Cachorro

Secreção no pênis do cachorro é normal? Quando deve ser motivo de preocupação?

Publicado - 18 Setembro 2020 - 13h22

Atualizado - 02 Maio 2024 - 10h20

Anna Carolina Tinti / Clínica e cirurgia de pequenos animais

CRMV CRMV: 25614-SP

Formada em Medicina Veterinária pela Universidade Anhembi Morumbi em 2008 e pós-graduada em Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais pela Instituto Quallitas, em 2012.

Juliana Melo / Repórter

Jornalista formada pela Facha (Faculdades Integradas Hélio Alonso). Sempre amei o universo pet e meu sonho sempre foi ter um cachorro ou gato, mas essa ainda é uma realidade um pouco distante pra mim. Me sinto um pouco Felícia perto dos bichinhos, e acho fantástico poder entender um pouco melhor o comportamento deles e ajudar tantos tutores por aí!

A oportunidade de entrar na equipe do Patas da Casa foi incrível, porque apesar de não ter um pet, sempre tive muita vontade de conhecer e compreender melhor esse universo. Hoje me sinto praticamente uma ‘expert’ em comportamento de cães e gatos e uma das maiores incentivadoras da adoção animal.

• Filme com animal preferido: “Sempre ao Seu Lado”
• Uma raça de cachorro: Dachshund
• Uma raça de gato: Maine Coon
• A curiosidade favorita sobre cachorros: A maneira como um cão se comporta depende principalmente da criação que ele recebe
• A curiosidade favorita sobre gatos: Os gatos enxergam os humanos como seus semelhantes (basicamente como se fôssemos gatos gigantes)
• Sobre o que mais gosta de escrever no universo pet: Comportamento animal
• Um aprendizado: Adotar um cachorro ou gato é uma das decisões mais bonitas que alguém pode tomar, mas que precisa ser feita com muita responsabilidade
• Nome de pet favorito: Bilbo

Não é muito difícil perceber quando algo está errado com a saúde do cachorro. Geralmente, o próprio cão dá indícios disso, ainda mais se for na região genital: ele tende a lamber essa área de forma exagerada, mostrando que tem alguma coisa o está incomodando. Mas além disso, também é possível perceber que, em alguns casos, o cachorro libera uma secreção pelo pênis, o que costuma preocupar bastante os tutores. Será que essa é uma situação normal ou pode ser indicativo de doença? Entrevistamos a médica veterinária Anna Carolina Tinti, do Hospital Vet Popular, para entender o que isso significa e quando o tutor deve se preocupar com a possibilidade de doenças, como a balanopostite canina.

Secreção pode ser esmegma canino, que é uma condição normal

Ao contrário do que se pensa, nem sempre o líquido que sai do pênis do cachorro é motivo de preocupação. Segundo a médica, o cachorro com secreção de coloração amarelada e/ou discretamente esverdeada, sem odor ou lesões locais no pênis é uma situação comum, e que acontece principalmente por questões fisiológicas. “Essa secreção é chamada de esmegma canino e é uma condição fisiológica que ocorre devido ao acúmulo de restos celulares e sujidades nos órgãos sexuais do cão, mas não indica nenhuma doença”, explica.

Secreção no pênis do cachorro pode indicar infecções, como a balanopostite canina

Embora o esmegma canino seja considerado algo totalmente normal na rotina dos cães, vale ficar atento a qualquer aspecto diferente, pois algumas secreções podem, sim, indicar quadros infecciosos. “Cachorro com secreção de coloração amarronzada ou avermelhada que indica a presença de sangue, ou até mesmo com odor fétido, podem indicar infecções no órgão genital do cão e deve ser examinado por um médico veterinário”, orienta Anna.

Imagem Quiz:Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

Preencha todos os campos para participar.

É só preencher e começar!

Escolha uma opção abaixo

Para saber como distinguir o esmegma canino de possíveis infecções, a dica é simples: basta observar a coloração e se há alguma alteração no pênis do cachorro. De acordo com a profissional, se a área estiver inchada, com sensibilidade dolorosa e/ou apresentando secreção de coloração anormal, o animal deve ser examinado o quanto antes. Um dos principais quadros que podem acontecer, inclusive, é a balanopostite canina, que geralmente é causada pelo herpesvírus canino, bactérias, traumas ou devido a presença de um corpo estranho no pênis do cachorro.

 

Cachorro amarelado se lambendo sentado na areia de praia
Balanopostite: cachorro tende a lamber a região do pênis excessivamente

 

Balanopostite: cachorro apresenta secreção purulenta, mas pode ter outros sintomas

A veterinária alerta que um dos principais sintomas da balanopostite canina, além da secreção purulenta, é o inchaço e vermelhidão na região do pênis devido ao processo inflamatório e infeccioso. “O animal se sente bem incomodado e lambe constantemente o local. Também pode apresentar febre e sangramentos na região do pênis, além do aparecimento de úlceras locais”, destaca. Além disso, vale destacar que este é um quadro que pode acometer cachorros machos de qualquer idade, mas, segundo a médica, é mais comum no cachorro idoso e que não é castrado.

Balanopostite em cachorro: tratamento precisa ser prescrito por um veterinário

Se houver qualquer suspeita de qualquer inflamação ou infecção no pênis do cachorro, não deixe de consultar um veterinário. O tratamento deve ser realizado com remédio para balanopostite canina ou para a doença em questão, que deve ter o diagnóstico confirmado pelo veterinário. “O tratamento é realizado com anti-inflamatórios e antibióticos”, conta Anna Carolina. De toda forma, vale destacar que o uso de qualquer tipo de medicamento sempre deve ser supervisionado por um profissional, seja um antibiótico para balanopostite em cachorro ou qualquer outro remédio. Então nada de medicar seu pet por conta própria, hein? Muitas pessoas logo procuram “balanopostite cachorro tratamento caseiro” na internet como se essa fosse a melhor alternativa, mas a verdade é que só o veterinário do seu bichinho poderá indicar a melhor solução.

Além disso, a higienização correta da região do pênis do cachorro também faz parte do tratamento: “É orientada a limpeza local com medicamentos antissépticos e pomadas cicatrizantes. É importante descartar se há alguma causa primária, como tumores ou abscessos e, desse modo, definir o protocolo de tratamento necessário para cada caso”, explica a profissional.

Redação: Juliana Melo

Faz mal dar calmante para cachorro? O vet do meu cãozinho disse que somente nessas situações é recomendado o uso

Você já se perguntou em algum momento se pode dar calmante para cachorro? Tem tutores que procuram o medicamento para lidar com o co...

O que acontece se um cachorro grande cruzar com uma cadela pequena?

O cruzamento de cachorro faz parte do comportamento natural e instintivo desses animais. Os machos estão sempre prontos e disponívei...

Alimentação

Veja o motivo desta comida ser considerada a pior de todas para a saúde do seu cachorro

Nem tudo que a gente come é liberado para os cães. Alguns alimentos, inclusive, são considerados bastante tóxicos e prejudiciais par...

Raças

Cachorro inteligente: essas são as raças que vão se sair melhor nas aulas de adestramento, segundo especialistas

A inteligência canina não pode ser subestimada e nem comparada com a humana. Afinal, estamos falando de duas espécies bem diferentes...

Faz mal dar calmante para cachorro? O vet do meu cãozinho disse que somente nessas situações é recomendado o uso

Você já se perguntou em algum momento se pode dar calmante para cachorro? Tem tutores que procuram o medicamento para lidar com o co...

Gato não acredita no que vê quando percebe que seus humanos arrumaram um jeito de vigiar sua intimidade

A câmera para monitorar pet é um ótimo investimento para os tutores que passam muito tempo fora de casa, mas estão sempre preocupado...

Por que os gatos saem correndo depois de usar a caixa de areia? Um dos motivos pode ter a ver com instinto selvagem

Bastante higiênicos, os felinos se acostumam desde cedo a usar a caixa de areia para gatos. Para eles, é algo totalmente natural e q...

O que acontece se um cachorro grande cruzar com uma cadela pequena?

O cruzamento de cachorro faz parte do comportamento natural e instintivo desses animais. Os machos estão sempre prontos e disponívei...

Ver todas