close
Ração

Sachê para cachorro: tudo sobre a ração úmida para cães

Atualizado · 30 de maio de 2022 · 18h03

Publicado · 30/05/2022 · 18h00

  
 
 
       
    O cheiro da ração em sachê é mais intenso, o que já conquista o cão pelo seu olfato pra lá de apurado. O sabor também é mais acentuado, enquanto a textura é bem macia.
O cheiro da ração em sachê é mais intenso, o que já conquista o cão pelo seu olfato pra lá de apurado. O sabor também é mais acentuado, enquanto a textura é bem macia.

Você já conheceu algum cachorro que não gosta de sachê? Não né? A ração úmida, também conhecida como sachê para cachorro, é um alimento com alta palatabilidade e digestibilidade, que faz o maior sucesso com os peludos. É importante diferenciar o sachê de petiscos (que deve ser oferecido como recompensa) da ração em sachê (que é um alimento completo) na hora de comprar, e também oferecer ração seca alternadamente, para que os dentes sejam cuidados também. Quer saber mais sobre sachê para cachorro? É só continuar lendo!

Sachê de cachorro: conheça os benefícios do alimento

É perceptível que o sachê para cachorro abre o apetite do animal, né? Isso não acontece por acaso. O cheiro da ração em sachê é mais intenso, o que já conquista o cão pelo seu olfato pra lá de apurado. Quando ele come, sente também um gosto mais acentuado e uma textura de dar água na boca. Essa é a razão pela qual o sachê de cachorro é campeão nas estratégias para fazer o animal se interessar mais pela comida, mas não é o único benefício que esse tipo de ração proporciona:

Hidrata e previne problemas nos rins: alguns tutores encontram muita dificuldade para manter o cachorro hidratado. Alguns cãezinhos simplesmente não bebem água, não importa quantos potinhos encontrar, e podem acabar desenvolvendo doenças renais. Nesse cenário, a ração úmida cumpre a função de aumentar a hidratação, já que sua fórmula contém ao menos 70% de líquido.

Boa opção para cães idosos: quando chegam ao fim da vida, cachorros podem perder alguns dentes e, com isso, passarem por dificuldades na hora de se alimentarem. Além da textura macia, o sachê para cachorro contribui para a alimentação de cachorros idosos abrindo o apetite e fornecendo os nutrientes necessários para essa etapa da vida.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
      
 
 
       
 Sirva o sachê para cachorro substituindo ou complementando a ração seca, sem exagerar na porção!
    Sirva o sachê para cachorro substituindo ou complementando a ração seca, sem exagerar na porção!

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Quando o assunto é a alimentação de um pet, muitas dúvidas podem surgir: o que o cachorro não pode comer? cachorro pode comer couve? Pode dar brócolis para cachorro? Ou ainda se cachorro pode comer abobrinha? Muitos tutores questionam se podem oferecer verduras e legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de serem muito saudáveis, esses tipos de alimentos ajudam a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas.

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Alimentação de filhotes de cachorro: amamentação, desmame, papinha, ração... Tudo que você precisa saber!
    Alimentação animal

    Alimentação de filhotes de cachorro: amamentação, desmame, papinha, ração... Tudo que você precisa saber!

    Ter um cachorro filhote é tudo de bom, mas requer alguns cuidados, principalmente quando se trata da alimentação do animal. Ao contrário dos cães adultos que já têm uma dieta basicamente definida, os filhotes de cachorro passam por várias etapas de transição até poder consumir alimentos mais sólidos. Além disso, a ração para cachorro filhote é totalmente diferente da que é oferecida para os cachorros adultos.

    Sachê de carne para cachorro: alternativa pode ser mais segura que oferecer carne in natura

    Cachorros são animais onívoros que pertencem à ordem dos carnívoros. Isso significa que, apesar de se alimentar também com vegetais, os cães têm uma anatomia que favorece o consumo de carne - com caninos pontiagudos, por exemplo - além de uma grande necessidade de ingerir proteínas. É por isso que a carne não pode deixar de fazer parte da dieta canina.

    Uma dúvida bem comum aos tutores é sobre como oferecer a carne: crua ou cozida? A verdade é que, escolhendo uma boa ração, oferecer carne para cachorro é totalmente dispensável. Mas se você quer dar esse prazer gustativo para o seu dog, que tal apostar no sachê de carne? A maioria das marcas utiliza pedaços de carne cozidos no vapor, com um molho pra lá de saboroso umidificando a ração. É prático, seguro e saudável!

    Cuidados com o sachê: cachorro também precisa mastigar a ração seca

    Mesmo observando que o cachorro come melhor o sachê, é fundamental continuar servindo a ração seca, que é super importante para desenvolver a mastigação e para que os dentes do cão fiquem mais protegidos do tártaro. Por isso, ofereça o sachê em refeições esporádicas ou misture os dois tipos de ração na hora de servir. Tome cuidado para não exagerar na quantidade! A ração úmida é tão nutritiva quanto a seca, o que significa que deixar o pet comer à vontade pode deixá-lo obeso.

    Pode dar sachê para cachorro filhote?

    Após o desmame, que acontece por volta do fim do primeiro mês de vida do cachorro filhote, o tutor deve começar a servir uma ração adequada a essa faixa etária. O que muita gente percebe nesse momento é que a dentição do animal ainda está longe de estar completa. Dentinhos de filhote são bem frágeis e podem não conseguir quebrar a ração seca de forma eficiente. É aí que entra a ração úmida, que pode ser misturada aos grãos secos - como uma forma de complemento - ou servida pura ao filhotinho de cachorro.

     

      
 
 
       
   A ração em sachê pode vir em pedaços ou em forma de patê.
    A ração em sachê pode vir em pedaços ou em forma de patê.

    Além de ser mais fácil de mastigar, o sachê também é atraente ao cãozinho devido ao seu cheiro e sabor mais acentuado. Outro ponto positivo tem a ver com a hidratação do cachorro: esse tipo de ração tem mais água em sua composição, o que é de grande ajuda quando o filhote ainda está aprendendo a ter autonomia e a procurar água para beber. Lembre-se que, no início da vida do cachorro, a amamentação é suficiente para alimentá-lo e hidratá-lo.

    Como fazer sachê para cachorro: receitas caseiras precisam ser recomendadas por veterinários

    Hoje em dia existem diversos tipos de sachê para cachorro: para filhotes, adultos e idoso de raças pequenas ou grandes, com sabor de carne, de frango, de peixe ou veganos e até fórmulas desenvolvidas para cães com condições especiais, com baixo ou alto teor de calorias, com pouco fósforo ou com ingredientes específicos para ajudar no tratamento de problemas de pele, intestinais e renais, por exemplo.

    Dentre as opções, também é comum encontrar sachê para cachorro feito com ingredientes naturais, sem corantes ou conservantes. Ou seja: com tantas alternativas - inclusive de preço - é mais vantajoso e garantido escolher uma marca de ração da sua confiança do que tentar uma receita caseira improvisada e acabar não nutrindo seu cachorro como ele precisa.

    Se você não abre mão de preparar o alimento do seu amigo de quatro patas, a atitude correta é marcar uma consulta com um veterinário especializado em nutrição e solicitar uma dieta específica para o seu cão. Depois de verificar o estado de saúde do peludo, o profissional vai poder sugerir a melhor combinação de ingredientes, o modo de preparo que conserve seus nutrientes e a porção adequada.

     

    Veja infográfico e descubra quais frutas que cachorro pode comer

    Próxima matéria

    Veja infográfico e descubra quais frutas que cachorro pode comer

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro
    Grandes

    Galgo Afegão: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro

    O Galgo Afegão, também chamado de Afghan Hound, é um cachorro originário do Oriente Médio com aparência exótica e charmosa, difícil de passar despercebido. O que poucas pessoas sabem é que, por trás da postura elegante e independente do cão Afegão, existe um ótimo companheiro de quatro patas, cheio de energia para gastar e amor para dar. Mas o que é necessário saber sobre essa raça de cachorro antes de comprar ou adotar um exemplar? Como é a personalidade do Afghan Hound e que cuidados são necessários com o cãozinho? 

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana
    Grandes

    Cane Corso: tudo que você precisa saber sobre a raça de cachorro gigante de origem italiana

    Um dos cãezinhos mais surpreendentes é o Cane Corso. Embora ele não seja tão popular quanto outras raças de cachorro grande, como o Labrador e o Golden Retriever, o Cane Corso é dono de um enorme coração e tem uma personalidade incrível. Algumas pessoas podem até se intimidar com o tamanho e a postura imponente do doguinho, mas só quem convive com um Cane Corso sabe como estes cães são adoráveis e carinhosos.

    Bichon Frisé: tudo sobre a raça de cachorro pequeno (+ galeria com 50 fotos)
    Pequenos

    Bichon Frisé: tudo sobre a raça de cachorro pequeno (+ galeria com 50 fotos)

    Dentre tantas raças de cachorro que existem pelo mundo, uma que certamente merece destaque é o Bichon Frisé. Esse pequeno cãozinho já é capaz de conquistar vários admiradores só por causa da sua aparência fofinha e felpuda, mas não é só isso que chama a atenção na raça: o cachorro Bichon Frisé também é super carismático e afetuoso. Por isso, é bem difícil não se apaixonar por ele. 

    Tudo sobre o cachorro Boxer: origem, personalidade, saúde, características físicas e cuidados
    Grandes

    Tudo sobre o cachorro Boxer: origem, personalidade, saúde, características físicas e cuidados

    Se você sempre sonhou em ter um cachorro grande dentro de casa, a raça Boxer certamente é uma opção que não vai te decepcionar. Por trás da aparência robusta e que pode ser considerada até um pouco intimidante para alguns, existe um cãozinho companheiro e com muito amor para oferecer aos seus humanos. Conheça um pouco mais sobre o comportamento da raça, cuidados com a saúde e quanto custa um cachorro Boxer.

    Ver Todas >

    Troca de ração de cachorro: passo a passo de como substituir sem traumas
    Alimentação animal

    Troca de ração de cachorro: passo a passo de como substituir sem traumas

    São muitas as situações em que a troca da ração de cachorro é necessária. No início da vida, o pet come a ração para filhote de cachorro, rica em nutrientes essenciais para o desenvolvimento sadio do animal. Depois, precisa mudar a ração para a versão adulta. Ao ficar mais velho, é a vez da ração para cachorro idoso, que previne problemas de saúde típicos da idade. Além disso, a troca de ração pode ser recomendada também por problemas de saúde. 

    Desmame de gato: passo a passo para introduzir ração de gato filhote
    Alimentação animal

    Desmame de gato: passo a passo para introduzir ração de gato filhote

    Trocar o leite pela ração de gato filhote é um processo que todo gatinho deve passar. O leite materno é fundamental para promover um desenvolvimento físico e até mesmo psicológico de forma saudável. Mas a amamentação felina só deve ocorrer por um certo período, e a alimentação do gato filhote precisa ser trocada pela ração, que tem os nutrientes fundamentais para completar o desenvolvimento do pet.

    Gato pode comer ovo? Descubra se o alimento é liberado ou não!
    Alimentação animal

    Gato pode comer ovo? Descubra se o alimento é liberado ou não!

    Quando o assunto é alimentação dos gatos, é comum que os tutores tenham dúvidas sobre o que pode ou não fazer parte da dieta do bichano. Afinal, é sempre bom diversificar servir petiscos naturais e diversificados para o pet. Já sabemos que cachorro pode comer ovo, mas e gato? Pode comer ovo também? Assim como os cães, existem alguns felinos que são simplesmente apaixonados pelo alimento, enquanto outros não dão a mínima.

    Ração urinária: como funciona o alimento para gatos?
    Alimentação animal

    Ração urinária: como funciona o alimento para gatos?

    Hoje em dia, existe uma ampla gama de opções de ração para gatos nos pet shops. Algumas delas, inclusive, são formuladas especialmente para tratar doenças, como a ração para trato urinário. Gatos que apresentam doença renal crônica, quando são alimentados adequadamente, ganham muito em qualidade de vida. Veja a seguir quais são os diferenciais da ração urinária e quando ela deve - ou não - ser servida.

    Ver Todas >