close
Cuidados

Quantos dias um gato pode ficar sozinho?

Idade do pet é um fator importante para determinar quantos dias um gato pode ficar sozinho
Idade do pet é um fator importante para determinar quantos dias um gato pode ficar sozinho

Você sabe quantos dias um gato pode ficar sozinho? Por seu comportamento independente e inteligência, muitas pessoas acreditam que os felinos podem ser deixados sozinhos em casa por um longo período de tempo. A verdade é que esse é um verdadeiro mito sobre a criação dos felinos domésticos. Um gatinho não pode ser deixado sozinho por muito tempo e existem vários fatores que podem interferir nisso. Afinal, é possível viajar e deixar o gato sozinho em casa por alguns dias?

Gato filhote de 2 meses pode ficar sozinho? Idade do animal é um ponto importante

A idade do animal é o primeiro ponto a ser considerado para saber quantos dias um gato pode ficar sozinho. O gatinho filhote precisa de muito mais atenção que um gato adulto e, por conta disso, não pode ser deixado em casa sozinho. A indicação por idade funciona da seguinte maneira:

  • gato filhote de 2 meses: pode ficar sozinho por no máximo 1 hora;
  • gato de 4 meses: pode ser deixado sozinho por cerca de 4 horas;
  • a partir dos 6 meses de idade: o animal pode ser deixado sozinho por cerca de 8 horas.

Mas afinal de contas, quantos dias um gato pode ficar sozinho na fase adulta? Com o cuidado certo em relação à comida, água e caixa de areia, é recomendação é que um gato adulto fique sozinho por, no máximo, um ou dois dias. Caso seja a primeira vez que você precise deixar seu felino, o ideal é se planejar e deixá-lo sem a sua presença por curtos períodos para ver como ele reage, até o dia da necessidade da ausência por um tempo maior.

Faça o teste e descubra qual a personalidade dominante do seu gato!

É só preencher e começar!

Question Quiz Stamp

Como seu gato reage com a chegada de visitas em casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você está pensando em adotar mais um gatinho. Qual seria a reação do seu felino?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você precisa levar seu gato ao veterinário e na fila ele encontra outro felino. Como ele reage?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato fica incomodado quando as portas de casa ficam fechadas?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta com os outros animais da casa?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Você acabou de chegar em casa depois de muito tempo fora. O seu gato:

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Seu gato deitou em cima da sua cama e dormiu. Qual a sua reação, humano?

Question Header Background
Question Quiz Stamp

Como seu gato se comporta na hora de se alimentar?

Question Header Background

Gato-humano! Seu gato não perde a oportunidade de estar ao seu lado Gato solitário! Seu gato tem uma personalidade mais quieta e reservada Gato-gato!  Seu gato gosta da companhia de outros felinos Gato curioso! Seu gato está sempre em busca de novas aventuras Gato caçador! Seu gato tem os instintos selvagens mais aflorados
    Hotel para gatos é uma opção em caso de viagens mais longas
    Hotel para gatos é uma opção em caso de viagens mais longas

    Mais Lidas

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal
    Cuidados dos animais

    Veja 7 dicas de como acabar com carrapatos no quintal

    O carrapato em cachorro, assim como as pulgas, é uma das principais causas de aborrecimento nos donos de pets. Mesmo usando coleiras ou remédio para carrapato, o animal não está livre de pegar esses parasitas tão incômodos e que podem causar problemas graves. Às vezes, um simples passeio ao ar livre já pode gerar dores de cabeça se o local estiver infestado. Para controle, é importante não só proteger o animal, mas também fazer uma limpeza do ambiente: estudos mostram que os carrapatos podem sobreviver até 200 dias em um lugar sem se alimentar. Pensando nisso, vamos te ensinar como acabar com carrapatos no quintal com ingredientes que você pode ter em casa.

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato
    Cuidados dos animais

    Os 10 erros mais comuns na hora de cuidar de gato

    Até mesmo os tutores mais experientes podem cometer alguns erros quando o assunto é cuidar de gato. Uma dúvida muito comum, por exemplo, é se a castração de gato é realmente necessária. Além disso, muitos humanos cometem o erro de tratar os felinos como se eles fossem cães, embora eles tenham comportamentos claramente distintos. No geral, os gatos são mais reservados, independentes e valorizam muito sua privacidade, diferente dos cachorros. P

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!
    Cuidados dos animais

    O que fazer para o cachorro parar de marcar território: 7 dicas para lidar com o xixi fora do lugar!

    Ter um cãozinho em casa é só alegria, mas é sempre bom que o dono esteja preparado para lidar com alguns comportamentos inconvenientes do animal. Um deles é o xixi fora do lugar para deixar o cheiro em todos os cantos da casa. O que fazer para o cachorro parar de marcar território? O costume é desagradável e pode até tirar o sossego de muitos tutores por aí. Para te ajudar, separamos algumas dicas para evitar que o cachorro marque território em casa e faça xixi onde não deve. Acompanhe!

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas
    Cuidados dos animais

    5 motivos pelos quais seu cachorro coça as orelhas

    Mesmo que muitas vezes sejam esquecidas na hora dos cuidados, as orelhas do seu cachorrinho são bem sensíveis e precisam de bastante atenção. De vez em quando, é comum que algum incômodo pontual faça o seu cachorro ficar coçando a orelha, mas quando isso se torna algo frequente e você percebe um incômodo maior no animal, vale a pena ficar atento.

    Quantos dias um gato pode ficar sozinho? Comportamento deve ser levado em consideração

    Na hora de programar uma viagem de férias com a família, o seu animal de estimação deve entrar nos primeiros passos do planejamento. Além de considerar a idade do pet, outro fator importante na hora de deixar um bichano sozinho é a personalidade dele. Existem gatos mais ativos e também aqueles mais preguiçosos. No caso dos mais brincalhões é importante ter um cuidado a mais e checar se existem fios espalhados pela casa, locais onde eles podem se machucar e se há espaço suficiente para ele saltar e correr em segurança. Espalhar brinquedos, arranhadores e caixas de papelão pela casa é uma estratégia para entreter o pet.

    Mas qualquer que seja a personalidade do gatinho, é sempre importante se assegurar que exista instalações sanitárias adequadas, algum tipo de esconderijo onde o pet possa se sentir seguro e se o comedouro possui a quantidade adequada de ração seca para o tempo em que você ficará fora. A disponibilidade de água também é essencial para que o gatinho não passe sufoco por esse tempo e é uma das coisas mais importantes. Vale lembrar que a ração seca pode ser deixada no comedouro por cerca de 24 a 48 horas. No caso da água, o mais indicado é deixar uma fonte ou espalhar vários potinhos pela casa. 

    Hotel para gatos x cat sitter: qual a melhor opção para não deixar felino sozinho?

    Sabendo que o máximo de tempo que um gato adulto pode ficar sozinho são até dois dias, você pode se perguntar: “o que fazer com meu gato durante a minha viagem?” Existem algumas opções para garantir o cuidado do pet. Uma delas é o hotel para gatos. Apesar de ser uma solução prática, nem todos os felinos se adaptam aos hoteizinhos, já que a maioria dos gatos não gosta de mudanças bruscas de ambiente, podendo passar por muito estresse ao chegar em um novo local.  Os felinos são muito sensíveis e uma experiência como essa pode ser traumática e extremamente desagradável para eles. Por isso, se o seu felino é mais introvertido e medroso é indicado que o hotel para gatos seja a última opção para ele.

    Além disso, existe também a famosa prática de cat sitting. Algumas pessoas se dedicam integralmente a cuidar de pets na ausência dos tutores. Essa escolha é boa, já que apesar da sua ausência, seu gato contará com uma pessoa para trocar a caixa de areia, certificar que ele esteja se alimentando bem e até brincar um pouco com ele. Dessa forma, o estresse da saída do transporte do lar do gatinho para outro ambiente é evitado. Caso queira poupar dinheiro, vale a pena pedir um amigo ou familiar para fazer o papel de cat sitter - desde que a pessoa saiba como cuidar de um gato e seja responsável. É preciso garantir também que a pessoa poderá visitar o seu gato pelo menos em dias alternados.

    Vale ressaltar que o gato não deve ficar sozinho por mais de dois dias em hipótese alguma. Mesmo que o animal tenha um comportamento extremamente independente, ele precisa de cuidados que quando não são oferecidos por muito tempo acabam prejudicando o bem-estar do animal.

    Redação: Hyago Bandeira

    Como escolher caixa de transporte para gatos de acordo com o tamanho do pet?

    Próxima matéria

    Como escolher caixa de transporte para gatos de acordo com o tamanho do pet?

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos
    Comportamento

    Quantas horas um gato dorme por dia? Gatos sonham? Saiba tudo sobre o ciclo do sono dos felinos

    Não há nada mais fofo do que ver um gato dormindo. Essa, inclusive, é uma cena bastante comum na vida dos pais de pet, já que os felinos aproveitam boa parte da vida intercalando sonecas. Mas você já parou para pensar quantas horas dorme um gato? Às vezes parece até que esse ciclo dura o dia todo… será que esse é um comportamento normal ou pode ser motivo de preocupação? O que os gatos sonham (se é que ele sonham)? São muitas perguntas que precisam ser respondidas, mas não se preocupe. 

    Como acostumar o cachorro a ficar sozinho novamente depois da quarentena?
    Adestramento

    Como acostumar o cachorro a ficar sozinho novamente depois da quarentena?

    Nesse período de quarentena, você provavelmente está passando a maior parte do tempo em casa. Enquanto o isolamento pode ser difícil para algumas pessoas, quem provavelmente está adorando ter companhia em tempo integral são os cachorros. Com certeza o seu cão ama ter a família por perto. Se ele costumava passar o dia sozinho, deve estar muito feliz agora. Mas será que o seu companheiro de quatro patas vai ter dificuldade para se readaptar a rotina quando a quarentena acabar? Essa é uma das maiores preocupações para os tutores de cães ao fim do período de isolamento. Para responder algumas dúvidas sobre esse assunto, o Patas da Casa conversou com o adestrador Max Pablo. Confira as dicas que ele deu!

    Quanto tempo vive um gato?
    Cuidados

    Quanto tempo vive um gato?

    Se dependesse de nós, nossos gatinhos viveriam para sempre, né? Há relatos de gatos que chegam a viver mais de 30 anos, mas estamos falando aqui de recordes mundiais. Na “vida real”,  a idade média de um gato é de 16 anos. Se formos pensar em termos de adoção ou compra de um gatinho para chamar de nosso, precisamos sempre ter em mente que durante toda a sua vida, seremos responsáveis pela saúde, bem estar e segurança deles. Então, nada de querer ter um gato no impulso e depois se arrepender, combinado? Eles sofrem muito com o abandono e podem até ficar traumatizados com humanos em geral.   

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais
    Raças

    Saiba tudo sobre o gato Himalaia: origem, características, personalidade, cuidados e muito mais

    O gato Himalaia é, sem dúvidas, uma das raças mais queridinhas e desejadas pelos amantes de felinos. Ele reúne em sua genética a mistura de outras duas raças que são muito populares: o gato Persa e o Siamês. Ou seja, é carisma e fofura em dose dupla! Além disso, esse gatinho tem uma personalidade super dócil e tranquila, sendo a companhia perfeita para quem sempre sonhou em ter um bichinho de estimação. Se esse é o seu caso, ou se você já tem um gato do Himalaia e quer conhecer tudo sobre ele, essa matéria vai te ajudar bastante. 

    Ver Todas >

    Creme dental para cachorro: o que levar em conta na hora de escolher a melhor para o seu pet?
    Cuidados dos animais

    Creme dental para cachorro: o que levar em conta na hora de escolher a melhor para o seu pet?

    Um produto que é essencial para cuidar da saúde bucal dos nossos pets é o creme dental para cachorro. Sim, os cães também podem sofrer com problemas bem desagradáveis, como o tártaro e o mau hálito. Por isso, um cuidado indispensável é escovar os dentes do cachorro regularmente. Mas como fazer isso da forma correta? Para começar, é necessário escolher um bom creme dental canino, já que os cães não podem utilizar as pastas de dente humanas por várias questões. 

    Banheiro de gato: 8 coisas que você precisa saber sobre a caixa de areia do seu bichano
    Cuidados dos animais

    Banheiro de gato: 8 coisas que você precisa saber sobre a caixa de areia do seu bichano

    Todo mundo sabe da importância do banheiro de gato, mas você já parou para se perguntar quantas vezes gato vai ao banheiro? Ou com que frequência é necessário limpar a caixa de areia para gatos? Essas são questões que certamente já passaram pela cabeça de todo gateiro. No entanto, além de ser uma questão de higiene, o tutor também deve prestar atenção em várias outras coisas.

    Coleira de cachorro com nome: 4 motivos para não deixar a coleira com identificação do seu pet de lado
    Cuidados dos animais

    Coleira de cachorro com nome: 4 motivos para não deixar a coleira com identificação do seu pet de lado

    A coleira com identificação para cães é um cuidado importante que muitos tutores deixam de lado. Esse acessório permite que o animal seja encontrado com mais facilidade caso ele se perca. O indicado é que a coleira com identificação para cachorro contenha, além do nome do animal, o telefone dos tutores, endereço e informações médicas ou de comportamento. Dessa forma, se alguém encontrar o pet será mais fácil de levar o cachorrinho de volta para casa.o.

    Mochila de cachorro: para quais pets o acessório é indicado e como usar?
    Cuidados dos animais

    Mochila de cachorro: para quais pets o acessório é indicado e como usar?

    Já ouviu falar na mochila de cachorro? Esse é um acessório que pode ser bem útil em algumas situações do dia a dia, especialmente quando você tem algum compromisso com o cãozinho fora de casa. Existem dois tipos de mochila para cães: aquela que o tutor coloca nas costas para acomodar o pet dentro, e outra que é feita para uso exclusivo do animal. Mas será que todos os cães podem usufruir de ambos os modelos?

    Ver Todas >