Ração

Ração renal para gatos: como o alimento atua no organismo dos felinos?

Ração: gato renal precisa de uma dieta mais específica. Tire suas dúvidas sobre o assunto!
Ração: gato renal precisa de uma dieta mais específica. Tire suas dúvidas sobre o assunto!

Todo mundo sabe que os problemas renais são muito comuns em gatos. Isso acontece, geralmente, por causa de uma alimentação ineficiente e também porque os felinos não têm o hábito de beber água com frequência, o que acaba sendo um motivo para a insuficiência renal em gatos. Quando o quadro é detectado, várias medidas precisam ser tomadas para contornar as consequências dessa grave doença, o que inclui uma mudança na alimentação do animal. A ração renal para gatos, por exemplo, ajuda a manter o bichano com uma boa qualidade de vida, mesmo doente. Quer saber mais sobre o assunto? O Patas da Casa entrevistou a veterinária Simone Amado, que é especialista em nutrição animal , e ela vai te contar tudo o que você precisa saber sobre esse tipo de alimento.

Para que serve a ração renal para gatos e quando pode ser indicada?

Se você tem um gato com problemas renais, é bem provável que o veterinário já tenha sugerido alterações na alimentação do felino. Isso porque, dependendo do caso, o ideal é optar pela ração renal para gatos que, segundo Simone, tem o papel de atrasar a progressão da doença renal crônica e aliviar os sinais clínicos dela, aumentando a qualidade e o tempo de vida do animal. “A ração renal é indicada para gatos em tratamento da doença renal crônica a partir do estágio II”, explica.

Contudo, vale destacar que qualquer mudança no manejo nutricional do seu gatinho deve ser feita com o auxílio de um profissional - de preferência com especialização em nutrição animal -, e nunca por conta própria. “O veterinário é o profissional capacitado para indicar o momento ideal para a mudança no manejo alimentar do gato”, orienta Simone.

Faça o quiz e descubra se você tem alergia a gato!

É só preencher e começar! sem cadastros ou formulários.

Como você fica ao chegar na casa de um amigo que tem um gato?

O que acontece quando se aproxima de gatinhos na rua ou em feiras de adoção?

As crises alérgicas costumam acontecer:

O que acontece quando você fica perto de alguém que está com a roupa cheia de pelos de gato?

Como seu corpo reage ao entrar em contato com um filhotinho de gato na rua?

Quais são os seus sintomas mais comuns durante uma crise alérgica?

O que você faz para melhorar um quadro de alergia?

É bem provável que você tenha alergia a gatos e precise consultar um especialista As crises alérgicas fazem parte da sua rotina, mas será que é por causa dos gatos? Passe livre para ter um gatinho: você não tem alergia aos bichanos!
    A ração para gato com problema renal deve ser recomendada por um médico veterinário
    A ração para gato com problema renal deve ser recomendada por um médico veterinário

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: 15 opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Muitos tutores questionam se podem oferecer legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de ser muito saudável, esse tipo de alimento ajuda a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas. Mesmo se alimentando de ração diariamente, não há uma restrição que impede o cão de comer alimentos gostosos por fora, como vegetais e frutas variadas. O importante é que o tutor respeite a saúde do cachorro e ofereça com moderação, é claro - lembrando que sempre vale conversar com o veterinário antes de qualquer decisão.

    Ração: gato renal precisa de uma alimentação mais específica

    Os rins são órgãos muito importantes, tanto para a saúde dos humanos quanto dos felinos. Conforme a veterinária explica, eles são responsáveis pela eliminação das toxinas do corpo, regulação da pressão arterial, produção de hormônios e vitamina D, entre outras funções. Por isso, se houver o comprometimento deste órgão, é importante procurar alternativas para o controle da doença. Existem diferentes tipos de alimentos para os felinos e investir em uma ração para gatos com problema renal, por exemplo, pode ser uma boa solução.

    Até porque, com esta ração, gato renal passa a ter uma qualidade de vida totalmente diferente, como você vai ver a seguir. Veja alguns dos benefícios nutricionais dessa alimentação, segundo Simone:

    • O alimento utiliza proteínas de altíssima qualidade e alta digestibilidade, gerando assim um mínimo possível de resíduos que um rim doente teria dificuldade de excretar;

    • Reduz dos teores de fósforo, um dos maiores vilões na doença renal crônica, sendo uma das medidas mais importantes para evitar a progressão do dano renal;

    • Fornece de nutrientes importantes, como ácidos graxos e ômega 3, que têm ação anti-inflamatória e ajuda na redução da pressão arterial sistêmica;

    • Reduz o estresse oxidativo da lesão crônica com o fornecimento de teores de substâncias antioxidantes;

    • Possui altos teores de vitaminas, principalmente as do complexo B. Devido ao aumento da frequência urinária, essas vitaminas são perdidas em maior quantidade na urina;

    • Controla os níveis de sódio, o que auxilia no controle da pressão arterial sistêmica;

    Ração renal: gatos têm alguma contraindicação para esse tipo de alimento?

    Por se tratar de uma doença grave e que requer uma alimentação bastante específica, a ração renal para gatos têm algumas contraindicações. De acordo com Simone, o alerta vale para filhotes, gatas gestantes ou em fase de lactação, além de casos de comorbidades, ou seja, quando o gato possui mais de uma doença. Nessas situações, a sugestão é que o tutor sempre procure um profissional da área de nutrição animal, que vai entender as necessidades nutricionais do felino e indicar o melhor tratamento com base no estilo de vida do animal.

    Ração renal: gato deve passar por um processo gradual de adaptação

    Antes de substituir integralmente a ração tradicional pela ração renal, gato deve começar a consumir o novo alimento aos poucos. Lembre-se sempre que mudanças muito bruscas podem acabar prejudicando o processo de adaptação à nova ração e, em alguns casos, o gato pode até acabar se recusando a comer. A substituição precisa ser feita de forma gradual. “O ideal é dedicar 7 dias para a substituição e ir diminuindo a quantidade da ração antiga ao mesmo tempo em que aumenta a quantidade da nova”, sugere Simone. 

    Redação: Juliana Melo

    Alimentação do gato: quais nutrientes são essenciais para a saúde dos felinos?

    Próxima matéria

    Alimentação do gato: quais nutrientes são essenciais para a saúde dos felinos?

    Qual a melhor ração para gatos filhotes? Do alimento seco aos sachês, saiba tudo sobre a alimentação do felino
    Ração

    Qual a melhor ração para gatos filhotes? Do alimento seco aos sachês, saiba tudo sobre a alimentação do felino

    Abrir a casa (e o seu coração) para um gato filhote é sempre um marco de transformação na vida de qualquer pessoa. Se você nunca teve um gatinho em outro momento, então, além da empolgação, é normal que você tenha uma série de dúvidas relacionadas ao cuidado com os felinos, principalmente nas questões básicas, como a alimentação. Escolher a melhor ração para gato filhote sem ter muita noção da diferença entre elas e da necessidade dos animais não é assim tão simples e, por isso, o Patas da Casa vai te ajudar: confira, aqui embaixo, tudo o que você precisa saber sobre a alimentação dos bichanos!

    Gato Birmanês: conheça todas as características desse adorável felino
    Raças

    Gato Birmanês: conheça todas as características desse adorável felino

    O Birmanês, que também é conhecido como gato Sagrado da Birmânia, é um animal super dócil e elegante que tem muita história para contar. O gato da Birmânia é descendente de animais que eram venerados como deuses entre o século XV e XVI nos templos budistas do sudeste asiático. Muito sensível, a raça de gato é conhecida pelo companheirismo, já que se apega facilmente à família humana. O gato Birmanês gosta de explorar e é curioso, mas diferente dos outros gatos, ele gosta da estabilidade do chão e não gosta muito de altura.

    Quantidade de ração para gatos: descubra qual a porção ideal em cada fase da vida do felino
    Ração

    Quantidade de ração para gatos: descubra qual a porção ideal em cada fase da vida do felino

    A ração para gato filhote ou adulto gera muitas dúvidas. Qual a quantidade de ração para gatos ideal em cada fase de vida do bichano? Uma coisa é certa: uma boa ração de gato é fundamental para mantê-lo saudável. No entanto, é preciso atenção com as porções para evitar problemas como o gato obeso e outras patologias que podem prejudicar a saúde do bichano.      

    Insuficiência renal em gatos: veterinária tira todas as dúvidas sobre essa doença grave que atinge os felinos!
    Saúde

    Insuficiência renal em gatos: veterinária tira todas as dúvidas sobre essa doença grave que atinge os felinos!

    A insuficiência renal em gatos é uma doença que pode ser muito comum quando falamos de felinos. Sem cura, o problema precisa de acompanhamento constante e cuidados especiais para evitar complicações. Apesar de ser uma doença grave, o gato com problema renal pode ter qualidade de vida. Para tirar as dúvidas sobre a insuficiência renal em gatos, o Patas da Casa conversou com a médica veterinária Débora Nunes, do Rio de Janeiro. Vem conferir!

    Ver Todas >

    Quantos ml de leite um filhote de cachorro mama? Veja essa e outras curiosidades sobre a amamentação canina
    Alimentação animal

    Quantos ml de leite um filhote de cachorro mama? Veja essa e outras curiosidades sobre a amamentação canina

    Cuidar da alimentação do cachorro é fundamental em qualquer fase da vida, mas quando eles ainda são filhotes esse cuidado deve ser ainda maior. No processo de desenvolvimento das primeiras semanas de vida, o cãozinho precisa de todos os nutrientes considerados essenciais para um crescimento saudável, que são encontrados principalmente na amamentação. Mas afinal, quantos ml de leite um filhote de cachorro mama e até que idade a amamentação é recomendada? O que fazer com um filhote que não mama? 

    6 frutas para cachorro que fazem muito bem para a saúde
    Alimentação animal

    6 frutas para cachorro que fazem muito bem para a saúde

    A alimentação do cachorro é um dos fatores mais importantes na hora de cuidar do pet. Ela é responsável por oferecer nutrientes, energia, saúde e bem-estar. O mais recomendado é sempre levar em conta orientações do médico veterinário de confiança para atribuir ao animal a melhor nutrição possível. Uma dica é proporcionar uma alimentação variada composta por uma ração de qualidade e pequenas quantidades de frutas e legumes naturais, oferecidos como petiscos.

    Cachorro pode comer peixe?
    Alimentação animal

    Cachorro pode comer peixe?

    Os pescados são alimentos que fazem parte da composição de diversos petiscos e rações de cachorro. Por isso, é comum que os cães se atraiam pelo cheiro de peixe fresco. No caso de uma alimentação natural ou no caso de intercalar a ração de cachorro com outros alimentos, é comum se perguntar se cachorro come peixe ou se o alimento pode fazer mal para eles. O Patas da Casa reuniu informações sobre o assunto para esclarecer todas as dúvidas: se o peixe é liberado na dieta canina ou não, quais os benefícios do alimento e como preparar e oferecer da forma correta.

    Vitamina para gato: quando o suplemento nutricional é recomendado?
    Alimentação animal

    Vitamina para gato: quando o suplemento nutricional é recomendado?

    Uma boa alimentação faz toda a diferença na saúde do gato. O problema é que nem sempre o bichano consegue todos os nutrientes que ele precisa por meio da ração, e em alguns casos é necessário procurar por outras alternativas de suplementação alimentar. A vitamina para gatos é uma dessas opções, mas antes de investir nesse tipo de suplemento é fundamental conversar com um profissional para saber quais são os nutrientes que estão faltando no organismo do seu amigo de quatro patas. 

    Ver Todas >