentar. A coloração ainda pode acusar doenças mais graves, como linfomas alimentares, gastrite e parasitas.
  • Coloração vermelha: esse aspecto pode indicar que o gato está vomitando sangue. O que pode ser consequência de problemas de coagulação, tumores, úlceras estomacais e outras questões mais graves. 

Seja qual for a característica, se os vômitos virarem rotina é super importante levar o gato no veterinário para um check-up. O gato vomitando sangue ou fezes se trata de urgência - ou seja, oferece risco à vida do animal - e precisa de atendimento imediato.

No geral, os vômitos também podem acusar alergias, regurgitação, insuficiência renal, complicações hepáticas, pancreatite e doença inflamatória intestinal. As mudanças na alimentação ou até mesmo a chegada de um novo animal em casa e o deslocamento para um novo lar também podem causar o vômito em gatos.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    O gato vomitando sangue é uma situação de emergência, que precisa de atendimento médico imediato
    O gato vomitando sangue é uma situação de emergência, que precisa de atendimento médico imediato

    Mais Lidas

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!
    Saúde animal

    Cinomose: tem cura, o que é, quais os sintomas, quanto tempo dura... Tudo sobre a doença de cachorro!

    Uma das partes mais difíceis de ter um cachorro em casa é o momento em que eles adoecem — e isso piora quando a doença é das mais sérias, como a cinomose. Causada por um vírus, se não for tratada da forma correta, a cinomose em cães pode ser fatal não apenas para o que foi infectado primeiramente, mas para todos os que estiverem em contato com ele. Para entender um pouco mais sobre o que é cinomose canina, seus sintomas, causa e o tratamento, o Patas da Casa conversou com a veterinária Kelly Andrade, do Paraná. Dê uma olhada, aqui embaixo, nas instruções da profissional!

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser
    Saúde animal

    Feridas em cachorro: veja as mais comuns que atingem a pele do animal e o que pode ser

    As feridas em cachorro podem ter muitas causas e é preciso avaliar a gravidade da situação. Se o seu cão surgiu algum arranhão ou machucados de leve depois de brincar muito com outros animais, o melhor é observar, mas se as feridas na pele do cachorro apareceram do nada você precisa ficar atento e buscar ajuda veterinária. Pode ser um caso de dermatite, alergia de contato ou até picada de algum parasita. O Patas da Casa preparou um guia com as feridas de cachorro mais comuns. Vamos conferir?

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?
    Saúde animal

    Gato no cio: de quanto em quanto tempo acontece e quanto tempo dura?

    Gatos são animais conhecidos pelas suas frequentes fugas quando estão no cio, mas você sabe por quê? Sabe a partir de qual idade a fêmea pode ter o primeiro cio? Esse período pode ser bastante estressante para o felino - e também para o dono -, pois o comportamento do animal muda bruscamente. Está preparado e já está ciente de quanto tempo dura o cio do gato? Nessa matéria vamos tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto. Vem com a gente!

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!
    Saúde animal

    Doença do carrapato: sintomas, tratamento, tem cura... Tudo sobre o parasita em cachorros!

    A doença do carrapato é uma das mais conhecidas entre os pais de pet e também uma das mais perigosas para os cachorros. Transmitida pelo carrapato marrom, bactérias e protozoários invadem a corrente sanguínea e os sintomas variam de acordo com o grau da doença e podem causar coloração amarela na pele e mucosas, distúrbios de coagulação, manchas vermelhas espalhadas pelo corpo, sangramento nasal e, em casos mais raros, problemas neurológicos e até mesmo a morte do cachorro. Para ajudar a esclarecer dúvidas sobre a doença do carrapato, o Patas da Casa entrevistou a veterinária Paula Ciszewsi, de São Paulo. Confira abaixo!

    Gato vomitando muito: quando é a hora de levar o pet no veterinário?

    Mesmo que em alguns casos a motivação do gato vomitando seja algo sem muita gravidade, até mesmo as bolas de pelo podem ser sintomas de alguma doença. Por isso, é importante saber quando levar o felino ao médico veterinário para investigar a situação. Quando os vômitos acontecem com grande frequência é muito válido que o pet seja levado para um check-up. A urgência é ainda maior caso ele esteja apresentando outras complicações, como diarreia, febre ou falta de apetite. Vale lembrar que muitas enfermidades possuem maior chance de recuperação caso sejam descobertas logo no início dos sintomas. Por isso, não espere a piora dos sintomas para buscar ajuda de um profissional.

    Remédio caseiro para gato vomitando: é recomendado?

    Para ajudar um gato vomitando muito, a primeira recomendação é não oferecer água e comida no momento em que o gatinho está passando mal. Um período de jejum é o ideal para que o bichano se recupere até que o estômago não esteja tão sensível. A dieta deve voltar a ser oferecida de forma branda.

    Mas e quanto aos remédios caseiros para o gato parar de vomitar? O catnip ou erva do gato e outras graminhas para felinos costumam ser indicados como uma solução natural para acalmar o estômago dos felinos. No entanto, é recomendada apenas para vômitos esporádicos e que não apresentem sinais de gravidade.  

    Redação: Hyago Bandeira

    Piodermite canina: 10 perguntas e respostas sobre a doença que atinge a pele do cachorro

    Próxima matéria

    Piodermite canina: 10 perguntas e respostas sobre a doença que atinge a pele do cachorro

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?
    Saúde

    Reiki veterinário: como essa terapia holística pode ajudar os cães e gatos?

    O reiki é uma terapia holística muito comum entre os humanos, mas você sabia que o seu pet também pode aproveitar os benefícios desse tratamento? O reiki veterinário é uma técnica de cura pelas mãos que busca alinhar os centros de energia do corpo - chamados de chakras -, promovendo o equilíbrio energético do corpo e melhorando a saúde física, mental e espiritual do animal. Que tal entender como o reiki pode ajudar na hora de cuidar de cachorro e até a melhorar o comportamento do gato? Vem que a gente te explica tudo que você precisa saber sobre o assunto!

    Cães e gatos pretos: por que eles são mais rejeitados na hora da adoção?
    Histórias reais

    Cães e gatos pretos: por que eles são mais rejeitados na hora da adoção?

    Na hora de adotar um pet, muita gente nem imagina a dificuldade que é conseguir arranjar uma família para os bichinhos de pelagem mais escura. Seja um gato preto filho ou um cachorro preto grande: eles raramente são escolhidos pelos adotantes. Mas por que isso acontece, afinal? Pesquisas feitas pela ASPCA, American Society for the Prevention of Cruelty to Animals, revelam pelo menos dois motivos para que os animais de cor preta sejam mais rejeitados na hora da adoção: a Síndrome do Grande Cachorro Preto e a ideia de que o gato preto está ligado a superstições.

    Gato vomitando: veja as possíveis causas do vômito e saiba o que fazer!
    Vômito

    Gato vomitando: veja as possíveis causas do vômito e saiba o que fazer!

    O gato vomitando não é motivo para desespero! Quem tem um felino para chamar de seu sabe que não é nada raro encontrar um vômito de gato espalhado pela casa, né? Felizmente, na maioria das vezes, a surpresinha desagradável pode estar associada a causas bem corriqueiras, tipo a bola de pelos ou uma simples regurgitação. Mesmo assim, é muito importante ficar atento ao comportamento do gato e se certificar de que o problema não é resultado de algo mais grave.

    Gato com diarreia? Saiba o que fazer imediatamente e quando levar ao veterinário
    Diarreia

    Gato com diarreia? Saiba o que fazer imediatamente e quando levar ao veterinário

    Gato com diarreia não é uma condição rara, mas precisa de alguns cuidados. Assim como acontece com o organismo humano, o dos felinos também demonstra alguma fragilidade através de desordem intestinal. Troca de ração, vermes, vírus, alimento estragado ou até mesmo desidratação podem causar diarreia em gatos.

    Ver Todas >

    Dirofilariose canina: saiba mais sobre o verme do coração que atinge os cães
    Saúde animal

    Dirofilariose canina: saiba mais sobre o verme do coração que atinge os cães

    A dirofilariose canina é uma doença silenciosa que pode afetar gravemente a saúde dos pets. Conhecida popularmente como a patologia do verme do coração, a transmissão da doença acontece por meio de uma simples picada de mosquito e pode levar o cachorro a óbito de maneira repentina. Para lidar com a dirofilariose, todo cuidado é pouco! 

    Fluidoterapia em gatos: tudo que você precisa saber sobre o tratamento usado em gatos renais crônicos
    Saúde animal

    Fluidoterapia em gatos: tudo que você precisa saber sobre o tratamento usado em gatos renais crônicos

    Você já ouviu falar em fluidoterapia em gatos? Muito comum em casos de insuficiência renal em gatos, a fluidoterapia em felinos é um tratamento de suporte que promove a hidratação do animal. É um procedimento versátil que pode ser aplicado de diversas maneiras e com fluidos específicos para cada situação. Para tirar todas as dúvidas sobre a fluidoterapia em gatos, o Patas da Casa conversou com a veterinária especialista em gato e dona do Diário Felino Jéssica de Andrade.

    Gato com FIV pode conviver com outros gatos?
    Saúde animal

    Gato com FIV pode conviver com outros gatos?

    A FIV felina é considerada uma das doenças mais perigosas. Além de toda a preocupação ao resgatar ou adotar um gatinho, existe outra questão que precisa de cuidado: a fácil transmissão. Existem testes que detectam a patologia, e é necessário realizá-los antes de levar um novo gato para casa - especialmente se tiver outros gatos. O gato com FIV pode acabar transmitindo a doença para os outros residentes se não houver nenhum tipo de cuidado.

    Vermes em gatos: saiba mais sobre a dirofilariose felina
    Saúde animal

    Vermes em gatos: saiba mais sobre a dirofilariose felina

    A dirofilariose em gatos é uma doença em que os parasitas se alojam na corrente sanguínea do pet e pode chegar até o coração - por isso também é chamada de doença do verme de coração. O problema é uma das doenças causadas por tipos vermes de gato. A dirofilariose também pode atingir os cães e é temida por ser uma complicação de saúde muito perigosa para ambos os pets. 

    Ver Todas >