close
Ração

Ração para cachorro: quais os erros mais comuns na hora de alimentar um cãozinho?

Atualizado · 04 de maio de 2021 · 16h08

Publicado · 04/05/2021 · 16h08

Além de escolher a melhor ração para cachorro, também é importante tomar outros cuidados com a alimentação dos cães
Além de escolher a melhor ração para cachorro, também é importante tomar outros cuidados com a alimentação dos cães

É normal cometer alguns erros quando se trata da alimentação do cachorro, principalmente no caso de quem nunca teve um bichinho de estimação antes. Com o tempo e as orientações do veterinário, o tutor geralmente aprende o que o cão pode ou não pode comer, qual melhor ração para cachorro e a quantidade certa de comida que deve ser oferecida para o pet no dia a dia. O perigo é quando esses erros continuam acontecendo, porque isso pode acabar prejudicando a saúde do cachorro futuramente - seja porque o animal comeu alguma coisa que não deveria ou porque ele está comendo demais. Se você tem dúvidas sobre o assunto, veja quais são os erros que devem ser evitados na hora de alimentar o seu doguinho a seguir!

Deixar o pote de ração sempre cheio e à disposição do pet

A maioria das pessoas pensa que essa é a melhor forma de oferecer a ração para cachorro, mas não é bem assim. Assim como os humanos, os animais também precisam de rotina para comer e com porções bem regradas, que vão variar de acordo com o porte, a raça e a idade do pet. Deixar o pote de ração sempre cheio é um erro porque o tutor não consegue controlar quantas vezes o cachorro come por dia e nem a quantidade de ração que é oferecida. Além disso, quando a ração fica exposta o tempo, o alimento perde a textura e o sabor com mais facilidade.

Também é importante evitar isso porque alguns cães são bastante gulosos e simplesmente não param de comer enquanto houver comida à disposição, o que pode predispor à obesidade - principalmente no caso de cachorros que não se exercitam com frequência.

Não saber como calcular a quantidade de ração para cachorro filhote e adulto

Esse é um erro muito comum, mas que é fácil de ser revertido. As embalagens de ração geralmente contém instruções com a quantidade certa de ração para cachorro filhote, adulto e idoso. Os próprios fabricantes fazem todos os cálculos para facilitar a vida do tutor e do pet. A única atenção, porém, é com a quantidade de vezes que o animal se alimenta por dia. No caso dos filhotes, a recomendação é a seguinte:

• 2 meses: de 4 a 6 vezes ao dia

• 3 meses: 4 vezes ao dia

• 4 a 6 meses: 2 a 3 vezes ao dia

• Após 6 meses: 2 vezes ao dia ou de acordo com a recomendação do veterinário

Na fase adulta, o cãozinho deve se alimentar pelo menos duas vezes ao dia, uma de manhã e outra à noite. Em alguns casos, os tutores também podem optar por dividir a ração em porções menores ao longo do dia, especialmente quando o cachorro come rápido demais. Mas lembre-se: o ideal é não ultrapassar a quantidade estipulada para duas refeições.

Quais raças de cachorro mais combinam com você?

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Depois do expediente de trabalho na sexta, o que você gosta de fazer?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria o seu domingo perfeito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você fica em um dia de chuva?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seria a viagem ideal nas férias?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como você costuma encontrar os amigos?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Qual o seu tipo de exercício favorito?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua rotina matinal?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como é a sua agenda no fim de semana?

Question Header Background

Schnauzer e Shih Tzu são raças mais independentes Golden Retriever e Yorkshire gostam de companhia Border Collie e Jack Russell Terrier são aventureiros
    A ração para cachorro deve corresponder ao porte, idade e raça de cada animal
    A ração para cachorro deve corresponder ao porte, idade e raça de cada animal

    Mais Lidas

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção
    Alimentação animal

    Frutas para gatos: um guia completo dos alimentos liberados e benefícios de cada opção

    Cuidar da alimentação do gato é dever de todo tutor, e para isso é importante saber o que o animal pode ou não comer. Além das tradicionais rações para gatos, algumas pessoas também gostam de oferecer outras opções de comida para o seu bichano e procuram alternativas mais naturais, como frutas e legumes. Porém, por mais saudáveis que esses alimentos sejam para os humanos, é importante ter em mente que o organismo dos felinos não funciona da mesma maneira que o nosso e algumas frutas para gatos, por exemplo, podem fazer mal ao seu amigo de quatro patas. Para sanar todas as dúvidas sobre o assunto, confira as frutas que gatos podem comer a seguir!

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!
    Alimentação animal

    Verduras e legumes para cachorro: opções saudáveis para incluir na dieta do seu cãozinho!

    Quando o assunto é a alimentação de um pet, muitas dúvidas podem surgir: o que o cachorro não pode comer? cachorro pode comer couve? Pode dar brócolis para cachorro? Ou ainda se cachorro pode comer abobrinha? Muitos tutores questionam se podem oferecer verduras e legumes para cachorro. A resposta é sim! Além de serem muito saudáveis, esses tipos de alimentos ajudam a abrir e instigar o apetite dos caninos, podendo ser oferecidos como petiscos e até recompensas.

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos
    Alimentação animal

    O que gato pode comer? Veja alguns alimentos liberados para os felinos

    Mesmo que os gatinhos não tenham aquela gula característica dos cachorros, eles podem amar alguns alimentos. A dúvida, porém, sempre permanece nessa hora: além da ração, sachê e petiscos específicos, o que gato pode comer? A não ser que seu gatinho tenha um problema de saúde, você pode oferecer algumas frutas, legumes e proteínas de vez em quando. Mas atenção! Não são todos os alimentos que os gatos podem comer. O chocolate, por exemplo, está na lista dos itens proibidos pelo risco de intoxicar o seu pet.

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos
    Alimentação animal

    Meu cachorro não quer comer ração, o que eu faço? Entenda os motivos

    Os cachorros têm fama de serem comilões e, na maioria dos casos, eles não abrem mão das refeições - seja a ração ou um snack. Todo dono de cachorro, provavelmente, já passou pela situação de estar comendo enquanto o amigo de quatro patas fica pedindo um pedaço do lanche. Mas, e quando o apetite do seu cachorro parece desaparecer, você sabe o que fazer?

    Escolher uma ração para cachorro que não seja adequada para o seu amigo

    Os cães têm necessidades nutricionais diferentes que variam de acordo com a raça, porte e idade deles. Por isso, esses fatores devem ser levados em consideração na hora de escolher a melhor ração para cachorro e não errar na alimentação do doguinho. A ração para filhotes de cachorro, por exemplo, é totalmente diferente da ração para cães adultos ou idosos. A primeira tem maior quantidade de proteínas, carboidratos e é fortalecida por vitaminas e minerais que ajudam no processo de formação de tecidos e da estrutura óssea, auxiliando no crescimento do filhote. Já quando o cão atinge a fase adulta, a ração deve ser mais balanceada. O mesmo vale para cachorros grandes e pequenos, que não devem consumir o mesmo tipo de alimento.

    Além do mais, vale destacar que a qualidade da ração para cachorro também interfere nesse processo. As rações do tipo Premium ou Super Premium são consideradas mais nutritivas do que as demais, saciando a fome do doguinho rapidamente e garantindo uma boa saúde.

    Incluir petiscos e comidas proibidas na alimentação do cachorro

    Muita gente tem o hábito de dar restos de comida para os animais, mas isso é completamente errado. O uso de temperos, como alho e cebola, faz parte da maioria das comidas que consumimos, mas é bastante prejudicial para a saúde do cachorro. Antes de decidir dar qualquer tipo de comida que fuja da dieta do cachorro, é importante ter em mente que o organismo canino é diferente do organismo humano. Os cães não são capazes de digerir tudo que uma pessoa come, e é dever do tutor saber quais alimentos são permitidos e proibidos para o cachorro. Algumas frutas, legumes e verduras são liberados, e podem servir como um excelente petisco de vez em quando, mas não se esqueça de pesquisar exatamente quais são eles. 

    Redação: Juliana Melo

    Gato pode comer frango?

    Próxima matéria

    Gato pode comer frango?

    Pug com alergia: saiba quais os tipos mais comuns da raça de cachorro pequeno
    Saúde

    Pug com alergia: saiba quais os tipos mais comuns da raça de cachorro pequeno

    Há quem pense que todos os cães enfrentam o mesmo tipo de problemas ao longo da vida, mas não é bem assim. Algumas raças de cachorro têm detalhes muito característicos na anatomia que favorecem o desenvolvimento de condições específicas. Uma prova disso são os casos de alergias em Pugs: por causa das dobrinhas e rugas que têm pelo corpo, eles acabam tendo uma propensão maior a desenvolver diferentes tipos de dermatites alérgicas. Por isso, ao dar as boas-vindas a um Pug na sua casa, o ideal é que você saiba o que pode causar essas alergias e como reagir caso o seu animalzinho apareça com algo do tipo. Hoje, o Patas da Casa vai ao seu socorro: descubra, aqui embaixo, mais sobre esse problema!

    Como acostumar cachorro com gato: 5 erros comuns que você deve evitar
    Comportamento

    Como acostumar cachorro com gato: 5 erros comuns que você deve evitar

    Ter mais de um bichinho de estimação é muito comum em muitas famílias, mas e quando os animais são de espécies diferentes, como cachorro e gato? Algumas pessoas acreditam que a relação entre eles é um pouco problemática, mas não precisa ser assim - inclusive, é super possível fazer com que os dois bichinhos sejam grandes amigos. Tudo é uma questão de saber como acostumar gato com cachorro para que eles aprendam a conviver de um jeito mais harmonioso.

    Verme em cachorro filhote: veja os sinais mais comuns de que o cãozinho está sofrendo com verminoses
    Verme

    Verme em cachorro filhote: veja os sinais mais comuns de que o cãozinho está sofrendo com verminoses

    Os filhotes de cachorro são muito mais propensos a sofrerem com verme. Além da contaminação facilmente ocorrer pela amamentação, os filhotes ainda estão desenvolvendo o sistema imunológico e diversas funções do organismo. É por isso que a primeira dose do vermífugo para cachorro filhote deve ser feita aos 30 dias de vida, com reforço mensal até os seis meses, para garantir a saúde do pet. 

    Ração de gato e ração de cachorro: quais as diferenças nutricionais entre os alimentos de cada espécie?
    Ração

    Ração de gato e ração de cachorro: quais as diferenças nutricionais entre os alimentos de cada espécie?

    Se você tem um cachorro e um gato em casa, já deve ter se questionado sobre a diferença na alimentação de cada espécie. Afinal, gato pode comer ração de cachorro e vice-versa? A ração de gato tem nutrientes diferentes do alimento oferecido aos cães? Tiramos todas as dúvidas sobre a alimentação desses animais e os cuidados que você deve tomar!

    Ver Todas >

    O que cachorro pode comer nas festas juninas?
    Alimentação animal

    O que cachorro pode comer nas festas juninas?

    É normal qualquer pai de pet se perguntar o que cachorro não pode comer, principalmente em datas comemorativas. Com a chegada do mês de junho, vem aí também uma das comemorações mais amadas pelos brasileiros: as festas juninas! Além de muitas brincadeiras, quadrilhas e roupas caipiras, uma boa festa junina precisa ter muitas comidas típicas. Pipoca, cachorro quente, milho, paçoca, canjica... entre outros pratos fazem a alegria do nosso povo. 

    Cachorro pode tomar suco de frutas?
    Alimentação animal

    Cachorro pode tomar suco de frutas?

    Existem diversas frutas que pode dar para cachorro comer no dia a dia. Super saudáveis, as frutas para cachorro - quando certas - trazem diversos benefícios nutricionais ao animal. Uma grande vantagem das frutas é que elas permitem uma enorme variedade de formas de uso, e uma das preferidas de todo mundo é o suco de fruta. Mas será que o cachorro pode tomar suco assim como nós? Na verdade, depende! O Patas da Casa te explica quando o suco para cachorro pode ser oferecido ao pet e quando deve ser evitado. Confira!

    Pode trocar a ração do gato com qual frequência?
    Alimentação animal

    Pode trocar a ração do gato com qual frequência?

    Assim como o cachorro enjoa de ração, o gato também pode enjoar e deixar de se alimentar direito por causa disso. Todo mundo sabe que não é exatamente fácil agradar o exigente e criterioso paladar felino, então pode ser que depois de um tempo comendo do mesmo alimento, o gatinho simplesmente fique enjoado e queira experimentar coisas novas. Por outro lado, saber como conduzir essa situação é extremamente importante para evitar um gato estressado com a troca repentina de comida ou apático. 

    Ração para gatos castrados: tudo sobre o alimento e como escolher a melhor para seu pet
    Alimentação animal

    Ração para gatos castrados: tudo sobre o alimento e como escolher a melhor para seu pet

    A ração para gato castrado é um cuidado essencial que se deve ter com o bichinho após a cirurgia. A castração do gato traz inúmeros benefícios ao animal, pois acaba com certos comportamentos (como saidinhas e marcação de território) e ainda evita algumas doenças, como o câncer de mama. Por outro lado, o animal tende a ganhar mais peso, o que pode ser prejudicial à sua saúde. É aí que entra a ração para gatos castrados, recomendada sempre que o animal passa pela cirurgia. 

    Ver Todas >