Ração

Ração úmida ou seca para cachorros: qual é a melhor?

A ração seca pode ficar mais tempo exposta nos potes dos animais, mas pode não ser ideal para cães mais duros.
A ração seca pode ficar mais tempo exposta nos potes dos animais, mas pode não ser ideal para cães mais duros.

A ração é uma das principais preocupações de quem tem um amigo de 4 patas em casa. Quando o assunto é alimentação, várias dúvidas surgem: o que ele pode comer, qual é melhor, que tipo de ração é adequada para o meu pet? As versões seca e úmida são os tipos de alimento mais populares e com a diversidade de opções no mercado, fica até difícil escolher o que se adequa mais ao seu bichinho. Se esse é o seu caso e você não consegue decidir qual comida é melhor para o seu cachorro, tire todas as suas dúvidas aqui e descubra como alimentá-lo melhor.

Ração seca custa menos e é melhor para os dentes

A ração seca, geralmente, é a mais comum de ser encontrada no mercado. Ela cabe em todos os bolsos, pois costuma ser mais barata em relação à ração úmida. Também é mais prática, dura mais e é mais fácil de ser armazenada, podendo ficar por mais tempo no pote de comida para o cachorro. Outro ponto muito positivo da ração seca é limpar os dentes do animal no momento da mastigação. Você encontra ela em grande variedade para atender ao perfil do seu animal. Os cães mais idosos, por exemplo, pode comer rações que tenham grãos mais macios, evitando a perda de dentes. As indicadas para animais castrados ajudam a regular o peso deles, que pode aumentar após a operação. Você também encontra rações preparadas especificamente para filhotes e animais adultos.

Descubra se você é um cachorro ou um gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

No fim de semana, você é o amigo que...?

As férias estão chegando! Vai viajar?

Chegou a hora de escolher a comida! Quem é você?

Que música você escolhe para arrasar no karaokê?

E sobre seus cuidados de beleza?

Vai ficar em casa com o mozão? Você prefere:

Ihhh, você recebeu uma crítica no trabalho… Como reage?

Você é um cachorro! Você é um gato! Você é um gatorro!
    É importante equilibrar as rações úmida e seca na dieta do seu cachorro para que ele receba os benefícios das duas.
    É importante equilibrar as rações úmida e seca na dieta do seu cachorro para que ele receba os benefícios das duas.

    Mais Lidas

    Cachorro pode comer banana? Descubra os benefícios da fruta e como inserir na alimentação do seu peludo!
    Alimentação animal

    Cachorro pode comer banana? Descubra os benefícios da fruta e como inserir na alimentação do seu peludo!

    As frutas para cachorro são ótimas opções de petiscos para agradar o seu amigo de quatro patas. Os pets podem sim tirar proveito da ingestão de determinadas frutas que são liberadas e não fazem mal. Mas afinal, cachorro pode comer banana? Quais os benefícios dessa fruta para cachorros? Qual a quantidade correta? Posso fazer um petisco para cachorro com esses alimentos? Veja as respostas para todas essas dúvidas!

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Ração úmida: sabor e hidratação

    Muito disponíveis em sachês ou em forma de patê para cachorros, a ração úmida vem em porções menores - o peso do sachê geralmente é de 100g. Essa costuma ser a preferida dos cachorros e isso se deve ao fato de serem mais saborosas, macias e possuírem grande quantidade de água, o que ajuda e muito na hidratação do animal. Diferentemente da ração seca, esse tipo de alimentação tem mais tendência a estragar caso fique exposta no pote de comida do cachorro por muito tempo. A ração úmida pode atrapalhar na higiene oral do seu cachorro, como com o acúmulo de tártaro. Mas, se o seu companheiro não tiver nenhum dente faltando, há petiscos específicos que podem ajudar a limpá-los.

    Refeição ou agrado?

    Apesar de muitos tutores de pet usarem os sachês como um agrado ou alimento esporádico, a ração úmida tem o mesmo valor nutricional de uma ração seca, podendo ser consumida como tal: ela é uma refeição. Tomando os devidos cuidados, o sachê pode ser colocado no pote e ofertado ao cachorro. O importante é que a ração seja específica para o seu amiguinho: se ele é filhote, sempre lembre que a única alimentação a ser dada deve ser a ração para cachorros filhotes, pois somente ela contém os nutrientes e vitaminas necessárias para essa fase de desenvolvimento do animal. É possível encontrar variedades com calorias reduzidas para cães com sobrepeso, produtos específicos para animais com problemas na dentição, e os feitos especificamente para os mais velhos.

    Afinal, qual é a melhor?

    A verdade é que a melhor ração é aquela para a qual o seu cachorro se adapta. Se ele é um pouco mais idoso, ou é um cachorro obeso, talvez a ração úmida - que é servida em porções menores e em horas específicas - seja a mais adequada. Já se é um filhote ou um cão adulto cheio de energia, ou até mesmo o seu estilo de vida não permita ficar atento ao pote de ração a todo o instante, é melhor optar pela ração seca. O que é muito importante é que a dieta de seu dog seja diversificada, incluindo ração úmida e seca, para que ele possa extrair o melhor que há dos dois tipos de refeição.

     

    Por: Karoline Nascimento Miranda

     

    Como escolher o melhor comedouro de cachorro a partir do comportamento dele?

    Próxima matéria

    Como escolher o melhor comedouro de cachorro a partir do comportamento dele?

    Ração para cachorro filhote: qual a melhor opção? Seca, úmida ou ambas? Tudo sobre a alimentação do pet
    Ração

    Ração para cachorro filhote: qual a melhor opção? Seca, úmida ou ambas? Tudo sobre a alimentação do pet

    Depois que param de se alimentar exclusivamente com o leite materno, a ração passa a fazer parte do dia a dia dos filhotes. Como já era de se esperar, é normal que eles precisem de um período de adaptação até se acostumarem com o alimento sólido. Ao mesmo tempo, os donos de primeira viagem — e os que já têm um pouco de prática também — podem ficar com dúvidas sobre a nova rotina alimentar dos bichinhos. Afinal de contas, qual é a melhor ração para cachorro filhote entre as versões seca e úmida? Descubra mais sobre esse e outros detalhes aqui embaixo!

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!
    Adestramento

    Cachorro e gato juntos: 8 truques para melhorar a convivência e 30 fotos para você se apaixonar!

    Durante muito tempo, cachorro e gato foram declarados inimigos. Algumas pessoas acreditavam que onde havia um cão não poderia ter um gato e vice-versa. Se antes eles não tinham o hábito de conviver, hoje moram juntos e alguns até são inseparáveis. Mas atenção! Nem sempre os animais se entendem de primeira e o processo de adaptação requer tempo e paciência do tutor para que aprendam a respeitar a presença um do outro. Para você que tem um cãozinho e um gatinho e precisa de ajuda para adaptá-los, separamos oito truques para melhorar a convivência. O adestrador Max Pablo, do Rio de Janeiro, deu algumas dicas e também conversamos com a cat-sitter Nathane Ribeiro, que tem três gatos e já precisou adaptá-los com um cão. Veja o que eles disseram!

    Onde colocar a comida do cachorro? Saiba também como escolher a melhor opção
    Alimentação

    Onde colocar a comida do cachorro? Saiba também como escolher a melhor opção

    Comida de cachorro sempre envolve muitas dúvidas: quantidade, horários, quantas vezes ao dia, qual a melhor ração, etc. Mas você sabia que os cachorros precisam não só de um local como de uma altura específica para os potes de ração e água não causarem problemas na coluna ou na digestão? Outro ponto muito importante é não colocar a alimentação perto do tapete higiênico ou do jornal onde eles fazem as necessidades. Isso pode causar com que eles não se alimentem ou não aprendam o local de fazer xixi e cocô. Esses espaços devem ser bem delimitados e afastadoS. Os potes também devem ser escolhidos de acordo com a necessidade de cada animal: além do tamanho, existem diferentes materiais. Veja abaixo:

    Alimentação do cachorro idoso: a ração úmida ajuda a abrir o apetite?
    Alimentação

    Alimentação do cachorro idoso: a ração úmida ajuda a abrir o apetite?

    Conforme a velhice se aproxima, cuidar da alimentação do cachorro se torna ainda mais importante para manter o bichinho saudável. Com um nível de energia diferente, o cachorro idoso precisa consumir uma quantidade menor de carboidratos para evitar problemas de saúde, como a obesidade canina. Mesmo que a ração sênior seja formulada para atender as necessidades nutricionais dessa fase da vida, o cãozinho pode rejeitar o alimento por diversos motivos, incluindo a textura, já que os dentes ficam mais frágeis na velhice. 

    Ver Todas >

    Gato pode comer ovo? Descubra se o alimento é liberado ou não!
    Alimentação animal

    Gato pode comer ovo? Descubra se o alimento é liberado ou não!

    Quando o assunto é alimentação dos gatos, é comum que os tutores tenham dúvidas sobre o que pode ou não fazer parte da dieta do bichano. Afinal, ter em mente quais são os alimentos liberados para os felinos é fundamental antes de sair oferecendo qualquer tipo de comida ao seu pet, como o ovo. Assim como os cães, existem alguns felinos que são simplesmente apaixonados pelo alimento, enquanto outros não dão a mínima.

    Armazenar a ração de cachorro do jeito errado favorece a infestação de insetos?
    Alimentação animal

    Armazenar a ração de cachorro do jeito errado favorece a infestação de insetos?

    Cuidar da alimentação do cachorro vai muito além de escolher a melhor ração para o seu amigo de quatro patas, e inclui também saber guardar o alimento direitinho para evitar qualquer tipo de problema. O que poucas pessoas sabem - e percebem - é que a ração para cães favorece bastante a infestação de insetos e parasitas se for armazenada de forma incorreta. Outros fatores que influenciam nesse processo são a exposição do alimento ao sol e umidade. 

    Cachorro não quer comer? Veja o que fazer quando o animal enjoar da ração
    Alimentação animal

    Cachorro não quer comer? Veja o que fazer quando o animal enjoar da ração

    Geralmente, não é difícil agradar o paladar canino. Com a fama de comilões, os cachorros não costumam dar muito trabalho na hora de se alimentar e dificilmente dispensam uma boa refeição. Mas às vezes pode acontecer do doguinho enjoar da ração e, nesses casos, cuidar da alimentação do cachorro se torna um verdadeiro desafio. Então, o que fazer quando o cachorro não quer comer?

    Alimentação do cachorro idoso: a ração úmida ajuda a abrir o apetite?
    Alimentação animal

    Alimentação do cachorro idoso: a ração úmida ajuda a abrir o apetite?

    Conforme a velhice se aproxima, cuidar da alimentação do cachorro se torna ainda mais importante para manter o bichinho saudável. Com um nível de energia diferente, o cachorro idoso precisa consumir uma quantidade menor de carboidratos para evitar problemas de saúde, como a obesidade canina. Mesmo que a ração sênior seja formulada para atender as necessidades nutricionais dessa fase da vida, o cãozinho pode rejeitar o alimento por diversos motivos, incluindo a textura, já que os dentes ficam mais frágeis na velhice. 

    Ver Todas >