close
Alimentação

Ração para cães idosos: qual a diferença da ração de adulto, como escolher e como fazer a transição?

Atualizado · 01 de novembro de 2021 · 15h41

Publicado · 01/11/2021 · 15h41

A ração para cão idoso é feita de acordo com as necessidades nutricionais que o pet precisa nessa fase da vida
A ração para cão idoso é feita de acordo com as necessidades nutricionais que o pet precisa nessa fase da vida

A ração para cães idosos é algo que traz muitas dúvidas para os tutores. A transição de alimentação dos doguinhos mais velhinhos faz parte de alguns dos cuidados que esses pets precisam nessa fase da vida. Assim como os humanos de idade avançada, o cachorro idoso passa por muitas transformações corporais. Por conta disso, a necessidade nutricional do organismo desses animais também muda. Para saber mais sobre esse assunto, reunimos algumas informações para te ajudar a fornecer a melhor alimentação para seu peludo velhinho. Dá só uma olhada nas dicas que separamos!

Qual a diferença entre a ração para cães idosos e adultos?

Uma das principais diferenças entre a ração sênior e a ração de adulto é o tamanho dos grãos do alimento. O cachorro idoso costuma ficar com a dentição mais fraca e até perder alguns dentes na terceira idade. É por isso que a alimentação específica para essa fase da vida também é chamada de ração macia para cães idosos. Ela é mais areada e possui um aspecto que facilita a mastigação dos pets. A ração para cães idosos com poucos dentes também possui algumas diferenças em relação à nutrição. Geralmente, o alimento é rico em nutrientes que ajudam na articulação e a manter a imunidade do doguinho sempre regulada.

A quantidade de calorias da ração sênior também é menor, já que com o avanço da idade o cãozinho não brinca tanto como antes. O controle de calorias é muito necessário para esses animais, é comum que quando a transição de alimentação deixa de ser feita o cachorro idoso enfrente problemas como a obesidade canina, já que o pet consome a mesma quantidade de calorias, sem gastá-las. Além disso, a ração macia para cão idoso também poderá conter condroitina e glucosamina, que são componentes que ajudam nas articulações e evitam artrite e artrose (doenças comuns para o cachorro sênior).

Qual raça de gato você é?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

O que você mais gosta de fazer nos momentos de lazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Se você pudesse se descrever com uma palavra, quais das opções a seguir escolheria?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Alguém te chamou para sair para um lugar inusitado, o que você pensa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica depois de dormir pouco na noite anterior?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você viajou e se perdeu em uma cidade que não conhece muito: o que passa pela sua cabeça?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Quais dessas características você procuraria em um pet?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

O que seus amigos próximos pensam sobre você?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você gosta de curtir as férias?

Question Header Background

Sua personalidade aventureira combina com o Bobtail Japonês! Você é divertido assim como o gato Siamês! Sua personalidade ranzinza combina com o gato Maine Coon! Você é preguiçoso como um gatinho Persa!
    Ração para cães idosos: transição da alimentação deve ser feita aos poucos
    Ração para cães idosos: transição da alimentação deve ser feita aos poucos

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Quando o assunto é a alimentação de um pet, muitas dúvidas podem surgir: o que o cachorro não pode comer? cachorro pode comer couve? Pode dar brócolis para cachorro? Ou ainda se cachorro pode comer abobrinha? Muitos tutores questionam se podem oferecer verduras e legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de serem muito saudáveis, esses tipos de alimentos ajudam a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Como escolher a melhor ração para cão idoso?

    Para que o cachorro idoso obtenha uma terceira idade com qualidade de vida, os profissionais veterinários indicam uma dieta com uma ração sênior super premium. Esse tipo de ração é especialmente formulado para prevenir doenças, fornecendo bem-estar, saúde e longevidade para o pet idoso. É importante sempre verificar o valor nutricional da ração para saber se ela é ideal para seu doguinho. De modo geral, é importante sempre fazer um acompanhamento do pet com um médico veterinário de confiança. O profissional poderá indicar a alimentação mais adequada de acordo com o quadro clínico do animal, seu estilo de vida e idade.

    Ração para cães idosos: quando e como fazer a transição da alimentação?

    A transição para a ração para cão idoso deve ser feita por volta dos 7 anos de idade, pois é nesse período que a maioria dos doguinhos começa a apresentar os primeiros sinais de envelhecimento. Mas, vale lembrar que esse processo pode variar de acordo com o porte do cachorro.

    Mas afinal de contas, como fazer a transição para a ração para cães idosos? A primeira coisa que você deve ter em mente é que esse processo deve ser feito aos poucos. Oferecer um alimento novo de uma hora para a outra pode causar um desconforto digestivo em seu peludo. Por isso, o recomendado é misturar a ração nova com a antiga. Em um período de 7 a 8 dias, você deve ir diminuindo a porção da ração antiga aos poucos. A recomendação para introduzir o novo alimento é a seguinte:

    • Dia 1: cerca de 1/3 da ração para cão idoso e 2/3 da ração antiga
    • Dia 3: metade da ração nova e metade da habitual
    • Dia 6: cerca de 2/3 da ração nova e 1/3 da habitual
    • Dia 8: porção completa com a ração para cães idosos

    Redação: Hyago Bandeira

    Cachorro pode comer fígado?

    Próxima matéria

    Cachorro pode comer fígado?

    Quais as diferenças nutricionais entre a ração para cães filhotes e adultos?
    Ração

    Quais as diferenças nutricionais entre a ração para cães filhotes e adultos?

    Se você tem um animal de estimação em casa, já deve ter questionado se tem problema oferecer uma ração para filhotes a um cachorro adulto ou vice-versa. Provavelmente já se perguntou também quais as diferenças entre cada tipo e qual o momento certo para fazer a transição sem prejudicar o crescimento do bichinho. É justamente esse o ponto: cada alimento tem particularidades nutricionais que contemplam as necessidades do animal para aquela fase específica da vida. Ou seja, a escolha do alimento certo é fundamental para garantir o desenvolvimento saudável do filhotinho ou para manter o cachorro adulto em sua melhor forma.

    Ração para cães idosos: como escolher o melhor tipo para o cachorro
    Sênior

    Ração para cães idosos: como escolher o melhor tipo para o cachorro

    Os cães são grandes companheiros e, para viverem saudáveis por muitos anos, precisam de cuidados específicos em cada fase da vida. Isso é ainda mais importante quando os peludinhos chegam à velhice. Por ficarem mais propensos a doenças e com dentes mais frágeis, a ração comum deve ser substituída por uma ração para cachorros idosos.

    Tudo sobre ração para cachorros: um guia completo sobre a alimentação para cães filhotes, adultos e idosos
    Ração

    Tudo sobre ração para cachorros: um guia completo sobre a alimentação para cães filhotes, adultos e idosos

    A ração certa e a quantidade ideal a ser oferecida diariamente para os cachorros é uma preocupação frequente dos tutores. A alimentação dos pets (filhotes, adultos e idosos) precisa ser balanceada e oferecer uma grande variedade de nutrientes para a saúde e bem estar dos bichinhos. Diante tantas opções em petshops, supermercados e lojas especializadas, é comum surgir dúvidas sobre qual é a ideal, já que uma alimentação nutricionalmente rica é essencial para que nossos animais de estimação vivam com qualidade de vida e longe de doenças. Para ajudar na escolha correta, montamos uma lista com os tipos de ração para cada fase da vida. Veja abaixo e saiba qual oferecer ao seu melhor amigo!

    O tamanho do grão importa? Saiba se é preciso escolher uma ração diferente para cachorros filhotes e idosos
    Ração

    O tamanho do grão importa? Saiba se é preciso escolher uma ração diferente para cachorros filhotes e idosos

    Durante as duas fases mais delicadas da vida de um cachorro, os primeiros meses e a terceira idade, é normal que ele precise de cuidados específicos diferentes dos necessários na fase adulta. A saúde mais frágil é uma das principais razões para tantas adaptações na rotina e a alimentação está completamente ligada a ela. Como é a ração que oferece a energia tanto para os filhotes, quanto para os cachorros idosos,

    Ver Todas >

    Como inserir o patê para gatos na dieta do seu pet?
    Alimentação animal

    Como inserir o patê para gatos na dieta do seu pet?

    O patê para gatos é um dos alimentos preferidos dos bichanos por vários motivos. Além de muito saboroso e cheiroso, esse tipo de ração úmida se aproxima bastante da alimentação natural felina e, por isso, é muito bem recebida por esses animais. Como se isso não bastasse, o patê de gato também fornece vários benefícios aos nossos amigos de quatro patas, mas é necessário saber como inseri-lo corretamente na dieta dos bichanos.

    Quantas vezes por dia o cachorro deve comer?
    Alimentação animal

    Quantas vezes por dia o cachorro deve comer?

    Em algum momento todo tutor já se perguntou quantas vezes por dia o cachorro deve comer. Quem é pai ou mãe de pet pela primeira vez acaba se deparando com essa questão, e acredite: o assunto levanta muitas dúvidas. Tem quem deixa a ração de cachorro o tempo inteiro à disposição do pet, e tem quem estabelece um horário certinho para as refeições do animal, mas além de saber quantas vezes o cachorro deve comer por dia, a quantidade do alimento é outro fator importante.

    Petisco para cachorro: 4 receitas para a ceia de Natal com o seu pet
    Alimentação animal

    Petisco para cachorro: 4 receitas para a ceia de Natal com o seu pet

    Você já pensou em fazer petisco para cachorro comer junto da família na ceia de Natal? Afinal, sua companhia de todas as horas merece estar presente nesta celebração especial! Muitas vezes, os tutores oferecem as próprias comidas presentes no jantar para o cãozinho comer. Porém, é preciso ter cuidado com a ceia, pois nem todos os alimentos que comemos no Natal fazem bem ao organismo do pet. 

    O que gato pode comer ou não da ceia de Natal?
    Alimentação animal

    O que gato pode comer ou não da ceia de Natal?

    Você sabe o que gato pode comer na ceia de Natal? Essa época do ano consagra um dia de muita fartura de comes e bebes. É dia de reunir toda a família e celebrar ao lado daqueles que mais amamos - e de uma forma ou de outra, nossos amigos de quatro patas também estarão presentes. Apesar disso, todo gateiro sabe que existem alimentos proibidos para gatos e saber o que pode dar ou não da ceia é muito importante, principalmente porque os felinos são animais muito espertos e podem beliscar um pedacinho da ceia sem o tutor ver. 

    Ver Todas >